SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 37
Baixar para ler offline
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
PROGRAMA PRODUTOR DE ÁGUA
NO GUARIROBA
Devanir Garcia dos Santos
Gerente de Uso Sustentável de Água e Solo
Superintendência de Implementação de Programas e Projetos
PROGRAMA PRODUTOR DE ÁGUA
Rossini Ferreira Matos Sena
Superintendência de Implementação de Programas e Projetos
68
16
7 6 3
45
19
7 11
187 6
15
43
29
0
20
40
60
80
100
Norte Centro
Oeste
Sul Sudeste Nordeste
(%)
Recursos hídricos Superfície População
DISTRIBUIÇÃO DOS RECURSOS HÍDRICOS,
SUPERFÍCIE E POPULAÇÃO POR REGIÃO
BRASIL
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
Relevância do Espaço Rural no Contexto
Hidrológico
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
PROCESSO FÍSICO DA EROSÃO
Fonte: UFV / DEA
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
Muito obrigado
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
Práticas conservacionistas de caráter vegetativo
Recuperação das pastagens
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
Plantio Direto: Integração Agricultura, Silvicultura e Pecuária
Práticas conservacionistas de caráter
vegetativo
PRINCIPAIS METAS
- Readequação de estradas rurais;
- Construção de barraginhas de captação e
infiltração de águas de chuva;
- Construção de terraços em nível;
- Cercamento e plantio de espécies nativas
em Áreas de Preservação Permanente;
- Educação Ambiental.
Terraceamento em nível
Plantio
Viveiro – 40 espécies nativas
JUN/07 JAN/08 JAN/08
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
Práticas conservacionistas de caráter mecânico
Bacias de Infiltração - Barraginhas
Barraginhas concluidas
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
Práticas conservacionistas de caráter mecânico
Estradas ecológicas
Construindo terraços em nível
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
Práticas conservacionistas de caráter mecânico
terraceamento
Pastagem terraceada
APP cercada
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
CONSERVAÇÃO DE ÁGUA E SOLO
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
Serviços ambientais:
 Manutenção da biodiversidade como indicador de qualidade
ambiental;
 Conservação da qualidade e quantidade de água;
 Aquecimento global;
 Polinizadores, inimigos naturais.
Fonte: EMBRAPA
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
Programa de Melhoria
da Qualidade e da
Quantidade de Água
em Mananciais, através
do Incentivo Financeiro
aos Produtores:
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
Programa Produtor de Água
É um programa voluntário no qual são
beneficiados produtores rurais que,
por meio de práticas e manejos
conservacionistas, e de melhoria da
cobertura vegetal, venham a
contribuir para o abatimento efetivo
da erosão e da sedimentação, e para
o aumento da infiltração de água,
segundo o conceito provedor-
recebedor
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
Programa Produtor de Água
• Foco: Pagamento por Serviços
Ambientais (PSA), voltada à
proteção dos recursos
hídricos no Brasil.
• ANA: apoia, orienta e certifica
projetos que visem à redução
da erosão e do assoreamento
de mananciais no meio rural,
propiciando a melhoria da
qualidade, a ampliação e a
regularização da oferta de
água em bacias hidrográficas
de importância estratégica
para o País.
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
Programa Produtor de Água
Prevê o apoio técnico e financeiro
 Para arranjos de PSA;
 Execução de ações, em projetos
desenvolvidos em vários estados
brasileiros, como:
• construção de terraços e de bacias de
infiltração;
• readequação de estradas vicinais;
• recuperação e proteção de nascentes;
• Conservação de fragmentos florestais
e recomposição das APPs e RL;
• saneamento ambiental, entre outros.
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
Objetivos do Programa
• Melhoria da qualidade da
água, através do
incentivo à adoção de
práticas que promovam o
abatimento da
sedimentação
• Aumento da oferta de
água (e sua garantia)
• Conscientização dos
produtores e
consumidores de água da
importância da gestão
integrada de bacias
hidrográficas
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
Valores de Referência de Pagamento para o
incentivo a recuperação de APP’s.
Nível de Avaliação da condução das florestas
plantadas
Categoria
Florestas medianamente
cuidadas
Florestas muito bem
cuidadas
V.R. R$/ha/ano
Florestas novas 80,00 250,00
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
As seguintes fontes podem ser exploradas:
• Orçamento da União, Estados e Municípios
• Fundos Estaduais de Recursos Hídricos e
Meio Ambiente;
• Fundo Nacional de Meio Ambiente;
• Bancos, Organismos Internacionais (ONG’s,
GEF, BIRD etc);
• Empresas de saneamento, de geração de
energia elétrica e usuários;
• Recursos da cobrança pelo uso da água;
• TAC, Compensação financeira por parte de
usuários beneficiados;
Fontes de Financiamento
1
Alta Floresta MT
2
Amparo SP
3
Bauru SP
4
Bom Despacho MG
5
Camboriú SC
6
Canindé do São Francisco SE
7
Carmo do Cajuru MG
8
Cedro do Abaeté MG
9
Curitiba PR
10
Delfim Moreira MG
11
DF DF
12
Doresópolis MG
13
Extrema MG
14
Frutal MG
15
Rio Claro (Guandu) RJ
16
Guaratinguetá SP
17
Guariroba MS
18
Ibiá MG
19
Ibirapitanga BA
20
Igarapé MG
21
Itanhandu MG
22
Jaguariuna SP
23
Joanópolis SP
24
Goiania (João Leite) GO
25
Luz MG
26
Macaé RJ
27
Mirassol MT
28
Nazaré Paulista SP
29
Paraíba do Sul RJ
30
Patrocínio MG
31
Pimenta MG
32
Rio Branco AC
33
Rio Verde GO
34
S J Boa Vista SP
35
S J Campos SP
36
Salesópolis SP
37
Sete Lagoas MG
38
Tangara da Serra MT
39
Taquarussu TO
40
Uberaba MG
41
Uberlândia MG
42
Vera Cruz RS
43
Viçosa MG
44
Votuporanga SP
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
Site do Programa Produtor de Água
www.ana.gov.br/produagua
Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
Setor Policial - Área 5 – Quadra 3 - Bloco B -
Brasília – DF - 70610-200
Telefone: (61) 2109-5356
http://www.ana.gov.br
rossini@ana.gov.br
Muito Obrigado !

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Manejo da nutrição do cafeeiro para podas fenicafé 2015 alysson fagundes
Manejo da nutrição do cafeeiro para podas   fenicafé 2015 alysson fagundesManejo da nutrição do cafeeiro para podas   fenicafé 2015 alysson fagundes
Manejo da nutrição do cafeeiro para podas fenicafé 2015 alysson fagundesRevista Cafeicultura
 
Fertirrigação como opção de adubação na bananicultura
Fertirrigação como opção de adubação na bananiculturaFertirrigação como opção de adubação na bananicultura
Fertirrigação como opção de adubação na bananiculturaAgricultura Sao Paulo
 
Horta bio pedagogica
Horta bio pedagogicaHorta bio pedagogica
Horta bio pedagogicablog4c
 
Preparação do solo, uso de corretivos e tecnologias de aplicação.
Preparação do solo,  uso de corretivos e tecnologias de aplicação.Preparação do solo,  uso de corretivos e tecnologias de aplicação.
Preparação do solo, uso de corretivos e tecnologias de aplicação.AM Placas Ltda. Placas
 
Pedologia, conceitos e importância
Pedologia, conceitos e importânciaPedologia, conceitos e importância
Pedologia, conceitos e importânciaGustavo Simão
 
Palestra gotejamento subterrâneo em café Andre Fernandes Fenicafé 2015
Palestra gotejamento subterrâneo  em café   Andre  Fernandes Fenicafé 2015Palestra gotejamento subterrâneo  em café   Andre  Fernandes Fenicafé 2015
Palestra gotejamento subterrâneo em café Andre Fernandes Fenicafé 2015Revista Cafeicultura
 
Experimentacao agricola manual
Experimentacao agricola manualExperimentacao agricola manual
Experimentacao agricola manualAssad Mutirua
 
Trabalho determinaçao testura e extrutura solos
Trabalho determinaçao testura e extrutura solosTrabalho determinaçao testura e extrutura solos
Trabalho determinaçao testura e extrutura solosEvangela Gielow
 
Mini Projeto Horta Escolar
Mini Projeto Horta EscolarMini Projeto Horta Escolar
Mini Projeto Horta EscolarPaulo Rocha
 
Adubação Alternativa e Plantas de Cobertura
Adubação Alternativa e Plantas de CoberturaAdubação Alternativa e Plantas de Cobertura
Adubação Alternativa e Plantas de CoberturaGeagra UFG
 
Avaliação da fertilidade do solo e estado nutricional das plantas
Avaliação da fertilidade do solo e estado nutricional das plantas Avaliação da fertilidade do solo e estado nutricional das plantas
Avaliação da fertilidade do solo e estado nutricional das plantas Leandro Araujo
 

Mais procurados (20)

Calagem e gessagem
Calagem e gessagemCalagem e gessagem
Calagem e gessagem
 
Horta escolar
Horta escolarHorta escolar
Horta escolar
 
Manejo da nutrição do cafeeiro para podas fenicafé 2015 alysson fagundes
Manejo da nutrição do cafeeiro para podas   fenicafé 2015 alysson fagundesManejo da nutrição do cafeeiro para podas   fenicafé 2015 alysson fagundes
Manejo da nutrição do cafeeiro para podas fenicafé 2015 alysson fagundes
 
Fertirrigação como opção de adubação na bananicultura
Fertirrigação como opção de adubação na bananiculturaFertirrigação como opção de adubação na bananicultura
Fertirrigação como opção de adubação na bananicultura
 
Horta bio pedagogica
Horta bio pedagogicaHorta bio pedagogica
Horta bio pedagogica
 
Gessagem
GessagemGessagem
Gessagem
 
Amostragem de solo
Amostragem de soloAmostragem de solo
Amostragem de solo
 
Acid sulphate soil
Acid sulphate soilAcid sulphate soil
Acid sulphate soil
 
Preparação do solo, uso de corretivos e tecnologias de aplicação.
Preparação do solo,  uso de corretivos e tecnologias de aplicação.Preparação do solo,  uso de corretivos e tecnologias de aplicação.
Preparação do solo, uso de corretivos e tecnologias de aplicação.
 
