SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
(ESAF_CGU-TI_2006) 42- Analise as seguintes afirmações relacionadas a protocolos,
          tipos e meios de transmissão, modos de operação e gerenciamento em redes
          de computadores
I.        Uma rede Frame Relay provê diversos mecanismos para definição da
          prioridade de um quadro, resultando,com isso, em uma previsão confiável e
          constante dos tempos de latência. Isso permite que o Frame Relay seja
          utilizado em redes com aplicações sensíveis a variações dos tempos de
          latência.
II.       O Frame Relay implementa mecanismos que notificam a ocorrência de
          congestionamento em uma rede,embora não se responsabilize pelo controle de
          fluxo.
III.      Quando uma rede Frame Relay está congestionada, o bit FECN (Forward
          Explicit Congestion Notification) é ativado. Isso possibilita que o destino saiba
          que a rede estava congestionada durante a transmissão do quadro.
IV.       Em uma rede Frame Relay congestionada, um segundo bit BECN (Backward
          Explicit Congestion Notification) é ativado no cabeçalho dos dados que não
          conseguiram, na primeira tentativa, trafegar no sentido do congestionamento.
Indique a opção que contenha todas as afirmações verdadeiras.
a) I e II      b) II e III c) III e IV d) I e III e) II e IV
(ESAF_CGU-TI_2006) 42- Analise as seguintes afirmações relacionadas a protocolos,
          tipos e meios de transmissão, modos de operação e gerenciamento em redes
          de computadores
I.        Uma rede Frame Relay provê diversos mecanismos para definição da
          prioridade de um quadro, resultando,com isso, em uma previsão confiável e
          constante dos tempos de latência. Isso permite que o Frame Relay seja
          utilizado em redes com aplicações sensíveis a variações dos tempos de
          latência.
II.       O Frame Relay implementa mecanismos que notificam a ocorrência de
          congestionamento em uma rede,embora não se responsabilize pelo controle de
          fluxo.
III.      Quando uma rede Frame Relay está congestionada, o bit FECN (Forward
          Explicit Congestion Notification) é ativado. Isso possibilita que o destino saiba
          que a rede estava congestionada durante a transmissão do quadro.
IV.       Em uma rede Frame Relay congestionada, um segundo bit BECN (Backward
          Explicit Congestion Notification) é ativado no cabeçalho dos dados que não
          conseguiram, na primeira tentativa, trafegar no sentido do congestionamento.
Indique a opção que contenha todas as afirmações verdadeiras.
a) I e II      b) II e III c) III e IV d) I e III e) II e IV
Referências:

I - A rede FR não possui priorização nativa.
        Embora o protocolo Frame Relay tenha sido desenvolvido para ser o
II -
        mais simples possível, e a sua premissa básica determinar que os
        eventuais problemas de erros da rede deveriam ser resolvidos pelos
        protocolos dos equipamentos de usuário, surgiram ao longo do tempo
        necessidades que levaram os órgão de padronização a definir
        mecanismos de sinalização para três tipos de situações:
        Aviso de congestionamento;
        Estado das conexões;
        Sinalização SVC.

       FECN (Foward Explicit Congestion Notification), com 1 bit, é
III
       usado pela rede para informar um equipamento receptor de
       informações que procedimentos de prevenção de congestionamento
       devem ser iniciados;
       BECN (Backward Explicit Congestion Notification), com 1 bit, é
IV
       usado pela rede para informar um equipamento transmissor de
       informações que procedimentos de prevenção de congestionamento
       devem ser iniciados;
http://www.teleco.com.br/tutoriais/tutorialfr/pagina_2.asp

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Artigo frame relay e atm
Artigo   frame relay e atmArtigo   frame relay e atm
Artigo frame relay e atm
Rafael Pimenta
 
Protocolos de encaminhamento_i
Protocolos de encaminhamento_iProtocolos de encaminhamento_i
Protocolos de encaminhamento_i
redesteste
 
