Sergipe
Patrimônio Cultural Profª Camila Dazzi <ul><li>CEFET/RJ – UnED Nova Friburgo  </li></ul><ul><li>Grupo: </li></ul><ul><li>A...
Uma análise sobre a abordagem do TURISMO E CULTURA POPULAR: Danças e folguedos de Laranjeiras como atrativos diferenciais ...
Sugestão de novo título TURISMO E CULTURA POPULAR: Tradição dos grupos de danças e folguedos de Laranjeiras-SE: desafios e...
<ul><li>Objetivos específicos: </li></ul><ul><li>Identificar e analisar as principais características (físicas e identitár...
Análise do SUMÁRIO RESUMO/ABSTRACT INTRODUÇÃO LARANJEIRAS – FORMAÇÃO HISTÓRICA E SOCIOCULTURAL 1.1 – Aspectos geográficos ...
O PATRIMÔNIO CULTURAL, MATÉRIA-PRIMA PARA A FORMATAÇÃO DE PRODUTOS TURÍSTICOS: UMA BUSCA INTERPRETATIVA 2.1 – O Turismo, f...
BASES CONCEITUAIS DO ESTUDO 3.1 – Cultura e cultura popular 3.2 – Cultura popular e folclore 3.3 Identidade cultura, memór...
ASPECTOS METODOLÓGICOS 4.1 – Estudos preocupados em apreender as manifestações culturais 4.2 – Perspectiva metodológica de...
“ Eu me sinto gratificada porque é uma cultura que representa não só a ideologia dos negros aqui na cidade de Laranjeiras,...
RESULTADOS E DISCUSSÃO 5.1 – Imagem dos grupos de danças e folguedos a partir do discurso dos seus líderes 5.2 – Imagem do...
Escolha do principal capítulo RESULTADOS E DISCUSSÃO 5.1 – Imagem dos grupos de danças e folguedos a partir do discurso do...
<ul><li>Justificativa </li></ul><ul><li>A escolha do quinto capítulo demonstra os resultados e sua discussão através dos d...
<ul><li>Justificativa </li></ul><ul><li>Aborda a dinâmica do espaço em que está inserido o tema investigado pela autora </...
Turismo Cultural “ compreende as atividades turísticas relacionadas à vivência do conjunto de elementos significativos do ...
Patrimônio cultural imaterial “ as representações, expressões, conhecimentos e técnicas e também os instrumentos, objetos,...
Patrimônio cultural imaterial “ as representações, expressões, conhecimentos e técnicas e também os instrumentos, objetos,...
Identidade Cultural “ se constrói, se desconstrói e se reconstrói segundo as situações e é reformulada a cada mudança soci...
<ul><li>RESULTADOS E DISCUSSÃO </li></ul><ul><li>Abordagem a partir de tr ê s popula ções : </li></ul><ul><ul><ul><li>L í ...
<ul><li>Imagem dos grupos de danças e folguedos a partir do discurso dos seus líderes </li></ul><ul><ul><li>Relação com a ...
<ul><ul><li>Os líderes comandam e cuidam do grupo e recebem o chamado para as apresentações </li></ul></ul><ul><ul><li>A p...
<ul><ul><li>Falta de valor pelos locais </li></ul></ul><ul><ul><li>“ Muitos deles não sabem dar o devido valor[...], muita...
<ul><ul><li>o futuro dos grupos </li></ul></ul><ul><ul><li>“ Eu tenho esperança que um dia melhore, que a autoridade enxer...
<ul><li>Imagem dos grupos de danças e folguedos a partir do discursos </li></ul><ul><li>do secretário de Cultura e Turismo...
<ul><ul><li>Ajuda financeira da prefeitura é fundamental para a manutenção  dos grupos,  em contrapartida, há a exigência ...
Imagem do turismo em Laranjeiras a partir da percepção dos turistas Perfil do Turista 01 pousada com 30 UHs 01 resort  que...
<ul><li>Imagem do turismo em Laranjeiras </li></ul><ul><li>Percepção dos turistas </li></ul><ul><ul><li>Apesar de 1/3 dos ...
<ul><li>Análise e discussão dos resultados   </li></ul><ul><li>Conflitos </li></ul><ul><ul><li>a procissão ao dia de Reis ...
<ul><li>Os grupos necessitam de maior apoio e de um espaco para se apresentarem mais vezes </li></ul><ul><li>Maior valoriz...
<ul><li>Conclusao e Consideracoes finais </li></ul><ul><ul><li>Laranjeiras e importante destino turistico – Patrimonio Cul...
<ul><li>Conclusao e Consideracoes finais </li></ul><ul><ul><li>Necessidade de </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>infra-estrutu...
Análise do Anexo ANEXO A Danças e Folguedos Encontrados no Município de Laranjeiras CACUMBI Apresentação do Cacumbi Adulto...
Análise do Anexo ANEXO A Danças e Folguedos Encontrados no Município de Laranjeiras REISADO Brincante de Reisado em exibiç...
Análise do Anexo ANEXO A Danças e Folguedos Encontrados no Município de Laranjeiras TAIEIRAS Integrante da Taieira
Análise do Anexo ANEXO A Danças e Folguedos Encontrados no Município de Laranjeiras LAMBE-SUJO E CABOCLINHO Fonte: www.lar...
Análise do Anexo ANEXO A Danças e Folguedos Encontrados no Município de Laranjeiras CHEGANÇA Fonte:  Daianny Karla dos San...
Análise do Anexo ANEXO A Danças e Folguedos Encontrados no Município de Laranjeiras SÃO GONÇALO Fonte: Márcio Garcez Vieir...
Análise do Anexo ANEXO A Danças e Folguedos Encontrados no Município de Laranjeiras SAMBA DE COCO Fonte: Daianny Karla dos...
Análise do Anexo ANEXO A Danças e Folguedos Encontrados no Município de Laranjeiras SAMBA DE PAREIA Fonte:  www.viajesergi...
Análise do Anexo ANEXO B GUIA DE ENTREVISTA – SECRETÁRIO DE CULTURA E TURISMO DE LARANJEIRAS (Eraldo dos Santos Silva) Blo...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Uma análise sobre abordagem do turismo e cultura popular - SE a partir do artigo de Gabriela N. dos Santos

