Camarj notícias setembro 2011

474 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Camarj notícias setembro 2011

  1. 1. Caixa de Assistência aos Membros da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro I nf o r m atIv o m e n s al | n º 7 | s et emBr o de 2011CamarJ É mUIto Bem avalIadaPor QUem entende de saÚdeNova pesquisa foi aplicada pela CAMARJ para darmais subsídios ao processo de modernização dosseus produtos e serviços. Depois de avaliar o nívelde satisfação dos associados e obter excelentesníveis de aceitação e aprovação, chegou a hora deavaliar a opinião da rede credenciada. Essa segundaetapa analisou a imagem da CAMARJ junto aosprofissionais e instituições que prestam serviçosmédicos aos beneficiários.Consultoria apresenta resultadoda pesquisa de avaliação com oscredenciadosO público-alvo da pesquisa aplicada pela Ma-rket Med, empresa de consultoria na área da relacionamento com a rede de atendimento. quesitos: relacionamento, parceria e remuneração.saúde, foram médicos, secretárias e atenden- A CAMARJ foi analisada em comparação com outros seis planos – os quatro principais pla- A CAMARJ sabe o quanto a valorização refletetes de consultórios, clínicas e serviços da rede nos de saúde do mercado e outras duas Caixas na satisfação dos credenciados, demonstradade credenciados da CAMARJ. São profissio- de Assistência de autogestão. pela pesquisa, garantindo a qualidade de aten-nais que lidam com os clientes de todos os dimento aos associados.planos de saúde, inclusive nossos associados, A CAMARJ foi reconhecida pela rede creden-e respondem pelos atendimentos, trâmites de Os credenciados fizeram observações com re- ciada como uma das entidades que melhorcredenciamento e demais procedimentos. lação ao número reduzido de atendimentos a se relaciona com os médicos. A avaliação da CAMARJ foi superior ou igual a dos principais associados da CAMARJ. Isso ocorre principal-Um dos objetivos da pesquisa - feita por tele- planos de saúde de grande porte com atuação mente pelo fato de a entidade representar umfone com amostragem representativa de en- no Rio de Janeiro. segmento profissional específico, o que natu-trevistados, seguindo critérios técnicos - foi a ralmente limita o número de beneficiários, quecomparação da CAMARJ com outros planos Com relação à remuneração dos credenciados, é considerado muito pequeno em relação aosde saúde e Caixas de Assistência das carrei- a CAMARJ é vista como o plano que melhor planos de grande porte.ras jurídicas congêneres. E os resultados foram paga os serviços prestados, mesmo quandoamplamente satisfatórios. As informações colhidas na pesquisa serão de comparado aos planos de grande porte e aos de autogestão. grande valia na elaboração de ações que promo-Percepção positiva vam a aproximação da CAMARJ com sua redeTrês pontos tiveram destaque na avaliação: a Na análise comparativa com as demais Caixas credenciada - o que certamente vai contribuirparceria do plano com os médicos e as insti- de Assistência de autogestão, a CAMARJ tem a para manter e aprimorar ainda mais a qualidadetuições; a remuneração aos credenciados; e o melhor avaliação dos credenciados em todos os dos atendimentos prestados aos associados. LEIA MAIS Nova rede Dia Nacional X Congresso UNIMED/CAMARJ do Idoso Nacional dos com novos - Entrevista Defensores hospitais Públicos