Protocolos de encaminhamento-link_state
Protocolos de encaminhamento-link_stateProtocolos de encaminhamento-link_state
Protocolos de encaminhamento-link_state
redesteste
 
relay frame atm
relay frame atm relay frame atm
relay frame atm
yuri_moura
 
Evolução protocolo rdt
Evolução protocolo rdtEvolução protocolo rdt
Evolução protocolo rdt
Marllus Lustosa
 

Mais procurados (19)

Redes de Computadores " Camada de Enlace"
Redes de Computadores " Camada de Enlace"Redes de Computadores " Camada de Enlace"
Redes de Computadores " Camada de Enlace"
 
Redes de Computadores Capítulo 3 - Camada de Enlace
Redes de Computadores Capítulo 3 - Camada de EnlaceRedes de Computadores Capítulo 3 - Camada de Enlace
Redes de Computadores Capítulo 3 - Camada de Enlace
 
Camada de enlace parte2
Camada de enlace   parte2Camada de enlace   parte2
Camada de enlace parte2
 
Redes atm
Redes atmRedes atm
Redes atm
 
Artigo frame relay e atm
Artigo   frame relay e atmArtigo   frame relay e atm
Artigo frame relay e atm
 
Protocolo Atm
Protocolo AtmProtocolo Atm
Protocolo Atm
 
REDES ATM
REDES ATMREDES ATM
REDES ATM
 
Trabalho atm e mpls
Trabalho atm e mplsTrabalho atm e mpls
Trabalho atm e mpls
 
Protocolos De Transporte Para Redes Sem Fio
Protocolos De Transporte Para Redes Sem FioProtocolos De Transporte Para Redes Sem Fio
Protocolos De Transporte Para Redes Sem Fio
 
Protocolos de encaminhamento_i
Protocolos de encaminhamento_iProtocolos de encaminhamento_i
Protocolos de encaminhamento_i
 
Trabalho frame relay
Trabalho frame relayTrabalho frame relay
Trabalho frame relay
 
Protocolos de encaminhamento-link_state
Protocolos de encaminhamento-link_stateProtocolos de encaminhamento-link_state
Protocolos de encaminhamento-link_state
 
Voz sobre frame relay – vofr
Voz sobre frame relay – vofrVoz sobre frame relay – vofr
Voz sobre frame relay – vofr
 
Protocolos De Transporte Para Redes Sem Fio
Protocolos De Transporte Para Redes Sem FioProtocolos De Transporte Para Redes Sem Fio
Protocolos De Transporte Para Redes Sem Fio
 
relay frame atm
relay frame atm relay frame atm
relay frame atm
 
Tecnologia ethernet
Tecnologia ethernetTecnologia ethernet
Tecnologia ethernet
 
Evolução protocolo rdt
Evolução protocolo rdtEvolução protocolo rdt
Evolução protocolo rdt
 
Ficha de trabalho nº4 word
Ficha de trabalho nº4 wordFicha de trabalho nº4 word
Ficha de trabalho nº4 word
 
Ensinando Redes ATM em Laboratório
Ensinando Redes ATM em LaboratórioEnsinando Redes ATM em Laboratório
Ensinando Redes ATM em Laboratório
 

Destaque

Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) -  Walter CunhaColetanea Segurança e Auditoria (Esaf) -  Walter Cunha
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) - Walter Cunha
Walter Cunha
 
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime CorreiaColetanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
Walter Cunha
 
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter CunhaColetanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
Walter Cunha
 
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter CunhaColetanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
Walter Cunha
 
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter CunhaColetanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
Walter Cunha
 

Destaque (9)

Terceirização no Desenvolvimento de Sistema
Terceirização no Desenvolvimento de SistemaTerceirização no Desenvolvimento de Sistema
Terceirização no Desenvolvimento de Sistema
 
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) -  Walter CunhaColetanea Segurança e Auditoria (Esaf) -  Walter Cunha
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) - Walter Cunha
 
