Caixa de Assistência aos                   Membros da Defensoria Pública                   do Estado do Rio de Janeiro    ...
ImUnIZaÇÃo Contra menInGIte e HePatIte                                                A CAMARJ, atuando na prevenção em fa...
17 de outubro: dia mundial da vacinação                                                                                   ...
QUe tal Um CHeCK UP de fIm de ano?                         Avaliação completa é importante tanto para detectar quanto para...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Camarj notícias outubro 2011

499 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
499
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Camarj notícias outubro 2011

  1. 1. Caixa de Assistência aos Membros da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro I nf o r m atIv o m e n s al | n º 9 | oUt U Br o de 2011 PresIdente da CamarJ É reeleIta A CAMARJ informa o resultado de suas eleições para o Conselho Diretor, Conselho Consultivo e para a Ouvidoria, realizadas no último dia 21 de outubro, para o biênio 2012/2013. Foram computados 177 votos, incluindo os presenciais e os votos por correio. A chapa única, “Solidez”, foi eleita para o Conselho Diretor com 151 votos (25 em branco, 1 nulo).Saiba quem são os membros eleitos • Augusto Cesar da Cruz Lima Dulce Marta Dias (95), Francisco Messias Netodo Conselho Diretor, Conselho Diretor Segundo Tesoureiro (84), Silvia Maria Nascimento Teixeira (83), PaulaConsultivo e da Ouvidoria • Maria Julia Miranda Baltar da Rocha Penido Dutt Ross (81), Bernardett de LourdesVeja os integrantes da chapa e os respec- Primeiro Diretor de Benefícios Cruz Rodrigues (79), Lina Vilalva (75), Oswaldotivos cargos: • Vivian Baptista Gonçalves Deleuze Raymundo (73). Suplentes: Gabriela• Thais Moya Segundo Diretor de Benefícios Varsano Cherem (71 votos), Juliana Bastos Lintz Diretor Presidente Para a Ouvidoria - inaugurada a partir desta (70), Dacio da Costa Guerra (60).• Marcílio André da Silva Vieira eleição, conforme o novo estatuto - foi eleita Diretor Vice Presidente A Diretoria eleita agradece a confiança dos as- a associada Elaine Fernandez, com 111 votos.• Leandro Santiago Moretti sociados no trabalho desenvolvido no último Diretor Primeiro Secretário Os novos integrantes do Conselho Consul- mandato, e reitera seu compromisso de não tivo são: poupar esforços para oferecer os melhores• Cristian Pinheiro Barcelos Diretor Segundo Secretário Jane Rezende Medina (116 votos), Zady de An- serviços de saúde aos beneficiários CAMARJ, • Edna Miudin Guerreiro drade Ramos (109), Fabiano de Carvalho Olivei- mantendo o rigor na gestão dos recursos finan- Diretor Primeiro Tesoureiro ra (107), José Fontenelle Teixeira Da Silva (105), ceiros e no cumprimento das normas legais. LEIA MAIS CAMARJ Imunização X Congresso 30 anos contra Meningite Nacional dos e Hepatite Defensores Públicos
  2. 2. ImUnIZaÇÃo Contra menInGIte e HePatIte A CAMARJ, atuando na prevenção em favor da Grande Rio, com mais de cinquenta óbitos em saúde dos associados, promoverá na semana de decorrência da doença. A meningite é a infla- 7 a 11 de novembro campanha de vacinação mação das membranas que revestem o cére- contra a meningite (tipos A, C,W135 e Y), em bro e a medula espinhal. A doença pode ser sua sede. Para os associados que não puderem causada por infecções por vírus, bactérias ou comparecer nesses dias haverá uma segunda outros agentes, em pessoas de todas as idades. oportunidade, nas mesmas datas de aplicação A vacinação é a melhor forma de prevenção da terceira dose contra as hepatites A e B, ou contra a meningite. seja, 28/11 a 09/12. Hepatite - A terceira e última dose da imuni- A vacinação é para todos os associados a partir de zação contra as hepatites A e B será aplicada onze anos de idade. As grávidas devem, neces- de 28/11 a 09/12, de acordo com o calendário sariamente, consultar um médico para receber de vacinação da CAMARJ. Podem ser vacina- as orientações sobre a vacina. dos os associados que receberam a primeira e a segunda dose. Do início do ano até outubro foram registra- dos mais de duzentos casos de meningite no Compareça à sede da CAMARJ e vacine-se! CamarJ estarÁ Presente no mIGraÇÃo X ConGresso naCIonal dos de Conta defensores PÚBlICos BanCÁrIa Os associados que optarem pela mi- A CAMARJ é pioneira na prestação Além da assistência-viagem, o asso- gração de conta corrente do Itaú para de assistência à saúde dos Defensores ciado pode contar com a Rede da o Bradesco - a partir da já anunciada Públicos e, assim como faz tradicio- UNIMED, seguindo abaixo a lista dos transferência da folha de pagamento nalmente no Rio de Janeiro, também hospitais que, em caso de emergência, dos Defensores Públicos e pensionistas irá disponibilizar uma ambulância de podem ser procurados em Natal/RN: – ou para outra instituição bancária em plantão durante o X Congresso Na- razão da portabilidade, devem atualizar HOSPITAL UNIMED seus dados bancários na CAMARJ. cional dos Defensores Públicos, que Avenida Antonio Basílio, 3598 ocorrerá entre os dias 15 e 18 de no- Lagoa Nova Essa providência é imprescindível para vembro em Natal (RN). Tel. (84) 3220.1500 evitar transtornos no pagamento das A ambulância estará a postos desde mensalidades, na fruição dos benefícios PRONTOCLÍNICA DA CRIANÇA E e no recebimento de reembolsos. a abertura até o encerramento do DO ADULTO evento, para pronto atendimento aos Rua Monte Sinai, 1948 congressistas em casos de emergência. Capim Macio Os associados da CAMARJ também po- Tel. (84) 4008.5000 derão contar com a assistência-viagem da Assist-Card, bastando solicitar o voucher Não esqueça de levar suas cartei- até o dia 10 de novembro, com a cópia da rinhas da CAMARJ e da UNIMED, inscrição no Congresso. além do voucher da Assist-Card. CamarJ 30 anos É com satisfação que a CAMARJ convida os associados titulares para a comemoração dos 30 anos, no próximo dia 4 de novembro, das 18h30 às 23h30, no Restaurante Cais do Oriente (Rua Viscon- de de Itaboraí, 8, Centro, Rio de Janeiro/RJ). Patrocínio: Os convites enviados por correio são individuais, e a confirmação deve ser feita até o dia 1 de outubro, com a Sra. Teresa Poli, pelo telefone 2299-9430. Compareça, sua presença será uma honra!
  3. 3. 17 de outubro: dia mundial da vacinação E n trevis taDra. Isabela Ballalai, presidente da regional fluminense da Sociedade Brasileirade Imunização, alerta sobre a importância da vacinação dos adultos Dra. Isabela, culturalmente temos o há- É engraçado: ninguém tem medo de vacinar Foto: El Alvi bito de pensar que só crianças devem as crianças por causa do efeito colateral. ser vacinadas. Mas adultos também pre- Acho que isso é medo de injeção, porque se cisam de imunização. Por que as vacinas houvesse efeito colateral não colocaríamos são importantes para adultos? nossos filhos em risco. Os eventos adversos, Em primeiro lugar, para protegê-los. Muitos na grande maioria das vezes, são leves. Ou seja, não receberam as vacinas, porque antes elas dependendo do tipo da vacina, há dor no bra- não existiam. A maioria tem dez anos ou me- ço, vermelhidão no local. Essas são as ocorrên- nos de existência. E, ao contrário do que se cias mais comuns. Febre pode acontecer, mas pensa, as vacinas que as crianças recebem não é mais comum nas vacinas para crianças, entre são para doenças exclusivamente infantis. Uma adultos é raro. E eventos adversos graves são delas é a Hepatite B, transmissível sexualmen- tão raros que nunca vi. te e mais contagiosa do que a Aids, porque se pode pegar até na manicure, por exemplo. O Muitas vacinas importantes para adul- segundo motivo é proteger a própria criança. tos não são encontradas nos postos de Muitas das vacinas que os adultos tomaram os saúde, correto? protegem por cinco ou dez anos, e algumas Não só para o adulto, mas também para as precisam de reforço. A coqueluche, por exem- crianças. Para isso existem os calendários das plo, quando atinge um adulto não provoca qua- sociedades médicas, como o da Sociedade dro típico, como em crianças. O adulto pode Brasileira de Pediatria, da Sociedade Brasileira não saber que está com a doença, e transmiti-la de Imunização (SBIM), da qual sou a presidente para a criança. Pelas estatísticas de coqueluche da regional fluminense. As não disponíveis em no país, vê-se que principalmente os bebês me- postos de saúde são encontradas em clínicas nores