  2. 2. nova rede UnImed/CamarJ Com novos HosPItaIsA Diretoria informa que foram já enviadas aos as- bastando conferir o novo livro de credencia- Com a ampliação da parceria com a UNIMEDsociados as novas carteirinhas da UNIMED Leste dos, também já enviado aos associados. Leste Fluminense, a Diretoria da CAMARJ aten-Fluminense, que agora indicam a parceria com a de a antigo anseio de todos os associados, com aCAMARJ como um Produto Regulamentado. Mas as novidades da parceria com a UNIMED possibilidade de atendimento em hospitais reco- Leste Fluminense não são só essas, pois a partir nhecidos como de excelência, além dos hospitaisA CAMARJ mantém parceria bem sucedida de agora os associados contam também com a exclusivos da rede própria de credenciados.com a UNIMED Leste Fluminense há 17 anos, e possibilidade de atendimento através da UNI-em razão da possibilidade de intercâmbio entre MED nos seguintes hospitais: Pró-Cardíaco,as várias UNIMEDs, a cobertura dos associados Perinatal Laranjeiras, Perinatal Barra,é nacional, através da Rede Referenciada. Casa de Saúde São José, Hospital Pasteur, Clínica Bambina, Hospital Barra D’Or,Na Cidade do Rio de Janeiro, o associado pode Hospital Quinta D’Or, Clínica Pediátri-contar, a partir de agora, com a Rede Delta ca da Barra, Hospital Rio Mar, DH – Dayda UNIMED Rio, superior à anterior Rede Alfa, Hospital e Clínica da Gávea (Psiquiatria).eleIÇÕes na InformaÇÕes soBreCamarJConforme edital já divulgado, dia 21 de outu- reemBolso Por smsbro é dia de eleição na CAMARJ. Serão defi- A partir de agora, informações quanto ao Mantenha seus dados cadastraisnidos os nomes que ocuparão os cargos do pagamento dos reembolsos de valores gas- atualizados. Desta forma, será maisConselho Diretor (oito), do Conselho Con- tos com despesas médicas serão enviadas fácil receber as informações de seusultivo (onze efetivos e três suplentes) e o aos beneficiários via SMS. A nova medida interesse! Ligue para a Secretarianovo cargo de Ouvidor, inaugurando a Ouvi- contempla uma das sugestões dadas durante da CAMARJ: 2533-5995.doria da CAMARJ. A data limite para a inscri- a pesquisa de satisfação com os associados.ção de candidaturas é 6 de outubro, às 17h. A próxima etapa será a criação de uma áreaPara votar, basta que o associado esteja quite específica no portal da CAMARJ na inter-com suas obrigações e compareça à sede da net que disponibilize as informações de-CAMARJ, das 10h às 17h. O voto também pode talhadas na área restrita dos beneficiários,ser por correspondência, sendo vedado o voto que já pode ser acessada mediante login epor procuração. senha individual. X ConGresso naCIonal dos defensores PÚBlICos A CAMARJ vai oferecer assistência-viagem guindo abaixo a lista dos hospitais que, em da Assist-Card para os associados que par- caso de emergência, podem ser procurados ticiparem do X Congresso Nacional dos em Natal/RN: Defensores Públicos - CONADEP, a ser re- alizado entre os dias 15 e 18 de novembro, HOSPITAL UNIMED em Natal/RN. Avenida Antonio Basílio, 3598 Lagoa Nova A apólice cobre assistência médica por aci- Tel. (84) 3220.1500 dente, odontologia de urgência e compra de medicamentos - entre outros serviços PRONTOCLÍNICA DA - com validade entre 15 e 19 de novembro. CRIANÇA E DO ADULTO Para receber o voucher, o associado deve Rua Monte Sinai, 1948 formular requerimento à CAMARJ até o Capim Macio dia 10 de novembro, com a cópia da inscri- Tel. (84) 4008.5000 ção no Congresso. Não esqueça de levar suas carteirinhas da Além da assistência-viagem, o associado CAMARJ e da UNIMED, além do voucher pode contar com a Rede da UNIMED, se- da Assist-Card.