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime CorreiaColetanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
 
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter CunhaColetanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
 
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter CunhaColetanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
 
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter CunhaColetanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
 
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)
 
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter Cunha
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter CunhaPanorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter Cunha
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter Cunha
 
Tipos De Protocolos
Tipos De ProtocolosTipos De Protocolos
Tipos De Protocolos
 

Semelhante a ResoluçãO Cgu Ti 2006 (Amostra) Gti

Downloads telecom com_dados_exercicios_exercicio_parte 1 geral
Downloads telecom com_dados_exercicios_exercicio_parte 1 geralDownloads telecom com_dados_exercicios_exercicio_parte 1 geral
Downloads telecom com_dados_exercicios_exercicio_parte 1 geral
Ronaldo Souza
 
Redes I - 5.2 Tecnologias de Redes WAN
Redes I - 5.2 Tecnologias de Redes WANRedes I - 5.2 Tecnologias de Redes WAN
Redes I - 5.2 Tecnologias de Redes WAN
Mauro Tapajós
 
Redes de computadores II - 4.Camada de Transporte TCP e UDP
Redes de computadores II - 4.Camada de Transporte TCP e UDPRedes de computadores II - 4.Camada de Transporte TCP e UDP
Redes de computadores II - 4.Camada de Transporte TCP e UDP
Mauro Tapajós
 
Segurança na Interoperabilidade de Redes TCP IP
Segurança na  Interoperabilidade de Redes TCP IPSegurança na  Interoperabilidade de Redes TCP IP
Segurança na Interoperabilidade de Redes TCP IP
Bruno Milani
 
Gestão de Redes de Computadores e Serviços.pptx
Gestão de Redes de Computadores e Serviços.pptxGestão de Redes de Computadores e Serviços.pptx
Gestão de Redes de Computadores e Serviços.pptx
HJesusMiguel
 

Semelhante a ResoluçãO Cgu Ti 2006 (Amostra) Gti (20)

Comutação de celulas
Comutação de celulasComutação de celulas
Comutação de celulas
 
Aula08 tecnologia atm
Aula08   tecnologia atmAula08   tecnologia atm
Aula08 tecnologia atm
 
Downloads telecom com_dados_exercicios_exercicio_parte 1 geral
Downloads telecom com_dados_exercicios_exercicio_parte 1 geralDownloads telecom com_dados_exercicios_exercicio_parte 1 geral
Downloads telecom com_dados_exercicios_exercicio_parte 1 geral
 
Lista04
Lista04Lista04
Lista04
 
Exercicio parte1
Exercicio parte1Exercicio parte1
Exercicio parte1
 
Redes I - 5.2 Tecnologias de Redes WAN
Redes I - 5.2 Tecnologias de Redes WANRedes I - 5.2 Tecnologias de Redes WAN
Redes I - 5.2 Tecnologias de Redes WAN
 
Aulas de rede
Aulas de redeAulas de rede
Aulas de rede
 
Redes de computadores II - 4.Camada de Transporte TCP e UDP
Redes de computadores II - 4.Camada de Transporte TCP e UDPRedes de computadores II - 4.Camada de Transporte TCP e UDP
Redes de computadores II - 4.Camada de Transporte TCP e UDP
 
Segurança na Interoperabilidade de Redes TCP IP
Segurança na  Interoperabilidade de Redes TCP IPSegurança na  Interoperabilidade de Redes TCP IP
Segurança na Interoperabilidade de Redes TCP IP
 
Clp automacao redes_protocolos
Clp automacao redes_protocolosClp automacao redes_protocolos
Clp automacao redes_protocolos
 
Protocolos logicos de_comunicacao
Protocolos logicos de_comunicacaoProtocolos logicos de_comunicacao
Protocolos logicos de_comunicacao
 
