SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 49
 http://estudareaprender.com/aprendendo-
inteligencia-7-ensinamentos-do-prof-pier/
 http://www.proprofs.com/quiz-school/personality/quizshow.php?title=teste-voc-visual-auditivo-ou-
cinestsico&q=1
As provas, em sua maioria, apresentam o predomínio
de questões de Geografia do Brasil (50%), seguidas de
Geografia Geral (30%) e Geografia Regional do Mundo
(20%).
 Geografia do Brasil: problemas sociais e urbanos, ambientais,
econômicos – agropecuária, indústria, transporte e recursos
naturais [fontes de energia e minérios], desequilíbrios regionais,
além de domínios naturais.
 Geografia Geral: geopolítica [mundo contemporâneo],
cartografia, pedologia, geomorfologia, climatologia, geopolítica
dos mares e oceanos, problemas ambientais, economia mundial
[agropecuária, indústria, transportes e recursos naturais – fontes
de energia e minérios), além problemas populacionais (urbanos e
sociais.
 Geografia Regional do Mundo: Estados Unidos, União Europeia,
Rússia, China, Japão, Índia, Tigres Asiáticos, América Latina,
África Subsaariana, Mundo Muçulmano (África Mediterrânea e
Oriente Médio).
GRAU DE COMPLEXIDADE DAS PROVAS
1ª fase
Enem, Vunesp, Unicamp e Fuvest
Questões de baixa a média complexidade
2ª fase
Vunesp Fuvest e Unicamp
Questões de média a elevada complexidade
 http://guiadoestudante.abril.com.br/estudar/geogra
fia/africa-politica-economia-aspectos-geograficos-
dicas-questoes-vestibulares-600659.shtml
RELEVO
O Quilimanjaro é o monte mais alto
do continente africano.
 Terreno antigo e desgastado pela erosão,
rico em minérios
 Predomínio de planaltos no centro e
montanhas nas bordas (áreas de
contatos entre placas tectônicas).
 As áreas alaranjadas representam as
médias altitudes (planaltos).
 As áreas em lilás representam as
maiores altitudes (montanhas).
A Cadeia do Atlas
CADEIA DO ATLAS
A Cadeia do Atlas impede que as
nuvens carregadas com umidade
entrem no interior do continente
africano sendo um dos
causadores da criação e
manutenção do Deserto do Saara
Cadeia do Atlas
Marrakesh (SAARA).
Sul do MARROCOS
Ceuta (Mediterrâneo)
Norte do MARROCOS
CADEIA DO CABO - MONTES DRAKENSBERG
 A Cordilheira do Cabo ou
Drakensberg estende-se por mais de 1000
km, paralelamente à costa oriental da África
do Sul. O nome desta cordilheira em língua
isiZulu é uKhahlamba, que significa
“barreira de lanças”.
O Rift Valley, assim como o
Mar Vermelho, encontra-se
em uma zona de contato
entre placas tectônicas. Caso
essa linha de falhas se
alargue, futuramente, poderá
se transformar em um braço
de mar e o Chifre da Africa se
transformará em uma Ilha.
MONTE QUILIMANJARO OU QUIBO
OBS: Monte Quilimanjaro, o ponto mais
alto do continente com 6.010 metros de
altitude. Também conhecido como
Montanha Branca, pela presença de neves
eternas no seu cume, situa-se entre o
Quênia e a Tanzânia.
HIDROGRAFIA AFRICANA
 Tendo suas regiões norte e sul praticamente tomadas por desertos, a África possui
relativamente poucos rios.
 Alguns deles são muito extensos e volumosos, por estarem localizados em regiões tropicais e
equatoriais;
 Outros atravessam áreas desérticas, tornando a vida possível ao longo de suas margens.
 O relevo predominantemente planáltico permite aos rios apresentarem elevado potencial
hidrelétrico, apesar de pouco aproveitado.
Principais Bacias:
a) Bacia do Nilo
b) Bacia do Congo
c) Bacia do Níger
BACIA DO RIO NILO
 Rio Nilo
 2º maior do mundo em extensão - 6 627,15 km
BACIA DO RIO NÍGER
 O Rio Níger nasce na fronteira entre Serra Leoa e a Guiné
(Montes Fouta Djalon),
 Extensão: 4.200 Km.
BACIA DO RIO CONGO
Ponte sobre o Rio Congo
GRANDES LAGOS AFRICANOS
 Os Grandes Lagos Africanos são um conjunto de lagos de origem
tectônica, localizados na África oriental, que incluem alguns dos lagos mais
profundos do mundo.
 São os únicos lagos do mundo onde tem ondas, pois são imensos e
profundos (tectônicos).
 Os mais importantes são:
A) Vitória (nascente do Nilo)
B) Malawi ou Niassa
C) Tanganica
LAGO VITÓRIA
LAGO TANGANICA
LAGO MALAWI OU NIASSA
A DIVERSIDADE CLIMÁTICA
AFRICAN
A
RELAÇÃO ENTRE CLIMAS E VEGETAÇÕES
 Partindo da linha do Equador para o Norte e para o Sul, a África repete
uma sequencia de climas e de paisagens vegetais muito parecida.
 Costuma-se dizer que a vegetação africana é um espelho do clima, já
que as paisagens se organizam no espaço geográfico de forma muito
parecida com os tipos climáticos
EXEMPLOS:
A) Clima Equatorial : Floresta Equatorial
(Chuvosa e Quente, fechada e alta, heterogênea e
latifoliada)
B) Clima Tropical : Savanas (arbustiva média e
aberta)
C) Clima Semi-Árido: Estepes (rasteira)
D) Clima Desértico: Xerófitas SAARA (ao sul) e
Kaalahari e Namíbia(ao sudoeste)
E) Clima Mediterrâneo: Vegetação
Mediterrânea (arbustiva)
F) Clima de Montanha : Tundra
FLORESTAS
LATIFOLIADAS
SAVANAS
ESTEPES
XERÓFILA
S
AUSENTE OU
OÁSIS
EVENTUAIS
Maquis e
Garrigues
ESCASSEZ DE ÁGUA
 O continente africano enfrenta problemas
ambientais agravados pelo crescimento da
população, pelo alto grau de pobreza e pela
urbanização acelerada.
 Entre esses problemas, destaca-se a escassez de
água, em razão das extensas áreas áridas e
semiáridas e da reduzida rede hidrográfica.
ESCASSEZ DE ÁGUA
 Com o crescimento da população, o consumo de água
aumentou, ampliando-se os danos à paisagem
vegetal e aos rios, o que dificulta ainda mais sua
obtenção.
 Um dos locais onde isso pode ser percebido é no
Sahel
Ao sul do Saara encontramos
uma faixa do território africano,
que se estende de leste para
oeste, denominada Sahel,
tradicionalmente ocupada pela
agricultura de desubsistência,
mas que passa por um
processo de desertificação e
avanço do Saara.
SAHEL
 Em quase todo o continente africano é difícil obter
água potável, já que mesmo nas grandes cidades a
água, em geral, não recebe tratamento, o que
contribui para a disseminação de doenças.
QUEIMADAS
 Outro problema ambiental da África é o uso de
técnicas agrícolas ultrapassadas, especialmente de
queimadas.
 Além de destruir os nutrientes do solo e seus
microrganismos, reduzindo a produtividade, as
queimas o ressecam, retirando sua umidade natural
e levando-o à desertificação.
África e o vestibular.
África e o vestibular.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