  3. 3. dIa naCIonal do Idoso E n trevis taEstimativas apontam que 12% da população brasileira será da terceira idade até 2020Desde 1999 o Dia do Idoso consta docalendário oficial de datas comemorativas.Instituída pela Comissão de Educação doSenado Federal, a data era celebrada juntocom o Dia de São Vicente de Paulo, o “paida caridade”, em 27 de setembro.A partir de 2006, com a criação doEstatuto do Idoso, a comemoraçãopassou a ser em primeiro de outubro.A intenção continua a mesma: propor quese reflita sobre as condições de vida e osdireitos dos idosos. Para abordar o temada saúde na terceira idade, o CAMARJNotícias entrevistou o clínico geral egeriatra Dr. Afonso Carlos Duarte, recém-credenciado da CAMARJ.Dr. Afonso, o que é a geriatria e quando as neurológicas - com declínio da capacidade moderadamente, não fumar, evitar ingestãose deve fazer a primeira consulta com de raciocínio e memória, e distúrbios da cog- exagerada de açúcar, de hidratos de carbonoeste profissional? Por quê? nição, que aumentam de incidência à medida e de gorduras. E manter normais o peso e asGeriatria é o ramo da medicina que enfoca o que a população vive mais; e as psíquicas, es- taxas sanguíneas, praticar exercícios físicos,estudo, a prevenção e o tratamento de doenças pecialmente a depressão. conviver com familiares e amigos, conservar aem pessoas de idade avançada. Não há uma ida- atividade intelectual, o hábito de ler, de escre-de específica para a primeira consulta, já que os ver, de fazer palavras cruzadas, de ouvir mú- A doença de Alzheimer e o mal de Pa- sica, de tocar um instrumento... Enfim, todosorganismos são diferentes de pessoa a pessoa. rkinson são preocupações para pesso-Há pacientes de 60 anos envelhecidos precoce- esses cuidados ajudam a prevenir o apareci- as acima dos 65 anos. Quais as últimas mento das doenças degenerativas. Além disso,mente, ou de 70 com plena saúde. A Organiza- descobertas a respeito dessas doenças?ção Mundial de Saúde estabeleceu como norma é importante controlar as doenças crônicas Existe prevenção? porventura existentes, especialmente hiper-a idade de 65 anos para considerar uma pessoacomo idosa, e acima de 80 anos como muito As doenças degenerativas neurológicas são as tensão e diabetes.idosa. Há dois grandes motivos para procurar que mais transtornos provocam nos níveis so-um geriatra: o primeiro é ser idoso e desejar cial, econômico e familiar. Atualmente os re- cursos terapêuticos não permitem a regressão Como a sociedade deve se prepararter um médico responsável pela saúde geral; o para o envelhecimento da população?segundo é querer envelhecer com saúde, por dos quadros. Porém, com o investimento dameio de avaliação ampla, consultas, exames e indústria farmacêutica e das grandes universi- O aumento da expectativa de vida vem cres-remédios específicos para cada caso. dades em pesquisas, já existem medicamentos cendo exponencialmente, então é fundamental capazes de estabilizar os quadros clínicos. A pensar em políticas públicas para o idoso. Isso grande novidade no tratamento da doença inclui criação de postos de trabalho e de áre-Com a chegada da terceira idade, que de Parkinson é o DBS (Deep Brain Stimulation) as de cultura e lazer; formação de geriatras emudanças ocorrem no organismo? - eletrodo implantado cirurgicamente no cé- gerontólogos (estudiosos do envelhecimento);Ocorre o declínio funcional em vários órgãos. rebro, que inibe a atividade neuronal e aca- disponibilidade de leitos hospitalares; estímuloHá também redução da massa óssea, o que oca- ba com os tremores. Pesquisas com células- e facilidade ao acesso a medicamentos. Enfim,siona a osteoporose, com aumento do risco de -tronco permitem esperar bons resultados de é preciso reconhecer as contribuições dosfraturas. Há diminuição do líquido sinovial nas controle dessas doenças nos próximos anos. idosos e agradecer a eles, que legaram a vidaarticulações, gerando artroses, com dor e limita- às gerações posteriores.