Músculos e ossos da cabeça

4.002 visualizações

Publicada em

Aula 8 de Anatomia Humana I (Biomedicina, UEPA/Marabá, 2015)

Publicada em: Educação
0 comentários
14 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.002
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
176
Comentários
0
Gostaram
14
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Músculos e ossos da cabeça

  1. 1. Cabeça e pescoço Ossos, músculos e ligamentos da cabeça e do pescoço Prof. Dr. Caio Maximino Marabá – Maio/2015
  2. 2. Cabeça e pescoço Anatomia de superfície Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita ● Cabeça é composta por crânio, face, escalpo, dentes, encéfalo, nervos cranianos, meninges, órgãos dos sentidos especiais e vasos ● O pescoço é o canal principal entre cabeça, tronco e membros. Agrupa músculos, glândulas, artérias e veias, vasos linfáticos, traquéia, esôfago e vértebras Pescoço
  3. 3. Cabeça e pescoço Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  4. 4. Cabeça e pescoço Crânio ● Esqueleto da cabeça, formado por duas partes: neurocrânio e esqueleto da face (viscerocrânio) ● O neurocrânio representa um invólucro para o encéfalo, meninges encefálicas, partes proximais dos nervos cranianos, e vasos sanguíneos – Osso frontal (1) – Ossos parietais (2) – Ossos temporais (2) – Osso occipital (1) – Osso esfenóide (1) – Osso etmóide (1) Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço ● O esqueleto da face consiste em ossos que circundam a boca e o nariz e contribuem para formar as cavidades orbitais – Ossos lacrimais (2) – Ossos nasais (2) – Maxilas (2) – Ossos zigomáticos (2) – Ossos palatinos (2) – Conchas nasais inferiores (2) – Manbídula (1) – Vômer (1)
  5. 5. Cabeça e pescoço Ossos do crânio Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  6. 6. Cabeça e pescoço Ossos do crânio ● Ossos unidos na maior parte por junturas imóveis ● Constituídos por lâminas externa e interna, de substância compacta, e uma camada esponjosa média (díploe) Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  7. 7. Cabeça e pescoço Pontos de referência ósseos Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço Glabela Násio Ptério Bregma Vértice Lambda Astério Ínio
  8. 8. Cabeça e pescoço Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  9. 9. Cabeça e pescoço Forames cranianos ● ~85 ● Foram magno: Medula espinhal e artérias vertebrais; ● Forame Jugular (a cada lado): veias jugulares internas, nervos IX-XI; ● Canal carotídeo (a cada lado): artérias carótidas internas, plexo carotídeo, gânglio cervical superior. Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  10. 10. Cabeça e pescoço Calvária Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço Osso frontal Sutura coronal Sutura sagital Osso parietal Linha temporal superior Forame parietalForame parietal Lambda Osso occipital
  11. 11. Cabeça e pescoço Calvária Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço Sutura sagital Lambda Osso occipital Osso temporal Processo mastóide Linha nucal inferior Sutura occipitomastóidea Túber parietal Forame parietal
  12. 12. Cabeça e pescoço Fossas cranianas ● Fossa anterior – Limites: Lâmina interna do osso frontal, borda posterior da asa menor do esfenóide – Ossos: Frontal, esfenóide, etmóide – Forames: Forame cego (passagem de uma pequena veia da cavidade nasal para o seio sagital superior); Lâmina crivosa (nervo olfatório); canal óptico (nervo óptico e artéria oftálmica) ● Fossa média – Limites: Borda posterior da asa menor do esfenóide, borda superior da porção petrosa dos temporais – Ossos: Esfenóide e temporal – Forams: Fissura orbitária superior (oculomotor troclear, ramo oftálmico do trigêmeo, abducente, veia oftálmica); forame redondo (ramo maxilar o trigêmeo); forame oval (ramo mandibular do trigêmeo); forame espinhoso (artéria meníngea média); lácero anterior (coberto por tecido fibroso); cana carotídeo (artéria carótida) ● Fossa posterior – Limites: Borda superior da porção do rochedo do temporal, lâmina interna do osso occipital – Ossos: Temporal e occipital – Forames: Meato acústico interno (facial, vestibulococlear); forame jugular (glossofaríngeno, vago, acessório, veia jugular interna); canal do hipoglosso (hipoglosso); canal condilar (nem sempre presente); fraome magno (bulbo, meninges, líquor, artérias vertebrais, raízes espinhais, nervo acessório) Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  13. 