UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
ORGANIZAÇÃO E PRODUÇÃO
CAMILA SOLÉ ROCHA – 5º SEMESTRE, RADIALISMO
Parte 2, capítulo 1...
A partir do projeto inicial, o produtor começa o levantamento dos recursos
necessários para a execução do filme junto a po...
Locações:
Para serem definidos os planos é preciso definir as locações e então contratar a
equipe necessária para continua...
decupagens. Divide-se em detalhado e consolidado. Durante essa etapa são feitas
as pesquisas de atores e tomadas de preço ...
Atribuições de funções durante as diversas fases:
Diretor:
a) Ver e definir as locações;
b) Decupar a direção;
c) Delinear...
Diretor de produção:
a) Planejar a execução da logística e tática da produção;
b) Fazer o levantamento geral dos itens e s...
- O processo de execução da produção;
- O formulário de plano de produção;
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Resumo parte 2 cap. 1

762 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
762
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resumo parte 2 cap. 1

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO ORGANIZAÇÃO E PRODUÇÃO CAMILA SOLÉ ROCHA – 5º SEMESTRE, RADIALISMO Parte 2, capítulo 1 As diversas fases da produção Roteiro > Projeto > Captação > Preparação > Pré-produção > Filmagem > Desprodução > Finalização Roteiro Aprovação pelo produtor. A partir daí um projeto do filme é preparado e procuram- se recursos para realizar o filme. No Brasil estes devem obedecer às exigências e regulamentos governamentais, para conseguir os recursos de incentivo à cultura, a não ser que não se queira contar com eles. Depois da captação de recursos, começa a fase operacional, que se divide em cinco etapas: preparação, pré-produção, filmagem, desprodução e finalização. Pré-filmagem Chama-se de pré-filmagem cenas que só podem ser filmadas em determinadas datas e épocas, como carnaval, festas de fim de ano, etc. Projeto Escolhido o roteiro, o produtor prepara um projeto em que especificações são delineadas: apresentação, justificativa, sinopse do roteiro, roteiro literário, análise técnica, cronogramas de execução, decupagens diversas, currículo da produtora, do produtor, do diretor, dos homens-chave da equipe, documentos da empresa, prova de que nada deve ao fisco, além de um orçamento preventivo do curso do projeto – é chamado assim o orçamento que acompanhará o andamento do projeto, já que nesse estágio o produtor não tem como dar o orçamento preciso. Captação
  2. 2. A partir do projeto inicial, o produtor começa o levantamento dos recursos necessários para a execução do filme junto a possíveis investidores. No Brasil é difícil produzir um filme sem o apoio das leis de incentivo à cultura, já que o governo em si não lhe concede auxílio, limitando-se a avalizar seu projeto, o produtor deve ter pleno conhecimento de tais leis para poder obter auxílio nas empresas privadas. Quando sua iniciativa é aprovada, ele deve encontrar investidores que comprem os títulos no valor do orçamento do filme na bolsa de valores. O empreendimento conta com incentivo governamental no que diz respeito a descontos especiais no pagamento dos impostos devidos e outras vantagens. Fase I – Preparação Em um curta-metragem a preparação pode durar uma ou duas semanas. Em um longa-metragem, pode durar quatro semanas ou mais. A preparação é a parte mais importante de um filme, pois é feito um minucioso levantamento de tudo que será necessário para que o filme seja feito de acordo com a visão e as necessidades do diretor. Podendo chegar ao final com um orçamento maior ou menor que o orçamento preventivo feito durante o projeto do filme. A fase de preparação envolve: a) Administração; b) Locações; c) Decupagem de direção; d) Roteiro técnico; e) Análise técnica de direção; f) Cronogramas; g) Decupagens diversas h) Orçamento definitivo. Administração: Montagem do escritório – local, funcionários, telefones, móveis, etc.)
