Apresentação Edvaldo Acir Circuito 4x1 2011

737 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
737
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação Edvaldo Acir Circuito 4x1 2011

  1. 1. Uma idéia na Cabeça e Conexões na Mão EDVALDO ACIR – CIRCUITO 4x1 – AGOSTO 2011
  2. 2. Apresentação • A narrativa audiovisual • A convergência das mídias • Novo ambiente midiático • Experiência em 3 níveis • Transmídia • A história aqui, ali e em todo lugar • A convergência midiática e o celular • Um celular na mão e conexões na cabeça • A narrativa audiovisual pelo celular • Estudo de caso: O Castigo Final • Conclusões Uma idéia na Cabeça e Conexões na Mão, Circuito 4X1 Agosto, 2011 2
  3. 3. A narrativa audiovisual (a)Uma linguagem específica baseada em imagens visuais esonoras. A narrativa audiovisual, é portanto a forma deconseguir unir estas imagens e sons e fazer com que elasadquiram um novo significado mais amplo que a mera somado significado individual de cada uma desta imagens e sons. Viagem a Lua de Georges MélièsPrimeira sessão de cinema Georges Méliès (1861-1938), foi pioneiro na utilização deA primeira sessão de cinema foi em 22 de março de 1895, no figurinos, atores, cenários e maquiagens. Opõe-se aosubsolo do Grand Café, Paris, apresentando o filme "La Sorti des estilo documentarista. e desenvolve diversas técnicas:Usines Lumière. Os primeiros filmes eram basicamente plano fusão, exposição múltipla, uso de maquetes e truquesúnicos, ligados com o registro de ações e movimentos. ópticos, precursores dos efeitos especiais. Uma idéia na Cabeça e Conexões na Mão, Circuito 4X1 Agosto, 2011 3
  4. 4. A narrativa audiovisual (b) O Nascimento de uma nação David W. Griffith (1875-1948), nascido nos Estados Unidos, é considerado um dos criadores da linguagem cinematográfica. Primeiro a utilizar dramaticamente o close, a montagem paralela, o suspense e os movimentos de câmera. Em 1915, com Nascimento de Uma Nação (The Birth of a Nation), realiza o primeiro longa-metragem americano, tido como a base da criação da indústria cinematográfica de Hollywood. Com Intolerância (Intolerance), de 1916, faz uma ousada experiência, com montagens e histórias paralelas. O Cantor de Jazz O lançamento em 1928, pela Warner Brothers EUA, do primeiro filme sonoro. Uma idéia na Cabeça e Conexões na Mão, Circuito 4X1 Agosto, 2011 4
  5. 5. A convergência das mídias“A convergência nãoocorre por meio deaparelhos, por maissofisticados que venhama ser. A convergênciaocorre dentro doscérebros de consumidoresindividuais em suasinterações sociais unscom outros.O consumo tornou-se um processo coletivo.”(JENKINS, 2009: 44). Uma idéia na Cabeça e Conexões na Mão, Circuito 4X1 Agosto, 2011 5
  6. 6. Experiência em 3 níveis Transporte: conteúdo de determinada mídia e transportamos para outra mídia. Novela na TV e na Internet. Tradução: adaptação da história na passagem de uma mídia para outra. Todos os filmes que viram games são exemplos clássicos. Transmídia: quando uma obra é expandida. Os exemplos mais clássicos são: Heroes, Lost e Matrix. Uma idéia na Cabeça e Conexões na Mão, Circuito 4X1 Agosto, 2011 6
  7. 7. Os três porquinhos hoje Livro Site TV Game Online Comunidade no Okut Fan Page no Facebook Twitter Episódios no Celular Alertas SMS Portal WAP Ringtone Mobile Game Google Maps Uma idéia na Cabeça e Conexões na Mão, Circuito 4X1 Agosto, 2011 7
