SlideShare uma empresa Scribd logo
1
. ) s t ê r o f - s el a r o t ti l , s e é si o b s e n o z - s e g r e b ( e n i o m i r t a p el r u el a v n e t n a t t e m n e t n e v u o s , n ei t e r t n e'l z e r u s s a n e t e s r e g a s y a p s t n e m e g a n é m a s e d z e si l a é r s u o V
                                                                   . é ti r u c é s e d s e n gi s n o c s e d t c e p s e r el e ti s s e c é n s e s u e r e g n a d s e n i h c a m e d n oi t a sil i t u' L . s e ll e u d i vi d ni s n oi t c e t o r p e d t r o p
     el t n a ti s s e c é n t n a y u r b si o f r a p t n e m e n n o ri v n e n u s n a d , t u o b e d t ô t ul p z e c r e x e s u o v , r e il e t a n E . s éi r p o r p p a s e u qi n h c e t t e sl ei r é t a m e d e di a 'l à s e t n a r b m o c n e
                t e s e d r u ol s e g r a h c e d t r o p el e ti s s e c é n el l E . t n a t r o p mi s n i o m u o s ul p n oi t c a' d n o y a r n u s n a d s t n e u q é r f s t n e m e c al p é d s e d r e n î a r t n e t u e p é ti vi t c a e r t o V
                                                                                                                                 n ei t e rt n e ’ d , n o it a t n a l p ,t n e m e g a n é m a , e g a y ott e n , e g a g al é , e p u o c e d s ét i vit c a s e d
       r u o p éti b a h t n e v u o s et i s r u s , n o it a til i b a h é r e d u o sf u e n x u a v a rt s e d r u o p s r ei t n a h c s e d r u s , s r eit s e r of x u eil i m n e , r u e i r ét n i n e t n e m el l eit n e s s e z e c r e x e s u o V
                                                                                                                                        s r u o c r a p , s e d a n e m o r p , s e é n n o d n a r ,l e r ut a n e c a p s e’l e d t n e m e g a n é m A
                                                                                                                                                                          s el i s n et s u , st ej b o n oit a c i r b af , n oi t a r o c é d : t a n a sit r A
                                                                                                                                                                                                                        et n e p r a h c t e e i r e si u n e M
                                                                                                s r eit s e r of s e c a p s e t e st r e v s e c a p s e ’ d n oi t ati ol p x e t e n o it s e g , ) e r èi ni p é p e d s éti vi t c a ( e r ut l u cit r o H
                                                                              : n e ti o s e sit r e p x e u o s ell e n n o i s s ef o r p s e c n ei r é p x e s et n e d é c é r p s o v e d s e u s si s éti vit c a’ d u o s e u qi d ul s éti vit c a
           s e d t r a p ti o s s e g a v u a s t e l a r o tti l , s r eit s e r o f : x u e il i m s e d , e r olf al e d e t r e v u o c é d al à é si li bi s n e s t n e m et r of s e t ê t e » r e i r ut n e v a ’ d e m â « e n u z e v a s u o V
                                                                                    NOITRESNI REITNAHC UD ERDAC UD NOITINIFED
20-LN/20/BS/ICA : coD .féR
Réhabilitation de la Bambouseraie de Bon Air
De L’ATELIER CHANTIER d’INSERTION
PROFIL des BENEFICIAIRES
2
                                                                                                                                                e u qi h p a r g o é g éti li b o M
                                                                                                                                      , e l ai t a p s n oi t p e c r e p e n n o B
                                                                                                    … li el o s u a x u a v a rt : s ei r é p m et n i x u a e c n at si s é R
                                                                                                   ei v e d u ei li m n o s e d t n e m e p p ol e v é d u a e l b i s n e S                        SESIUQER SETILAUQ uo SIUQER ERP
                                                                                                                                                                                                    SESIUQER SETILAUQ uo SIUQER ERP
                                                                                                                                                                                                    SESIUQER SETILAUQ uo SIUQER ERP
                                                                                                                                                                                                    SESIUQER SETILAUQ uo SIUQER ERP
                                                                                                                   ri a ni el p n e l i a v a rt el r u o p t û o g el ri o v A
     ). st n a vl o s , s e ll o c , e r èi s s u o p , n ell o p u a s e i g r e ll a , st n e d é c é t n a ’ d s a p ( el at n e m t e e u qi s y h p ét n a s e n n o B
                                                                                                                                 r u e t u a h n e li a v a rt u a e d uti t p A
         , ) s el b a t r of n o c n i si o f r a p s n o iti s o p n e l i a v a rt , s e g r a h c e d t r o p ( e u qi s y h p e u gi t af al à e c n a t si s é r e n n o B
                                                                          s n a 0 6 t e 8 1 e rt n e ri o v A                                                                                                                  SIUQER EGA
                                                                                                                                                                                          s eti s r u s t e st n e m e pi u q é , sli t u o s e d é ti r u c é S
                                                                                                                                                                                                                   l i a v a rt e d sl it u o s e d e si rtî a M
                                                                                                                                                                                                      x u a c ol x u a t é g é v s e d s e c n a s si a n n o C
                                                                                                                                                                                                                      el ai c o s e i v al à n oi t c u d o rt nI
                                                                                                                                                                                                                                       e u q i n h c et ni s s e D