Agricultura de Precisão
Agricultura de PrecisãoAgricultura de Precisão
Agricultura de Precisão
 
Pedologia, conceitos e importância
Pedologia, conceitos e importânciaPedologia, conceitos e importância
Pedologia, conceitos e importância
 
Palestra gotejamento subterrâneo em café Andre Fernandes Fenicafé 2015
Palestra gotejamento subterrâneo  em café   Andre  Fernandes Fenicafé 2015Palestra gotejamento subterrâneo  em café   Andre  Fernandes Fenicafé 2015
Palestra gotejamento subterrâneo em café Andre Fernandes Fenicafé 2015
 
Fertilidade do Solo
Fertilidade do SoloFertilidade do Solo
Fertilidade do Solo
 
Experimentacao agricola manual
Experimentacao agricola manualExperimentacao agricola manual
Experimentacao agricola manual
 
Como fazer uma horta
Como fazer uma hortaComo fazer uma horta
Como fazer uma horta
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Agricultura
 
Trabalho determinaçao testura e extrutura solos
Trabalho determinaçao testura e extrutura solosTrabalho determinaçao testura e extrutura solos
Trabalho determinaçao testura e extrutura solos
 
Mini Projeto Horta Escolar
Mini Projeto Horta EscolarMini Projeto Horta Escolar
Mini Projeto Horta Escolar
 
Adubação Alternativa e Plantas de Cobertura
Adubação Alternativa e Plantas de CoberturaAdubação Alternativa e Plantas de Cobertura
Adubação Alternativa e Plantas de Cobertura
 
Avaliação da fertilidade do solo e estado nutricional das plantas
Avaliação da fertilidade do solo e estado nutricional das plantas Avaliação da fertilidade do solo e estado nutricional das plantas
Avaliação da fertilidade do solo e estado nutricional das plantas
 

Destaque

A Água
A ÁguaA Água
A Água713773
 
6º ano cap 20 e 21 galáxias e sistema solar
6º ano cap 20 e 21 galáxias e sistema solar6º ano cap 20 e 21 galáxias e sistema solar
6º ano cap 20 e 21 galáxias e sistema solarISJ
 
áGua doce 9e
áGua doce 9eáGua doce 9e
áGua doce 9eMayjö .
 
Aquecimento global 9e
Aquecimento global 9eAquecimento global 9e
Aquecimento global 9eMayjö .
 
A importância da água para a vida.
A importância da água para a vida.A importância da água para a vida.
A importância da água para a vida.emef25dejulho
 
Projecto agua apresentação
Projecto agua apresentaçãoProjecto agua apresentação
Projecto agua apresentaçãopasseixas
 
Importância da água para a Biodiversidade
Importância da água para a BiodiversidadeImportância da água para a Biodiversidade
Importância da água para a Biodiversidadesscosta
 
consumo e escassez de agua
consumo e escassez de aguaconsumo e escassez de agua
consumo e escassez de aguaCatiac
 
Educopédia importancia da agua
Educopédia importancia da aguaEducopédia importancia da agua
Educopédia importancia da aguanelnoronha
 
A importancia da água
A importancia da águaA importancia da água
A importancia da águaCleber Reis
 
A Importancia da água
A Importancia da águaA Importancia da água
A Importancia da águaDiogo Alves
 
Importância de agua
Importância de aguaImportância de agua
Importância de aguaAndriyMc47
 

Destaque (20)

A Água na Visão do Direito
A Água na Visão do DireitoA Água na Visão do Direito
A Água na Visão do Direito
 
A Água
A ÁguaA Água
A Água
 
6º ano cap 20 e 21 galáxias e sistema solar
6º ano cap 20 e 21 galáxias e sistema solar6º ano cap 20 e 21 galáxias e sistema solar
6º ano cap 20 e 21 galáxias e sistema solar
 
áGua doce 9e
áGua doce 9eáGua doce 9e
áGua doce 9e
 
Aquecimento global 9e
Aquecimento global 9eAquecimento global 9e
Aquecimento global 9e
 
Uso Racional da água
Uso Racional da águaUso Racional da água
Uso Racional da água
 
A importância da água para a vida.
A importância da água para a vida.A importância da água para a vida.
A importância da água para a vida.
 
Projecto agua apresentação
Projecto agua apresentaçãoProjecto agua apresentação
Projecto agua apresentação
 
Importância da água para a Biodiversidade
Importância da água para a BiodiversidadeImportância da água para a Biodiversidade
Importância da água para a Biodiversidade
 
A agua na terra
A agua na terraA agua na terra
A agua na terra
 
consumo e escassez de agua
consumo e escassez de aguaconsumo e escassez de agua
consumo e escassez de agua
 
Educopédia importancia da agua
Educopédia importancia da aguaEducopédia importancia da agua
Educopédia importancia da agua
 
A importância da água
A importância da águaA importância da água
A importância da água
 
A importancia da água
A importancia da águaA importancia da água
A importancia da água
 
Química ambiental - poluição ambiental
 Química ambiental - poluição ambiental Química ambiental - poluição ambiental
Química ambiental - poluição ambiental
 
A água
A água A água
A água
 
A Importancia da água
A Importancia da águaA Importancia da água
A Importancia da água
 
Gestão da água
Gestão da águaGestão da água
Gestão da água
 
Importância de agua
Importância de aguaImportância de agua
Importância de agua
 
Uso do Solo
Uso do SoloUso do Solo
Uso do Solo
 

Semelhante a Programa produtor de água - ANA - Agência Nacional de Águas rossini - fenicafé 2015

Palestra - Programa Produtor de Água - Devanir Garcia dos Santos ANA - Seminá...
Palestra - Programa Produtor de Água - Devanir Garcia dos Santos ANA - Seminá...Palestra - Programa Produtor de Água - Devanir Garcia dos Santos ANA - Seminá...
Palestra - Programa Produtor de Água - Devanir Garcia dos Santos ANA - Seminá...Revista Cafeicultura
 
