Relatório superfície

1.388 visualizações

Publicada em

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.388
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
255
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatório superfície

  1. 1. Fórum Design Design Superfície
  2. 2. As Superfícies que estão nas Ruas O Design de Superfície está presente nas nossas vidas desde o mo- mento em que acordamos até o momento em que adormecemos. As pessoas tocam, sentem, olham, testam e experimentam diver- sas sensações. E como é preciso fazer o consumidor ter as melhores sensações com nossos produtos ou materiais, para ser competitivo.
  3. 3. Lilian Ried Profª. Ms Lilian Ried Miller Barros Arquiteta e Urbanista, pela FAU-USP, Pesquisadora e Consultora em Cores. Concluiu Mestrado em Teorias da Cor (FAU-USP) em 2001. Ministra cursos de especialização em composição cromática para diversos profissionais. Atualmente desenvolve sua pesquisa de doutorado sobre a educação visual da cor na FAU-USP. Lilian demonstrou a importância de uma educação visual dedicada aos contrastes cromáticos, a combinação de cores e seus efeitos perceptivos em determinados con- trastes com o meio em que se encontram. Realçou a percepção visual com interferen- cia de cor, forma, profundidade e movimento.
  4. 4. Cecília Cesario Alvin Tem produtos em lojas do Brasil como a Daslu (SP), MAM de Edimburgo e do RJ e na Chicô Arquitetura en- tre outras . Há 5 anos trabalha para Scalla Cerâmica desenvolvendo produtos e estampas. Expôs com Matias Marcier (RJ), Zona D (SP), duas vezes em Londres e na Escócia. Foi premiada na Gift Fair em 2007 e no Mu- seu da Casa Brasileira. Atua com diversas empresas de Cerâmica. A palestra foi focada nas inúmeras possibilidades do design em cerâmica de mesa, desde porcelana a base vermelha. Formas de valorizar detalhes e desenvolvimento desde protótipos a grande escala.
  5. 5. Glaucia Binda / Daniele Merla Administradora e Designer, especialista em Marketing, Publicidade e Design do Mobiliário. Atualmente é Gerente de Marketing e Produtos da multinacional Impress Decor Brasil - empresa líder de Mercado no Brasil e na America Latina no setor de superfícies decorativas para painéis de MDF, MDP e Lam- inados de Alta Pressão. Eles explanaram como integrar as tendências de texturas, padrões e cores para dife- rentes aplicações e segmentos. O Design de Superfícies no mundo e no Brasil, sua atuação e importância no desenvolvimento de produtos com apresentação de cases da própria empresa.
  6. 6. Adriane Shibata É designer de produto e atualmente é Coordenadora de Design da Busscar Ônibus e docente do curso de graduação em Design da Univille. Participou de projetos premiados pelo IF 2009 e 2010 e IDEA Brasil 2009, além de uma menção honrosa no prêmio Brasil Faz Design 2000. Formada em Desenho Industrial pela UFPR, possui especialização em Engenharia do Produto e Design pela Puc-PR, mestrado em Saúde e Meio Ambiente pela Univille e está cursando doutorado em Design pela Puc-Rio. Adriana, juntamente com os convidados da EMBRAER, detalharam os processos e etapas de alguns interiores de automóveis coletivos e aviões que são desenvolvidos para durar sem perder o tom e ter resistência sem sair de moda. Desenvolvidos para a coletividade, devem ter uma perenidade grande e uma série de características que podem ser aplicadas em diversas áreas.
  7. 7. Evelise Ruthschilling Graduada e, Bacharelado em Artes Plásticas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1978), mes- trado em Artes Visuais pela UFRGS (1994) e doutorado em Informática na Educação pela UFRGS (2002). Atu- almente é professora adjunta da UFRGS. As influências da moda com tendências e movimentos de cores, texturas e padrões, modo de vestir que os consumidores se expressam e levam isso para o seu dia-a-dia. Todas as pesquisas são baseadas em feiras internacionais do setor que se traduz para as coleções das proximas estações.
  8. 8. Sintetização: Debate final O debate foi bastante interessante para quebrar alguns paradigmas artísticos, design- ers autônomos, com a realidade da produção em serie. Mas com um estímulo de não nos acomodarmos com o que já temos de tecnologia e sim verificar novas possibili- dades de produção e CRIAÇÃO. Pude observar que vários outros seguimentos que trabalham com a superfície, como nós, também já está trabalhando com as impressões a jato de tinta, como a Impress que fornece para a formaplas, SCA... para personalizar sem ter grandes custos de produção.

×