                                                                                                                                                                                      s e u q it a m é ht a m t e e g a s sit n e r p p a’ d s e u qi n h c e T
                                                                                                                                                                                                                       n o it a ci n u m m o c n oi s s e r p x E
                                                                                                                                       : n e , e é u q il p p a u a e vi n à e si m e r e d e m m a r g o r p n u e r vi u s à s é n e m a z e r e s s u o V
                                                                                                          . s e l a c o l s e r bi f à s e t n a l p s e d r e vit l u c t e r e t n a l p , e rtî a n n o c e r à z e n e r p p a s u o v , é i r p o r p p a e ti s r u S
                                                                                                                                                                                                                                              . ei p u o r c c a , x u o n e g
à , t u o b e d s n oi t a t s s e d e u qi l p mi é ti vi t c a e r t o V . s c il b u p s e ci fi d é s e d si o f r a p t e fi t c ell o c ,l e u d i vi d ni t a t i b a h' l t n e n r e c n o c s n o i t a si l a é r s o V . ) e g a d r a b t e s e i r e si u n e m
 , s e t n e p r a h c s e d e vi t i ni f é d é ti li b a t s al z e r u s s a , e g a v e l el z e u t c e f f e s u o v , r ei t n a h c el r u S . t n a y u r b si o f r a p t n e m e n n o ri v n e n u s n a d s el a t é g é v s e r bi f t e s éi c o s s a
             x u ai r é t a m t e s i o b n e ) o c é d t r a , s r ei li b o m , s el l e n n o iti d a rt s e t n e p r a h c ( t r a ’ d s e g a r v u o ’ d e g a t n o m - é r p e l t e e g a ni s u 'l , e g a ç a rt e l z e ut c e ff e s u o v , r ei l et a n E
                                                                                                                                                                                                                             . n o n u o s é si r ot o m e i r e si u n e m
         t e s n oit c u rt s n o c e d , s e c a p s e’ d , t n e m e g a n é m a ’ d sl ei r ét a m s e d t n e m m e u q é rf z e sil it u s u o V . s n o si a s s e t u o t n e , ri a ni el p n e t n e m el l e it n e s s e z el li a v a rt s u o V
3
                                                                                                                                          el b ati a h u o s
            t s e st r e v s e c a p s e s e d u o si o b u d s r e it é m s el s n a d s n a 5 à 1 e d el l e n n oi s s ef o r p e c n ei r é p x e e n U
                                                                                                                              P B / S T B u a e vi N
                                                                              l a r u r u o l e r ut a n u e il i m n e , s e g a s y a p / e c a p s e’l
                                                                                                                                                                                        ETIAHUOS UAEVIN
                                                                                                                                                                                        ETIAHUOS UAEVIN
                                                                                                                                                                                        ETIAHUOS UAEVIN
  e d t n e m e g a n é m a n ei t e rt n e , si o b u d r e it é m P E B / P A C u a e vi n u o ) e m è i si o r T ( s e g èl l o c s e d t e v e r B
                                                                                                                                : s è c c a’ d e ri al o c s u a e vi N
                                                                 )stnalutsop sed noitavitom ed erttel ,VC( reissod rus : noiiiittcelllléS                   no ce éS
                                                                                                                                                            no ttce éS
                                                                                                                                                            no ce éS
                                                                                                  . fit c el l o c t r o p s n a rt n e u o l e n n o s r e p t r o p s n a rt n e
: t i o s ,t r e b o R A P P F C , ) e i r a M - e t S ( ri A n o B r eit r a u q e i a r e s u o b m a B , ) ei r a M et S ( u o r é P r ei t r a u q r ei l e t A : el o c é
 r e it n a h c u d sl e n n o it a r é p o x u ei l s e l r u s r e c al p é d e s r u o p s e m o n ot u a t n e m e ni el p e rt ê t n e vi o d st a di d n a c s e L
                                                                                                                                                                                     NOISSIMDA’D SNOITIDNOC
          et n i o P e s s a B , ni a r r o L ,t o g i r a M , e i r a M et S , ét i ni r T ,t r e b o R : e u q it n alt A d r o N e n o z al r u s éi g él i vi r p a r e s
   n o it c el é s e d e g a n n oll it n a h c é ’l st a di d n a c s r ut uf s el r u o p el o c é r ei t n a h c u a éti li bi s s e c c a ’ d s n o si a r s e d r u o P
                                                                                                                                           : e u qi h p a r g o é g éti li b o M
                                                                                                                              x u e r u o g ir e m o n ot u A
                                                                                                                                                     et
                                                                                                    éti r u c é s al e d t e n oi t a si n a g r o 'l e d s n e S
                                                                                                                        e é n g i o s n o ç af e d r el li a v a r T
                                                                        st n e m e v u o m s e d n o it a ni d r o o c e n n o b , el l e u n a m ét eli b a H
  e u qi t sit r a s n e s u a u o /t e e é n at n o p s ét i vit a é r c a l à n o it a c o v s e u qi t s al p st r a s el , n i s s e d e l r u o p s ét ili c a F
                                                                                                e pi u q é n e u o/ t e l u e s r e ll i a v a rt à ét i c a p a C