áFrica Aspectos FíSicos
áFrica Aspectos FíSicosáFrica Aspectos FíSicos
áFrica Aspectos FíSicosceama
 
Documento apoio ao estudo meio natural relevo hidrografia
Documento apoio ao estudo meio natural relevo hidrografiaDocumento apoio ao estudo meio natural relevo hidrografia
Documento apoio ao estudo meio natural relevo hidrografiaMinistério da Educação
 
áSia localização e quadro natural final
áSia   localização e quadro natural finaláSia   localização e quadro natural final
áSia localização e quadro natural finalLuciano Pessanha
 
An do continente africano 25.08.11
An do continente africano 25.08.11An do continente africano 25.08.11
An do continente africano 25.08.11Raquel Avila
 
Aspectos naturais do continente asiatico
Aspectos naturais do continente asiaticoAspectos naturais do continente asiatico
Aspectos naturais do continente asiaticoflaviocosac
 
África: aspectos físicos e naturais RIGHETTI
África: aspectos físicos e naturais RIGHETTIÁfrica: aspectos físicos e naturais RIGHETTI
África: aspectos físicos e naturais RIGHETTIAna Gabriela
 
Aula 50 (áfrica hidrografia e relevo)
Aula 50 (áfrica  hidrografia e relevo)Aula 50 (áfrica  hidrografia e relevo)
Aula 50 (áfrica hidrografia e relevo)Colegio Objetivo Penha
 
