Curso de gestão do conhecimento parte 1/5

33 visualizações

Publicada em

No passado, o acesso à informação era mais restrito, porém o conhecimento do contexto, o entendimento do conteúdo e a visão mais aprofundada dos assuntos eram maiores. Houve tempos em que a informação era considerada moeda corrente. A pessoa bem informada obtinha vantagens competitivas e dava saltos à frente dos menos privilegiados. Não se pode afirmar que estes tempos tenham acabado por completo.

Hoje, o acesso à informação não é mais privilégio de poucos, mas continua sendo valioso. Por isso, o grande segredo é saber gerenciar dados estratégicos para poder utilizá-los da melhor forma possível.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
33
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Curso de gestão do conhecimento parte 1/5

  1. 1. GESTÃO DO CONHECIMENTO KNOWLEDGE MANAGEMENT (KM) PARTE I
  2. 2. PROGRAMA DO QUE VOCÊ IRÁ APRENDER: A. Características do Conhecimento B. O Valor do Conhecimento C. Mercado do Conhecimento D. Web 2.0 E. Learning Organizations F. Como as Organizações Adquirem e Disseminam o Conhecimento G. Conhecimento Organizacional
  3. 3. CARACTERÍSTICAS DO CONHECIMENTO
  4. 4. O conhecimento deriva da informação assim como esta, dos dados. O conhecimento não é puro nem simples, mas é uma mistura de elementos; é fluido e formalmente estruturado; é intuitivo e, portanto, difícil de ser colocado em palavras ou de ser plenamente entendido em termos lógicos. Ele existe dentro das pessoas e por isso é complexo e imprevisível. CARACTERÍSTICAS DO CONHECIMENTO
  5. 5. Segundo DAVENPORT e PRUSAK (1998, p. 6), “o conhecimento pode ser comparado a um sistema vivo, que cresce e se modifica à medida que interage com o meio ambiente”. Os valores e as crenças integram o conhecimento pois determinam, em grande parte, o que o conhecedor vê, absorve e conclui a partir das suas observações. NONAKA e TAKEUSHI(1997,p. 63) observam que “o conhecimento, diferentemente da informação, refere-se a crenças e compromisso”. CARACTERÍSTICAS DO CONHECIMENTO
  6. 6. Classificamos o Conhecimento humano em dois tipos: Explícito e Tácito CARACTERÍSTICAS DO CONHECIMENTO
  7. 7. Explícito – Pode ser articulado na linguagem formal, inclusive em afirmações gramaticais, expressões matemáticas, especificações, manuais e assim por diante. Este tipo de conhecimento pode ser então transmitido, formal e facilmente entre os indivíduos. CARACTERÍSTICAS DO CONHECIMENTO
  8. 8. Tácito – Difícil de ser articulado na linguagem formal, é um tipo de conhecimento mais importante. É um conhecimento pessoal incorporado à experiência individual e envolve fatores intangíveis como, por exemplo, crenças pessoais, perspectivas e sistemas de valores. CARACTERÍSTICAS DO CONHECIMENTO
  9. 9. Transformando o Conhecimento Tácito em Conhecimento Explícito: O Exemplo do Honda City Em 1978 a alta gerência da Honda inaugurou um novo conceito de carro com o slogan “Let´s gamble” [ vamos apostar ]. Deram apenas duas instruções para a equipe. Em primeiro lugar, criar um conceito de produto fundamentalmente diferente; em segundo lugar, fazer um carro barato, mas não de qualidade inferior. CARACTERÍSTICAS DO CONHECIMENTO
  10. 10. Essa missão poderia ter soado vaga, mas, na verdade, forneceu à equipe um senso de direção extremamente claro: o novo produto deveria ser realmente inovador. Com isso os engenheiros criaram o conceito de “Tall Boy”, contrariando o design convencional da época, que enfatizava sedãs compridos e lentos. O novo conceito de máximo para o homem e mínimo para a máquina levou a uma nova geração de carros “compactos”, hoje predominantes no Japão. CARACTERÍSTICAS DO CONHECIMENTO
  11. 11. O VALOR DO CONHECIMENTO
  12. 12. "QUAL É O VALOR DO CONHECIMENTO? A informação está em todo lugar. Se hoje em dia a informação é de graça, Qual é o valor do conhecimento?“ ( Jornal Estado de São Paulo - Anúncio de página inteira ) O VALOR DO CONHECIMENTO
  13. 13. “A saída, como insinua o Estadão, é você pagar pelo conhecimento. E, provavelmente, terá de pagar caro. Terá de criar no jornal um conhecimento que ninguém mais tem, como fiz por 25 anos na Revista Exame, criando análises exclusivas sobre a economia brasileira, sob o ângulo do administrador. Tais análises eram aguardadas todo ano: sucesso de banca por 25 anos”. ( Stephen Kanitz – www.blog.kanitz.com.br ) O VALOR DO CONHECIMENTO
  14. 14. Conhecimento Aproveitado A 3M é pioneira em estimular seus colaboradores no sentido de trabalharem em projetos próprios. Essa estratégia tem origens em 1.923, quando seu assistente de laboratório Richard Drew, envolvido em um projeto de desenvolvimento de lixas da companhia, teve liberdade para usar parte do seu tempo na criação da fita crepe. ( www.3m.com/intl/br ) O VALOR DO CONHECIMENTO
  15. 15. Conhecimento Desperdiçado Se tenho algum conhecimento e não compartilho ou utilizo na corporação, o mesmo não tem valor algum. O VALOR DO CONHECIMENTO

×