13. Cabeça e pescoço Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  14. 14. Cabeça e pescoço Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  15. 15. Cabeça e pescoço Osso frontal ● Frons = cenho, testa ● Osso largo e chato, situado na frente e para cima no neurocrânio ● Possui uma porção vertical (escama) e uma horizontal, que forma os tectos das cavidades orbitais e nasais ● Separado dos ossos parietais pela sutura coronal, do osso esfenóide pela sutura esfenofrontal, dos ossos zigomáticos pela sutura zigomatico-frontal, do osso nasal pela sutura nasofrontal, e da maxila pela sutura frontomaxilar Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  16. 16. Cabeça e pescoço Osso frontal ● Escama do osso frontal – Face externa (convexa) ● Borda supra-orbital ● Túber frontal (~3 cm acima da borda s.o.) ● Arcos superciliares (saliências que se estendem lateralmente à glabela) ● Glabela (ponto antropométrico entre os dois arcos superciliares) ● Sutura metópica (encontrada raramente acima da glabela até o bregma) ● Incisura/forame supra-orbital ● Incisura nasal ● Espinha nasal – Face interna ● Crista frontal ● Forame cego (inserção da dura máter) ● Tectos das cavidades orbitais e nasais – Formam o teto da órbita, a incisura etimoidal (que separa as duas lâminas orbitais) e os óstios do seio frontal. Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  17. 17. Cabeça e pescoço Osso frontal Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  18. 18. Cabeça e pescoço Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço Margem nasal Fóvea troclear Fossa da gl lacrimal Proc. zigomático Forame etmoidal anterior Forame etmoidal posterior Espinha nasal Incisura supra-orbital Margem supra-orbital Lâmina orbital Tecto das céls. etmoidais Incisura etmoidal Margem parietalMargem parietal Sulco do seio sagital superior Escama frontal Forame cego Espinha nasal Crista frontal Impressões cerebrais Proc. zigomático
  19. 19. Cabeça e pescoço Osso occipital ● Ob = atrás; caput = cabeça ● Perfurado por uma abertura grande e oval (forame magno), através do qual a cavidade craniana comunica-se com o canal vertebral ● Separado dos ossos parietais pela sutura lambdóide; e do osso temporal pela sutura occipitomastóide. ● Porção escamosa – Lâmina curvada que se estende posteriormente ao forame occipital ● Porção basilar – Anterior ao forame occipital; espessa Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  20. 20. Cabeça e pescoço Osso occipital ● Escamosa – Face externa – Posterior e convexa ● Protuberância occipital externa – Entre o ápice do osso e o forame magno ● Crista occipital externa ● Linha occipital/nucal suprema – Inserção da gálea aponeurótica ● Linha occipital/nucal superior ● Linha occipital/nucal inferior – Face interna – Localizada anteriormente ● Eminência cruciforme ● Protuberância occipital interna ● Sulco sagital ● Crista occipital interna ● Sulco do seio transverso ● Fossas occipitais superiores ● Fossas occipitais inferiores Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço ● Basilar – Forame magno ● Lateral – Côndilos occipitais – Articulam com vértebra atlas – Canal do hipoglosso (saída do XII e entrada do ramo meníngeo da artéria faríngea ascendente) – Canal condilar (passagem de veias) – Processo jugular