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mensagem 10 Quinto grande obstaculo a atitude - fracasso - 03jun2012
Mensagem 10   Quinto grande obstaculo a atitude - fracasso - 03jun2012Mensagem 10   Quinto grande obstaculo a atitude - fracasso - 03jun2012
Mensagem 10 Quinto grande obstaculo a atitude - fracasso - 03jun2012
IBGileade 2012
 
Mensagem 04 O que sua atitude pode fazer por voce - 08abr2012
Mensagem 04   O que sua atitude pode fazer por voce - 08abr2012Mensagem 04   O que sua atitude pode fazer por voce - 08abr2012
Mensagem 04 O que sua atitude pode fazer por voce - 08abr2012
IBGileade 2012
 
Tecnologiaecidadanialorena
TecnologiaecidadanialorenaTecnologiaecidadanialorena
Mensagem 08 Terceiro grande obstaculo a atitude - problemas - 13mai2012
Mensagem 08   Terceiro grande obstaculo a atitude - problemas - 13mai2012Mensagem 08   Terceiro grande obstaculo a atitude - problemas - 13mai2012
Mensagem 08 Terceiro grande obstaculo a atitude - problemas - 13mai2012
IBGileade 2012
 
Experiência em Automação do Processo de Testes em Ambiente Ágil com SCRUM e f...
Experiência em Automação do Processo de Testes em Ambiente Ágil com SCRUM e f...Experiência em Automação do Processo de Testes em Ambiente Ágil com SCRUM e f...
Experiência em Automação do Processo de Testes em Ambiente Ágil com SCRUM e f...
Luana Lobão
 
MARKETING PARA INMOBILIARIAS
MARKETING PARA INMOBILIARIASMARKETING PARA INMOBILIARIAS
MARKETING PARA INMOBILIARIAS
Hernán Rodríguez Amaya
 
Mensagem 06 Primeiro grande obstaculo a atitude - 22abr2012
Mensagem 06   Primeiro grande obstaculo a atitude - 22abr2012Mensagem 06   Primeiro grande obstaculo a atitude - 22abr2012
Mensagem 06 Primeiro grande obstaculo a atitude - 22abr2012
IBGileade 2012
 