Continente africano introdução
Continente africano introduçãoContinente africano introdução
Continente africano introduçãoFernanda Lopes
 
Geografia.Ásia; aspectos físicos
Geografia.Ásia; aspectos físicosGeografia.Ásia; aspectos físicos
Geografia.Ásia; aspectos físicosJéssica Simões
 

Mais procurados (20)

O QUADRO NATURAL ASIÁTICO
O QUADRO NATURAL ASIÁTICOO QUADRO NATURAL ASIÁTICO
O QUADRO NATURAL ASIÁTICO
 
áFrica Aspectos FíSicos
áFrica Aspectos FíSicosáFrica Aspectos FíSicos
áFrica Aspectos FíSicos
 
África - Hidrografia e Vegetação
África - Hidrografia e VegetaçãoÁfrica - Hidrografia e Vegetação
África - Hidrografia e Vegetação
 
Documento apoio ao estudo meio natural relevo hidrografia
Documento apoio ao estudo meio natural relevo hidrografiaDocumento apoio ao estudo meio natural relevo hidrografia
Documento apoio ao estudo meio natural relevo hidrografia
 
Africa - Natureza
Africa - NaturezaAfrica - Natureza
Africa - Natureza
 
áSia localização e quadro natural final
áSia   localização e quadro natural finaláSia   localização e quadro natural final
áSia localização e quadro natural final
 
An do continente africano 25.08.11
An do continente africano 25.08.11An do continente africano 25.08.11
An do continente africano 25.08.11
 
O continente africano
O continente  africanoO continente  africano
O continente africano
 
Aspectos naturais do continente asiatico
Aspectos naturais do continente asiaticoAspectos naturais do continente asiatico
Aspectos naturais do continente asiatico
 
África: aspectos físicos e naturais RIGHETTI
África: aspectos físicos e naturais RIGHETTIÁfrica: aspectos físicos e naturais RIGHETTI
África: aspectos físicos e naturais RIGHETTI
 
África – clima e vegetação
África – clima e vegetaçãoÁfrica – clima e vegetação
África – clima e vegetação
 
Modulo 02 - O quadro natural africano
Modulo 02 - O quadro natural africanoModulo 02 - O quadro natural africano
Modulo 02 - O quadro natural africano
 
áSia Quadro Natural
áSia   Quadro NaturaláSia   Quadro Natural
áSia Quadro Natural
 
Continente asiático
Continente asiáticoContinente asiático
Continente asiático
 
Aula 50 (áfrica hidrografia e relevo)
Aula 50 (áfrica  hidrografia e relevo)Aula 50 (áfrica  hidrografia e relevo)
Aula 50 (áfrica hidrografia e relevo)
 
Continente africano introdução
Continente africano introduçãoContinente africano introdução
Continente africano introdução
 
Continente africano
Continente africanoContinente africano
Continente africano
 
Africa - Natureza
Africa - NaturezaAfrica - Natureza
Africa - Natureza
 
Geografia.Ásia; aspectos físicos
Geografia.Ásia; aspectos físicosGeografia.Ásia; aspectos físicos
Geografia.Ásia; aspectos físicos
 
Porradão do Bartinho
Porradão do BartinhoPorradão do Bartinho
Porradão do Bartinho
 

Destaque

O continente africano.
O continente africano.O continente africano.
O continente africano.Camila Brito
 
Geografia natureza e riscos ambientais
Geografia   natureza e riscos ambientaisGeografia   natureza e riscos ambientais
Geografia natureza e riscos ambientaisfelipedacarpereira
 
6ano.historia.Aula01.anglo
6ano.historia.Aula01.anglo6ano.historia.Aula01.anglo
6ano.historia.Aula01.angloCamila Brito
 
America do sul.revisão.
America do sul.revisão.America do sul.revisão.
America do sul.revisão.Camila Brito
 
Atualidades 1 º semestre
Atualidades 1 º semestreAtualidades 1 º semestre
Atualidades 1 º semestreCamila Brito
 
Atualidades Vestibular 2015.
Atualidades Vestibular 2015.Atualidades Vestibular 2015.
Atualidades Vestibular 2015.Camila Brito
 
Reforma e contra reforma.
Reforma e contra reforma.Reforma e contra reforma.
Reforma e contra reforma.Camila Brito
 
Vida humana e religiosa.anglo.primeiras civilizações.
Vida humana e religiosa.anglo.primeiras civilizações.Vida humana e religiosa.anglo.primeiras civilizações.
Vida humana e religiosa.anglo.primeiras civilizações.Camila Brito
 