ção funcional. E também diminuição da filtração Que hábitos de vida podem retardar oglomerular (função renal); da elasticidade e da processo natural de envelhecimento?hidratação cutâneas; da acuidade visual e audi-tiva. Ocorre atrofia das papilas gustativas - com O processo de envelhecimento é natural eredução do paladar - e diversos outros declínios irreversível. Porém pode-se retardá-lo ado-provocados pelo envelhecimento celular. tando hábitos saudáveis. É amplamente co- nhecido o efeito maléfico do cigarro sobre o organismo. Portanto, evitá-lo é fundamen- Dr. Afonso Carlos Duarte éQue males afetam mais comumente tal. O álcool usado de forma abusiva também credenciado da CAMARJ eos idosos? provoca danos graves ao organismo, assim atende em seu consultório no Forum de Ipanema, na RuaAs doenças que mais acometem os idosos são como o excesso de peso e o sedentarismo. Visconde de Pirajá, 351/804.as osteo-articulares (artrose e osteoporose); Portanto, deve-se manter hábitos como beber Telefone: 2521-9995. Mantenha-se atualizado. Acesse o portal da CAMARJ: www.camarj.com.br
  4. 4. Como anda sua saúde auditiva? CHoColate aA fonoaudióloga Mariângela Nigro Vanzin, do Centro favor daAuditivo Telex, falou com o CAMARJ Notícias sobre o tema saÚdeA Federação Mundial dos Surdos celebra o Dia Com relação ao chamado “zumbido no ou-do Surdo em 30 de setembro. No Brasil, a data vido”, comum principalmente em idosos, A rede de farmácias de manipulaçãoque marca a luta dos deficientes auditivos por existe alguma prevenção ou tratamento? Naturativa oferece descontos para as-melhores condições de vida, saúde, trabalho, edu- sociados CAMARJ na compra de todos O zumbido pode aparecer em qualquer fasecação, dignidade e cidadania é 26 de setembro. os seus produtos. Dentre as novidades, da vida, independentemente da perda auditiva. estão as barras de chocolate manipu- Diversos são os fatores etiológicos (aquelesSegundo a Federação Nacional de Educação e ladas de acordo com a necessidade de que podem levar a uma doença) com relaçãoIntegração dos Surdos, a comemoração é nes- cada indivíduo. A manipulação em cho- ao zumbido, como por exemplo, a diabetes, ata data porque, em 26 de setembro de 1857, foi colate pode ser indicada em vários tra- hipertensão ou traumas acústicos (exposiçãoinaugurado o Instituto Nacional de Surdos e Mu- tamentos: imunidade, TPM e, por incrí- a ruídos extremos). Existe tratamento para odos do Rio de Janeiro, primeira escola especiali- vel que pareça, até para emagrecimento. zumbido. A pessoa que sentir esse problemazada no país.Visando promover a reflexão sobre Consulte seu médico e veja se os ativos deve procurar o otorrinolaringologista, profis-o tema e alertar para a importância de exames do seu tratamento podem ser inseridos sional especializado no assunto.audiométricos, o CAMARJ Notícias publica en- num tablete de chocolate. Mais informa-trevista com Dra. Mariângela Nigro Vanzin. Sabe-se que muitas pessoas, não só os ções em www.naturativa.com.br. jovens, costumam usar fone de ouvidoDra. Mariângela, geralmente as pessoas com alto volume, e que isso pode sersó fazem teste de audição quando per- prejudicial à audição. Sendo assim, a par-cebem algum problema. Exames pre- tir de que idade as pessoas devem reali- voCÊventivos podem detectar precocemente zar exames preventivos?a perda de audição? Ao nascer já se faz o teste da orelhinha, queSim.Algumas empresas pedem audiometria anu-al nos exames periódicos, e com isso detectama perda de audição logo de início. Essa perda, detecta precocemente se a criança tem perda de audição. Essa perda de audição não depen- de de idade para aparecer. As escolas hoje já saBIa?quando em grau mais leve, pode ser