  21. 21. Cabeça e pescoço Osso occipital Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  22. 22. Cabeça e pescoço Osso occipital Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  23. 23. Cabeça e pescoço Osso esfenóide Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço ● Sphen = cunha; oeidos = em forma de ● Osso irregular e ímpar; formato de “borboleta” ● Situado na base do crânio, anteriormente aos ossos temporais e à porção basilar do sso occipital ● Um dos 7 ossos que articulam a órbita ● Dividido em corpo, asas menores e maiores, e processos pterigóideos
  24. 24. Cabeça e pescoço Osso esfenóide Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço ● Corpo – Face superior ● Fossa hipofisária ● Processos clinóides médios e posteriores ● Espinha etmoidal – Articula-se com a lâmina crivosa ● Sela turca – Aloja a hipófise ● Clivo – Apóia a porção superior da ponte – Face anterior ● Crista esfenoidal – Forma parte do septo do nariz ● Seio esfenoidal – Face inferior ● Rostro esfenoidal ● Processo vaginal – Face lateral ● Sulco carotídeo ● Língula ● Processos pterigóideos – Lâmina pterigóidea medial – Lâmina pterigóidea lateral – Incisura pterigóidea - entre as duas lâminas – Fossa pterigóidea
  25. 25. Cabeça e pescoço ● Asas menores – Canal óptico - passagem do óptico e artéria oftalmica – Processo clinóide anterior ● Asas maiores – Forame redondo - passagem do ramo maxilar do trigêmeo – Forame oval – passagem do ramo mandibular do trigêmeo e artéria meníngea acessória – Forame espinhoso – passagem de vasos meníngeos médios e um ramo do nervo mandibular – Espinha esfenoidal - origem do ligamento esfenomandibular – Face temporal – Face orbital ● Entre as asas maiores e menores localiza-se a fissura orbitária superior ou fenda esfenoidal (passagem do nervo oculomotor (3º par craniano), nervo troclear (4º par craniano), romo oftálmico do nervo trigêmeo (5º par craniano) e nervo abducente (6º par craniano) Osso esfenóide Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  26. 26. Cabeça e pescoço Osso esfenóide Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  27. 27. Cabeça e pescoço Osso esfenóide Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  28. 28. Cabeça e pescoço Osso etmóide ● Ethmos = peneira ● Osso leve, esponjoso, irregular, ímpar, situado na parte anterior do crânio ● Apresenta quatro partes: 1 lâmina crivosa (horizontal), 1 lâmina perpendicular e 2 masseas laterais (labirintos) ● Um dos 7 ossos que constróem as órbitas ● Articula-se com treze ossos: frontal (1), esfenoide (1), nasais (2), lacrimais (2), maxilares (2), palatinos (2), conchas nasais inferiores (2) e o vômer (1). Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  29. 29. Cabeça e pescoço Osso etmóide ● Lâmina crivosa (horizontal) – Crista galli – Processo triangular na linha mediana – Forames olfatórios – Laterais às crista galli, dão passagem ao olfatório ● Lâmina perpendicular – Lâmina achatada que forma a parede mediana do septo nasal ● Massas laterais (labirinto) – Processo uncinado – Lâmina orbital – Concha nasal suprema (de Santorini) – Concha nasal superior – Concha nasal média – Meatos nasais – Localizados atrás de cada concha – Seios/células etmoidais Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  30. 30. Cabeça e pescoço Osso etmóide Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  31. 31. Cabeça e pescoço Osso etmóide Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  32. 32. Cabeça e pescoço Osso etmóide Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  33. 33. Cabeça e pescoço Osso temporal ● Osso par, de organização complexa ● Aloja o aparelho auditivo ● Separado do osso occipital pela sutura occipitomastóide; do osso parietal pela sutura escamosa; do osso esfenóide pela sutura esfeno-escamosa; e do osso zigomático pela sutura têmporo-zigomática ● Dividido em 3 partes: Escamosa, timpânica e petrosa Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  34. 34. Cabeça e pescoço Osso temporal Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  35. 