Mensagem 05 Como fazer de sua atitude sua melhor qualidade - 15abr2012
Mensagem 05   Como fazer de sua atitude sua melhor qualidade - 15abr2012Mensagem 05   Como fazer de sua atitude sua melhor qualidade - 15abr2012
Mensagem 05 Como fazer de sua atitude sua melhor qualidade - 15abr2012
IBGileade 2012
 
Edgarcherrez mauriciosanchez...
Edgarcherrez mauriciosanchez...Edgarcherrez mauriciosanchez...
Edgarcherrez mauriciosanchez...
edgarcherrez3
 
Mensagem 07 Segundo grande obstaculo a atitude - mudança - 06mai2012
Mensagem 07   Segundo grande obstaculo a atitude - mudança - 06mai2012Mensagem 07   Segundo grande obstaculo a atitude - mudança - 06mai2012
Mensagem 07 Segundo grande obstaculo a atitude - mudança - 06mai2012
IBGileade 2012
 
Eoca cibele
Eoca cibeleEoca cibele
Eoca cibele
Kardy Pinup
 
Mensagem 09 Quarto grande obstaculo a atitude - medo - 20mai2012
Mensagem 09   Quarto grande obstaculo a atitude - medo - 20mai2012Mensagem 09   Quarto grande obstaculo a atitude - medo - 20mai2012
Mensagem 09 Quarto grande obstaculo a atitude - medo - 20mai2012
IBGileade 2012
 
Narrativa de un Problema - Matemática I - Prof. Dipl. Lencioni, Gustavo Omar.-
Narrativa de un Problema - Matemática I - Prof. Dipl. Lencioni, Gustavo Omar.-Narrativa de un Problema - Matemática I - Prof. Dipl. Lencioni, Gustavo Omar.-
Narrativa de un Problema - Matemática I - Prof. Dipl. Lencioni, Gustavo Omar.-
Gustavo Lencioni Cacciola
 
Gestao do conhecimento uma visao contemporanea sobre o aprendizado
Gestao do conhecimento uma visao contemporanea sobre o aprendizadoGestao do conhecimento uma visao contemporanea sobre o aprendizado
Gestao do conhecimento uma visao contemporanea sobre o aprendizado
Jose Claudio Terra
 

Mais procurados (14)

Mensagem 10 Quinto grande obstaculo a atitude - fracasso - 03jun2012
Mensagem 10   Quinto grande obstaculo a atitude - fracasso - 03jun2012Mensagem 10   Quinto grande obstaculo a atitude - fracasso - 03jun2012
Mensagem 10 Quinto grande obstaculo a atitude - fracasso - 03jun2012
 
Mensagem 04 O que sua atitude pode fazer por voce - 08abr2012
Mensagem 04   O que sua atitude pode fazer por voce - 08abr2012Mensagem 04   O que sua atitude pode fazer por voce - 08abr2012
Mensagem 04 O que sua atitude pode fazer por voce - 08abr2012
 
Tecnologiaecidadanialorena
TecnologiaecidadanialorenaTecnologiaecidadanialorena
Tecnologiaecidadanialorena
 
Mensagem 08 Terceiro grande obstaculo a atitude - problemas - 13mai2012
Mensagem 08   Terceiro grande obstaculo a atitude - problemas - 13mai2012Mensagem 08   Terceiro grande obstaculo a atitude - problemas - 13mai2012
Mensagem 08 Terceiro grande obstaculo a atitude - problemas - 13mai2012
 
Experiência em Automação do Processo de Testes em Ambiente Ágil com SCRUM e f...
Experiência em Automação do Processo de Testes em Ambiente Ágil com SCRUM e f...Experiência em Automação do Processo de Testes em Ambiente Ágil com SCRUM e f...
Experiência em Automação do Processo de Testes em Ambiente Ágil com SCRUM e f...
 
