Apresentação Arq. Joao Aboim

800 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
800
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
43
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação Arq. Joao Aboim

  1. 1. A CIDADE EM MOVIMENTO A VISÃO DOS CENÁRIOS A VISÃO DOS ACTORES
  2. 2. <ul><li>RELACIONAMENTO INTERPESSOAL </li></ul><ul><li>FUNÇÕES URBANAS </li></ul><ul><ul><li>HABITAR </li></ul></ul><ul><ul><li>TRABALHO / EMPRESA </li></ul></ul><ul><ul><li>ABASTECIMENTO </li></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>SERVIÇOS </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>PRODUTOS </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><li>LAZER </li></ul></ul><ul><li>AGREGAÇÃO DE FUNÇÕES </li></ul><ul><ul><li>Revolução industrial – bairros operários </li></ul></ul><ul><ul><li>Grandes Superficies Comerciais </li></ul></ul><ul><ul><li>ARCOLOGIAS </li></ul></ul>A CIDADE EM MOVIMENTO <ul><ul><ul><li>… mas é a cidade do passado, que temos no presente, que devemos preparar para o futuro. </li></ul></ul></ul>
  3. 3. <ul><li>ENQUADRAMENTO ESTRATÉGICO </li></ul>8 VECTORES DE DESENVOLVIMENTO AGRÍCOLA EMPRESARIAL ACESSIBILIDADE / MOBILIDADE TURISMO AMBIENTE CULTURA E EDUCAÇÃO SAÚDE DESPORTO
  4. 4. AS ACESSIBILIDADES
  5. 5. EVOLUÇÃO ECONÓMICA – C. da RAINHA
  6. 6. O PRESENTE A CIDADE EM MOVIMENTO
  7. 7. A VISÃO DO FUTURO
  8. 8. A VISÃO DO FUTURO after introducing clean cars... before introducing clean cars...
  9. 9. ESPAÇO OCUPADO PELO AUTOMÓVEL
  10. 10. <ul><li>ESTACIONAMENTO E ESPAÇO PÚBLICO </li></ul><ul><li>Transporte privado (carro) </li></ul><ul><li>Ocupação de espaço público equivalente a 10 pessoas (12,5 m2 ) – estacionado </li></ul><ul><li>Ocupação de largura de via equivalente a 4-5 pessoas ( 2,8 – 3 ml ) – em movimento </li></ul><ul><li>Factores adicionais </li></ul><ul><li>Poluição sonora e atmosférica, poluição de águas, reciclagem em fim de vida e dependência energética do exterior. </li></ul><ul><li>A cidade </li></ul><ul><li>Estruturou-se com vias dedicadas ao automóvel </li></ul><ul><li>O crescente uso do carro monopolizou o uso do espaço urbano </li></ul><ul><li>A crescente especialização da cidade, separando a habitação do trabalho/abastecimento originou movimentos pendulares diários baseados no carro particular. </li></ul><ul><li>PRINCÍPIOS UNIVERSALMENTE(?) ACEITES </li></ul><ul><li>A VIA PÚBLICA É UM CANAL DE CIRCULAÇÃO. </li></ul><ul><li>CADA VIATURA DEVE POSSUIR O SEU ESPAÇO PRIVADO DE ESTACIONAMENTO </li></ul><ul><li>A VIATURA PRIVADA É UM EXCELENTE MEIO DE TRANSPORTE </li></ul><ul><li>OBJECTIVOS </li></ul><ul><li>DEVOLVER A CIDADE AO PEÃO </li></ul><ul><li>FACILITAR A ACESSIBILIDADE </li></ul><ul><li>DIMINUIR A POLUIÇÃO </li></ul><ul><li>MEIOS </li></ul><ul><li>CRIAÇÃO DE ESTACIONAMENTO AUTO FORA DA VIA PÚBLICA </li></ul><ul><li>IMPLEMENTAÇÃO DE TRANSPORTE PÚBLICO </li></ul>A CIDADE EM MOVIMENTO