Povos nativos da América.
Povos nativos da América.Povos nativos da América.
Povos nativos da América.Camila Brito
 
A Implatação Da República
A Implatação Da RepúblicaA Implatação Da República
A Implatação Da Repúblicarosabraba
 
Atualidades 2015 –2semestre
Atualidades 2015 –2semestreAtualidades 2015 –2semestre
Atualidades 2015 –2semestreCamila Brito
 
Povos primitivos da américa.
Povos primitivos da américa.Povos primitivos da américa.
Povos primitivos da américa.Camila Brito
 
Guerra fria-e-nova-ordem-mundial-
Guerra fria-e-nova-ordem-mundial- Guerra fria-e-nova-ordem-mundial-
Guerra fria-e-nova-ordem-mundial- Camila Brito
 
Descolonização africana
Descolonização africanaDescolonização africana
Descolonização africanaCamila Brito
 

Destaque (20)

O continente africano.
O continente africano.O continente africano.
O continente africano.
 
Geografia natureza e riscos ambientais
Geografia   natureza e riscos ambientaisGeografia   natureza e riscos ambientais
Geografia natureza e riscos ambientais
 
História.01
História.01História.01
História.01
 
6ano.historia.Aula01.anglo
6ano.historia.Aula01.anglo6ano.historia.Aula01.anglo
6ano.historia.Aula01.anglo
 
America do sul.revisão.
America do sul.revisão.America do sul.revisão.
America do sul.revisão.
 
6 ano cap. 8
6 ano cap. 86 ano cap. 8
6 ano cap. 8
 
África
ÁfricaÁfrica
África
 
Atualidades 1 º semestre
Atualidades 1 º semestreAtualidades 1 º semestre
Atualidades 1 º semestre
 
Atualidades Vestibular 2015.
Atualidades Vestibular 2015.Atualidades Vestibular 2015.
Atualidades Vestibular 2015.
 
Reforma e contra reforma.
Reforma e contra reforma.Reforma e contra reforma.
Reforma e contra reforma.
 
Vida humana e religiosa.anglo.primeiras civilizações.
Vida humana e religiosa.anglo.primeiras civilizações.Vida humana e religiosa.anglo.primeiras civilizações.
Vida humana e religiosa.anglo.primeiras civilizações.
 
Egito.
Egito.Egito.
Egito.
 
Povos nativos da América.
Povos nativos da América.Povos nativos da América.
Povos nativos da América.
 
A Implatação Da República
A Implatação Da RepúblicaA Implatação Da República
A Implatação Da República
 
Africa
Africa Africa
Africa
 
Africa.revisão
Africa.revisãoAfrica.revisão
Africa.revisão
 
Atualidades 2015 –2semestre
Atualidades 2015 –2semestreAtualidades 2015 –2semestre
Atualidades 2015 –2semestre
 
Povos primitivos da américa.
Povos primitivos da américa.Povos primitivos da américa.
Povos primitivos da américa.
 
Guerra fria-e-nova-ordem-mundial-
Guerra fria-e-nova-ordem-mundial- Guerra fria-e-nova-ordem-mundial-
Guerra fria-e-nova-ordem-mundial-
 
Descolonização africana
Descolonização africanaDescolonização africana
Descolonização africana
 

Semelhante a África e o vestibular.

Aula 21 áfrica - quadro natural e humano
Aula 21   áfrica - quadro natural e humanoAula 21   áfrica - quadro natural e humano
Aula 21 áfrica - quadro natural e humanoJonatas Carlos
 
ÁFrica Resumo
ÁFrica ResumoÁFrica Resumo
ÁFrica Resumoaroudus
 
Avaliação de geografia 8 áfrica 2013
Avaliação de geografia 8 áfrica 2013Avaliação de geografia 8 áfrica 2013
Avaliação de geografia 8 áfrica 2013Keila Caetano
 
Prova de geografia 9 ano 2
Prova de geografia 9 ano 2Prova de geografia 9 ano 2
Prova de geografia 9 ano 2Google
 
Meio Natural - Relevo, Bacias Hidrográficas e Relevo Litoral
Meio Natural - Relevo, Bacias Hidrográficas e Relevo LitoralMeio Natural - Relevo, Bacias Hidrográficas e Relevo Litoral
Meio Natural - Relevo, Bacias Hidrográficas e Relevo LitoralAndre Biscaia
 
