Capitães da areia

5.049 visualizações

Publicada em

Trabalho sobre o livro Capitães da Areia

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.049
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
112
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Capitães da areia

  1. 1. Jorge Amado
  2. 2. Edições:Alemã, Croata, Grega, Japonesa, Norueguesa, Ucraniana
  3. 3. Jorge Leal Amado de Faria, nasceuna Bahia, em 10 de agosto 1912.Escritor desde a adolescência, Jorge Amadosegue o estilo literário do romance moderno. Emseus livros existe o domínio do físico sobre aconsciência. Suas personagens geralmente sãoplantadores de cacau, pescadores, artesãos egente que vive próximo ao cais, emSalvador, Capital da Bahia.Morreu em Salvador (Bahia), no dia 6 de Agostode 2001, quatro dias antes de completar 89 anosde idade.
  4. 4.  Tieta do Agreste (1977); Gabriela, cravo e canela (1958); A morte e a morte de Quincas Berro d’Água (1961); Tenda dos Milagres (1969); Capitães de Areia (1937); Jubiabá (1935); Dona Flor e seus Dois maridos (1966); Teresa Batista cansada de guerra (1972).
  5. 5. O livro é dividido em três partes. Antes delas, noentanto, vem uma seqüência de reportagens edepoimentos, explicando que os Capitães da Areiaé um grupo de menores abandonados emarginalizados, que aterrorizam Salvador. O livro sepassa nas areias e nas ruas de Salvador, na Bahia.Nesse cenário, o autor desenvolve a história dosmeninos de rua, que vivem num trapicheabandonado em um porto. Os motivos de estarem láeram os mais variados: alguns ficaram órfãos,outros fugiram dos maus tratos de casa, outrosforam abandonados.
  6. 6. São quase quarenta meninos, entre os nove edezesseis anos, de todas as raças. O líder dessesmeninos era Pedro Bala...Durante o dia, ou mendigavam, ou praticavampequenos furtos para poderem comer.Além disso, praticavam grandes roubos, quefizeram a população temer e a polícia procurar os“Capitães da Areia”, como eram conhecidos. Osmeninos pegos eram levados a umreformatório, que passava a imagem de “modeladorde caráter” para os jovens delinqüentes. Massabendo que lá estariam sujeitos a todos os tipos decastigos, todos preferiam continuar nas ruas...

×