Cobran cobrança pelo uso da a pelo uso da água
Cobran cobrança pelo uso da a pelo uso da águaCobran cobrança pelo uso da a pelo uso da água
Cobran cobrança pelo uso da a pelo uso da águaJupira Silva
 
Diagnóstico_Apresentação_Consultas_Públicas_PERHES.pdf
Diagnóstico_Apresentação_Consultas_Públicas_PERHES.pdfDiagnóstico_Apresentação_Consultas_Públicas_PERHES.pdf
Diagnóstico_Apresentação_Consultas_Públicas_PERHES.pdfEdineiaKoelerGege
 
recursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiarecursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiaNilton Goulart
 
Cartilha Cobrança pelo Uso da Água CBH Rio Pará
Cartilha Cobrança pelo Uso da Água CBH Rio ParáCartilha Cobrança pelo Uso da Água CBH Rio Pará
Cartilha Cobrança pelo Uso da Água CBH Rio ParáAgência Peixe Vivo
 
Resumo - Projeto Produtor de Água
Resumo - Projeto Produtor de ÁguaResumo - Projeto Produtor de Água
Resumo - Projeto Produtor de ÁguaCBH Rio das Velhas
 
Palestra Secretario Jose Geraldo - SEMA
Palestra Secretario Jose Geraldo - SEMAPalestra Secretario Jose Geraldo - SEMA
Palestra Secretario Jose Geraldo - SEMAequipeagroplus
 
Bacia hidrográfica rio santana
Bacia hidrográfica rio santanaBacia hidrográfica rio santana
Bacia hidrográfica rio santanaKleber Ferreira
 
Projeto Urucuia: Palestra Prof. Everardo Mantovani em Correntina, BA.
Projeto Urucuia: Palestra Prof. Everardo Mantovani em Correntina, BA.Projeto Urucuia: Palestra Prof. Everardo Mantovani em Correntina, BA.
Projeto Urucuia: Palestra Prof. Everardo Mantovani em Correntina, BA.equipeagroplus
 
Plano Macro Metrópole do Comitê Gestor Águas PMSP e SABESP
Plano Macro Metrópole do Comitê Gestor Águas PMSP e SABESPPlano Macro Metrópole do Comitê Gestor Águas PMSP e SABESP
Plano Macro Metrópole do Comitê Gestor Águas PMSP e SABESPChico Macena
 
recursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiarecursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiaNilton Goulart
 
2018 - Soluções em Software livre para apoio à tomada de decisão na gestão de...
2018 - Soluções em Software livre para apoio à tomada de decisão na gestão de...2018 - Soluções em Software livre para apoio à tomada de decisão na gestão de...
2018 - Soluções em Software livre para apoio à tomada de decisão na gestão de...George Porto Ferreira
 
Plano de Bacia Hidrográfica
Plano de Bacia Hidrográfica Plano de Bacia Hidrográfica
Plano de Bacia Hidrográfica Tainá Bimbati
 
Apresentação Plano Diretor SCBH
Apresentação Plano Diretor SCBHApresentação Plano Diretor SCBH
Apresentação Plano Diretor SCBHCBH Rio das Velhas
 
Apresentacao modulo 5
Apresentacao   modulo 5Apresentacao   modulo 5
Apresentacao modulo 5Neil Azevedo
 

Semelhante a Programa produtor de água - ANA - Agência Nacional de Águas rossini - fenicafé 2015 (20)

Palestra - Programa Produtor de Água - Devanir Garcia dos Santos ANA - Seminá...
Palestra - Programa Produtor de Água - Devanir Garcia dos Santos ANA - Seminá...Palestra - Programa Produtor de Água - Devanir Garcia dos Santos ANA - Seminá...
Palestra - Programa Produtor de Água - Devanir Garcia dos Santos ANA - Seminá...
 
Programa Produtor de Água_Devanir Garcia dos Santos
Programa Produtor de Água_Devanir Garcia dos SantosPrograma Produtor de Água_Devanir Garcia dos Santos
Programa Produtor de Água_Devanir Garcia dos Santos
 
Cobran cobrança pelo uso da a pelo uso da água
Cobran cobrança pelo uso da a pelo uso da águaCobran cobrança pelo uso da a pelo uso da água
Cobran cobrança pelo uso da a pelo uso da água
 
Diagnóstico_Apresentação_Consultas_Públicas_PERHES.pdf
Diagnóstico_Apresentação_Consultas_Públicas_PERHES.pdfDiagnóstico_Apresentação_Consultas_Públicas_PERHES.pdf
Diagnóstico_Apresentação_Consultas_Públicas_PERHES.pdf
 
recursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiarecursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografia
 
Cartilha Cobrança pelo Uso da Água CBH Rio Pará
Cartilha Cobrança pelo Uso da Água CBH Rio ParáCartilha Cobrança pelo Uso da Água CBH Rio Pará
Cartilha Cobrança pelo Uso da Água CBH Rio Pará
 
Resumo - Projeto Produtor de Água
Resumo - Projeto Produtor de ÁguaResumo - Projeto Produtor de Água
Resumo - Projeto Produtor de Água
 
Palestra Secretario Jose Geraldo - SEMA
Palestra Secretario Jose Geraldo - SEMAPalestra Secretario Jose Geraldo - SEMA
Palestra Secretario Jose Geraldo - SEMA
 