1.755 visualizações

Publicada em

Produção da apresentação de trabalho em grupo solicitado pela Prof. Camila C. Dazzi para a disciplina de Patrimônio Cultural - 4º período/2010, Cefet/RJ - UnED Nova Friburgo.

Publicada em: Educação, Tecnologia, Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.755
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Uma análise sobre abordagem do turismo e cultura popular - SE a partir do artigo de Gabriela N. dos Santos

  1. 1. Sergipe
  2. 2. Patrimônio Cultural Profª Camila Dazzi <ul><li>CEFET/RJ – UnED Nova Friburgo </li></ul><ul><li>Grupo: </li></ul><ul><li>Adriana Rocha </li></ul><ul><li>Janaina Firmino </li></ul><ul><li>Renata Boy </li></ul>
  3. 3. Uma análise sobre a abordagem do TURISMO E CULTURA POPULAR: Danças e folguedos de Laranjeiras como atrativos diferenciais do turismo em Sergipe a partir da visão de GABRIELA NICOLAU DOS SANTOS Pesquisadora e estudante do Programa de Mestrado em Cultura e Turismo pela Universidade Estadual de Santa Cruz Ilhéus-BA 2006
  4. 4. Sugestão de novo título TURISMO E CULTURA POPULAR: Tradição dos grupos de danças e folguedos de Laranjeiras-SE: desafios e oportunidades para o turismo e a comunidade local a partir da visão do grupo do 4º Período de Gestão em Turismo do Cefet
  5. 5. <ul><li>Objetivos específicos: </li></ul><ul><li>Identificar e analisar as principais características (físicas e identitárias) dos grupos de danças e folguedos existentes no município de Laranjeiras, procurando saber como os líderes dos grupos pensam, interpretam e explicam essas manifestações culturais. </li></ul><ul><li>Analisar o conteúdo dessas representações e o contexto sociocultural em que estão inseridas a fim de encontrar pistas que favoreçam sua utilização para o desenvolvimento e melhoria do turismo cultural. </li></ul><ul><li>Buscar, através da percepção dos visitantes sobre o turismo local, pistas para elaboração de estratégias de ação, visando, por meio da interpretação patrimonial, a melhoria do turismo cultural local. </li></ul>
  6. 6. Análise do SUMÁRIO RESUMO/ABSTRACT INTRODUÇÃO LARANJEIRAS – FORMAÇÃO HISTÓRICA E SOCIOCULTURAL 1.1 – Aspectos geográficos e histórico da cidade de Laranjeiras-SE 1.2 – Aspectos socioculturais 1.3 – O dia 06 de janeiro, dia de Reis 1.4 – O começo da crise e a decadência de Laranjeiras ...apresenta um levantamento histórico da cidade, desde sua ocupação até os dias atuais...
  7. 7. O PATRIMÔNIO CULTURAL, MATÉRIA-PRIMA PARA A FORMATAÇÃO DE PRODUTOS TURÍSTICOS: UMA BUSCA INTERPRETATIVA 2.1 – O Turismo, fator de desenvolvimento e mudanças sociais 2.2 – Um panorama do turismo nos dias de hoje 2.3 – O Turismo Cultural 2.4 – Análise das políticas públicas para salvaguarda do patrimônio cultural imaterial brasileiro 2.5 – Interpretação patrimonial e qualidade no turismo “ O NOSSO FOLCLORE É VASTO ENVOLVE A POPULAÇÃO SÃO GONÇALO, PARAFUSO QUE LINDA APRESENTAÇÃO TEM O SAMBA DE PAREIA SUCESSO NA REGIÃO...” ...analisa o desenvolvimento da atividade turística buscando enfatizar as possibilidades que o Turismo Cultural, associado à Educação ou Interpretação Patrimonial, traz para a manutenção e autonomia das danças e dos folguedos folclóricos locais...
  8. 8. BASES CONCEITUAIS DO ESTUDO 3.1 – Cultura e cultura popular 3.2 – Cultura popular e folclore 3.3 Identidade cultura, memória e patrimônio ... apresenta o quadro teórico conceitual deste estudo com seus conceitos centrais: cultura, cultura popular e folclore, memória e identidade cultural... ” A CULTURA EM LARANJEIRAS HOJE VIVE SUA GLÓRIA TEM IGREJAS, MONUMENTOS QUE COMPÕEM SUA HISTÓRIA TEM OS PADRES JESUÍTAS QUE VIVEM HOJE EM MEMÓRIA “
  9. 9. ASPECTOS METODOLÓGICOS 4.1 – Estudos preocupados em apreender as manifestações culturais 4.2 – Perspectiva metodológica deste estudo 4.2.1 – Caracterização do local do estudo 4.2.2 – Constituição e característica da amostra 4.2.3 – Os instrumentos de coleta de dados 4.3 – Etapas da pesquisa ... expõe os aspectos metodológicos, enfocando os objetivos e a sua operacionalização, o modelo de estudo, a delimitação do campo de estudo, a seleção dos sujeitos, a descrição da amostra, os instrumentos de coleta de dados, a análise e a interpretação dos dados...