35. Cabeça e pescoço Osso temporal ● Parte escamosa – Processo zigomático - longo arco que se projeta da parte inferior da escama – Fossa mandibular - articula-se com o côndilo da mandíbula ● Parte timpânica – Meato acústico externo ● Parte petrosa (Pirâmide) – Processo estilóide - espinha aguda localizada na face inferior do osso temporal – Processo mastóide - projeção crônica que pode variar de tamanho e forma – Meato acústico interno - dá passagem ao nervo facial, acústico e intermediário e ao ramo auditivo interno da artéria basilar – Forame estilomastóide - localiza-se entre o processo mastóide e estilóide – Canal carótico - dá passagem à artéria carótida interna e ao plexo nervoso carótido – Fossa jugular - aloja o bulbo da veia jugular interna Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  36. 36. Cabeça e pescoço Osso temporal Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  37. 37. Cabeça e pescoço Osso parietal ● Paries = parede ● Ossos pareados que, em conjunto, formam as paredes e o teto do crânio ● Ossos chatos, com 2 faces, 4 bordas e 4 ângulos ● Separados do osso frontal pela sutura coronal; do osso temporal pela sutura escamosa; e do osso occipital pela sutura lambdóide Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  38. 38. Cabeça e pescoço Osso parietal ● Faces – Face externa convexa, lisa e lateral – Face interna côncava e medial, apresentando sulcos anteriores que correspondem aos ramos da artéria meningea média ● Bordas – Borda superior/sagital/parietal – Borda anterior/frontal/coronal – Borda posterior/occipital/lambdóidea – Borda inferior/escamosa/temporal ● Ângulos – Ângulo frontal – Ângulo esfenoidal – Ângulo mastóideo – Ângulo occipital Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  39. 39. Cabeça e pescoço Osso parietal Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  40. 40. Cabeça e pescoço Osso parietal Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  41. 41. Cabeça e pescoço Osso maxilar inferior (Mandíbula) ● Osso em forma de 'U' com processos alveolares que alojam os dentes mandibulares ● Maior, mais forte, e mais inferior osso da face; duas metades se fundem na sínfise da mandíbula ● Composta de uma porção horizontal (corpo), duas partes perpendiculares (ramos), processos alveolares, côndilos, e processos coronóides. ● Articula com os dois ossos temporais na articulação temporo- mandibular Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  42. 42. Cabeça e pescoço Mandíbula Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  43. 43. Cabeça e pescoço Articulação temporomandibular Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  44. 44. Cabeça e pescoço Articulação temporomandibular Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  45. 45. Cabeça e pescoço Vômer ● Vomer = arado ● Osso facial não-pareado, localizado na linha parassagital e articulado com o esfenóide, o etmóide, os ossos palatinos, e ossos maxilares ● Forma a parte inferior do septo nasal Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  46. 46. Cabeça e pescoço Vômer Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  47. 47. Cabeça e pescoço Osso zigomático ● Osso par irregular que forma parte da parede lateral e assoalho da órbita – Ossos do zigoma, ossos da bochecha, ossos malares ● Situados nos lados ínfero-laterais das órbitas e apóiam-se sobre as maxilas ● Formam as proeminências das bochechas Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  48. 48. Cabeça e pescoço Osso zigomático ● Faces – Face malar - convexa; possui forame zigomaticofacial, que serve para passagem de nervo e vasos zigomaticofaciais – Face temporal - côncava – Face orbital - forma parte do soalho e parede lateral da órbita ● Processos – Processo frontal - articula-se com o osso frontal – Processo maxilar - articula-se com a maxila – Processo temporal- articula-se com o osso temporal ● Arco zigomático – Processo temporal do osso zigomático – Processo zigomático do osso temporal Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  49. 49. Cabeça e pescoço Osso zigomático Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  50. 