Redes de Computadores Capítulo 6 - Camada de Transporte
Redes de Computadores Capítulo 6 - Camada de TransporteRedes de Computadores Capítulo 6 - Camada de Transporte
Redes de Computadores Capítulo 6 - Camada de Transporte
 
Lista01
Lista01Lista01
Lista01
 
Websockets
WebsocketsWebsockets
Websockets
 
Ethernet
EthernetEthernet
Ethernet
 
Redes - Camada de Enlace de Dados
Redes - Camada de Enlace de DadosRedes - Camada de Enlace de Dados
Redes - Camada de Enlace de Dados
 
Redes aula13
Redes aula13Redes aula13
Redes aula13
 
Camadas de Transporte
Camadas de TransporteCamadas de Transporte
Camadas de Transporte
 
Redes Camadas de Transporte
Redes Camadas de TransporteRedes Camadas de Transporte
Redes Camadas de Transporte
 
Gestão de Redes de Computadores e Serviços.pptx
Gestão de Redes de Computadores e Serviços.pptxGestão de Redes de Computadores e Serviços.pptx
Gestão de Redes de Computadores e Serviços.pptx
 

Mais de Walter Cunha

Coletanea BD e BI (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea BD e  BI (ESAF) - Jaime CorreiaColetanea BD e  BI (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea BD e BI (ESAF) - Jaime Correia
Walter Cunha
 
PCF03 - 2001 Comentada
PCF03 - 2001 ComentadaPCF03 - 2001 Comentada
PCF03 - 2001 Comentada
Walter Cunha
 
Prova Da Dataprev 2006 Jaime Correia Amostra
Prova Da Dataprev 2006   Jaime Correia   AmostraProva Da Dataprev 2006   Jaime Correia   Amostra
Prova Da Dataprev 2006 Jaime Correia Amostra
Walter Cunha
 
Supercombo Serpro - Amostra
Supercombo Serpro - AmostraSupercombo Serpro - Amostra
Supercombo Serpro - Amostra
Walter Cunha
 
Coletanea PMBoK Esaf
Coletanea PMBoK Esaf  Coletanea PMBoK Esaf
Coletanea PMBoK Esaf
Walter Cunha
 
MPOG2008 - Walter Cunha
MPOG2008 - Walter CunhaMPOG2008 - Walter Cunha
MPOG2008 - Walter Cunha
Walter Cunha
 
MPOG - TI - Jaime (Amostra)
MPOG - TI - Jaime (Amostra)MPOG - TI - Jaime (Amostra)
MPOG - TI - Jaime (Amostra)
Walter Cunha
 
TRFB 2006 - TI - Jaime
TRFB 2006 - TI - JaimeTRFB 2006 - TI - Jaime
TRFB 2006 - TI - Jaime
Walter Cunha
 
TRFB - TI - Prof Walter Cunha
TRFB - TI - Prof Walter CunhaTRFB - TI - Prof Walter Cunha
TRFB - TI - Prof Walter Cunha
Walter Cunha
 
STN-TI-2005 - Walter Cunha
STN-TI-2005 - Walter CunhaSTN-TI-2005 - Walter Cunha
STN-TI-2005 - Walter Cunha
Walter Cunha
 
STN-TI-2005 - Walter Cunha
STN-TI-2005 - Walter CunhaSTN-TI-2005 - Walter Cunha
STN-TI-2005 - Walter Cunha
Walter Cunha
 
2005 0 X Stn Ti Jaime Correia (Amostra)
2005 0 X   Stn   Ti   Jaime Correia (Amostra)2005 0 X   Stn   Ti   Jaime Correia (Amostra)
2005 0 X Stn Ti Jaime Correia (Amostra)
Walter Cunha
 
AFRFB - TI - Jaime Correia
AFRFB - TI - Jaime CorreiaAFRFB - TI - Jaime Correia
AFRFB - TI - Jaime Correia
Walter Cunha
 
