Região sul

510 visualizações

Publicada em

Aspectos físicos e sociais

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Região sul

  1. 1. Região Sul
  2. 2. • Bioma é um conjunto de tipos de vegetação que abrange grandes áreas contínuas, em escala regional, com flora e fauna similares, definida pelas condições físicas predominantes nas regiões. Esses aspectos climáticos, geográficos e litológicos (das rochas), por exemplo, fazem com que um bioma seja dotado de uma diversidade biológica singular, própria. Os seres vivos de um bioma vivem de forma adaptada as condições da natureza (vegetação, chuva, umidade, calor, etc) existentes. • Biomas Brasileiros • No Brasil, os biomas existentes são (da maior extensão para a menor): a Amazônia, o Cerrado, a Mata Atlântica, a Caatinga, o Pampa e o Pantanal.
  3. 3. A Usina Hidrelétrica Binacional de Itaipu é um exemplo de cooperação entre duas nações e deve servir de modelo para a interação dos países do Mercosul. Com a Itaipu, o Brasil desenvolveu uma tecnologia própria de construção de grandes barragens e incorporou ao setor elétrico uma usina que hoje responde por quase um quarto de todo o consumo nacional. Já o Paraguai passou a contar com a energia suficiente para seu abastecimento durante as próximas décadas, sem precisar fazer qualquer outro investimento no setor, além de ter um papel muito significativo no desenvolvimento de toda a região de fronteira. Também é destaque, pelo pagamento de royalties, uma compensação financeira aos governos do Brasil e do Paraguai pela utilização do potencial hidrelétrico do rio Paraná, seu pagamento por legislação à parte, regulamentada após a Constituição de 1988, ,que determina sua redistribuição a estados, municípios e órgãos federais. Os critérios para a distribuição dos royalties no Brasil foram estabelecidos pelo Decreto Federal nº 1 , de 11 de Janeiro de 1991, também conhecido como Lei dos Royalties. A maior parte os royalties fica no Paraná... http://www.itaipu.gov.br/nossa-historia
  4. 4.  Santa Catarina da economia industrial periférica ao território competitivo dos tecnopólos.  Os Tecnopolis: territórios, redes e tecnologia.  A estrutura institucional porosa do Estado.  Desenvolvimento local seletivo e periférico.
  5. 5. O salto da indústria catarinense. - 1945-1962 Diversificação da base produtiva . Estrangulamento da infraestrutura 1962-1990 Investimento em infraestrutura pelo Estado. Consolidação do capital industrial. 1990-atual Quebra paradigma produtivo. Emergência modelo empresarial Abertura econômica
  6. 6. TECNOPÓLO: Tecnologia, rede e território (...) São instrumentos de desenvolvimento regional e designam os canais técnico-industriais cujo fortalecimento é favorecido pelo Estado – no quadro dos contratos de Plano entre o Estado e a Região. Organizam-se em redes, visando sobretudo à transferência de tecnologia para a indústria regional, permitindo que os diferentes parceiros trabalhem juntos. Trata-se essencialmente de um circuito econômico (BENKO, 1999 p. 155).
  7. 7. ENSINO- PESQUISA EMPRESA ESTADO O território é um trunfo particular, recurso e entrave, continente e conteúdo, tudo ao mesmo tempo. O território é o espaço político por excelência, o campo de ação dos trunfos” (RAFFESTIN, pp. 59-60).
  8. 8. MAPA DE ENSINO SC

×