50. Cabeça e pescoço Maxila ● Ossos planos e irregulares que forma quatro cavidades – Tecto da cavidade bucal – Assoalho e parede lateral do nariz – Assoalho da órbita – Seio maxilar ● Formam o maxilar superior; unidas na sutura intermaxilar ● Processos alveolares incluem as cavidades que constituem o osso de sustentação para os dentes maxilares ● Articulam-se com 9 ossos: frontal, etmóide, nasal, zigomático, conhca nasal inferior, lacrimal, palatino, vômer, e maxila contralateral Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  51. 51. Cabeça e pescoço Osso palatino ● Corpo – Forame infra-orbitário - passagem para os vasos e nervo infra-orbitais – Face orbital - forma a maior parte do soalho da órbita – Seio maxilar - grande cavidade piramidal dentro do corpo da maxila ● Processos – Frontal - forte lâmina que parte do limite lateral do nariz – Zigomático - eminência triangular e áspera localizada no ângulo de separação das faces anterior, infratemporal e orbital – Alveolar - cavidades profundas para recepção dos dentes – Palatino - horizontal e projeta-se medialmente da face nasal do osso Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  52. 52. Cabeça e pescoço Osso palatino
  53. 53. Cabeça e pescoço Maxila e palatino Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  54. 54. Cabeça e pescoço Maxila e palatino Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  55. 55. Cabeça e pescoço Osso nasal ● Ossos pares pequenos e oblongos, variando em tamanho e forma entre indivíduos ● Localizados na porção medial e superior da face ● Formam o dorso do nariz ● Superfícies – Externa – Côncavo-convexa de cima para baixo, convexa lateralmente; coberta pelos músculos prócero e nasal – Interna – Côncava lateralmente, atravessada por uma fenda para a passagem do nervo nasociliar ● Articula com os ossos frontal e etmóide, nasal contralateral e maxila Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  56. 56. Cabeça e pescoço Osso nasal Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  57. 57. Cabeça e pescoço Osso lacrimal ● Localizado na parte medial da órbita. Menor e mais frágil osso da face. ● Ajuda a formar o canal nasolacrimal necessario para o translocamento das lágrimas; aloja o saco lacrimal membranoso ● Duas superfícies – Superfície lateral/orbital – Superfície medial/nasal ● Quatro margens – Margem anterior – articula com o processo frontal da maxila – Margem posterior – articula com o osso etmóide – Margem superior – articula com o osso frontal – Margem superior – dividida no eixo antero-posterior pela crista lacrimal posterior Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  58. 58. Cabeça e pescoço Osso lacrimal Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  59. 59. Cabeça e pescoço Músculos do couro cabeludo Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  60. 60. Cabeça e pescoço Ventre occipital Ventre frontal Origem: 2/3 laterais da linha nucal superior do osso occipital e processo mastóide Inserção: Gálea aponeurótica Inervação: Ramo auricular posterior do nervo facial Ação: Trabalhando com o ventre frontal traciona para trás o couro cabeludo, elevando as sobrancelhas e enrugando a fronte Origem: Não possui inserções ósseas. Suas fibras são contínuas com as do prócero, corrugador e orbicular do olho Inserção: Gálea aponeurótica Inervação: Ramos temporais Ação: Trabalhando com o ventre occipital traciona para trás o couro cabeludo, elevando as sobrancelhas e enrugando a fronte. Agindo isoladamente, eleva as sobrancelhas de um ou de ambos os lados Epicrânio ● Vasta lâmina musculotendinosa que reveste o vértice e as faces laterais do crânio, desde o osso occipital até a sobrancelha. É formado pelo ventre occipital e pelo ventre frontal, reunidos por uma extensa aponeurose intermediária (gálea aponeurótica). Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  61. 61. Cabeça e pescoço Músculo temporoparietal ● Lâmina vasta muito delgada, localizado na região temporoparietal (lateral da cabeça) Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço Músculo temporoparietal Origem: Fáscia temporal Inserção: Borda lateral da gálea aponeurótica Inervação: Ramos temporais Ação: Estica o couro cabeludo e traciona para trás a pele das têmporas. Combina-se com o occipitofrontal para enrugar a fronte e ampliar os olhos (expressão de medo e horror)