Bacia hidrográfica rio santana
Bacia hidrográfica rio santanaBacia hidrográfica rio santana
Bacia hidrográfica rio santana
 
17/03 - Manhã - Mesa 1 - Devanir Garcia dos Santos - ANA
17/03 - Manhã - Mesa 1 - Devanir Garcia dos Santos - ANA17/03 - Manhã - Mesa 1 - Devanir Garcia dos Santos - ANA
17/03 - Manhã - Mesa 1 - Devanir Garcia dos Santos - ANA
 
Projeto Urucuia: Palestra Prof. Everardo Mantovani em Correntina, BA.
Projeto Urucuia: Palestra Prof. Everardo Mantovani em Correntina, BA.Projeto Urucuia: Palestra Prof. Everardo Mantovani em Correntina, BA.
Projeto Urucuia: Palestra Prof. Everardo Mantovani em Correntina, BA.
 
A nova codasp ii a
A nova codasp ii aA nova codasp ii a
A nova codasp ii a
 
Plano Macro Metrópole do Comitê Gestor Águas PMSP e SABESP
Plano Macro Metrópole do Comitê Gestor Águas PMSP e SABESPPlano Macro Metrópole do Comitê Gestor Águas PMSP e SABESP
Plano Macro Metrópole do Comitê Gestor Águas PMSP e SABESP
 
recursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiarecursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografia
 
2018 - Soluções em Software livre para apoio à tomada de decisão na gestão de...
2018 - Soluções em Software livre para apoio à tomada de decisão na gestão de...2018 - Soluções em Software livre para apoio à tomada de decisão na gestão de...
2018 - Soluções em Software livre para apoio à tomada de decisão na gestão de...
 
Plano de Bacia Hidrográfica
Plano de Bacia Hidrográfica Plano de Bacia Hidrográfica
Plano de Bacia Hidrográfica
 
Hackeando as Aguas
Hackeando as AguasHackeando as Aguas
Hackeando as Aguas
 
Apresentação Plano Diretor SCBH
Apresentação Plano Diretor SCBHApresentação Plano Diretor SCBH
Apresentação Plano Diretor SCBH
 
Apresentacao modulo 5
Apresentacao   modulo 5Apresentacao   modulo 5
Apresentacao modulo 5
 
17/03 - tarde_Mesa 2 - Ricardo de Oliveira Figueiredo
17/03 - tarde_Mesa 2 - Ricardo de Oliveira Figueiredo17/03 - tarde_Mesa 2 - Ricardo de Oliveira Figueiredo
17/03 - tarde_Mesa 2 - Ricardo de Oliveira Figueiredo
 

Mais de Revista Cafeicultura

Cup of Excellence - 2019 resultado-final (1)
Cup of Excellence - 2019 resultado-final (1)Cup of Excellence - 2019 resultado-final (1)
Cup of Excellence - 2019 resultado-final (1)Revista Cafeicultura
 
Gotejo enterrado na cafeicultura, vantagens e desvantagens
Gotejo enterrado na cafeicultura, vantagens e desvantagensGotejo enterrado na cafeicultura, vantagens e desvantagens
Gotejo enterrado na cafeicultura, vantagens e desvantagensRevista Cafeicultura
 
CIRCULAR SUP/ADIG N° 41/2019-BNDES Programa BNDES para Composição de Dívidas ...
CIRCULAR SUP/ADIG N° 41/2019-BNDES Programa BNDES para Composição de Dívidas ...CIRCULAR SUP/ADIG N° 41/2019-BNDES Programa BNDES para Composição de Dívidas ...
CIRCULAR SUP/ADIG N° 41/2019-BNDES Programa BNDES para Composição de Dívidas ...Revista Cafeicultura
 
Novas cultivares de café: resistência aos fatores bióticos e abióticos e qual...
Novas cultivares de café: resistência aos fatores bióticos e abióticos e qual...Novas cultivares de café: resistência aos fatores bióticos e abióticos e qual...
Novas cultivares de café: resistência aos fatores bióticos e abióticos e qual...Revista Cafeicultura
 
Adubação do cafeeiro: Nitrogênio Heitor Cantarella IAC
Adubação do cafeeiro: Nitrogênio  Heitor Cantarella  IACAdubação do cafeeiro: Nitrogênio  Heitor Cantarella  IAC
Adubação do cafeeiro: Nitrogênio Heitor Cantarella IACRevista Cafeicultura
 
Ferrugem do Cafeeiro no Brasil - Evolução e controle químico Eng Agr José Br...
Ferrugem do Cafeeiro no Brasil - Evolução e controle químico  Eng Agr José Br...Ferrugem do Cafeeiro no Brasil - Evolução e controle químico  Eng Agr José Br...
Ferrugem do Cafeeiro no Brasil - Evolução e controle químico Eng Agr José Br...Revista Cafeicultura
 
Técnicas para melhorar a fração biológica do solo para a utilização na cafeic...
Técnicas para melhorar a fração biológica do solo para a utilização na cafeic...Técnicas para melhorar a fração biológica do solo para a utilização na cafeic...
Técnicas para melhorar a fração biológica do solo para a utilização na cafeic...Revista Cafeicultura
 
Como construir o perfil do solo e os benefícios fisiológicos na planta ng. ag...
Como construir o perfil do solo e os benefícios fisiológicos na planta ng. ag...Como construir o perfil do solo e os benefícios fisiológicos na planta ng. ag...
Como construir o perfil do solo e os benefícios fisiológicos na planta ng. ag...Revista Cafeicultura
 