Dominios morfoclimaticos superhumanas
Dominios morfoclimaticos superhumanasDominios morfoclimaticos superhumanas
Dominios morfoclimaticos superhumanasAdemir Aquino
 
Geografia osprincipaisaspectosfisicosenaturaisdocontinenteafricano-climarelev...
Geografia osprincipaisaspectosfisicosenaturaisdocontinenteafricano-climarelev...Geografia osprincipaisaspectosfisicosenaturaisdocontinenteafricano-climarelev...
Geografia osprincipaisaspectosfisicosenaturaisdocontinenteafricano-climarelev...fgeografo
 
Domínio das caatingas
Domínio das caatingasDomínio das caatingas
Domínio das caatingasRodrigo Sousa
 

Semelhante a África e o vestibular. (20)

África
África África
África
 
África
ÁfricaÁfrica
África
 
Africa 2019 champ
Africa 2019 champAfrica 2019 champ
Africa 2019 champ
 
Aula 21 áfrica - quadro natural e humano
Aula 21   áfrica - quadro natural e humanoAula 21   áfrica - quadro natural e humano
Aula 21 áfrica - quadro natural e humano
 
ÁFrica Resumo
ÁFrica ResumoÁFrica Resumo
ÁFrica Resumo
 
O continente africano
O continente  africanoO continente  africano
O continente africano
 
O continente africano
O continente  africanoO continente  africano
O continente africano
 
Avaliação de geografia 8 áfrica 2013
Avaliação de geografia 8 áfrica 2013Avaliação de geografia 8 áfrica 2013
Avaliação de geografia 8 áfrica 2013
 
Africa Quadro Natural
Africa   Quadro NaturalAfrica   Quadro Natural
Africa Quadro Natural
 
Prova de geografia 9 ano 2
Prova de geografia 9 ano 2Prova de geografia 9 ano 2
Prova de geografia 9 ano 2
 
GEOGRAFIA–ÁFRICA_BANCO DE QUESTÕES_01
GEOGRAFIA–ÁFRICA_BANCO DE QUESTÕES_01GEOGRAFIA–ÁFRICA_BANCO DE QUESTÕES_01
GEOGRAFIA–ÁFRICA_BANCO DE QUESTÕES_01
 
Meio Natural - Relevo, Bacias Hidrográficas e Relevo Litoral
Meio Natural - Relevo, Bacias Hidrográficas e Relevo LitoralMeio Natural - Relevo, Bacias Hidrográficas e Relevo Litoral
Meio Natural - Relevo, Bacias Hidrográficas e Relevo Litoral
 
áFrica física
áFrica físicaáFrica física
áFrica física
 
Dominios morfoclimaticos superhumanas
Dominios morfoclimaticos superhumanasDominios morfoclimaticos superhumanas
Dominios morfoclimaticos superhumanas
 
Geografia osprincipaisaspectosfisicosenaturaisdocontinenteafricano-climarelev...
Geografia osprincipaisaspectosfisicosenaturaisdocontinenteafricano-climarelev...Geografia osprincipaisaspectosfisicosenaturaisdocontinenteafricano-climarelev...
Geografia osprincipaisaspectosfisicosenaturaisdocontinenteafricano-climarelev...
 
Por uma geopolítica da água
Por uma geopolítica da águaPor uma geopolítica da água
Por uma geopolítica da água
 
Domínio das caatingas
Domínio das caatingasDomínio das caatingas
Domínio das caatingas
 
GEOGRAFIA DA ÁFRICA
GEOGRAFIA DA ÁFRICAGEOGRAFIA DA ÁFRICA
GEOGRAFIA DA ÁFRICA
 
CAATINGA
CAATINGACAATINGA
CAATINGA
 
Jornal África 8 Série 01 M
Jornal África 8 Série 01 MJornal África 8 Série 01 M
Jornal África 8 Série 01 M
 

Mais de Camila Brito

Metodologias Ativas
Metodologias AtivasMetodologias Ativas
Metodologias AtivasCamila Brito
 
Flipped Classroom a perspective from the East and West Methodology.
Flipped Classroom a perspective from the East and West Methodology.Flipped Classroom a perspective from the East and West Methodology.
Flipped Classroom a perspective from the East and West Methodology.Camila Brito
 
Kahoot presentation (1)
Kahoot presentation (1)Kahoot presentation (1)
Kahoot presentation (1)Camila Brito
 
