Os anos da ditadura 28 de maio

4.956 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.956
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
468
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
101
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os anos da ditadura 28 de maio

  1. 1. OS ANOS DA DITADURA O golpe militar de 28 de Maio de 1926 * Salazar e o Estado Novo
  2. 2. O golpe militar de 28 de Maio de 1926 Razões do descontentamento da população portuguesa que estiveram na origem do golpe militar de 28 de maio de 1926: <ul><li>Divisões profundas dos partidos políticos </li></ul><ul><li>A entrada de Portugal na Primeira Guerra Mundial </li></ul><ul><li>A instabilidade política e social (curta duração dos governos e greves frequentes) </li></ul><ul><li>Desequilíbrio das finanças do Estado </li></ul>
  3. 3. O golpe militar de 28 de Maio de 1926 Principais características: <ul><li>O chefe do movimento militar foi o General Gomes da Costa. </li></ul><ul><li>Iniciou uma marcha em Braga em direcção a Lisboa com o objectivo de derrubar o governo republicano. </li></ul><ul><li>Este movimento não teve qualquer oposição. </li></ul>
  4. 4. O golpe militar de 28 de Maio de 1926 Consequências imediatas do golpe militar : <ul><li>O governo republicano e o Presidente da República foram demitidos. </li></ul><ul><li>Os partidos políticos foram extintos </li></ul><ul><li>A Constituição de 1911 foi suspensa </li></ul><ul><li>. </li></ul><ul><li>Foi instaurada a ditadura militar </li></ul>Bernardino Machado
  5. 5. O golpe militar de 28 de Maio de 1926 A acção de Salazar como Ministro das Finanças, a partir de 1928: <ul><li>O objectivo era equilibrar as Finanças do Estado (diminuir as despesas e aumentar as receitas). </li></ul><ul><li>Controlava o governo: todos os ministros tinham de lhe prestar contas. </li></ul><ul><li>Orçamento de 1928-1929 apresentou um saldo positivo . </li></ul><ul><li>Ganha grande prestígio entre os portugueses; começa a ser chamado o “Salvador da Patria” </li></ul><ul><li>Enfraquecimento dos opositores da ditadura </li></ul>
  6. 6. Salazar e o Estado Novo A Constituição de 1933 <ul><li>O novo regime político passou a chamar-se Estado Novo. </li></ul><ul><li>Existência de um único partido político: a União Nacional. </li></ul><ul><li>Concentração de poderes no 1º ministro (Presidente do Conselho). </li></ul><ul><li>Limitação dos direitos e liberdades dos cidadãos. </li></ul><ul><li>Reforço da condição de inferioridade dos indígenas das colónias. </li></ul>
  7. 7. Salazar e o Estado Novo A política de obras públicas: <ul><li>Construção de grandes obras: pontes, barragens, hospitais, escolas, estradas, complexos desportivos, bairros sociais… </li></ul><ul><li>Financiamento das obras sem dependência do estrangeiro </li></ul><ul><li>A propaganda ao regime do Estado Novo era um dos objectivos </li></ul><ul><li>A “Exposição do Mundo Português” (1940) foi um dos acontecimentos de propaganda mais importantes. </li></ul>Hospital de S.João - Porto

×