Envolvimento da comunidade e de
entidades públicas e privadas na
organização de eventos.
Organização de eventos municipais
Com a finalidade de garantir o equilíbrio do
mercado turístico, os organismos responsáveis
pelo setor projeta uma realizaç...
Eventos Municipais e
Desenvolvimento Socioeconômico
No turismo, ha uma sazonalidade, variando o fluxo
turistico e a taxa m...
E são implantados destinos turísticos com uma
forte vocação sazonal, como Campos do Jordão
(no inverno), onde encontra-se ...
Este é o maior objetivo da realização de eventos
municipais:
- Atrair uma demanda frequente, de forma
sustentável e que se...
Ao elaborar um calendário local de eventos, a
prefeitura identifica a vocação maior do
município, analisando a comunidade ...
Quando o município começa a realizar
eventos, inicia o processo de fomento ao
segmento de turismo de negócios e eventos,
q...
SP TURIS - Empresa de Turismo e
Eventos da Cidade de São Paulo
A empresa de promoção turística e eventos da Cidade de
São ...
A São Paulo Turismo atua em 3 frentes:
1) Planejamento, estruturação e promoção turística,
realizando pesquisas, incentiva...
2) Coordena a realização de eventos públicos e de
interesse da cidade e também a infraestrutura dos
grandes eventos como o...
3) Locação de espaços para eventos como o
Anhembi Parque (Pavilhão de
Exposições, Palácio de
Convenções, Sambódromo, Arena...
Material de apoio para o trade como:
• Manual de Capacitação Destino São Paulo
• São Paulo Saúde – Guia de Turismo Médico ...
Eventos e Organizações do Terceiro Setor
Uma das formas de participação das comunidades
em eventos é através da atuação da...
Uma das formas encontradas para maior
e melhor integração de grupos é a publicação
dos calendários de eventos das associaç...
Eventos e Empresas-Cidadãs
As desigualdades da sociedade brasileira
incomodam e os empresários sabem que o
Estado não terá...
Entre tantas ações implantadas no setor
social, são realizados eventos, cujas funções
são lazer, entretenimento, aquisição...
Exemplo: Azaléia- Pró-Educar – 1.555
funcionários estudantes e mais de 3 mil
formados, engloba os seguintes eventos:
Teatr...
SP Turis – Responsável pelos eventos Municipais
Tem o perfil responsável pelo turismo e eventos promovendo
como Pólo Turís...
ROTEIROS TEMÁTICOS PASSEIOS
Arte
Cultura Afro
Bem Estar
Independência
City Tour
Mirantes
Eventos Especiais
Futebol
Faces
A...
DADOS ATUAIS
CENTRAL DE INFORMAÇÃO TURÍSTICA
Setembro – 4.337 Turistas – 2417 Internacionais
1º Semestre 2012 – 25.443 Tur...
Dados Atuais

Brasil – 20 maiores referencias da Indústria de Eventos
Mundiais
18º Posição no Ranking Mundial
293 grandes ...
Referências
www.visitesaopaulo.com
www.cidadesaopaulo.com
www.spturis.com
Termos Técnicos
Utilizado no setor de Hotelaria,
Hospedagem
•ADVANCE – adiantamento.
•AMERICAN BAR – serviços oferecidos: bebidas
(nacionais e internacionais), salgadinhos.
•BATHROOM...
• COFFEE SHOP – nome genérico de lanchonete,
caracteriza-se pelo serviço rápido (lanches, pratos
rápidos, sobremesas e beb...
•COUVERT ARTÍSTICO – importância cobrada per
capita aos frequentadores de restaurantes ou boates
que tem shows artísticos ...
•GENTLEMAN – cavalheiro.
•GUEST – hóspede.
•HAPPY-HOUR – nome do evento feito a tarde
e começo da noite nos bares e restau...
•LOBBY – saguão do hotel.
•MADAME – senhora.
•MESSAGE – mensagem.
•MISS – senhorita.
•OFFICE – escritório.
•PIANO BAR – se...
•TIP – gorjeta.
•TOILET – banheiro.
•TRIPLE – triplo (para 3 pessoas).
•VOUCHER – documento emitido pelo agente
de viagem ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Envolvimento comunidade eventos municipais

553 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
553
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Envolvimento comunidade eventos municipais

  1. 1. Envolvimento da comunidade e de entidades públicas e privadas na organização de eventos. Organização de eventos municipais
  2. 2. Com a finalidade de garantir o equilíbrio do mercado turístico, os organismos responsáveis pelo setor projeta uma realização de um trabalho de captação de eventos para a cidade ou região sob sua administração municipal ou estadual
  3. 3. Eventos Municipais e Desenvolvimento Socioeconômico No turismo, ha uma sazonalidade, variando o fluxo turistico e a taxa média de ocupação da hotelaria da região, considerando períodos de alta, média e baixa estações turísticas. A realização de eventos diversos é uma das estratégias mais adequadas e promissoras.