Exemplo de Curriculo para professor.
Exemplo de Curriculo para professor.Exemplo de Curriculo para professor.
Exemplo de Curriculo para professor.Camila Brito
 
Flipped classroom online
Flipped classroom onlineFlipped classroom online
Flipped classroom onlineCamila Brito
 
Innovation for Learning - Griffith College
Innovation for Learning - Griffith CollegeInnovation for Learning - Griffith College
Innovation for Learning - Griffith CollegeCamila Brito
 
Aula Filosofia Contemporânea.
Aula Filosofia Contemporânea.Aula Filosofia Contemporânea.
Aula Filosofia Contemporânea.Camila Brito
 
Aula conjugando alfabetização para crianças bilíngues e Geografia.
Aula conjugando alfabetização para crianças bilíngues e Geografia.Aula conjugando alfabetização para crianças bilíngues e Geografia.
Aula conjugando alfabetização para crianças bilíngues e Geografia.Camila Brito
 
Poster sobre questão LGB no Ensino Superior.
Poster sobre questão LGB no Ensino Superior.Poster sobre questão LGB no Ensino Superior.
Poster sobre questão LGB no Ensino Superior.Camila Brito
 
Atividades de Geografia para alunos portadores de necessidades especiais do 8...
Atividades de Geografia para alunos portadores de necessidades especiais do 8...Atividades de Geografia para alunos portadores de necessidades especiais do 8...
Atividades de Geografia para alunos portadores de necessidades especiais do 8...Camila Brito
 
Guia de estudos 9ano
Guia de estudos 9ano Guia de estudos 9ano
Guia de estudos 9ano Camila Brito
 
Guia de estudos 8 ano
Guia de estudos 8 ano Guia de estudos 8 ano
Guia de estudos 8 ano Camila Brito
 
Geologia geral e do Brasil
Geologia geral e do BrasilGeologia geral e do Brasil
Geologia geral e do BrasilCamila Brito
 
A construção de um aplicativo para o ensino híbrido: um estudo de caso nas au...
A construção de um aplicativo para o ensino híbrido: um estudo de caso nas au...A construção de um aplicativo para o ensino híbrido: um estudo de caso nas au...
A construção de um aplicativo para o ensino híbrido: um estudo de caso nas au...Camila Brito
 
Conhecimento platônico
Conhecimento platônico Conhecimento platônico
Conhecimento platônico Camila Brito
 
Geopolítica da América Latina .
Geopolítica da América Latina .Geopolítica da América Latina .
Geopolítica da América Latina .Camila Brito
 
Guia de estudo para prova oficial 7ano
Guia de estudo para prova oficial 7anoGuia de estudo para prova oficial 7ano
Guia de estudo para prova oficial 7anoCamila Brito
 
Design thinking na construção do trabalho científico no Fundamental II.
Design thinking na construção do trabalho científico no Fundamental II.Design thinking na construção do trabalho científico no Fundamental II.
Design thinking na construção do trabalho científico no Fundamental II.Camila Brito
 

Mais de Camila Brito (20)

Metodologias Ativas
Metodologias AtivasMetodologias Ativas
Metodologias Ativas
 
Flipped Classroom a perspective from the East and West Methodology.
Flipped Classroom a perspective from the East and West Methodology.Flipped Classroom a perspective from the East and West Methodology.
Flipped Classroom a perspective from the East and West Methodology.
 
Kahoot presentation (1)
Kahoot presentation (1)Kahoot presentation (1)
Kahoot presentation (1)
 
Exemplo de Curriculo para professor.
Exemplo de Curriculo para professor.Exemplo de Curriculo para professor.
Exemplo de Curriculo para professor.
 
Flipped classroom online
Flipped classroom onlineFlipped classroom online
Flipped classroom online
 
Innovation for Learning - Griffith College
Innovation for Learning - Griffith CollegeInnovation for Learning - Griffith College
Innovation for Learning - Griffith College
 
Aula Filosofia Contemporânea.
Aula Filosofia Contemporânea.Aula Filosofia Contemporânea.
Aula Filosofia Contemporânea.
 
Aula conjugando alfabetização para crianças bilíngues e Geografia.
Aula conjugando alfabetização para crianças bilíngues e Geografia.Aula conjugando alfabetização para crianças bilíngues e Geografia.
Aula conjugando alfabetização para crianças bilíngues e Geografia.
 
Poster sobre questão LGB no Ensino Superior.
Poster sobre questão LGB no Ensino Superior.Poster sobre questão LGB no Ensino Superior.
Poster sobre questão LGB no Ensino Superior.
 