Tecnologia: Modernidade operacional da cafeicultura do Futuro Dr. rouverson p...
Tecnologia: Modernidade operacional da cafeicultura do Futuro Dr. rouverson p...Tecnologia: Modernidade operacional da cafeicultura do Futuro Dr. rouverson p...
Tecnologia: Modernidade operacional da cafeicultura do Futuro Dr. rouverson p...Revista Cafeicultura
 
Do viveiro ao campo: Manejo e identificação dos principais nematoides do cafe...
Do viveiro ao campo: Manejo e identificação dos principais nematoides do cafe...Do viveiro ao campo: Manejo e identificação dos principais nematoides do cafe...
Do viveiro ao campo: Manejo e identificação dos principais nematoides do cafe...Revista Cafeicultura
 
Fernando cunha Palestra fale melhor e venda mais
Fernando cunha  Palestra fale melhor e venda maisFernando cunha  Palestra fale melhor e venda mais
Fernando cunha Palestra fale melhor e venda maisRevista Cafeicultura
 
Cecafé Relatório das Exportações de café mensal-janeiro-2019
Cecafé Relatório das  Exportações de café mensal-janeiro-2019Cecafé Relatório das  Exportações de café mensal-janeiro-2019
Cecafé Relatório das Exportações de café mensal-janeiro-2019Revista Cafeicultura
 
Resultado da fase da Pré-Seleção do Cup of Excellence - Brazil Excellence - B...
Resultado da fase da Pré-Seleção do Cup of Excellence - Brazil Excellence - B...Resultado da fase da Pré-Seleção do Cup of Excellence - Brazil Excellence - B...
Resultado da fase da Pré-Seleção do Cup of Excellence - Brazil Excellence - B...Revista Cafeicultura
 
Regulamento Cup of Excellence 2018
Regulamento Cup of Excellence 2018Regulamento Cup of Excellence 2018
Regulamento Cup of Excellence 2018Revista Cafeicultura
 
Uso racional da água na agricultura
Uso racional da água na agriculturaUso racional da água na agricultura
Uso racional da água na agriculturaRevista Cafeicultura
 
Campanha de combate a Broca-do-café - Vazio Sanitário da broca-do-café
Campanha de combate a Broca-do-café - Vazio Sanitário da broca-do-caféCampanha de combate a Broca-do-café - Vazio Sanitário da broca-do-café
Campanha de combate a Broca-do-café - Vazio Sanitário da broca-do-caféRevista Cafeicultura
 
Panorama macroeconômico do Brasil em Outubro de 2017
Panorama macroeconômico do Brasil em Outubro de 2017Panorama macroeconômico do Brasil em Outubro de 2017
Panorama macroeconômico do Brasil em Outubro de 2017Revista Cafeicultura
 
Roberto Felicor Coocatrel Estratégias para um manejo sustentável da Broca-do...
Roberto Felicor  Coocatrel Estratégias para um manejo sustentável da Broca-do...Roberto Felicor  Coocatrel Estratégias para um manejo sustentável da Broca-do...
Roberto Felicor Coocatrel Estratégias para um manejo sustentável da Broca-do...Revista Cafeicultura
 
Marcelo Jordão da Silva Filho – Procafé Franca Adubação no cafeeiro: Teorias...
Marcelo Jordão da Silva Filho – Procafé Franca  Adubação no cafeeiro: Teorias...Marcelo Jordão da Silva Filho – Procafé Franca  Adubação no cafeeiro: Teorias...
Marcelo Jordão da Silva Filho – Procafé Franca Adubação no cafeeiro: Teorias...Revista Cafeicultura
 

Mais de Revista Cafeicultura (20)

Acb denuncia tc e mm 2019
Acb denuncia  tc e mm 2019Acb denuncia  tc e mm 2019
Acb denuncia tc e mm 2019
 
Cup of Excellence - 2019 resultado-final (1)
Cup of Excellence - 2019 resultado-final (1)Cup of Excellence - 2019 resultado-final (1)
Cup of Excellence - 2019 resultado-final (1)
 
Gotejo enterrado na cafeicultura, vantagens e desvantagens
Gotejo enterrado na cafeicultura, vantagens e desvantagensGotejo enterrado na cafeicultura, vantagens e desvantagens
Gotejo enterrado na cafeicultura, vantagens e desvantagens
 
CIRCULAR SUP/ADIG N° 41/2019-BNDES Programa BNDES para Composição de Dívidas ...
CIRCULAR SUP/ADIG N° 41/2019-BNDES Programa BNDES para Composição de Dívidas ...CIRCULAR SUP/ADIG N° 41/2019-BNDES Programa BNDES para Composição de Dívidas ...
CIRCULAR SUP/ADIG N° 41/2019-BNDES Programa BNDES para Composição de Dívidas ...
 
Novas cultivares de café: resistência aos fatores bióticos e abióticos e qual...
Novas cultivares de café: resistência aos fatores bióticos e abióticos e qual...Novas cultivares de café: resistência aos fatores bióticos e abióticos e qual...
Novas cultivares de café: resistência aos fatores bióticos e abióticos e qual...
 