  8. 8. A história aqui ali e em todo lugar• Mais pessoas conectadas através de múltiplos devices• Tudo é cada vez mais sem fio• Consolidação das redes sociais• Consumo de conteúdos dentro das redes sociais• Maior consumo de conteúdo• Aplicativos everywhere (TV, PC, Celular, I-Pad...)• Mobilidade• Velocidade da informação• Mais janelas e espaços para distribuição do conteúdo• Maior intimidade do usuário com as plataformas abre novas oportunidades dedistribuição de conteúdo• Conteúdo multiplataforma Uma idéia na Cabeça e Conexões na Mão, Circuito 4X1 Agosto, 2011 8
  9. 9. A história aqui ali e em todo lugar “O modelo transmídia está intimamente ligado às grandes mudanças no modo como a indústria televisa americana encara seus consumidores – distanciando-se de um modelo baseado em hora marcada para um paradigma com base na televisão de envolvimento”Seriado americano Heroes (JENKINS: 2009, 167)Uma série de quadrinhos lançada a cada semana,coordenada com conteúdo televisivo, forneciao veículo ideal para mostrar os antecedentesdos personagens.Na quarta temporada a produção lançouuma série de episódios pelo celular onde osusuários votavam no final desta micro seqüênciaO final mais votado foi ao ar no episódio 9 da TV Uma idéia na Cabeça e Conexões na Mão, Circuito 4X1 Agosto, 2011 9
  10. 10. Convergência Midiática e o celularO que chamamos de telefone celular é um dispositivoHíbrido, já que agrega funções de telefone, computador,máquina fotográfica, câmera de vídeo, processador detexto, GPS, entre outras; Móvel, isto é, portátil econectado em mobilidade funcionando por redes sem fiodigitais, ou seja, de Conexão; e Multirredes, já que podeempregar diversas redes, como Bluetooth einfravermelho, para conexões de curto alcance entreoutros dispositivos.(LEMOS, 2007). Uma idéia na Cabeça e Conexões na Mão, Circuito 4X1 Agosto, 2011 10
  11. 11. Um celular na mão e conexões na cabeçaA ubiquidade e a conectividade generalizada pormeio dos vídeos produzidos e distribuídos peloscelulares, aliada à facilidade de produção e aportabilidade, fazem desses produtos culturaisvetores de contato, de testemunho jornalísticoe políticos sobre diversas situações cotidianas. Claro Video Maker Uma experiência brasileira recente desta produção audiovisual através do celular, numA 3ª maior agência publicitária do mundo, ambiente convergente, é o Vídeomaker lançado no final de 2007 pela operadora Claro.BBD0, fez uma pesquisa nos EUA em 2005sobre a mídia preferida dos usuários. A TV tradicional apareceu numdistante terceiro lugar, atrás da Internet e do Celular. A partir destainformação o jornal Financial Times publicou uma matéria de capa como título: “O celular vai substituir a TV como mídia mais importante”em 7 de abril de 2005 (AHONEN, 2007: 171) Uma idéia na Cabeça e Conexões na Mão, Circuito 4X1 Agosto, 2011 11
  12. 12. A narrativa audiovisual pelo celular• Agregador de Conteúdo• Mobilidade e Portabilidade• Mídia Pessoal• Distribuição Massiva• Evolução constante• Distribuição do Conteúdo em Rede• Complementaridade• Interatividade• Tela pequena Em dezembro de 2004 este filme Boliwoodiano foi exibido a entusiastas do cinema em várias• Atenção e Ambientes dispersivos cidades da índia com tecnologia em video streaming. Acredita-se que este foi o primeiro longa-metragem inteiramente acessivel pelo• Filmes curtos celular. (JENKINS: 2009, 31)• Pequenos retratos da vida• Reportagens e documentários por pessoas comuns Uma idéia na Cabeça e Conexões na Mão, Circuito 4X1 Agosto, 2011 12