  11. 11. O CUSTO DE TER CARRO - 1 PROPOSTA : Averiguar o impacto económico na Cidade de Caldas da Rainha se as famílias pudessem prescindir de um carro utilizando os transportes públicos e/ou mobilidades suaves. ÁREA de ESTUDO : Cidade de Caldas da Rainha PREMISSAS : 50% das famílias em área urbana têm dois ou mais carros Um dos carros serve apenas para deslocações de curta duração em meio urbano, sendo o segundo carro familiar um pequeno utilitário com um valor médio de aquisição de cerca de 15.000 € Aquisição do 2º carro por leasing a 5 anos. Utilização deste 2º carro em deslocações para levar os filhos à escola, compras e actividades diversas no meio urbano consolidado com uma área de 2x2 km. CUSTO ANUAL 3266,712 € (272,226 €/mês) (<>83 viagens de táxi/mês) (4 viagens/dia útil = 88 viagens )
  12. 12. O CUSTO DE TER CARRO - 2 DESDOBRAMENTO de CUSTOS CUSTO de AQUISIÇÃO 2431,56 € / ano Valor do carro – 15.000 € Leasing a 5 anos com 15% de entrada + 15 % de valor residual Renda mensal – 235,13 € (x 12 mêses – 390 €) = 2431,56 Despesas de contrato – 142,11€ + IVA (n/ considerado) (fonte Santander-Totta) Considerámos 4 marcas de carro utilitário a gasolina com preços aproximados ao valor de referência. – Citroen C3, Ford Fiesta, Honda Jazz e Opel Corsa. Comparámos o valor de venda em 2008 com o valor de venda de usado do modelo equivalente de 2003 e obtivemos um valor médio de desvalorização de 43% do preço actual. (fonte Guia do automóvel nº 283). Assim, ao fim de cinco anos, um carro de 15000 € valerá 6450 €. Para obter um novo contrato de leasing do mesmo valor haverá que pagar novamente 30 % (4500 €) 15% de valor residual mais 15% de entrada para novo contrato. A diferença de valores (6450-4500) será distribuída ao longo de 5 anos amortizando o custo do leasing. (1950/5= 390 €)
  13. 13. O CUSTO DE TER CARRO - 3 CUSTO de PARQUEAMENTO 109,2 € / ano Custos directos 109,2 € ( 0,30 € x 5 dias + 0,60 ao sábado ) x 52 semanas Custos indirectos (n/ considerado) CUSTO de FUNCIONAMENTO 514,272 € / ano Viagens diárias: 17 km 1- levar os filhos à escola, pequenas compras e voltar – 6 km 2- Ir buscar os filhos à escola – 5 km 3- Assuntos diversos (visitas, ginásio, assuntos administrativos etc.)– 6 km Total semanal 91 km (17 km x 5 dias úteis + 6 km ao sábado de manhã) Total Anual 4732 km ( 52 semanas x 91 km ) Consumo combustível - 454,272 € (4732/100) x 8 = 378,56 litros x 1,2€ Manutenção anual 60 € SEGUROS e TAXAS 211,68 € / ano Seguro contra terceiros 131,25 € / ano (simulação na Nseguros para um seguro de resp. civil até 1.800.000 € ) Imposto único de circulação (25,50 + 51,10) x 1,05 = 80,43 €