MARKETING PARA INMOBILIARIAS
MARKETING PARA INMOBILIARIASMARKETING PARA INMOBILIARIAS
MARKETING PARA INMOBILIARIAS
 
Mensagem 06 Primeiro grande obstaculo a atitude - 22abr2012
Mensagem 06   Primeiro grande obstaculo a atitude - 22abr2012Mensagem 06   Primeiro grande obstaculo a atitude - 22abr2012
Mensagem 06 Primeiro grande obstaculo a atitude - 22abr2012
 
Mensagem 05 Como fazer de sua atitude sua melhor qualidade - 15abr2012
Mensagem 05   Como fazer de sua atitude sua melhor qualidade - 15abr2012Mensagem 05   Como fazer de sua atitude sua melhor qualidade - 15abr2012
Mensagem 05 Como fazer de sua atitude sua melhor qualidade - 15abr2012
 
Edgarcherrez mauriciosanchez...
Edgarcherrez mauriciosanchez...Edgarcherrez mauriciosanchez...
Edgarcherrez mauriciosanchez...
 
Mensagem 07 Segundo grande obstaculo a atitude - mudança - 06mai2012
Mensagem 07   Segundo grande obstaculo a atitude - mudança - 06mai2012Mensagem 07   Segundo grande obstaculo a atitude - mudança - 06mai2012
Mensagem 07 Segundo grande obstaculo a atitude - mudança - 06mai2012
 
Eoca cibele
Eoca cibeleEoca cibele
Eoca cibele
 
Mensagem 09 Quarto grande obstaculo a atitude - medo - 20mai2012
Mensagem 09   Quarto grande obstaculo a atitude - medo - 20mai2012Mensagem 09   Quarto grande obstaculo a atitude - medo - 20mai2012
Mensagem 09 Quarto grande obstaculo a atitude - medo - 20mai2012
 
Narrativa de un Problema - Matemática I - Prof. Dipl. Lencioni, Gustavo Omar.-
Narrativa de un Problema - Matemática I - Prof. Dipl. Lencioni, Gustavo Omar.-Narrativa de un Problema - Matemática I - Prof. Dipl. Lencioni, Gustavo Omar.-
Narrativa de un Problema - Matemática I - Prof. Dipl. Lencioni, Gustavo Omar.-
 
Gestao do conhecimento uma visao contemporanea sobre o aprendizado
Gestao do conhecimento uma visao contemporanea sobre o aprendizadoGestao do conhecimento uma visao contemporanea sobre o aprendizado
Gestao do conhecimento uma visao contemporanea sobre o aprendizado
 

Semelhante a Afibad

Construction de stands et décors pour salons et expositions
Construction de stands et décors pour salons et expositionsConstruction de stands et décors pour salons et expositions
Construction de stands et décors pour salons et expositions
FABEURO
 
Carac. de la escritura
Carac. de la  escrituraCarac. de la  escritura
Carac. de la escritura
Mercy Skeeter Black
 
Sistema nervioso
Sistema nerviosoSistema nervioso
Sistema nervioso
giovanaescalante
 
Sistema nervioso
Sistema nerviosoSistema nervioso
Sistema nervioso
giovanaescalante
 
Logique des énoncés psychotiques
Logique des énoncés psychotiquesLogique des énoncés psychotiques
Logique des énoncés psychotiques
Jean-Jacques Pinto
 
revista de scrivus
revista de scrivusrevista de scrivus
revista de scrivus
jose74-74
 
Document 1
Document 1Document 1
Document 1
josejairo34
 
Irene cumplido
Irene cumplidoIrene cumplido
Irene cumplido
vcentenario
 
INADIMPLEMENTO DAS OBRIGAÇÕES
INADIMPLEMENTO DAS OBRIGAÇÕESINADIMPLEMENTO DAS OBRIGAÇÕES
INADIMPLEMENTO DAS OBRIGAÇÕES
stephany
 
Inadimplemento das Obrigações/Contratos
Inadimplemento das Obrigações/ContratosInadimplemento das Obrigações/Contratos
Inadimplemento das Obrigações/Contratos
stephany
 
A pessoa erradadefinitiva
A pessoa erradadefinitivaA pessoa erradadefinitiva
A pessoa erradadefinitiva
Cycyro Soares
 
VIDEO PRESENTACIÓN: ELS TAURONS
VIDEO PRESENTACIÓN: ELS TAURONSVIDEO PRESENTACIÓN: ELS TAURONS
VIDEO PRESENTACIÓN: ELS TAURONS
Maria Eugenia Guillen Soria
 