  62. 62. Cabeça e pescoço Gálea aponeurótica ● Reveste a parte superior do crânio entre os ventres frontal e occipital do músculo occipitofrontal Gálea aponeurótica Origem: Protuberância occipital externa e linha nucal suprema do osso occipital Inserção: Frontal. De cada lado recebe a inserção do temporoparietal Inervação: O ventre frontal e temporoparietal são supridos pelos ramos temporais, e o ventre occipital, pelo ramo auricular posterior do nervo facial Ação: Traciona para trás o couro cabeludo, elevando a sobrancelha e enrugando a fronte, como uma expressão de surpresa. Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  63. 63. Cabeça e pescoço Músculos das pálpebras Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  64. 64. Cabeça e pescoço Orbicular do olho ● Contorna toda a circunferência da órbita ● Dividido em porções palpebral, orbital e lacrimal Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço Músculo orbicular do olho Origem: Parte nasal do osso frontal (porção orbital), processo frontal da maxila, crista lacrimal posterior (porção lacrimal) e da superfície anterior e bordas do ligamento palpebral medial (porção palpebral) Inserção: Circunda a órbita, como um esfíncter Inervação: Ramos temporal e zigomáticas do nervo facial Ação: Fechamento ativo das pálpebras
  65. 65. Cabeça e pescoço Corrugador do supercílio ● Pequeno músculo piramidal próximo ao olho (porção terminal medial do supercílio, acima do orbicular do olho Músculo corrugador do supercílio Origem: Extremidade medial do arco superciliar Inserção: Superfície profunda da pele Inervação: Ramos temporal e zigomáticas do nervo facial Ação: Traciona a sobrancelha para baixo e medialmente, produzindo rugas verticais na fronte. Músculos da expressão de sofrimento. Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  66. 66. Cabeça e pescoço Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  67. 67. Cabeça e pescoço Músculos do nariz Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  68. 68. Cabeça e pescoço Músculo prócero Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço ● Pequeno músculo piramidal profundo ao nervo, artéria e veia orbitais superiores Músculo prócero Origem: Fáscia que reveste a parte mais inferior do osso nasal e a parte superior da cartilagem nasal lateral Inserção: Pele da parte mais inferior da fronte entre as duas sobrancelhas Inervação: Ramos bucais do nervo facial Ação: Traciona para baixo o ângulo medial da sobrancelha e origina as rugas transversais sobre a raiz do nariz
  69. 69. Cabeça e pescoço Músculo transverso do nariz Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço ● Músculo tipo-esfíncter que comprime as cartilagens nasais ● Composto de uma parte transversa (compressora) e uma parte alar (dilatadora) Músculo transverso do nariz Origem: Porção transveral – Maxila, acima e lateralmente à fossa incisiva; Porção alar – Asa do nariz Inserção: Porçao transversal – Dorso do nariz; Porção alar – Imediações do ápice do nariz Inervação: Ramos bucais do nervo facial Ação: Dilatação do nariz
  70. 70. Cabeça e pescoço Músculo transverso do nariz Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço ● Localizado entre a membrana mucosa e a estrutura muscular do lábio ● Antagonista direto dos outros músculos do nariz Músculo depressor do septo Origem: Fossa incisiva da maxila Inserção: Septo e na parte dorsal da asa do nariz Inervação: Ramos bucais do nervo facial Ação: Traciona para baixo as asas do nariz, estreitando as narinas
  71. 71. Cabeça e pescoço Músculos da orelha