  14. 14. O CUSTO DE (não) TER CARRO - 4 DESPESA COM TRANSPORTE PÚBLICO 694 €/ano (2 membros) 347 €/ano (1 membro) 2 membros da família passam a usar TP. Custo de carregamentos dia-a-dia – 2 cartões (255 dias úteis) 314 €/ano (40 € < > 65 dias ) 3,923 x 40€ = 157 € Custo com 2 cartões viagem-a-viagem (2 viagens/sábado) 42 €/ano (30 €< > 150 viagens) 21 €/ano 1 viagem de táxi / membro, por semana na área urbana 3,25 €/viagem (169 €/ano) POPULAÇÃO Considerando que Caldas da Rainha tem neste momento cerca de 10.000 familias. Considerando que 50% das famílias tem dois ou mais carros. Considerando que uma aposta forte nos transportes públicos e mobilidades suaves poderia conduzir a metade destas famílias prescindirem do 2º carro. Considerando que a despesa por família em transporte público se cifraria em 694 €/ano. Teríamos 2.500 famílias a pouparem 2 572 €/ano injectando 6 430 000 €/ano na economia urbana de Caldas da Rainha
  15. 15. <ul><li>1 286 000 contos/ ano </li></ul>
  16. 16. O CUSTO DE TER CARRO – CUSTOS ABSOLUTAMENTE ESCONDIDOS ESPAÇO OCUPADO POR UM AUTOMÓVEL – 16,3 m2 (média) 5X2,5 m + 2,5 X 3 m = 20 m2 ( perpendicular) 5,5 x 2,3 = 12, 65 m2 (longitudinal) Nº de CARROS EM C.R. - 17.000 viaturas (estimativa na área urbana) 10.000 famílias ( 30.000 hab ) 50% possui 2 ou mais carros (dados TIS) = 10.000 viaturas 30% possui um carro = 3.000 viaturas 10% possui quatro ou mais carros = 4.000 viaturas ESPAÇO NECESSÁRIO PARA A PLENA UTILIZAÇÃO DO CARRO EM MEIO URBANO 17 000 X 16,3 X 2 = 554 200 m2
  17. 17. O CUSTO DE TER CARRO – CUSTOS ABSOLUTAMENTE ESCONDIDOS 554 200 m2 !!!!! Em pleno meio urbano !?!? QUAL O CUSTO ?
  18. 18. O CUSTO DE TER CARRO – CUSTOS ABSOLUTAMENTE ESCONDIDOS 554 .200 m2 UTILIZADOS PARA ESPAÇO PÚBLICO SIGNIFICA: 4,3 PARQUES PÚBLICOS DO TAMANHO DO PARQUE D. CARLOS I (128 660 m2) 554 .200 m2 VALEM EM MEIO URBANO - 20.000 € /120 m2 edificáveis x 4 pisos = 80.000 € / 120 = 667 € / m2 369 651 400 €
  19. 19. A cidade em movimento CONCLUSÕES <ul><li>A acessibilidade e mobilidade automóvel é predominante na cidade </li></ul><ul><li>O uso intensivo do transporte individual (TI) é predador do espaço público, de recursos económicos privados e públicos e dos recursos ambientais </li></ul><ul><li>O carro tornou-se uma necessidade inquestionável. </li></ul>
  20. 20. A cidade em movimento DIRECTIVAS DE ACTUAÇÃO <ul><li>Fomento do Transporte Público </li></ul><ul><li>Fomento do uso do veículo de duas rodas </li></ul><ul><li>Fomento da mobilidade pedonal </li></ul><ul><li>Fomento da concentração urbana </li></ul><ul><li>Fomento de medidas de melhor utilização do TI. </li></ul>
  21. 21. A cidade em movimento
  22. 22. A cidade em movimento O projecto ligar mobilidades
  23. 23. A cidade em movimento O projecto orientação urbana
  24. 24. A cidade em movimento O projecto cicloparque
  25. 25. A cidade em movimento O projecto parques de proximidade
  26. 26. A cidade em movimento O projecto TORNADA
  27. 27. A cidade em movimento O projecto TOMA
  28. 28. <ul><li>O perfume da Rita sabe a alicerces </li></ul><ul><li>Rita é pois cidade </li></ul><ul><li>E também </li></ul><ul><li>Distâncias mais pequenas </li></ul><ul><li>Luís, 1949 - 1968 </li></ul>
  29. 29. A cidade em movimento joão aboim – Abril 2009

×