Agrupamento de Escolas “Fernando Pessoa”
Santa Maria da Feira
Direcção Regional de Educação do Norte
HISTÓRIA E GEOGRAFIA ...
3- Observa a imagem.
3.1- Completa:
A imagem mostra-nos um monumento característico do estilo barroco Uma das suas caracte...
ruas estreitas, sinuosas e sem esgotos. Passou a ser uma cidade com amplas praças, ruas largas
e perpendiculares, ladeadas...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ficha hgp 6º_outubro_proposta_correcção

8.704 visualizações

Publicada em

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.704
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
126
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
414
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ficha hgp 6º_outubro_proposta_correcção

  1. 1. Agrupamento de Escolas “Fernando Pessoa” Santa Maria da Feira Direcção Regional de Educação do Norte HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL Ficha de Avaliação da Aprendizagem Proposta de correcção 1.2-Entre os séculos XVI e XVIII, os três produtos brasileiros indicados no rectângulo tiveram importância destacada em diferentes séculos. Preenche a grelha com o nome de cada um dos produtos brasileiros que, no século respectivo, teve maior importância. SÉCULO PRODUTO XVI PAU – BRASIL XVII AÇÚCAR XVIII OURO 1.3- O tráfico de escravos está relacionado com a exploração económica da colónia brasileira. Explica esta afirmação. A produção de açúcar e a exploração das minas de ouro e de pedras preciosas foram as principais actividades ligadas à exploração económica do Brasil nos séculos XVII e XVIII. Estas actividades exigiam grande quantidade de mão-de-obra. Para realizar os trabalhos de produção do açúcar e extracção do ouros e pedras preciosas foram utilizados trabalhadores que foram trazidos de África à força para trabalhar como escravos. 2- Observa o gráfico. 2.1- Completa: Segundo este gráfico, o ano em que chegou menos ouro a Portugal foi em 1700 Por outro lado, 1750 foi o ano em que maior quantidade de ouro do Brasil chegou a Portugal. A partir deste ano, até ao final do século XVIII a quantidade deste metal precioso chegada a Portugal foi diminuindo. 2.2- D. João V tornou-se num dos monarcas mais ricos e poderosos da Europa. Explica porquê. D. João V criou o imposto do quinto, em que a quinta parte do ouro trazido do Brasil pertencia- lhe. Foi no seu reinado que se extraiu maior quantidade de ouro no Brasil. 2.3- (Assinala com um X a resposta correcta) D. João V foi um monarca absoluto. Porquê? a) Porque convocou regularmente as Cortes. ___ b) Porque construiu grandes palácios. ___ c) Porque nunca reuniu as Cortes. X d) Porque cobrava o imposto do quinto. ___ e) Porque construiu o Convento de Mafra. ___
  2. 2. 3- Observa a imagem. 3.1- Completa: A imagem mostra-nos um monumento característico do estilo barroco Uma das suas características são as escadarias monumentais, conforme se vê nesta fotografia. Outra das suas características, era o interior das igrejas revestido em talha dourada em que a madeira era pintada com tinta feita de pó de ouro. 4-Lê o documento que se encontra na página seguinte: 4.1-A que terramoto se refere o autor do documento? (Indica o ano.) O autor refere-se ao terramoto de Lisboa de 1755. 4.2-Descreve as ruas de Lisboa antes e depois do terramoto, com expressões do documento. Ruas de Lisboa Antes do terramoto “(…) antigas ruelas (…)” Depois do terramoto “(…) pavimentação (…) era muito boa (…) agora se construíam novas ruas, largas, regulares, bem pavimentadas e ladeadas de passeios. Os novos edifícios eram altos, uniformes e sólidos.” 4.3-Por que razão se chama “Lisboa Pombalina” à área de Lisboa reconstruída depois do terramoto? Chama-se “Lisboa Pombalina” porque o principal responsável pela sua reconstrução foi o marquês de Pombal. 4.4- Das medidas tomadas pelo marquês de Pombal, assinala com X as duas que tinham a finalidade principal de fortalecer o poder do rei. Libertou os escravos que viviam em Portugal Continental. Expulsou os Jesuítas do país. X Perseguiu e condenou à morte alguns elementos da alta nobreza. X Criou o ensino primário. Ordenou a criação de muitas indústrias. 4.5- Escreve um pequeno texto, dando a tua opinião sobre a acção do marquês de Pombal como governante. Refere um aspecto que consideres positivo e outro negativo, justificando. Na minha opinião, a acção do marquês de Pombal como governante teve mais aspectos positivos do que negativos. A reconstrução de Lisboa foi uma das suas obras mais importantes. Contribuiu para a modernzação desta cidade. Antes do terramoto, era uma cidade velha e antiquada, com Bom Jesus (Braga)
  3. 3. ruas estreitas, sinuosas e sem esgotos. Passou a ser uma cidade com amplas praças, ruas largas e perpendiculares, ladeadas de passeios. Os edifícios passaram a ser mais sólidos e seguros. O aspecto mais negativo da governação do marquês de Pombal foi ter exercido o poder de uma forma autoritária, perseguindo e matando os seus opositores. BOM TRABALHO Professor Carlos Baptista

×