Karaoke
KaraokeKaraoke
Karaoke
KaraokeKaraoke
1 transtono (disorder) não é um conceito científico nem a cid é uma classif...
1   transtono (disorder) não é um conceito científico nem a cid é uma classif...1   transtono (disorder) não é um conceito científico nem a cid é uma classif...
1 transtono (disorder) não é um conceito científico nem a cid é uma classif...
Luiz Miranda-Sá
 
Dois cerebros
Dois cerebrosDois cerebros
Dois cerebros
LuizfmRamos
 
Uma mente dois cerebros
Uma mente dois cerebrosUma mente dois cerebros
Uma mente dois cerebros
Miriusca
 
Palavras e atitudes
Palavras e atitudesPalavras e atitudes
Palavras e atitudes
Grupo Espírita Mensageiros
 
2
22
Avessos contos de fadas.pptx
Avessos contos de fadas.pptxAvessos contos de fadas.pptx
Avessos contos de fadas.pptx
CatarinaLamego1
 

Semelhante a Afibad (20)

Construction de stands et décors pour salons et expositions
Construction de stands et décors pour salons et expositionsConstruction de stands et décors pour salons et expositions
Construction de stands et décors pour salons et expositions
 
Carac. de la escritura
Carac. de la  escrituraCarac. de la  escritura
Carac. de la escritura
 
Sistema nervioso
Sistema nerviosoSistema nervioso
Sistema nervioso
 
Sistema nervioso
Sistema nerviosoSistema nervioso
Sistema nervioso
 
Logique des énoncés psychotiques
Logique des énoncés psychotiquesLogique des énoncés psychotiques
Logique des énoncés psychotiques
 
revista de scrivus
revista de scrivusrevista de scrivus
revista de scrivus
 
Document 1
Document 1Document 1
Document 1
 
Irene cumplido
Irene cumplidoIrene cumplido
Irene cumplido
 
INADIMPLEMENTO DAS OBRIGAÇÕES
INADIMPLEMENTO DAS OBRIGAÇÕESINADIMPLEMENTO DAS OBRIGAÇÕES
INADIMPLEMENTO DAS OBRIGAÇÕES
 
Inadimplemento das Obrigações/Contratos
Inadimplemento das Obrigações/ContratosInadimplemento das Obrigações/Contratos
Inadimplemento das Obrigações/Contratos
 
A pessoa erradadefinitiva
A pessoa erradadefinitivaA pessoa erradadefinitiva
A pessoa erradadefinitiva
 
VIDEO PRESENTACIÓN: ELS TAURONS
VIDEO PRESENTACIÓN: ELS TAURONSVIDEO PRESENTACIÓN: ELS TAURONS
VIDEO PRESENTACIÓN: ELS TAURONS
 
Karaoke
KaraokeKaraoke
Karaoke
 
Karaoke
KaraokeKaraoke
Karaoke
 
1 transtono (disorder) não é um conceito científico nem a cid é uma classif...
1   transtono (disorder) não é um conceito científico nem a cid é uma classif...1   transtono (disorder) não é um conceito científico nem a cid é uma classif...
1 transtono (disorder) não é um conceito científico nem a cid é uma classif...
 
Dois cerebros
Dois cerebrosDois cerebros
Dois cerebros
 
Uma mente dois cerebros
Uma mente dois cerebrosUma mente dois cerebros
Uma mente dois cerebros
 
Palavras e atitudes
Palavras e atitudesPalavras e atitudes
Palavras e atitudes
 
2
22
2
 
Avessos contos de fadas.pptx
Avessos contos de fadas.pptxAvessos contos de fadas.pptx
Avessos contos de fadas.pptx
 