  13. 13. A narrativa audiovisual pelo celular (b)O Gordo ViajaSérie da MTV lançada em 2007 e totalmente captadopor câmera de celular de 3 megapixel. O apresentador daemissora jovem, João Gordo, viajou por quatrocontinentes levando na bagagem o celular Nokia N95.O programa Gordo Viaja teve 8 episódios de 30 minutoscada. O apresentador visitou seis países: Peru, França,Alemanha, Austrália, África do Sul e Inglaterra.O objetivo era mostrar o que há de mais estranho epeculiar em cada destino pelas lentes de um telefonemóvel. Entre 2006 e 2007, as redes estavam anunciando estratégias transmídia para todos os seus programas. Uma das estratégias mais comuns foi o desenvolvimento de cenas curtas adicionais para consumo via plataformas móveis, como a série de mobisodes (episódios mobile) com uma trama altamente compacta para o seriado 24 horas da FOX. Uma idéia na Cabeça e Conexões na Mão, Circuito 4X1 Agosto, 2011 13
  14. 14. Estudo de caso: o castigo finalCastigo Final é um seriado interativo que conta a luta de 8 desconhecidas para sobreviveremdentro dos muros sombrios de um presídio. Beth (38), Carmen (35), Rose (47), Márcia (32),Dalva (30), Kátia (29) e Selma (18),todas condenadas por crimesviolentos, compartilham umaala no Presídio Feminino deSegurança Máxima Ivo deKermartin. Considerado o presídiodo futuro, todo o sistema devigilância e controle internoé informatizado, não deixandoespaço para falhas ou possibilidadesde fuga. Lá, as 7 detentas pagam suas penas em uma rotina normal, até que dá entrada aopresídio a oitava detenta: Tânia (43), ex policial, presa por violência e abuso de autoridade. Uma idéia na Cabeça e Conexões na Mão, Circuito 4X1 Agosto, 2011 14
  15. 15. O Castigo Final: PrêmiosDepois de conquistar a primeira nomeaçãobrasileira para o DIGITAL EMMY AWARDS/2009e de uma nomeação para um Rose d’ Or/2009,a série “Castigo Final”, produzida pela beActivepara a Oi TV, conquista o prémio“Best Internacional Format Awards” nacategoria de melhor formato multi-plataformaem Cannes/2010.O prêmio foi entregue a Nuno Bernardo durantea cerimônia de Gala do MIPCOM, que aconteceanualmente em Cannes. Uma idéia na Cabeça e Conexões na Mão, Circuito 4X1 Agosto, 2011 15
  16. 16. Narrativa multiplataformaTV, Blog, Facebook, Orkut,Twiter, AlternativeReality Game, SMS,Portal Wap, Video pelo Celular Uma idéia na Cabeça e Conexões na Mão, Circuito 4X1 Agosto, 2011 16
  17. 17. O Castigo Final para o CelularOs conteúdos audiovisuais apresentados no celular eram vídeos de 38 segundos, tempoestabelecido pela operadora OI para ter uma maior cobertura de aparelhos capazes desuportar estes vídeos.Foram 8 vídeos produzidos para o celular com uma edição dinâmica, rápida e focados cada umnuma determinada personagem.Eram flashs de imagens, que davam uma noção de quem eram as personagens, de várias cenasao longo dos episódios, ao longo da história toda.Tinham uma função complementar a narrativa pois apresentavam cada uma das personagensem breves flashs das suas histórias e vida e ficha pessoal.Também funcionavam como uma forma de atrair o público que via os videos pelo celular paraassistir aos episódios na TV e acessar o site do seriado. Uma idéia na Cabeça e Conexões na Mão, Circuito 4X1 Agosto, 2011 20
  18. 18. Considerações• Consumidores > Conteúdos Audiovisuais > Canais ou Agregadores >Dispositivos Móveis• Google, Apple; Amazon; LG; Sony; Samsung• Dispositivos Móveis e a Convergência Midiática• Novos formatos comunicacionais• Metamorfose e Adaptação da linguagem Audiovisual• Estudo de Caso “O Castigo Final”• Complementaridade; Interatividade e Consumo em Grupo• Novos Modelos de Negócio Uma idéia na Cabeça e Conexões na Mão, Circuito 4X1 Agosto, 2011 29
  19. 19. Obrigado Edvaldo Acir Twitter: Edvaldo_Acir Skype: edvaldo.acir E-mail: edvaldoacir@uol.com.br Cel: (11) 9226 4211

×