Universidade Estadual de Campinas       Faculdade de Engenharia de Alimentos       Departamento de Ciência de AlimentosPro...
Introdução• Efeitos colaterais dos fármacos tradicionais (ex:antibióticos);• Estudos apontando efeitos fisiológicos benéfi...
Peptídeos Bioativos• Hidrolisados protéicos que podem induzir  efeitos fisiológicos benéficos;• Os fragmentos não apresent...
Joint Care                  Bebida a base de hidrolisado de                  colágeno para atletas                  Suport...
PeptanPeptídeos do colágenoSaúde dos ossos, articulações e pelewww.rousselot.com
ProcessoMais viáveis econom.
Matéria-prima• Proteínas de Alimentos;• Resíduos agroindustriais (pele de peixe, ossos,  resíduos de grãos);• Enzimas: pro...
Hidrólise Protéica• Hidrólise enzimática in vivo e in vitro;  fermentação microbiana in situ;• Enzimas imobilizadas: reduç...
Fermentação Microbiana in situ• Influências dos parâmetros de crescimento  (condições do inóculo e do meio de  fermentação...
Reator de Membrana
Purificação dos Compostos
Purificação• Ultrafiltração, cromatografia de troca iônica,  Filtração em gel e Cromatografia Líquida;• Processos muito ca...
Cromatografia                    Eletroforese                Ultrafiltração
Avaliação da Estrutura e Análise dos Compostos
• Análise da sequência de aminoácidos e propriedades  físicas são usadas para predição dos efeitos  fisiológicos;• Ex: Ant...
Bioinformática• Conhecimento do efeito estrutura-atividade  biológica;• Desenvolver e projetar peptídeos e simulação de  m...
Ciclo de Desenvolvimento de Fármacos• Ciclo de Desenvolvimento: Descoberta e  Desenvolvimento de Pesquisa; Revisão Regulat...
• Desafios: Baixa solubilidade e dificuldade no  transporte e entrega; Baixa estabilidade e  Risco de efeitos desconhecido...
Seminário peptídeos bioativos
Seminário peptídeos bioativos
Seminário peptídeos bioativos
Seminário peptídeos bioativos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Seminário peptídeos bioativos

2.511 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.511
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
39
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Seminário peptídeos bioativos

  1. 1. Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Engenharia de Alimentos Departamento de Ciência de AlimentosProdução em Escala Industrial de Peptídeos Bioativos de Grau Farmacêutico Camilo Barroso Teixeira Dra. Gabriela Alves Macedo (Bioquímica – DCA/FEA/Unicamp)
  2. 2. Introdução• Efeitos colaterais dos fármacos tradicionais (ex:antibióticos);• Estudos apontando efeitos fisiológicos benéficos de peptídeos presentes em alimentos;• Bioespecificidade, baixa toxicidade, obtidos de resíduos da indústria de alimentos;• Produção feita por tecnologia de transgênicos recombinantes e métodos sintéticos;• Produção por hidrólise enzimática de proteínas de resíduos da indústria de alimentos como alternativa.
  3. 3. Peptídeos Bioativos• Hidrolisados protéicos que podem induzir efeitos fisiológicos benéficos;• Os fragmentos não apresentam mesma atividade que a proteína;• Pode ser hidrolisado in vitro ou in vivo;• Atividade antimicrobiana, antihipertensiva, citomodulatória, imunomodulatório;
  4. 4. Joint Care Bebida a base de hidrolisado de colágeno para atletas Suporte nutricional para musculatura e articulações www.pharmabr.com Fusion Proteína do Soro do leiteAminoácidos essenciais para formação de músculo eredução de perda muscular durante emagrecimento http://www.guiasuplementacao.com.br
  5. 5. PeptanPeptídeos do colágenoSaúde dos ossos, articulações e pelewww.rousselot.com
  6. 6. ProcessoMais viáveis econom.
  7. 7. Matéria-prima• Proteínas de Alimentos;• Resíduos agroindustriais (pele de peixe, ossos, resíduos de grãos);• Enzimas: proteases vegetais, animais e microbianas;• Bacillus sp., Bifidobacterium, Bactérias láticas;• Menor custo de cultivo e menor tempo de síntese; maior facilidade de extração e purificação;• Bactérias láticas: endopeptidases, aminopeptidases, tripeptidases e dipeptidases;
  8. 8. Hidrólise Protéica• Hidrólise enzimática in vivo e in vitro; fermentação microbiana in situ;• Enzimas imobilizadas: redução do custo de catalisador;• Processos contínuos: maior eficiência e menor custo de produção;• Utilização de sistemas combinados de reação e purificação (Ex: reatores de membrana de ultrafiltração)
  9. 9. Fermentação Microbiana in situ• Influências dos parâmetros de crescimento (condições do inóculo e do meio de fermentação);• Expressão de genes transcritos das enzimas é controlada pela concentração de peptídeos no meio;• Tem melhor expressão em meios sintéticos;• Maior custo de purificação;
  10. 10. Reator de Membrana
  11. 11. Purificação dos Compostos
  12. 12. Purificação• Ultrafiltração, cromatografia de troca iônica, Filtração em gel e Cromatografia Líquida;• Processos muito caros para Escala Industrial;• Purificação representa 70% do custo de capital e de operação;• Eletrofiltração por Membrana:• Otimizar transf. Massa: Tipo de membrana, intensidade do campo elétrico, concentração de hidrolisado
  13. 13. Cromatografia Eletroforese Ultrafiltração
  14. 14. Avaliação da Estrutura e Análise dos Compostos
  15. 15. • Análise da sequência de aminoácidos e propriedades físicas são usadas para predição dos efeitos fisiológicos;• Ex: Antimicrobianos são curtos, hidrofóbicos e catiônicos;• Inibidores de enz. De conversão de Angiotensina tem resíduo de prolina;• Propriedade funcional determinada pela estrutura 3D;• Métodos: Cristalografia de raio-X; espectroscopia de massa; RMN• Métodos que quantificam a relação entre estrutura e atividade (QSAR): Robbeta, PepLook, PEPstr.
  16. 16. Bioinformática• Conhecimento do efeito estrutura-atividade biológica;• Desenvolver e projetar peptídeos e simulação de modelos preditivos;• Bancos de dados: seleção de proteínas/enzimas, reação de hidrólise e caracterização;• Modelo de predição relação Estrutura-Atividade usada para identificar a potência de inibidores de enzimas conversoras de Angiotensina 1 (ACE);
  17. 17. Ciclo de Desenvolvimento de Fármacos• Ciclo de Desenvolvimento: Descoberta e Desenvolvimento de Pesquisa; Revisão Regulatória e Aprovação; Comercialização.• 10-12 anos entre a descoberta e a comercialização do fármaco;• Órgãos reguladores menos tolerantes: risco de segurança e efetividade fisiológica dos fármacos;• Peptídeos como solução: mais seguros, menor acúmulo nos tecidos;
  18. 18. • Desafios: Baixa solubilidade e dificuldade no transporte e entrega; Baixa estabilidade e Risco de efeitos desconhecidos;• As características físicas responsáveis pela bioatividade também são pela solubilidade e permeabilidade da membrana• Encapsulamento: polímeros , lipossomos

×