  72. 72. Cabeça e pescoço Músculo auricular superior Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço ● Músculo extrínseco da orelha, maior dos três auriculares; fino, em formato de leque Músculo auricular superior Origem: Fáscia da zona temporal Inserção: Tendão plano na parte superior da superfície craniana do pavilhão da orelha Inervação: Ramos temporais Ação: Traciona o pavilhão da orelha para cima
  73. 73. Cabeça e pescoço Músculo auricular anterior Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço ● Músculo extrínseco da orelha, menor dos três auriculares; fino, em formato de leque; fibras pálidas e indistintas Músculo auricular anterio Origem: Porção anterior da fáscia na zona temporal Inserção: Saliência na frente da hélix Inervação: Ramos temporais Ação: Traciona o pavilhão da orelha para frente e para cima
  74. 74. Cabeça e pescoço Músculo auricular posterior Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço ● Músculo extrínseco da orelha, composto de dois ou três pequenos fascículos Músculo auricular posterior Origem: Processo mastóide Inserção: Parte mais inferior da superfície craniana da concha Inervação: Ramo auricular posterior do nervo facial Ação: Traciona o pavilhão da orelha para trás
  75. 75. Cabeça e pescoço Músculos da boca Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  76. 76. Cabeça e pescoço Músculo depressor do lábio inferior Músculo depressor do lábio inferior Origem: Linha oblíqua da mandíbula Inserção: Tegumento do lábio inferior Inervação: Ramos mandibular e bucal do nervo facial Ação: Repuxa o lábio inferior diretamente para baixo e lateralmente (expressão de ironia) Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  77. 77. Cabeça e pescoço Músculo depressor do ângulo da boca ● Origem: Linha oblíqua da mandíbula ● Inserção: Ângulo da boca ● Inervação: Ramos mandibular e bucal do nervo facial ● Ação: Deprime o ângulo da boca (expressão de tristeza) Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  78. 78. Cabeça e pescoço Músculo mentoniano/mental ● Origem: Fossa incisiva da mandíbula ● Inserção: Tegumento do queixo ● Inervação: Ramos mandibular e bucal do nervo facial ● Ação: Eleva e projeta para fora o lábio superior e enruga a pele do queixo Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  79. 79. Cabeça e pescoço Músculo transverso do mento ● Não está presente em todos os indivíduos ● Origem: Linha mediana logo abaixo do queixo ● Inserção: Fibras do depressor do ângulo da boca ● Inervação: Ramos mandibular e bucal do nervo facial ● Ação: Auxilia na depressão o ângulo da boca Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  80. 80. Cabeça e pescoço Músculo orbicular da boca ● Não está presente em todos os indivíduos ● Origem: Parte marginal e parte labial ● Inserção: Rima da boca ● Inervação: Ramos bucais do nervo facial ● Ação: Fechamento direto dos lábios Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  81. 81. Cabeça e pescoço Músculo bucinador ● Importante músculo acessório na mastigação, mantendo o alimento sob a pressão direta dos dentes. ● Origem: Superfície externa dos processos alveolares da maxila, acima da mandíbula ● Inserção: Ângulo da boca ● Inervação: Ramos bucais do nervo facial ● Ação: Deprime e comprime as bochechas contra a mandíbula e maxila. Importante para assobiar e soprar Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  82. 82. Cabeça e pescoço Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  83. 83. Cabeça e pescoço Caso clínico 1 (para avaliação) ● Uma mulher de 28 anos de idade, na 19ª semana de gestação, queixa-se de dormência aguda da bochecha direita e abatimento da face direita que ocorrem por cerca de 1 h. Ela nega qualquer trauma à cabeça. Durante o exame, a paciente apresenta dificuldade em fechar a pálpebra direita, e a dobra nasolabial direita está mais emaciada do que a esquerda. Também apresenta saliva escapando do lado direito da boca. O resto do exame neurológico se mostra normal – Qual é o diagnóstico mais provável? – Qual é o mecanismo anatômico para essa condição?