Adubação do cafeeiro: Nitrogênio Heitor Cantarella IAC
Adubação do cafeeiro: Nitrogênio  Heitor Cantarella  IACAdubação do cafeeiro: Nitrogênio  Heitor Cantarella  IAC
Adubação do cafeeiro: Nitrogênio Heitor Cantarella IAC
 
Ferrugem do Cafeeiro no Brasil - Evolução e controle químico Eng Agr José Br...
Ferrugem do Cafeeiro no Brasil - Evolução e controle químico  Eng Agr José Br...Ferrugem do Cafeeiro no Brasil - Evolução e controle químico  Eng Agr José Br...
Ferrugem do Cafeeiro no Brasil - Evolução e controle químico Eng Agr José Br...
 
Técnicas para melhorar a fração biológica do solo para a utilização na cafeic...
Técnicas para melhorar a fração biológica do solo para a utilização na cafeic...Técnicas para melhorar a fração biológica do solo para a utilização na cafeic...
Técnicas para melhorar a fração biológica do solo para a utilização na cafeic...
 
Como construir o perfil do solo e os benefícios fisiológicos na planta ng. ag...
Como construir o perfil do solo e os benefícios fisiológicos na planta ng. ag...Como construir o perfil do solo e os benefícios fisiológicos na planta ng. ag...
Como construir o perfil do solo e os benefícios fisiológicos na planta ng. ag...
 
Tecnologia: Modernidade operacional da cafeicultura do Futuro Dr. rouverson p...
Tecnologia: Modernidade operacional da cafeicultura do Futuro Dr. rouverson p...Tecnologia: Modernidade operacional da cafeicultura do Futuro Dr. rouverson p...
Tecnologia: Modernidade operacional da cafeicultura do Futuro Dr. rouverson p...
 
Do viveiro ao campo: Manejo e identificação dos principais nematoides do cafe...
Do viveiro ao campo: Manejo e identificação dos principais nematoides do cafe...Do viveiro ao campo: Manejo e identificação dos principais nematoides do cafe...
Do viveiro ao campo: Manejo e identificação dos principais nematoides do cafe...
 
Fernando cunha Palestra fale melhor e venda mais
Fernando cunha  Palestra fale melhor e venda maisFernando cunha  Palestra fale melhor e venda mais
Fernando cunha Palestra fale melhor e venda mais
 
Cecafé Relatório das Exportações de café mensal-janeiro-2019
Cecafé Relatório das  Exportações de café mensal-janeiro-2019Cecafé Relatório das  Exportações de café mensal-janeiro-2019
Cecafé Relatório das Exportações de café mensal-janeiro-2019
 
Resultado da fase da Pré-Seleção do Cup of Excellence - Brazil Excellence - B...
Resultado da fase da Pré-Seleção do Cup of Excellence - Brazil Excellence - B...Resultado da fase da Pré-Seleção do Cup of Excellence - Brazil Excellence - B...
Resultado da fase da Pré-Seleção do Cup of Excellence - Brazil Excellence - B...
 
Regulamento Cup of Excellence 2018
Regulamento Cup of Excellence 2018Regulamento Cup of Excellence 2018
Regulamento Cup of Excellence 2018
 
Uso racional da água na agricultura
Uso racional da água na agriculturaUso racional da água na agricultura
Uso racional da água na agricultura
 
Campanha de combate a Broca-do-café - Vazio Sanitário da broca-do-café
Campanha de combate a Broca-do-café - Vazio Sanitário da broca-do-caféCampanha de combate a Broca-do-café - Vazio Sanitário da broca-do-café
Campanha de combate a Broca-do-café - Vazio Sanitário da broca-do-café
 
Panorama macroeconômico do Brasil em Outubro de 2017
Panorama macroeconômico do Brasil em Outubro de 2017Panorama macroeconômico do Brasil em Outubro de 2017
Panorama macroeconômico do Brasil em Outubro de 2017
 
Roberto Felicor Coocatrel Estratégias para um manejo sustentável da Broca-do...
Roberto Felicor  Coocatrel Estratégias para um manejo sustentável da Broca-do...Roberto Felicor  Coocatrel Estratégias para um manejo sustentável da Broca-do...
Roberto Felicor Coocatrel Estratégias para um manejo sustentável da Broca-do...
 
Marcelo Jordão da Silva Filho – Procafé Franca Adubação no cafeeiro: Teorias...
Marcelo Jordão da Silva Filho – Procafé Franca  Adubação no cafeeiro: Teorias...Marcelo Jordão da Silva Filho – Procafé Franca  Adubação no cafeeiro: Teorias...
Marcelo Jordão da Silva Filho – Procafé Franca Adubação no cafeeiro: Teorias...
 

Último

BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasCasa Ciências
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 

Último (20)

BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 

Programa produtor de água - ANA - Agência Nacional de Águas rossini - fenicafé 2015