  4. 4. E são implantados destinos turísticos com uma forte vocação sazonal, como Campos do Jordão (no inverno), onde encontra-se no calendário de eventos a solução para essa sazonalidade, criando, eventos como a Oktoberfest - festa tipicamente alemã - no mês de outubro, em plena primavera - sem o frio e a gastronomia típica, mas com clima ameno e jardins floridos.
  5. 5. Este é o maior objetivo da realização de eventos municipais: - Atrair uma demanda frequente, de forma sustentável e que se traduza em produtividade econômica e social para a cidade promotora, empreendedores, para o comércio local, restaurantes, hotéis e comunidade.
  6. 6. Ao elaborar um calendário local de eventos, a prefeitura identifica a vocação maior do município, analisando a comunidade e a cultura local, seus hábitos e preferências, além do conhecimento e a análise do próprio cenário (cidades serranas e de praia – inverno/verão, voltadas aos esportes radicais, ecoturismo, esoterismo, pólos comerciais e centros de serviços, etc).
  7. 7. Quando o município começa a realizar eventos, inicia o processo de fomento ao segmento de turismo de negócios e eventos, que acaba por reformular e qualificar seus equipamentos e serviços turísticos, aumentando o fluxo de visitação de seus atrativos originais, sedimentando a destinação e prolongando a vida do produto turístico.
  8. 8. SP TURIS - Empresa de Turismo e Eventos da Cidade de São Paulo A empresa de promoção turística e eventos da Cidade de São Paulo tem como missão posicionar e promover a cidade como a capital dos negócios, conhecimento e entretenimento da América Latina, destacando seu caráter cultural, buscando sua consolidação como destino turístico, visando ampliar a movimentação dos diversos setores da economia e a qualidade de vida dos cidadãos. É uma empresa de capital aberto cuja sócia majoritária é a Prefeitura da Cidade de São Paulo (77% das ações).
  9. 9. A São Paulo Turismo atua em 3 frentes: 1) Planejamento, estruturação e promoção turística, realizando pesquisas, incentivando a criação de novos produtos e roteiros, mapeamento de atrações, estímulo a novos eventos ou consolidação daqueles com potencial turístico, relacionamento com a cadeia produtiva do setor, promoção do destino no Brasil e no exterior, entre múltiplas ações integradas.
  10. 10. 2) Coordena a realização de eventos públicos e de interesse da cidade e também a infraestrutura dos grandes eventos como o Carnaval, Virada Cultural, Natal Iluminado, Réveillon na Paulista, além de dar suporte a outros como a Parada GLBT, GP Brasil de Fórmula 1, Virada Esportiva e Maratona Internacional de SP.
  11. 11. 3) Locação de espaços para eventos como o Anhembi Parque (Pavilhão de Exposições, Palácio de Convenções, Sambódromo, Arena) e o Autódromo de Interlagos. Oferece produtos e programas na cidade como: •Turismetrô •Fique Mais um Dia •Roteiros Temáticos •Plano de Desenvolvimento Turístico do Centro •Projeto de Capacidade a Taxistas e Guias de Turismo
  12. 12. Material de apoio para o trade como: • Manual de Capacitação Destino São Paulo • São Paulo Saúde – Guia de Turismo Médico e Bem-Estar • Manual Turismo de Negócios e de Incentivo •Manuais para download de diversos roteiros, temas e pesquisas.
  13. 13. Eventos e Organizações do Terceiro Setor Uma das formas de participação das comunidades em eventos é através da atuação das ONGs’s na criação, elaboração de eventos que envolvam o bemestar social dos indivíduos de uma comunidade. Para a realização desses eventos, também são necessárias as parcerias, apoios e patrocínios, vindos tanto da esfera privada como pública. Daí o envolvimento dos órgãos públicos no auxílio de infraestrutura e serviços para a realização dos eventos.
  14. 14. Uma das formas encontradas para maior e melhor integração de grupos é a publicação dos calendários de eventos das associações. Os eventos no âmbito das organizações do Terceiro Setor têm fortes conotações de lazer, tendo como função a integração do indivíduo na organização e na sociedade; o desenvolvimento pessoal e social dos indivíduos, independentemente de sua classificação.
  15. 15. Eventos e Empresas-Cidadãs As desigualdades da sociedade brasileira incomodam e os empresários sabem que o Estado não terá condições de reverter essa situação sozinho. Por isso, o capital privado está sendo chamado para suprir as deficiências da máquina governamental, principalmente em áreas como a educação e a saúde.
  16. 16. Entre tantas ações implantadas no setor social, são realizados eventos, cujas funções são lazer, entretenimento, aquisição de novos conhecimentos, educação, integração social e outros. Assim dão maior credibilidade aos programas e às empresas, além de atrair a mídia, obter o comprometimento público e o incentivo ao voluntariado.