detectada têm consciência disso e exigem anualmentepela audiometria, exame que mede a audição. que os pais façam audiometria nos filhos. Em relação ao uso de fone de ouvido para ouvirSe descoberta com antecedência, a per- musica, deve ser feito de forma consciente.da de audição pode ser minimizada? O prejudicial é o excesso: muitas horas porA perda de audição pode ter diversas causas e, dia, e em alto volume. O ideal é que, quando O número de leitos hospitalares à dis-dependendo do fator, pode-se prevenir seu au- a pessoa estiver ouvindo música com fone de posição dos associados da CAMARJ au-mento. Uma vez detectada a perda de audição, ouvido , consiga escutar quem estiver falando mentou em 15% durante a atual gestão.a mesma não pode ser revertida, na maioria em tom normal ao lado. A evolução se deu tanto na quantidadedos casos. Existem casos que são cirúrgicos de apartamentos (de 3.723 para 4.218)e assim podemos restabelecer sim a audição, Quais são as novidades tecnológicas quanto na de leitos de CTI Adulto (deporém o médico será o profissional adequado mais significativas com relação a apare- 912 para 1078), CTI Pediátrico (de 89para determinar o tipo de tratamento. O que lhos auditivos? para 124) e Neonatal (de 167 para 218).se pode prevenir é principalmente em relação Além dos designs arrojados e miniaturizados,à perda por exposição excessiva a ruído. O há a tecnologia wireless (sem fio), que permite Mais um benefíciouso de EPI (Equipamento de Proteção indivi- a comunicação entre os aparelhos auditivos exclusivo CAMARJ!dual) é obrigatório em ambientes de trabalho (de uma orelha a outra, ajudando na percepção Você conhece algum Defensor Públicoonde o ruído é elevado. O trabalhador deve de que direção vem o som), e a comunicação que não seja associado da CAMARJ?ter consciência da necessidade do uso desses com dispositivos de áudio - TV, telefone fixo, Mostre-lhe nossos benefícios exclusivos!equipamentos. celular, computador, MP3 player. Exp e d i e nt e Conselho Diretor Drª Thais Moya (Presidente), Dr. Marcílio André da Silva Oswaldo Deleuze Raymundo, Drª Mariza Celente Pires Cassús Vieira (Diretor Vice-Presidente), Drª Edna Miudin Guerreiro Suplentes CAMARJ | Caixa de Assistência aos Membros da (1º. Diretor Tesoureiro), Drª Maria Inês Câmara de Araújo Dr. Nelson Ribeiro Cassús, Dr. Francisco Messsias (2º. Diretor Tesoureiro), Dr. Leandro Santiago Moretti (1º. Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro Neto, Dr. Helvécio Ribeiro Guimarães, Drª Juliana Diretor Secretário), Dr. Cristian Pinheiro Barcelos (2º. Diretor Bastos Lintz, Dr. Dirceu Ramos Neves Secretário), Drª Adriana Araújo João (1º. Diretor de Benefícios), Sede Drª. Luciana Telles da Cunha (2º. Diretor de Benefícios) Conselho Fiscal Rua do Carmo n° 7 - 2° Andar - Centro Dr. Francisco Bastos Viana de Souza (Presidente), Drª Laís Conselho Consultivo Rio de Janeiro - RJ - Tel: 2533-5995 - CEP 20011.020 Tomaz Magalhães Tracy, Drª Carmen Lúcia do Passo Drª Zady de Andrade Ramos (Presidente), Drª Jane Rezende Coordenadoria Médica Medina (Vice-Presidente), Drª Maria Leonor Fragoso de Suplentes Av.Almirante Barroso n° 63 - Grupo 503 - Centro Queiroz Carreira, Dr. Fabiano de Carvalho Oliveira, Drª Carolina de Souza Crespo Anastácio, Drª Renata Rio de Janeiro - RJ - Tel: 2533-4334 Dr. José Fontenelle Teixeira da Silva, Drª Silvia Maria Gonçalves dos Santos Bifano, Dr. Marcos Coelho Aires Nascimento Teixeira, Drª Lina Vilalva, Drª Bernardett de Sede Campestre Jornalista Responsável (Market Med Consultoria) Lourdes Cruz Rodrigues Espírito Santo, Drª Paula Penido Rua Jordão n° 476 - Taquara Cláudia Versiani – Registro: MTb16865 Dutt Ross, Dr. Dacio da Costa Guerra, Drª Elaine Maria Rio de Janeiro - RJ - Tel: 2423-2921 / 2443-4107 de Farias Fernandez, Drª Gabriela Varsano Cherém, Dr. Tiragem 2.000 exemplares

×