Afibad

  • 1. 1 . ) s t ê r o f - s el a r o t ti l , s e é si o b s e n o z - s e g r e b ( e n i o m i r t a p el r u el a v n e t n a t t e m n e t n e v u o s , n ei t e r t n e'l z e r u s s a n e t e s r e g a s y a p s t n e m e g a n é m a s e d z e si l a é r s u o V . é ti r u c é s e d s e n gi s n o c s e d t c e p s e r el e ti s s e c é n s e s u e r e g n a d s e n i h c a m e d n oi t a sil i t u' L . s e ll e u d i vi d ni s n oi t c e t o r p e d t r o p el t n a ti s s e c é n t n a y u r b si o f r a p t n e m e n n o ri v n e n u s n a d , t u o b e d t ô t ul p z e c r e x e s u o v , r e il e t a n E . s éi r p o r p p a s e u qi n h c e t t e sl ei r é t a m e d e di a 'l à s e t n a r b m o c n e t e s e d r u ol s e g r a h c e d t r o p el e ti s s e c é n el l E . t n a t r o p mi s n i o m u o s ul p n oi t c a' d n o y a r n u s n a d s t n e u q é r f s t n e m e c al p é d s e d r e n î a r t n e t u e p é ti vi t c a e r t o V n ei t e rt n e ’ d , n o it a t n a l p ,t n e m e g a n é m a , e g a y ott e n , e g a g al é , e p u o c e d s ét i vit c a s e d r u o p éti b a h t n e v u o s et i s r u s , n o it a til i b a h é r e d u o sf u e n x u a v a rt s e d r u o p s r ei t n a h c s e d r u s , s r eit s e r of x u eil i m n e , r u e i r ét n i n e t n e m el l eit n e s s e z e c r e x e s u o V s r u o c r a p , s e d a n e m o r p , s e é n n o d n a r ,l e r ut a n e c a p s e’l e d t n e m e g a n é m A s el i s n et s u , st ej b o n oit a c i r b af , n oi t a r o c é d : t a n a sit r A et n e p r a h c t e e i r e si u n e M s r eit s e r of s e c a p s e t e st r e v s e c a p s e ’ d n oi t ati ol p x e t e n o it s e g , ) e r èi ni p é p e d s éti vi t c a ( e r ut l u cit r o H : n e ti o s e sit r e p x e u o s ell e n n o i s s ef o r p s e c n ei r é p x e s et n e d é c é r p s o v e d s e u s si s éti vit c a’ d u o s e u qi d ul s éti vit c a s e d t r a p ti o s s e g a v u a s t e l a r o tti l , s r eit s e r o f : x u e il i m s e d , e r olf al e d e t r e v u o c é d al à é si li bi s n e s t n e m et r of s e t ê t e » r e i r ut n e v a ’ d e m â « e n u z e v a s u o V NOITRESNI REITNAHC UD ERDAC UD NOITINIFED 20-LN/20/BS/ICA : coD .féR Réhabilitation de la Bambouseraie de Bon Air De L’ATELIER CHANTIER d’INSERTION PROFIL des BENEFICIAIRES
  • 2. 2 e u qi h p a r g o é g éti li b o M , e l ai t a p s n oi t p e c r e p e n n o B … li el o s u a x u a v a rt : s ei r é p m et n i x u a e c n at si s é R ei v e d u ei li m n o s e d t n e m e p p ol e v é d u a e l b i s n e S SESIUQER SETILAUQ uo SIUQER ERP SESIUQER SETILAUQ uo SIUQER ERP SESIUQER SETILAUQ uo SIUQER ERP SESIUQER SETILAUQ uo SIUQER ERP ri a ni el p n e l i a v a rt el r u o p t û o g el ri o v A ). st n a vl o s , s e ll o c , e r èi s s u o p , n ell o p u a s e i g r e ll a , st n e d é c é t n a ’ d s a p ( el at n e m t e e u qi s y h p ét n a s e n n o B r u e t u a h n e li a v a rt u a e d uti t p A , ) s el b a t r of n o c n i si o f r a p s n o iti s o p n e l i a v a rt , s e g r a h c e d t r o p ( e u qi s y h p e u gi t af al à e c n a t si s é r e n n o B s n a 0 6 t e 8 1 e rt n e ri o v A SIUQER EGA s eti s r u s t e st n e m e pi u q é , sli t u o s e d é ti r u c é S l i a v a rt e d sl it u o s e d e si rtî a M x u a c ol x u a t é g é v s e d s e c n a s si a n n o C el ai c o s e i v al à n oi t c u d o rt