  3. 3. Locações: Para serem definidos os planos é preciso definir as locações e então contratar a equipe necessária para continuar a produção – produtor executivo, diretor de produção. 1º assistente de direção e de produção e o coordenador de produção. Decupagem de direção: Feita pelo diretor, definindo planos, lentes, movimentos de câmera e de atores. Roteiro técnico: Feito pelo diretor, numerado por planos e com as indicações básicas da decupagem de direção. Análise técnica de direção: Preparada pelo 1º assistente de direção normalmente com ajuda do diretor de produção, reunindo todas as informações necessárias para produção do filme, ou seja, tipo de locação, tipo físico do ator etc. A análise técnica divide-se em: geral, de cenas e de departamentos. Cronogramas: Dividem-se em físico, definindo em termos de datas todas as etapas da realização do filme, e analítico, que determina os dias e o que se vai filmar em cada dia. Fluxograma é a visualização do cronograma físico, e mapa de produção é a visualização do cronograma analítico. Decupagens diversas: A decupagem divide-se em: - decupagem de produção; - decupagem dos departamentos; - decupagem técnica de produção do filme; - decupagem da equipe técnica. Orçamento definitivo: É baseado nas informações contidas na análise técnica, cronogramas e
  4. 4. decupagens. Divide-se em detalhado e consolidado. Durante essa etapa são feitas as pesquisas de atores e tomadas de preço dos fornecedores diversos. Fase II – Pré-produção Nesta fase contrata-se tudo o que foi pesquisado na fase anterior. De aluguel de estúdio até a seleção de atores, checar equipamentos, etc. Fase III – Filmagem Dois dias antes de cada filmagem devem-se checar todos os itens da decupagem de produção, verificar as necessidades da ordem do dia no dia anterior e no momento de saída da equipe para a locação, enviar diariamente os negativos filmados para o laboratório com os boletins de câmera, enviar para a administração o relatório de produção, não permitir gastos não autorizados e enviar cópia para a administração com os prazos de pagamentos, exigir nota fiscal sempre, planejar com antecedência qualquer deslocamento da equipe de uma locação para outra, ter sempre as autorizações de filmagem, estar atento ao cronograma do dia e aos planos filmados, preparar a ordem do dia seguinte e entregá-la à equipe duas horas antes do término da filmagem e por fim deixar a locação no estado em que foi encontrada. Fase IV – Desprodução Consiste em fazer a devolução de tudo o que foi utilizado para as filmagens, algumas coisas logo após cada filmagem e outras apenas no término do filme. Fase V – Finalização a) Telecinagem (se for editar) – transferência de imagens de filme para vídeo; b) Edição ou montagem; c) Sonorização; d) Efeitos visuais; e) Conformação do vídeo com o copião, se tiver sido editado; f) Corte do negativo; g) Master e internegativo; h) Análise de cor; i) Cópia 0 e cópias de distribuição.
  5. 5. Atribuições de funções durante as diversas fases: Diretor: a) Ver e definir as locações; b) Decupar a direção; c) Delinear o roteiro técnico; d) Cronometrar os planos; e) Planta baixa (planos, lentes, movimentos de câmera, atores); f) Storyboard; g) Definir o elenco; h) Ler o roteiro com equipe e elenco; i) Planejar o filme em termos artísticos com o desenhista de produção ou diretor de arte; j) Ensaiar o elenco. 1º assistente de direção: a) Ver as locações junto com o diretor; b) Providenciar o roteiro técnico após a decupagem da direção; c) Preparar a análise técnica com o diretor de produção; d) Cronogramas físicos e analíticos; e) Fluxograma e mapa de produção; f) Preparar as ordens do dia; g) Auxiliar o diretor na escolha, teste e ensaio do elenco; h) Fazer cumprir a ordem do dia no set de filmagem.
  6. 6. Diretor de produção: a) Planejar a execução da logística e tática da produção; b) Fazer o levantamento geral dos itens e seus custos de produção; c) Fazer a decupagem técnica; d) Fazer a decupagem de produção e equipe técnica e supervisionar sua execução; e) Fazer o orçamento definitivo; f) Providenciar as necessidades do set de filmagem; g) Anotar os telefones de todos e tudo envolvido no processo de filmagem. Produtor de platô: a) Gerenciar e coordenar o set de filmagem; b) Ser o responsável perante o 1º assistente de direção das necessidades do set de filmagem de acordo com a ordem do dia; c) Trabalhar em estreita cooperação com o diretor de produção e auxiliar o 1º assistente de direção a cumprir a ordem do dia. Coordenador de produção: a) Assessorar o diretor de produção em suas tarefas; b) Manter arquivo organizado com todas as informações relacionadas ao filme; c) Administrar o escritório de produção e distribuir informações; d) Preparar todo o material burocrático do filme; e) Preparar a lista de créditos do filme; f) Preparar e distribuir toda e qualquer mudança no roteiro técnico durante as filmagens. São feitas tabelas para organizar: - A estrutura do filme; - O fluxograma da direção;
  7. 7. - O processo de execução da produção; - O formulário de plano de produção;

×