de dois meses de idade morrem da do- particulares. O importante é saber escolher a ença, pois ainda não têm o esquema de vacina clínica, porque as vacinas são muito sensíveis completo. Então, vacinar os adultos também é a qualquer alteração de temperatura. Infeliz- proteger as crianças. O outro motivo é pro- mente é muito comum no Brasil a conserva- teger o país. Há casos de sarampo na Europa. ção em frigobar, tipo de geladeira que congela Quem traz o sarampo para o Brasil são prin- as vacinas e faz algumas perderem o efeito. No cipalmente os adultos que viajam ao exterior. site da SBIM () pode-se encontrar uma relação Vacinar os adultos é questão de responsabilida- de clínicas acreditadas pela entidade, de acor- de, caso contrário, há o risco de muitas dessas do com os critérios técnicos. doenças, como sarampo e coqueluche, voltaremEm 17 de outubro comemora- ao país. Outro exemplo é o surto de meningite em Minas Gerais e na Bahia, em que a grandese o Dia Mundial da Vacinação, maioria dos casos foi de adultos e adolescentes.data que lembra a importância Conclusão preocupante: os adolescentes e os adultos não estão se vacinando. Dra. Isabela Ballalai éda imunização na prevenção pediatra, presidente da regional fluminense dade diversas doenças, não só Como deve proceder uma pessoa que de- Sociedade Brasileira de Imunização e Diretora seja estar em dia com a imunização, maspara as crianças, mas para não tem registro das vacinas que já tomou? Médica da Vaccini.pessoas de todas as idades. Quando a pessoa não tem registro, ou seja, a carteira de vacinação - o que infelizmente éPara abordar este tema, o muito comum no país - a orientação é começar como se não tivesse recebido vacina alguma.CAMARJ Notícias entrevistou Não há risco para a saúde, mesmo que a pessoa a pediatra Isabella Ballalai, tenha tido a doença e não saiba, ou mesmo que já tenha se vacinado: vacinar de novo não traz também Diretora Médica da risco. Seja em criança, seja em adulto, quando Conheça as vacinas para maiores de 18 anos não disponíveis na rede pública: Hepatite A, He- não há registro considera-se não vacinado.Vaccini, empresa responsável patite B (nos postos só para pessoas de até 24 anos), Tríplice Bacteriana (coqueluche, tétanopelas campanhas de vacinação Algumas pessoas têm medo de vacina e difteria), Meningocócica C Conjugada, Me-dos beneficiários na sede pelo temor de efeitos colaterais. Quais ningocócica conjugada quadrivalente (ACWY), podem trazer efeitos indesejados em Varicela (para quem não teve catapora) e HPV.da CAMARJ. pessoas acima de 18 anos?
  4. 4. QUe tal Um CHeCK UP de fIm de ano? Avaliação completa é importante tanto para detectar quanto para prevenir doençasOs associados da CAMARJ têm à disposição nação em penumbra, poltrona de massagem visita ao dentista, um sangramento gengival.os serviços de uma das empresas mais concei- e música relaxante. “A intenção é fazer com É o médico que vai acompanhar, cobrar detuadas do ramo: Vita Check-Up Center, loca- que a pessoa pense na importância do que seu paciente e avaliar cada caso”.lizada na Barra da Tijuca. Inaugurada há doze vai fazer. Refletir o quanto aquela manhã anos pelo cardiologista Antônio Carlos Worms pode ser importante para a sua vida”, diz o Para uma pessoa saudável, que não tem doen-Till - ou Dr. Till, como prefere ser chamado - o médico. O tempo total para a realização do ças crônicas, um check up por ano é suficiente, Vita Center desenvolveu programas de check check up é de quatro a cinco horas, incluindo segundo o especialista. Como cardiologista, Dr.up que aliam diagnóstico precoce, prevenção a entrevista com uma psicóloga, para avalia- Till já esteve na “outra ponta” do atendimento: de doenças e promoção da saúde. ção do nível de estresse emocional. Em até nas emergências de hospitais. Hoje ele traba- cinco dias úteis o cliente recebe um relató- lha com prevenção e, com a experiência que aLá são observados não apenas os indicadores rio completo, em formato de book. profissão lhe deu, aconselha:tradicionais neste tipo de avaliação, mas tam-bém fatores de risco, que vão de vícios postu- “Neste book há recomendações desde postura “Tratar da saúde é um investimento, seja norais até nível