Doenças neurodegenerativas

10.503 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.503
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
282
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Doenças neurodegenerativas

  1. 1. DoençasNeurodegenerativasCamila Ferreira da Silva RA 20171376Cristiane dos Santos Bahia RA 20121904Sara Regina Bertoni RA 20140580Jéssica Mariane Evangelista Zebini RA20055872
  2. 2. Características Gerais Destruição Progressiva e Irreversível dos Neurônios Perda das Funções Motoras, Fisiológicas e/ou Capacidade Cognitiva NÃO TEM CURA!
  3. 3. Mais conhecidas- Degenerações Espinocerebelares (ATAXIA)- Deterioração Cognitiva Vascular;- Doença de Alzheimer;- Doenças causadas por Príons;- Retinopatias Degenerativas;- Doença de Parkinson;- Esclerose Lateral Emiotrófica;- Doenças de Huntington;- Doenças de Pick.
  4. 4. Degenerações espinocerebelares Hereditária Degeneração do Cerebelo e Medula Espinhal Causa: Mutações Genéticas ( multiplicação de genes afetados) Mais comum: Ataxia de FriedreichIncidência : 1 a cada 50.000, ocorre antes dos 25 anosPerda dos Reflexos Tendineos (afeta equilibrio e Força Muscular)Fraqueza nos membros inferiores
  5. 5. Deterioração Cognitiva Vascular Deterioração de áreas do funcionamento mental Incidência > Idade, homem, fatores de risco vascular CAUSA: obstrução de artéria (AVC) 2 tipos: COM DEMÊNCIA E SEM DEMÊNCIA85 anos de idade > com demência Compromete a circulação sanguínea cerebral Gera a perda da camada de gordura da célula Gera dependência funcional
  6. 6. Doença de Alzheimer Demência: perda progressiva de memória e capacidade deaprendizado. etc. 2 Tipos: DA de início SenilDA de acometimento Precoce Acometimento: 1 a cada 20, acima de 65 anos Diminuição de Neurotransmissores Fases : InicialIntermediáriaAvançada
  7. 7. DOENÇAS CAUSADAS POR PRÍONS Príons = proteínas comuns modificadas Morte de Neurônios Degeneração das células nervosas, cérebro com aspecto esponjoso Origem genética ou contato com tecidos contaminados Perda da capacidade de cuidar se si próprio Remédio para controle dos sintomas Doenças raras
  8. 8. Retinopatias degenerativas Doenças hereditárias que causam degeneração dos fotorreceptoresda retina Maior causa de cegueira irreversível e perda visual Fotorreceptores : cones e bastonetes Retinose Pigmentar: Perda do campo visual periférico e visão centralSintomas notados na adolescenciaImplante de chip,devolve parte da visão
  9. 9. Doença de Parkinson “Enfermidade caracterizada pela presença de movimentostremulantes involuntários, diminuição da força muscular,tendência à inclinação do tronco para frente e alteração damarcha. Os sentidos e o intelecto são preservados’’‘James Parkinson, LONDRES 1817’ Evolução Lenta TRATAMENTO: controle dos sintomas 100 a 200 casos a cada 1000 hab.
  10. 10. Esclerose Lateral amiotrófica (ELA) Distúrbio progressivo que envolve a degeneração do sistema motor Surgimento: entre 55 e 75 anos Perca de neurônios do córtex cerebral 10% hereditário Não há tratamento
  11. 11. Doença de Huntington Expansão da trinca CAG presente na porção 5‟ Formação de proteína funcionalmente alterada É hereditária, acomete filhos. Primeiros sintomas acima dos 35 anos Destruição de parte do Núcleo Cerebral Estriado Perda progressiva de capacidade intelectual
  12. 12. Doenças de Pick Doença RARA Maioria afetada: Mulheres Acumulo Anormal de proteínas nointerior dos neurônios Alteração de Personalidade eComportamento Social Não há tratamento„Perda de Neurônios cerebrais, gerando a perda damemória e afetando a vida social’Arnold Pick
  13. 13. Doença de Parkinson Perda de neurônios do SNC em uma região conhecida comosubstância negra (ou nigra). Os neurônios dessa região sintetizam oneurotransmissor dopamina, cuja diminuição nessa área provocasintomas principalmente motores.
  14. 14.  Costuma aparecer na faixa etária de 55 a 65 anosCausas: Ação de toxinas ambientais; Acúmulo de radicais livres; Anormalidades nas mitocôndrias; Predisposição genética..
  15. 15. Sintomas: Rigidez muscular e tremor em repouso Movimentos que fazemos sem pensar são muito prejudicados,ficando mais lentos e pobres O rosto pode ficar inexpressivo e a fala monótona e sem melodia. A escrita pode ficar minúscula. A rigidez da musculatura está ligada à instabilidade postural, queleva o doente a adotar uma postura curvada O doente frequentemente torna-se deprimido sem motivo aparente. Podem ocorrer lapsos de memória, dificuldade de concentração eirritabilidade. Dores musculares são comuns, principalmente na região lombar.
  16. 16.  Deglutição e mastigação podem estar comprometidas Determinados movimentos involuntários automáticos, sãogradualmente abolidos durante a evolução da DP. As pálpebras, porexemplo, ficam indolentes, piscando cada vez menosTratamento: Apesar de não haver, atualmente, uma cura para a doença deParkinson, os sintomas podem ser controlados através de diversostipos de medicações. Medicamentos que diminuem as anomalias, tais como a Levodopae os medicamentos que reproduzem o efeito da dopamina nocérebro Há pesquisas que procuram encontrar medicamentos“neuroproteores”
  17. 17. *A doença de Parkinson é uma doença não reversível, que seprolonga por toda a vida. No entanto, a qualidade de vida dos doentespode ser, substancialmente, melhorada com a utilização damedicação, sendo que, por exemplo, com a levodopa há uma reduçãodos sintomas em cerca de 75% dos pacientes.
  18. 18. Obrigado!CamilaCristianeJéssica MarianaSara

×