  • 1. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo PROGRAMA PRODUTOR DE ÁGUA NO GUARIROBA Devanir Garcia dos Santos Gerente de Uso Sustentável de Água e Solo Superintendência de Implementação de Programas e Projetos PROGRAMA PRODUTOR DE ÁGUA Rossini Ferreira Matos Sena Superintendência de Implementação de Programas e Projetos
  • 2. 68 16 7 6 3 45 19 7 11 187 6 15 43 29 0 20 40 60 80 100 Norte Centro Oeste Sul Sudeste Nordeste (%) Recursos hídricos Superfície População DISTRIBUIÇÃO DOS RECURSOS HÍDRICOS, SUPERFÍCIE E POPULAÇÃO POR REGIÃO BRASIL
  • 3. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo Relevância do Espaço Rural no Contexto Hidrológico
  • 4. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo PROCESSO FÍSICO DA EROSÃO Fonte: UFV / DEA
  • 5. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
  • 6. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo Muito obrigado
  • 7. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo Práticas conservacionistas de caráter vegetativo Recuperação das pastagens
  • 8. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo Plantio Direto: Integração Agricultura, Silvicultura e Pecuária Práticas conservacionistas de caráter vegetativo
  • 9. PRINCIPAIS METAS - Readequação de estradas rurais; - Construção de barraginhas de captação e infiltração de águas de chuva; - Construção de terraços em nível; - Cercamento e plantio de espécies nativas em Áreas de Preservação Permanente; - Educação Ambiental.
  • 11.
  • 13. Viveiro – 40 espécies nativas JUN/07 JAN/08 JAN/08
  • 14. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo Práticas conservacionistas de caráter mecânico Bacias de Infiltração - Barraginhas
  • 16.
  • 17.
  • 18. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo Práticas conservacionistas de caráter mecânico Estradas ecológicas
  • 20. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo Práticas conservacionistas de caráter mecânico terraceamento
  • 22. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo CONSERVAÇÃO DE ÁGUA E SOLO
  • 23. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
  • 24. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
  • 25. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo Serviços ambientais:  Manutenção da biodiversidade como indicador de qualidade ambiental;  Conservação da qualidade e quantidade de água;  Aquecimento global;  Polinizadores, inimigos naturais. Fonte: EMBRAPA
  • 26. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo Programa de Melhoria da Qualidade e da Quantidade de Água em Mananciais, através do Incentivo Financeiro aos Produtores:
  • 27. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo Programa Produtor de Água É um programa voluntário no qual são beneficiados produtores rurais que, por meio de práticas e manejos conservacionistas, e de melhoria da cobertura vegetal, venham a contribuir para o abatimento efetivo da erosão e da sedimentação, e para o aumento da infiltração de água, segundo o conceito provedor- recebedor
  • 28. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo Programa Produtor de Água • Foco: Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), voltada à proteção dos recursos hídricos no Brasil. • ANA: apoia, orienta e certifica projetos que visem à redução da erosão e do assoreamento de mananciais no meio rural, propiciando a melhoria da qualidade, a ampliação e a regularização da oferta de água em bacias hidrográficas de importância estratégica para o País.
  • 29. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo Programa Produtor de Água Prevê o apoio técnico e financeiro  Para arranjos de PSA;  Execução de ações, em projetos desenvolvidos em vários estados brasileiros, como: • construção de terraços e de bacias de infiltração; • readequação de estradas vicinais; • recuperação e proteção de nascentes; • Conservação de fragmentos florestais e recomposição das APPs e RL; • saneamento ambiental, entre outros.
  • 30. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo Objetivos do Programa • Melhoria da qualidade da água, através do incentivo à adoção de práticas que promovam o abatimento da sedimentação • Aumento da oferta de água (e sua garantia) • Conscientização dos produtores e consumidores de água da importância da gestão integrada de bacias hidrográficas
  • 31. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo
  • 32. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo Valores de Referência de Pagamento para o incentivo a recuperação de APP’s. Nível de Avaliação da condução das florestas plantadas Categoria Florestas medianamente cuidadas Florestas muito bem cuidadas V.R. R$/ha/ano Florestas novas 80,00 250,00
  • 33. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo As seguintes fontes podem ser exploradas: • Orçamento da União, Estados e Municípios • Fundos Estaduais de Recursos Hídricos e Meio Ambiente; • Fundo Nacional de Meio Ambiente; • Bancos, Organismos Internacionais (ONG’s, GEF, BIRD etc); • Empresas de saneamento, de geração de energia elétrica e usuários; • Recursos da cobrança pelo uso da água; • TAC, Compensação financeira por parte de usuários beneficiados; Fontes de Financiamento
  • 34.
  • 35. 1 Alta Floresta MT 2 Amparo SP 3 Bauru SP 4 Bom Despacho MG 5 Camboriú SC 6 Canindé do São Francisco SE 7 Carmo do Cajuru MG 8 Cedro do Abaeté MG 9 Curitiba PR 10 Delfim Moreira MG 11 DF DF 12 Doresópolis MG 13 Extrema MG 14 Frutal MG 15 Rio Claro (Guandu) RJ 16 Guaratinguetá SP 17 Guariroba MS 18 Ibiá MG 19 Ibirapitanga BA 20 Igarapé MG 21 Itanhandu MG 22 Jaguariuna SP 23 Joanópolis SP 24 Goiania (João Leite) GO 25 Luz MG 26 Macaé RJ 27 Mirassol MT 28 Nazaré Paulista SP 29 Paraíba do Sul RJ 30 Patrocínio MG 31 Pimenta MG 32 Rio Branco AC 33 Rio Verde GO 34 S J Boa Vista SP 35 S J Campos SP 36 Salesópolis SP 37 Sete Lagoas MG 38 Tangara da Serra MT 39 Taquarussu TO 40 Uberaba MG 41 Uberlândia MG 42 Vera Cruz RS 43 Viçosa MG 44 Votuporanga SP
  • 36. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo Site do Programa Produtor de Água www.ana.gov.br/produagua
  • 37. Agência Nacional de Águas – Gerência de Uso Sustentável de Água e Solo Setor Policial - Área 5 – Quadra 3 - Bloco B - Brasília – DF - 70610-200 Telefone: (61) 2109-5356 http://www.ana.gov.br rossini@ana.gov.br Muito Obrigado !