Repertorio vocabular erudito (linguagem forense)

1.048 visualizações

Publicada em

O que é linguagem erudita? Demonstração da linguagem erudita presente em documentos jurídicos.

Publicada em: Direito
  • Seja o primeiro a comentar

Repertorio vocabular erudito (linguagem forense)

  1. 1. Discentes Ana Rita Bastos Andréia Nascimento Camila Pita Edinaldo Carlos Lainara Marques
  2. 2. Cada língua técnica possui seu inventario vocabular próprio o que permite linguagem mais precisa.
  3. 3. Indispensável é a consulta em dicionários especializados, com terminologia técnico-jurídica que precisa ser incorporada, ao longo da vida, pelos profissionais jurídicos .
  4. 4. Ampliar o vocabulário jurídico não é só aumentar o inventário pessoal, mas empregar as palavras com mais exatidão. Além dos vocábulos técnicos, é preciso cuidar da escolha de palavras adequadas á ideia.
  5. 5. Notificação Notificação é o ato através do qual se pode dar conhecimento oficial e legal do texto de um documento registrado a determinada pessoa. Notificar é fazer prova de recebimento ou de se ter dado conhecimento, de maneira incontestável, do conteúdo de qualquer ato jurídico levado a registro, fazendo-se, dessa maneira, inequívoca constatação de que o notificado recebeu o documento que lhe foi entregue, dele tomando ciência de todo o conteúdo e provando-se, quando necessário, qual foi o teor de que tomou conhecimento. A notificação é personalíssima, isto é, ela só poderá ser entregue a quem estiver destinada ou a seus representantes legais, em caso de pessoa jurídica. Por essa razão, o notificado não pode alegar desconhecimento do documento, muito menos do seu conteúdo. Assim, como não pode furtar-se ao cumprimento de obrigações sob a alegação de ignorância.
  6. 6. Rito sumaríssimo: É o procedimento mais célere e simples do Processo do Trabalho. Foi criado pela Lei 9.957/00 para atender as ditas pequenas causas trabalhistas, ou seja, aquelas que, teoricamente, possuem uma complexidade menor. Preclusão: É no direito processual, a perda do direito de agir nos autos em face da perda da oportunidade, conferida por certo prazo.
  7. 7. Petição A petição é o meio pelo qual se pleiteia direitos perante a Justiça. É o instrumento utilizado pelo advogado para obter uma decisão judicial que satisfaça o interesse de seus clientes.
  8. 8. RECLAMADA: Pessoa natural ou jurídica contra quem se propõe reclamação Que foi objeto de reclamação ou reivindicação. Numa ação trabalhista a palavra reclamado se refere ao empregador. pois quem promove a ação é o empregado que se refere a palavra reclamante. AUTOS: É o conjunto ordenado das peças de um processo judicial CONTENDA: Disputa JUNTADA: Termo de junção num processo forense REQUERER: Solicitar, pedir, reclamar por meio de requerimento (latim vulgar requaero, -ere, do latim requiro, -ere, procurar, rebuscar, busca)

×