Prova AFRFB TI 2005 Prof Walter Cunha (Amostra)
Prova AFRFB TI 2005 Prof Walter Cunha (Amostra)Prova AFRFB TI 2005 Prof Walter Cunha (Amostra)
Prova AFRFB TI 2005 Prof Walter Cunha (Amostra)
Walter Cunha
 
Amostra Resolucao da Prova Sefaz 2007 Prof Jaime
Amostra   Resolucao da Prova Sefaz 2007   Prof JaimeAmostra   Resolucao da Prova Sefaz 2007   Prof Jaime
Amostra Resolucao da Prova Sefaz 2007 Prof Jaime
Walter Cunha
 

Mais de Walter Cunha (20)

Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha
Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha
Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha
 
Gestão Estratégica de Recursos (CGU)
Gestão Estratégica de Recursos (CGU) Gestão Estratégica de Recursos (CGU)
Gestão Estratégica de Recursos (CGU)
 
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações Públicas
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações PúblicasTécnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações Públicas
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações Públicas
 
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) - Walter Cunha
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) -  Walter CunhaSeminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) -  Walter Cunha
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) - Walter Cunha
 
Coletanea BD e BI (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea BD e  BI (ESAF) - Jaime CorreiaColetanea BD e  BI (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea BD e BI (ESAF) - Jaime Correia
 
PCF03 - 2001 Comentada
PCF03 - 2001 ComentadaPCF03 - 2001 Comentada
PCF03 - 2001 Comentada
 
Prova Da Dataprev 2006 Jaime Correia Amostra
Prova Da Dataprev 2006   Jaime Correia   AmostraProva Da Dataprev 2006   Jaime Correia   Amostra
Prova Da Dataprev 2006 Jaime Correia Amostra
 
Supercombo Serpro - Amostra
Supercombo Serpro - AmostraSupercombo Serpro - Amostra
Supercombo Serpro - Amostra
 
Coletanea PMBoK Esaf
Coletanea PMBoK Esaf  Coletanea PMBoK Esaf
Coletanea PMBoK Esaf
 
MPOG2008 - Walter Cunha
MPOG2008 - Walter CunhaMPOG2008 - Walter Cunha
MPOG2008 - Walter Cunha
 
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime Correia
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime CorreiaMPOG 2008 TI - Resolução - Jaime Correia
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime Correia
 
MPOG - TI - Jaime (Amostra)
MPOG - TI - Jaime (Amostra)MPOG - TI - Jaime (Amostra)
MPOG - TI - Jaime (Amostra)
 
TRFB 2006 - TI - Jaime
TRFB 2006 - TI - JaimeTRFB 2006 - TI - Jaime
TRFB 2006 - TI - Jaime
 
TRFB - TI - Prof Walter Cunha
TRFB - TI - Prof Walter CunhaTRFB - TI - Prof Walter Cunha
TRFB - TI - Prof Walter Cunha
 
STN-TI-2005 - Walter Cunha
STN-TI-2005 - Walter CunhaSTN-TI-2005 - Walter Cunha
STN-TI-2005 - Walter Cunha
 
STN-TI-2005 - Walter Cunha
STN-TI-2005 - Walter CunhaSTN-TI-2005 - Walter Cunha
STN-TI-2005 - Walter Cunha
 
2005 0 X Stn Ti Jaime Correia (Amostra)
2005 0 X   Stn   Ti   Jaime Correia (Amostra)2005 0 X   Stn   Ti   Jaime Correia (Amostra)
2005 0 X Stn Ti Jaime Correia (Amostra)
 
AFRFB - TI - Jaime Correia
AFRFB - TI - Jaime CorreiaAFRFB - TI - Jaime Correia
AFRFB - TI - Jaime Correia
 
Prova AFRFB TI 2005 Prof Walter Cunha (Amostra)
Prova AFRFB TI 2005 Prof Walter Cunha (Amostra)Prova AFRFB TI 2005 Prof Walter Cunha (Amostra)
Prova AFRFB TI 2005 Prof Walter Cunha (Amostra)
 