Atividades de Geografia para alunos portadores de necessidades especiais do 8...
Atividades de Geografia para alunos portadores de necessidades especiais do 8...Atividades de Geografia para alunos portadores de necessidades especiais do 8...
Atividades de Geografia para alunos portadores de necessidades especiais do 8...
 
Guia de estudos 9ano
Guia de estudos 9ano Guia de estudos 9ano
Guia de estudos 9ano
 
Guia de estudos 8 ano
Guia de estudos 8 ano Guia de estudos 8 ano
Guia de estudos 8 ano
 
Geologia geral e do Brasil
Geologia geral e do BrasilGeologia geral e do Brasil
Geologia geral e do Brasil
 
A construção de um aplicativo para o ensino híbrido: um estudo de caso nas au...
A construção de um aplicativo para o ensino híbrido: um estudo de caso nas au...A construção de um aplicativo para o ensino híbrido: um estudo de caso nas au...
A construção de um aplicativo para o ensino híbrido: um estudo de caso nas au...
 
Conhecimento platônico
Conhecimento platônico Conhecimento platônico
Conhecimento platônico
 
Filosofia resumo
Filosofia resumoFilosofia resumo
Filosofia resumo
 
Aula
Aula Aula
Aula
 
Geopolítica da América Latina .
Geopolítica da América Latina .Geopolítica da América Latina .
Geopolítica da América Latina .
 
Guia de estudo para prova oficial 7ano
Guia de estudo para prova oficial 7anoGuia de estudo para prova oficial 7ano
Guia de estudo para prova oficial 7ano
 
Design thinking na construção do trabalho científico no Fundamental II.
Design thinking na construção do trabalho científico no Fundamental II.Design thinking na construção do trabalho científico no Fundamental II.
Design thinking na construção do trabalho científico no Fundamental II.
 

Último

UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.keislayyovera123
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Regência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfRegência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfmirandadudu08
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinhaMary Alvarenga
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADOactivIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADOcarolinacespedes23
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesMary Alvarenga
 

Último (20)

UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Regência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfRegência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdf
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinha
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADOactivIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
 

África e o vestibular.

