Cibercultura - (05)
A participação do usuário e a Web 2.0
Recapitulando...
A web como uma plataforma implica em:
Construir aplicações que – literalmente – ficam melhores
ao passo q...
O conceito não é novo
● Vannevar Bush – As we may think (1945)
– Wholly new forms of encyclopedias will appear, ready
made...
A web e o MEMEX
● A ideia da web [e – claro – da internet como um todo] pode ser
associada ao MEMEX (memory index) de Bush...
A web e o MEMEX
● A ideia da web [e – claro – da internet como um todo] pode ser
associada ao MEMEX (memory index) de Bush...
2004, 2009 e hoje
● Computadores sairam das mesas, pularam para os
nossos colos e agora estão em nossos bolsos
● Conectivi...
Colaboração
● Como se caracteriza
– Eu faço um blog sobre ferramentas bacanas. Eu
escrevo para o meu próprio deleite e par...
Colaboração
● Vantagens
– Redução no custo de produção e disseminação
– Redução do esforço de coordenação
– Ampliação do b...
Colaboração
● Motivações
– Reciprocidade
● Ubuntu: „eu sou porque nós somos“
– Prestígio
● Capital Social
– Incentivo Soci...
Colaboração
● Impactos
– Formação de comunidades
– Aumento da produção de conteúdo e informações
– Rompimento de formatos ...
As transformações sociais...
● Movimentos sociais conectados em rede espalham-se
– Primavera Árabe
– Occupy Wall Street
– ...
Transtormações sociais
● Na sociedade em rede, o poder é multidimensional, contrário do
que se percebe quando há controle ...
Transtormações sociais
● Subversão do poder pelos movimentos sociais
– Construção de um processo de comunicação autônoma
–...
Ah, é! E ainda tem a tal big data!
Mas isso é assunto para a próxima aula...
Cibercultura   aula 05   comunicação digital (of. 2)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cibercultura aula 05 comunicação digital (of. 2)

144 visualizações

Publicada em

Slides da quinta aula da disciplina "Cibercultura" da Pós-Graduação em Comunicação Digital do IEC / PUC Minas.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
144
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cibercultura aula 05 comunicação digital (of. 2)

  1. 1. Cibercultura - (05) A participação do usuário e a Web 2.0
  2. 2. Recapitulando... A web como uma plataforma implica em: Construir aplicações que – literalmente – ficam melhores ao passo que mais usuários passam a utilizá-las; aproveitando-se dos efeitos de rede não apenas para crescimento (em número de usuários) como para aprendizado com o comportamento dos usuários e suas contribuições.
  3. 3. O conceito não é novo ● Vannevar Bush – As we may think (1945) – Wholly new forms of encyclopedias will appear, ready made with a mesh of associative trails running through them, ready to be dropped into the memex and there amplified. (…) Thus science may implement the ways in which man produces, stores, and consults the record of the race.
  4. 4. A web e o MEMEX ● A ideia da web [e – claro – da internet como um todo] pode ser associada ao MEMEX (memory index) de Bush. – Crescimento orgânico de conteúdo ● Histórico da humanidade ● Colaboração – Consulta livre por todos ● Compartilhamento e distribuição ● Mas não se trata de uma máquina única ou um sistema fechado.
  5. 5. A web e o MEMEX ● A ideia da web [e – claro – da internet como um todo] pode ser associada ao MEMEX (memory index) de Bush. – Crescimento orgânico de conteúdo ● Histórico da humanidade ● Colaboração – Consulta livre por todos ● Compartilhamento e distribuição ● Mas não se trata de uma máquina única ou um sistema fechado.
  6. 6. 2004, 2009 e hoje ● Computadores sairam das mesas, pularam para os nossos colos e agora estão em nossos bolsos ● Conectividade constante ● Grandes massas de dados sendo fornecidas sem interrupção (big data e colaboração)
  7. 7. Colaboração ● Como se caracteriza – Eu faço um blog sobre ferramentas bacanas. Eu escrevo para o meu próprio deleite e para o benefício de amigos. A Web estende a minha paixão para um grupo incomparavelmente extenso de usuários sem adição de custo ou esforço. Kevin Kelly em „We are the web“ – Wired (Agosto de 2005) – Mídias sociais (wikis, fóruns, blogs...) Juliano Spyer - Conectado: O que a internet fez com você e o que você pode fazer com ela
  8. 8. Colaboração ● Vantagens – Redução no custo de produção e disseminação – Redução do esforço de coordenação – Ampliação do benefício – Redução do número de envolvidos na produção Juliano Spyer - Conectado: O que a internet fez com você e o que você pode fazer com ela
  9. 9. Colaboração ● Motivações – Reciprocidade ● Ubuntu: „eu sou porque nós somos“ – Prestígio ● Capital Social – Incentivo Social ● O vínculo a um determinado grupo leva pessoas a oferecerem voluntariamente ajuda e informações – Incentivo Moral ● O prazer associado à pratica de boas ações estimula pessoas a doarem seu tempo e esforço Juliano Spyer - Conectado: O que a internet fez com você e o que você pode fazer com ela
  10. 10. Colaboração ● Impactos – Formação de comunidades – Aumento da produção de conteúdo e informações – Rompimento de formatos anteriores ● Lembra do vídeo do Castells? – Indivíduo mais autônomo – Transformações sociais – Necessário repensar importantes aspectos da nossa realidade ● Lembra do vídeo da web 2.0 (the machine is us/ing us)?
  11. 11. As transformações sociais... ● Movimentos sociais conectados em rede espalham-se – Primavera Árabe – Occupy Wall Street – Islândia e a moratória – Espanha – Junho de 2013, BR
  12. 12. Transtormações sociais ● Na sociedade em rede, o poder é multidimensional, contrário do que se percebe quando há controle da dimensão da comunicação ● As redes de comunicação são fontes decisivas de construção de poder – E quem detém o poder? ● Os programadores (elaboram as redes) ● Os comutadores (alternam as conexões entre redes) – Contrapoder ● Tentativa de reprogramar as redes – Subversão da comunicação → mov. sociais
  13. 13. Transtormações sociais ● Subversão do poder pelos movimentos sociais – Construção de um processo de comunicação autônoma – Ocupação de espaços ● Criação de comunidade (manifestação física e proximidade) ● Invasão como poder simbólico (a importância de mantermos inviolável o direito de ocupar) ● Criação de um espaço de deliberação – Hibridismo social entre o ciberespaço e o espaço urbano ● No contexto digital os movimentos sociais se formam mais rapidamente e se espalham / crescem mais efetivamente
  14. 14. Ah, é! E ainda tem a tal big data! Mas isso é assunto para a próxima aula...

×