Escola e Democracia - Dermeval Saviani

13.699 visualizações

Publicada em

Slide produzido para ilustrar brevemente o livro de Saviani.

Publicada em: Educação
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.699
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
323
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
154
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Escola e Democracia - Dermeval Saviani

  1. 1. Escola e Democracia – Dermeval Saviani Camilla Fernanda Follador 1ºPM Prof. Manuela Pires Weissbock Eckstein
  2. 2. A obra está dividida em 4 capítulos: <ul><li>1º capítulo: As teorias da Educação e o problema da marginalidade; </li></ul><ul><li>2º capítulo: A teoria da curvatura da vara; </li></ul><ul><li>3º capítulo: Para além da teoria da curvatura da vara; </li></ul><ul><li>4º capítulo: Onze teses sobre Educação e Política. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>No 1º capítulo, o autor fala sobre os problemas da marginalidade na América Latina, explicando os fatos através das teorias educacionais: as teorias não-críticas e as teorias crítico-reprodutivistas. </li></ul>
  4. 4. No 2º capítulo o autor enumera três teses: <ul><li>1º: Filosófico-histórica – do caráter revolucionário da pedagogia da essência e do caráter reacionário da pedagogia da existência; </li></ul><ul><li>2º: Pedagógico-metodológica – do caráter científico do método tradicional e do caráter pseudocientífico dos métodos novos; </li></ul><ul><li>3º: Especificamente política – “de como, quando mais se falou em democracia no interior da escola, menos democrática foi a escola; e de como, quando menos se falou em democracia, mais a escola esteve articulada com a construção de uma ordem democrática” (SAVIANI, p.54). </li></ul>
  5. 5. No 3º capítulo, o autor vai enfatizar mais ainda, a teoria da curvatura da vara: <ul><li>“ Creio ter conseguido fazer curvar a vara para o outro lado. A minha expectativa é justamente que com essa inflexão a vara atinja o seu ponto correto, o qual não está também na pedagogia tradicional, mas, justamente, na valorização dos conteúdos que apontam para uma pedagogia revolucionária” (SAVIANI, 2009, p.55). </li></ul>
  6. 6. No quarto e último capítulo, o autor vai enfatizar as onze teses sobre educação e política: <ul><li>Saviani defende neste capítulo sua posição em relação a separação entre educação e política, através de suas teses. </li></ul>

×