  • 2.
  • 4. As provas, em sua maioria, apresentam o predomínio de questões de Geografia do Brasil (50%), seguidas de Geografia Geral (30%) e Geografia Regional do Mundo (20%).  Geografia do Brasil: problemas sociais e urbanos, ambientais, econômicos – agropecuária, indústria, transporte e recursos naturais [fontes de energia e minérios], desequilíbrios regionais, além de domínios naturais.  Geografia Geral: geopolítica [mundo contemporâneo], cartografia, pedologia, geomorfologia, climatologia, geopolítica dos mares e oceanos, problemas ambientais, economia mundial [agropecuária, indústria, transportes e recursos naturais – fontes de energia e minérios), além problemas populacionais (urbanos e sociais.  Geografia Regional do Mundo: Estados Unidos, União Europeia, Rússia, China, Japão, Índia, Tigres Asiáticos, América Latina, África Subsaariana, Mundo Muçulmano (África Mediterrânea e Oriente Médio).
  • 5. GRAU DE COMPLEXIDADE DAS PROVAS 1ª fase Enem, Vunesp, Unicamp e Fuvest Questões de baixa a média complexidade 2ª fase Vunesp Fuvest e Unicamp Questões de média a elevada complexidade
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10. RELEVO O Quilimanjaro é o monte mais alto do continente africano.  Terreno antigo e desgastado pela erosão, rico em minérios  Predomínio de planaltos no centro e montanhas nas bordas (áreas de contatos entre placas tectônicas).  As áreas alaranjadas representam as médias altitudes (planaltos).  As áreas em lilás representam as maiores altitudes (montanhas). A Cadeia do Atlas
  • 11.
  • 12. CADEIA DO ATLAS A Cadeia do Atlas impede que as nuvens carregadas com umidade entrem no interior do continente africano sendo um dos causadores da criação e manutenção do Deserto do Saara
  • 13. Cadeia do Atlas Marrakesh (SAARA). Sul do MARROCOS Ceuta (Mediterrâneo) Norte do MARROCOS
  • 14. CADEIA DO CABO - MONTES DRAKENSBERG  A Cordilheira do Cabo ou Drakensberg estende-se por mais de 1000 km, paralelamente à costa oriental da África do Sul. O nome desta cordilheira em língua isiZulu é uKhahlamba, que significa “barreira de lanças”.
  • 15. O Rift Valley, assim como o Mar Vermelho, encontra-se em uma zona de contato entre placas tectônicas. Caso essa linha de falhas se alargue, futuramente, poderá se transformar em um braço de mar e o Chifre da Africa se transformará em uma Ilha.
  • 16. MONTE QUILIMANJARO OU QUIBO OBS: Monte Quilimanjaro, o ponto mais alto do continente com 6.010 metros de altitude. Também conhecido como Montanha Branca, pela presença de neves eternas no seu cume, situa-se entre o Quênia e a Tanzânia.
  • 17.
  • 18. HIDROGRAFIA AFRICANA  Tendo suas regiões norte e sul praticamente tomadas por desertos, a África possui relativamente poucos rios.  Alguns deles são muito extensos e volumosos, por estarem localizados em regiões tropicais e equatoriais;  Outros atravessam áreas desérticas, tornando a vida possível ao longo de suas margens.  O relevo predominantemente planáltico permite aos rios apresentarem elevado potencial hidrelétrico, apesar de pouco aproveitado. Principais Bacias: a) Bacia do Nilo b) Bacia do Congo c) Bacia do Níger
  • 19. BACIA DO RIO NILO  Rio Nilo  2º maior do mundo em extensão - 6 627,15 km
  • 20.
  • 21. BACIA DO RIO NÍGER  O Rio Níger nasce na fronteira entre Serra Leoa e a Guiné (Montes Fouta Djalon),  Extensão: 4.200 Km.
  • 22.
  • 23.
  • 24. BACIA DO RIO CONGO
  • 25. Ponte sobre o Rio Congo
  • 26. GRANDES LAGOS AFRICANOS  Os Grandes Lagos Africanos são um conjunto de lagos de origem tectônica, localizados na África oriental, que incluem alguns dos lagos mais profundos do mundo.  São os únicos lagos do mundo onde tem ondas, pois são imensos e profundos (tectônicos).  Os mais importantes são: A) Vitória (nascente do Nilo) B) Malawi ou Niassa C) Tanganica
  • 29. LAGO MALAWI OU NIASSA
  • 30.
  • 32.
  • 33. RELAÇÃO ENTRE CLIMAS E VEGETAÇÕES  Partindo da linha do Equador para o Norte e para o Sul, a África repete uma sequencia de climas e de paisagens vegetais muito parecida.  Costuma-se dizer que a vegetação africana é um espelho do clima, já que as paisagens se organizam no espaço geográfico de forma muito parecida com os tipos climáticos EXEMPLOS: A) Clima Equatorial : Floresta Equatorial (Chuvosa e Quente, fechada e alta, heterogênea e latifoliada) B) Clima Tropical : Savanas (arbustiva média e aberta) C) Clima Semi-Árido: Estepes (rasteira) D) Clima Desértico: Xerófitas SAARA (ao sul) e Kaalahari e Namíbia(ao sudoeste) E) Clima Mediterrâneo: Vegetação Mediterrânea (arbustiva) F) Clima de Montanha : Tundra
  • 34.
  • 41.
  • 42. ESCASSEZ DE ÁGUA  O continente africano enfrenta problemas ambientais agravados pelo crescimento da população, pelo alto grau de pobreza e pela urbanização acelerada.  Entre esses problemas, destaca-se a escassez de água, em razão das extensas áreas áridas e semiáridas e da reduzida rede hidrográfica.
  • 43.
  • 44. ESCASSEZ DE ÁGUA  Com o crescimento da população, o consumo de água aumentou, ampliando-se os danos à paisagem vegetal e aos rios, o que dificulta ainda mais sua obtenção.  Um dos locais onde isso pode ser percebido é no Sahel
  • 45. Ao sul do Saara encontramos uma faixa do território africano, que se estende de leste para oeste, denominada Sahel, tradicionalmente ocupada pela agricultura de desubsistência, mas que passa por um processo de desertificação e avanço do Saara. SAHEL
  • 46.  Em quase todo o continente africano é difícil obter água potável, já que mesmo nas grandes cidades a água, em geral, não recebe tratamento, o que contribui para a disseminação de doenças.
  • 47. QUEIMADAS  Outro problema ambiental da África é o uso de técnicas agrícolas ultrapassadas, especialmente de queimadas.  Além de destruir os nutrientes do solo e seus microrganismos, reduzindo a produtividade, as queimas o ressecam, retirando sua umidade natural e levando-o à desertificação.