Amostra Resolucao da Prova Sefaz 2007 Prof Jaime
Amostra   Resolucao da Prova Sefaz 2007   Prof JaimeAmostra   Resolucao da Prova Sefaz 2007   Prof Jaime
Amostra Resolucao da Prova Sefaz 2007 Prof Jaime
 

Último

Último (8)

ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoConvergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 

ResoluçãO Cgu Ti 2006 (Amostra) Gti

  • 1. (ESAF_CGU-TI_2006) 42- Analise as seguintes afirmações relacionadas a protocolos, tipos e meios de transmissão, modos de operação e gerenciamento em redes de computadores I. Uma rede Frame Relay provê diversos mecanismos para definição da prioridade de um quadro, resultando,com isso, em uma previsão confiável e constante dos tempos de latência. Isso permite que o Frame Relay seja utilizado em redes com aplicações sensíveis a variações dos tempos de latência. II. O Frame Relay implementa mecanismos que notificam a ocorrência de congestionamento em uma rede,embora não se responsabilize pelo controle de fluxo. III. Quando uma rede Frame Relay está congestionada, o bit FECN (Forward Explicit Congestion Notification) é ativado. Isso possibilita que o destino saiba que a rede estava congestionada durante a transmissão do quadro. IV. Em uma rede Frame Relay congestionada, um segundo bit BECN (Backward Explicit Congestion Notification) é ativado no cabeçalho dos dados que não conseguiram, na primeira tentativa, trafegar no sentido do congestionamento. Indique a opção que contenha todas as afirmações verdadeiras. a) I e II b) II e III c) III e IV d) I e III e) II e IV
  • 2. (ESAF_CGU-TI_2006) 42- Analise as seguintes afirmações relacionadas a protocolos, tipos e meios de transmissão, modos de operação e gerenciamento em redes de computadores I. Uma rede Frame Relay provê diversos mecanismos para definição da prioridade de um quadro, resultando,com isso, em uma previsão confiável e constante dos tempos de latência. Isso permite que o Frame Relay seja utilizado em redes com aplicações sensíveis a variações dos tempos de latência. II. O Frame Relay implementa mecanismos que notificam a ocorrência de congestionamento em uma rede,embora não se responsabilize pelo controle de fluxo. III. Quando uma rede Frame Relay está congestionada, o bit FECN (Forward Explicit Congestion Notification) é ativado. Isso possibilita que o destino saiba que a rede estava congestionada durante a transmissão do quadro. IV. Em uma rede Frame Relay congestionada, um segundo bit BECN (Backward Explicit Congestion Notification) é ativado no cabeçalho dos dados que não conseguiram, na primeira tentativa, trafegar no sentido do congestionamento. Indique a opção que contenha todas as afirmações verdadeiras. a) I e II b) II e III c) III e IV d) I e III e) II e IV
  • 3. Referências: I - A rede FR não possui priorização nativa. Embora o protocolo Frame Relay tenha sido desenvolvido para ser o II - mais simples possível, e a sua premissa básica determinar que os eventuais problemas de erros da rede deveriam ser resolvidos pelos protocolos dos equipamentos de usuário, surgiram ao longo do tempo necessidades que levaram os órgão de padronização a definir mecanismos de sinalização para três tipos de situações: Aviso de congestionamento; Estado das conexões; Sinalização SVC. FECN (Foward Explicit Congestion Notification), com 1 bit, é III usado pela rede para informar um equipamento receptor de informações que procedimentos de prevenção de congestionamento devem ser iniciados; BECN (Backward Explicit Congestion Notification), com 1 bit, é IV usado pela rede para informar um equipamento transmissor de informações que procedimentos de prevenção de congestionamento devem ser iniciados; http://www.teleco.com.br/tutoriais/tutorialfr/pagina_2.asp