de estresse emocional. correta na mesa de trabalho, até reeducação momento do check up ou nos momentos intestinal, por exemplo. Temos tabela com a posteriores. O esforço de hoje pode garantir“Entendemos saúde dentro de um concei- quantidade de fibras nos alimentos, recomen- melhor qualidade de vida no futuro. Quando oto amplo, que passa não só pelo laboratório, dações quanto à alimentação, aos benefícios problema é detectado cedo é muito mais fácil mas pelo modo como a pessoa vive, seu bem do exercício físico ou de eliminação do vício tratar, pois quando se tem 60 ou 70 anos, qual-estar e seus relacionamentos. Entendemos do tabagismo. E há orientações da equipe, trei- quer ação será menos efetiva”, alerta.que o estresse, como demonstra grande par- nada para, durante a permanência do cliente,te da literatura médica, tem papel fundamen- Para conhecer melhor os serviços da Vita instruí-lo a buscar melhor padrão de saúde”,tal, impacto direto na memória e na pro- Check-Up Center, acesse: conta o cardiologista.dutividade do indivíduo. Pode causar insônia, www.vitacheckup.com.brdoenças dermatológicas, doenças do apare- Dr. Till lembra que o check-up não é o fim, lho digestivo, como gastrites, e até favorecer mas o início de um processo: “É fundamentaldoenças oftalmológicas, como degeneração que o cliente procure seu médico assistentemacular”, afirma Dr. Till. para dar continuidade. Eu diria que é raríssi- mo alguém sair daqui sem alguma recomen-Logo na chegada à clínica o paciente é con- dação, das mais simples às mais complexas.vidado a permanecer por quinze minutos no Ou é o nível de colesterol alterado, ou a Dr. Antônio Carlos Worms‘Espaço Bem Estar’, sala isolada com ilumi- pressão que subiu um pouco, ou a falta de Till é cardiologista e Diretor do Vita Check-Up Center voCÊ Os beneficiários da CAMARJ têm co- bertura para procedimentos de crio- consanguínea, dada a maior probabi- lidade de compatibilização. saBIa? preservação na Cell Preserve. A coleta de sangue do cordão umbilical e da pla- Mais um benefício exclusivo CAMARJ! centa serve para a criação de um “banco de células tronco”, que abre um campo Você conhece algum Defensor Públi- de possibilidades terapêuticas futuras, co que não seja associado da CAMARJ? abrangendo outros membros da família Mostre-lhe nossos benefícios exclusivos! Exp e d i e nt e Conselho Diretor Drª Thais Moya (Presidente), Dr. Marcílio André da Silva Cherém, Dr. Oswaldo Deleuze Raymundo, Drª Mariza Celente Pires Cassús Vieira (Diretor Vice-Presidente), Drª Edna Miudin Guerreiro Suplentes CAMARJ | Caixa de Assistência aos Membros da (1º. Diretor Tesoureiro), Drª Maria Inês Câmara de Araújo Dr. Nelson Ribeiro Cassús, Dr. Francisco Messsias (2º. Diretor Tesoureiro), Dr. Leandro Santiago Moretti (1º. Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro Neto, Dr. Helvécio Ribeiro Guimarães, Drª Juliana Diretor Secretário), Dr. Cristian Pinheiro Barcelos (2º. Diretor Bastos Lintz, Dr. Dirceu Ramos Neves Secretário), Drª Adriana Araújo João (1º. Diretor de Benefícios), Sede Drª. Luciana Telles da Cunha (2º. Diretor de Benefícios) Conselho Fiscal Rua do Carmo n° 7 - 2° Andar - Centro Dr. Francisco Bastos Viana de Souza (Presidente), Drª Laís Conselho Consultivo Rio de Janeiro - RJ - Tel: 2533-5995 - CEP 20011.020 Tomaz Magalhães Tracy, Drª Carmen Lúcia do Passo Drª Zady de Andrade Ramos (Presidente), Drª Jane Rezende Coordenadoria Médica Medina (Vice-Presidente), Drª Maria Leonor Fragoso de Suplentes Av.Almirante Barroso n° 63 - Grupo 503 - Centro Queiroz Carreira, Dr. Fabiano de Carvalho Oliveira, Drª Carolina de Souza Crespo Anastácio, Drª Renata Rio de Janeiro - RJ - Tel: 2533-4334 Dr. José Fontenelle Teixeira da Silva, Drª Silvia Maria Gonçalves dos Santos Bifano, Dr. Marcos Coelho Aires Nascimento Teixeira, Drª Lina Vilalva, Drª Bernardett de Sede Campestre Jornalista Responsável (Market Med Consultoria) Lourdes Cruz Rodrigues Espírito Santo, Drª Paula Penido Rua Jordão n° 476 - Taquara Cláudia Versiani – Registro: MTb16865 Dutt Ross, Dr. Lucano Antony, Dr. Dacio da Costa Guerra, Rio de Janeiro - RJ - Tel: 2423-2921 / 2443-4107 Drª Elaine Maria de Farias Fernandez, Drª Gabriela Varsano Tiragem 2.000 exemplares

×