  84. 84. Cabeça e pescoço Articulação têmporo-mandibular ● Articulação (diartrose) entre fossa mandibular do osso temporal e cabeça do côndilo da mandíbula – Combinação de gínglimo e articulaçao plana ● Responsável pelos movimentos da mandíbula (fonação, mastigação) – Oclusão - Contato dos dentes da arcada superior com a arcada inferior. – Protrusão - É um movimento dianteiro (para frente) como ocorre na protrusão da mandíbula. – Retrusão - É um movimento de retração (para trás) como ocorre na retrusão da mandíbula. Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  85. 85. Cabeça e pescoço Articulação têmporo-mandibular ● Meios de união da ATM: – Cápsula Articular - é um fino envoltório frouxo que está inserido anteriormente no tubérculo articular, posteriormente na fissura escamotimpânica, acima na fossa mandibular e abaixo no colo da mandíbula. – Disco Articular - é uma lâmina ovulada e fina situada entre o côndilo da mandíbula e a fossa mandibular. Divide a articulação em parte superior e inferior, cada qual guarnecida com uma membrana sinovial. Sua face superior é côncavo-convexa para se ajustar ao tubérculo e a fossa da mandíbula e sua face inferior é côncava para se ajustar ao côndilo da mandíbula. – Ligamento Temporomandibular Lateral - consiste em dois curtos fascículos estreitos. Está inserido acima no arco zigomatico e abaixo na face lateral do colo da mandíbula. – Ligamento Esfenomandibular - é uma faixa fina e achatada que localiza-se medial à cápsula. Está inserido na espinha do esfenóide e abaixo na lígula do forame mandibular. – Ligamento Estilomandibular - posterior à cápsula, insere-se no processo estilóide e na margem posterior do ângulo da mandíbula. Separa a glândula parótida da suubmandibular. Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  86. 86. Cabeça e pescoço Ligamentos da ATM Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  87. 87. Cabeça e pescoço Músculos da ATM Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço ● Temporal – Origem: Face externa do temporal – Inserção: Processo coronóide da mandíbula e face anterior do ramo da mandíbula – Inervação: Nervo temporal (Ramo mandibular do nervo trigêmeo) – Ação: Elevação (oclusão) e retração da mandíbula ● Masseter – Origem: Arco zigomático – Inserção: Fascículo superficial - Ângulo e ramo da mandíbula; Fascículo profundo - Ramo e processo coronóide da mandíbula – Inervação: Nervo massetérico (Ramo mandibular do nervo trigêmeo) – Ação: Elevação (oclusão) da mandíbula
  88. 88. Cabeça e pescoço Músculos da ATM Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço ● Pterigóideo medial – Origem: Face medial da lâmina lateral do processo pterigóideo do osso esfenóide – Inserção: Face medial do ângulo e ramo da mandíbula – Inervação: Nervo do pterigóideo medial (Ramo mandibular do nervo trigêmeo) – Ação: Elevação (oclusão) da mandíbula ● Pterigóideo lateral – Origem: Cabeça superior - Asa maior do esfenóide; Cabeça inferior - Face lateral da lâmina lateral do processo pterigóide do osso esfenóide – Inserção: Cabeça superior - Face anterior do disco articular; Cabeça inferior: Côndilo da mandíbula – Inervação: Nervo do pterigoideo lateral (Ramo mandibular do nervo trigêmeo) – Ação: Abertura da boca e protrusão da mandíbula. Move a mandíbula de um lado para o outro
  89. 89. Cabeça e pescoço Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  90. 90. Cabeça e pescoço Nariz Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  91. 91. Cabeça e pescoço Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço Seios paranasais
  92. 92. Cabeça e pescoço Anatomia de superfície Crânio Face Nariz e boca Órbita Pescoço
  93. 93. Cabeça e pescoço Caso clínico 2 (para avaliação) ● Uma menina de 3 meses vai ao pediatra, que nota que seu pescoço está enrigecido por mais de 2 meses. Os pais afirmam que o pescoço parece “repuxado” para a direita. Durante o exame físico, nota-se que a orelha direita do bebê está inclinada lateralmente para o lado direito, mas a face está virada para o lado esquerdo. A palpação do pescoço revela uma massa cervical na região anterior direita do pescoço. – Qual o diagnóstico mais provável? – Qual estrutura anatômica foi afetada?

×