nI e u q i n h c et ni s s e D s e u q it a m é ht a m t e e g a s sit n e r p p a’ d s e u qi n h c e T n o it a ci n u m m o c n oi s s e r p x E : n e , e é u q il p p a u a e vi n à e si m e r e d e m m a r g o r p n u e r vi u s à s é n e m a z e r e s s u o V . s e l a c o l s e r bi f à s e t n a l p s e d r e vit l u c t e r e t n a l p , e rtî a n n o c e r à z e n e r p p a s u o v , é i r p o r p p a e ti s r u S . ei p u o r c c a , x u o n e g à , t u o b e d s n oi t a t s s e d e u qi l p mi é ti vi t c a e r t o V . s c il b u p s e ci fi d é s e d si o f r a p t e fi t c ell o c ,l e u d i vi d ni t a t i b a h' l t n e n r e c n o c s n o i t a si l a é r s o V . ) e g a d r a b t e s e i r e si u n e m , s e t n e p r a h c s e d e vi t i ni f é d é ti li b a t s al z e r u s s a , e g a v e l el z e u t c e f f e s u o v , r ei t n a h c el r u S . t n a y u r b si o f r a p t n e m e n n o ri v n e n u s n a d s el a t é g é v s e r bi f t e s éi c o s s a x u ai r é t a m t e s i o b n e ) o c é d t r a , s r ei li b o m , s el l e n n o iti d a rt s e t n e p r a h c ( t r a ’ d s e g a r v u o ’ d e g a t n o m - é r p e l t e e g a ni s u 'l , e g a ç a rt e l z e ut c e ff e s u o v , r ei l et a n E . n o n u o s é si r ot o m e i r e si u n e m t e s n oit c u rt s n o c e d , s e c a p s e’ d , t n e m e g a n é m a ’ d sl ei r ét a m s e d t n e m m e u q é rf z e sil it u s u o V . s n o si a s s e t u o t n e , ri a ni el p n e t n e m el l e it n e s s e z el li a v a rt s u o V
  • 3. 3 el b ati a h u o s t s e st r e v s e c a p s e s e d u o si o b u d s r e it é m s el s n a d s n a 5 à 1 e d el l e n n oi s s ef o r p e c n ei r é p x e e n U P B / S T B u a e vi N l a r u r u o l e r ut a n u e il i m n e , s e g a s y a p / e c a p s e’l ETIAHUOS UAEVIN ETIAHUOS UAEVIN ETIAHUOS UAEVIN e d t n e m e g a n é m a n ei t e rt n e , si o b u d r e it é m P E B / P A C u a e vi n u o ) e m è i si o r T ( s e g èl l o c s e d t e v e r B : s è c c a’ d e ri al o c s u a e vi N )stnalutsop sed noitavitom ed erttel ,VC( reissod rus : noiiiittcelllléS no ce éS no ttce éS no ce éS . fit c el l o c t r o p s n a rt n e u o l e n n o s r e p t r o p s n a rt n e : t i o s ,t r e b o R A P P F C , ) e i r a M - e t S ( ri A n o B r eit r a u q e i a r e s u o b m a B , ) ei r a M et S ( u o r é P r ei t r a u q r ei l e t A : el o c é r e it n a h c u d sl e n n o it a r é p o x u ei l s e l r u s r e c al p é d e s r u o p s e m o n ot u a t n e m e ni el p e rt ê t n e vi o d st a di d n a c s e L NOISSIMDA’D SNOITIDNOC et n i o P e s s a B , ni a r r o L ,t o g i r a M , e i r a M et S , ét i ni r T ,t r e b o R : e u q it n alt A d r o N e n o z al r u s éi g él i vi r p a r e s n o it c el é s e d e g a n n oll it n a h c é ’l st a di d n a c s r ut uf s el r u o p el o c é r ei t n a h c u a éti li bi s s e c c a ’ d s n o si a r s e d r u o P : e u qi h p a r g o é g éti li b o M x u e r u o g ir e m o n ot u A et éti r u c é s al e d t e n oi t a si n a g r o 'l e d s n e S e é n g i o s n o ç af e d r el li a v a r T st n e m e v u o m s e d n o it a ni d r o o c e n n o b , el l e u n a m ét eli b a H e u qi t sit r a s n e s u a u o /t e e é n at n o p s ét i vit a é r c a l à n o it a c o v s e u qi t s al p st r a s el , n i s s e d e l r u o p s ét ili c a F e pi u q é n e u o/ t e l u e s r e ll i a v a rt à ét i c a p a C