  17. 17. Exemplo: Azaléia- Pró-Educar – 1.555 funcionários estudantes e mais de 3 mil formados, engloba os seguintes eventos: Teatro para Todos, Orquestras e Concertos Azaléia, 3 corais, 1 Centro de Tradições Gaúchas, Cursos de folclore e artesanato, Bibliotecas Videotecas, Eventos esportivos.
  18. 18. SP Turis – Responsável pelos eventos Municipais Tem o perfil responsável pelo turismo e eventos promovendo como Pólo Turístico MARCA – SÃO PAULO VIVA TUDO ISSO OBERVATÓRIO DO TURISMO – Núcleo de estudos e pesquisas, monitora o turismo em São Paulo, Promoção da atividade turística, e atua como fonte de referência de dados oficiais do turismo no município de São Paulo.
  19. 19. ROTEIROS TEMÁTICOS PASSEIOS Arte Cultura Afro Bem Estar Independência City Tour Mirantes Eventos Especiais Futebol Faces Arte Urbana Família Café a História de São Paulo Glamour Cidade Criativa Paulistanos São Paulo Ecorrural Religiões Romance Verde
  20. 20. DADOS ATUAIS CENTRAL DE INFORMAÇÃO TURÍSTICA Setembro – 4.337 Turistas – 2417 Internacionais 1º Semestre 2012 – 25.443 Turistas, sendo 15.031 Internacionais Procedência 1º Argentina, 2º E.U.A, 3º Peru, 4º Chile, 5º Alemanha Informações – A maioria solicitou Informação Impressa – por fornecedores externos
  21. 21. Dados Atuais Brasil – 20 maiores referencias da Indústria de Eventos Mundiais 18º Posição no Ranking Mundial 293 grandes encontros Mundiais, 30% realizado em São Paulo. WTM – World Travel Market – Londres – Promover a cidade para agentes de viagens, Operadoras e Organizadores de Eventos. 2013 – WTM – Latin América aqui em São Paulo.
  22. 22. Referências www.visitesaopaulo.com www.cidadesaopaulo.com www.spturis.com
  23. 23. Termos Técnicos Utilizado no setor de Hotelaria, Hospedagem
  24. 24. •ADVANCE – adiantamento. •AMERICAN BAR – serviços oferecidos: bebidas (nacionais e internacionais), salgadinhos. •BATHROOM – banheiro com chuveiro. •BELL BOY – mensageiro. •BRIEF CASE – pasta. •CAFÉ – bar típico francês, serve todo tipo de bebida alcoólica, misturada com café. •CHANCE – troco. •CHECK BILL – conta. •CHECK-IN TIME – horário de entrada. •CKECK-OUT TIME – horário de saída. •CHEF – chefe de cozinha
  25. 25. • COFFEE SHOP – nome genérico de lanchonete, caracteriza-se pelo serviço rápido (lanches, pratos rápidos, sobremesas e bebidas). •COLLECT CALL – ligação a cobrar. •COMMINS – auxiliar na limpeza das mesas, diferencia-se pela gravata branca. •COUVERT – aperitivos, salgados, servidos logo ao se acomodar no restaurante, tem a finalidade de estimular o apetite e acompanhar as bebidas, consiste de patês, pães, torradas, manteiga e outras iguarias.
  26. 26. •COUVERT ARTÍSTICO – importância cobrada per capita aos frequentadores de restaurantes ou boates que tem shows artísticos ou música ao vivo. Cobrança permitida por lei. •DANCING BAR – bebidas, refeições, pista de dança, música de orquestra ou fita. •DOUBLE – duplo (para 2 pessoas). •DRUGSTORES – estabelecimento onde se vende praticamente tudo, desde cigarros, livros, perfumaria, presentes e tem pequenas mesas onde são servidas bebidas, lanches com serviço rápido. Ex: loja de conveniência 24 horas. •ENTRANCE – entrada.
  27. 27. •GENTLEMAN – cavalheiro. •GUEST – hóspede. •HAPPY-HOUR – nome do evento feito a tarde e começo da noite nos bares e restaurantes •HARRIS BAR – típico inglês. Caracteriza-se pelo serviço de drinks e criatividade do barman. •HEADWAITER – maitre, chefe dos garçons. •HOUSEKEEPER – arrumadeira. •IN CASE OF FIRE – em caso de incêndio. •LATE CHECK-OUT – check out após a hora padrão.
  28. 28. •LOBBY – saguão do hotel. •MADAME – senhora. •MESSAGE – mensagem. •MISS – senhorita. •OFFICE – escritório. •PIANO BAR – semelhante ao american bar, mas com piano •RESTROOM – banheiro. •SALLON – local com arranjo típico dos E.U.A., além de alimentos oferece quartos, jogos e shows. •SINGLE – solteiro (para uma pessoa). •SNACK BAR – serve bebidas e refeições rápidas de origem americana.
  29. 29. •TIP – gorjeta. •TOILET – banheiro. •TRIPLE – triplo (para 3 pessoas). •VOUCHER – documento emitido pelo agente de viagem que o hóspede apresenta como garantia e pagamento de sua reserva.

×