  10. 10. “ Eu me sinto gratificada porque é uma cultura que representa não só a ideologia dos negros aqui na cidade de Laranjeiras, que é uma cidade considerada quilombo, mas porque eu já convivo com isto desde que eu era muito pequena e eu acho muito bonito, não só nos cânticos, nas danças, nas roupas, em tudo “ . Formulário de demanda turística . Guia de entrevista - brincantes . Elementos de caracterização e definição das danças . Julgamento e valor sobre os grupos de danças e folguedos . Consciência dos brincantes face aos problemas enfrentados pelo grupo de dança/folguedo . Formulário de consentimento de participação
  11. 11. RESULTADOS E DISCUSSÃO 5.1 – Imagem dos grupos de danças e folguedos a partir do discurso dos seus líderes 5.2 – Imagem dos grupos de danças e folguedos a partir do discursos do secretário de Cultura e Turismo 5.3 – Imagem do turismo em Laranjeiras a partir dos turistas 5.4 – Análise e discussão dos resultados CONCLUSÕES E SUGESTÔES REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ANEXOS ... trata essencialmente da análise e interpretação do corpus da pesquisa, através dos dados recolhidos pelos instrumentos de investigação, tais como a entrevista semi-dirigida e questionários ilustrados pelas fotografias...
  12. 12. Escolha do principal capítulo RESULTADOS E DISCUSSÃO 5.1 – Imagem dos grupos de danças e folguedos a partir do discurso dos seus líderes 5.2 – Imagem dos grupos de danças e folguedos a partir do discursos do secretário de Cultura e Turismo 5.3 – Imagem do turismo em Laranjeiras a partir dos turistas 5.4 – Análise e discussão dos resultados
  13. 13. <ul><li>Justificativa </li></ul><ul><li>A escolha do quinto capítulo demonstra os resultados e sua discussão através dos dados recolhidos pelos instrumentos de investigação que foram aplicadas no Encontro Cultural em 2005. </li></ul><ul><li>O Encontro Cultural de Laranjeiras abrange diversas culturas. Atualmente, as apresentações das manifestações de danças e folguedos está vinculada ao Encontro, mas não somente à ele. </li></ul>
  14. 14. <ul><li>Justificativa </li></ul><ul><li>Aborda a dinâmica do espaço em que está inserido o tema investigado pela autora </li></ul><ul><li>Traz informações estatísticas levantadas pela autora sobre os envolvidos na cultura e turismo de Laranjeiras </li></ul><ul><li>Aborda os conflitos e o novo contexto dos grupos de dancas e folguedos de Laranjeiras </li></ul>
  15. 15. Turismo Cultural “ compreende as atividades turísticas relacionadas à vivência do conjunto de elementos significativos do patrimônio histórico e cultural e dos eventos culturais, valorizando e promovendo os bens materiais e imateriais da cultura.” Embratur Conceitos Turismo “ enquanto [um] fenômeno social cujas características apontam numa direção que privilegia a abordagem cultural, especialmente a cultural popular –, ao lançar mão de tais ferramentas, incorpora ações ligadas à educação e à interpretação patrimonial e passa a ser uma atividade eficiente e poderosa de lazer-educação.” Autora
  16. 16. Patrimônio cultural imaterial “ as representações, expressões, conhecimentos e técnicas e também os instrumentos, objetos, artefatos e lugares que lhes são associados. Além destes, as comunidades, os grupos e, em alguns casos, os indivíduos que se reconhecem como parte integrante de seu patrimônio cultural. “ Unesco Cultura “ caráter de aprendizado em oposição à idéia de aquisição inata e à necessidade de análise da história específica de cada cultura ou nação.” Edward Tylor
  17. 17. Patrimônio cultural imaterial “ as representações, expressões, conhecimentos e técnicas e também os instrumentos, objetos, artefatos e lugares que lhes são associados. Além destes, as comunidades, os grupos e, em alguns casos, os indivíduos que se reconhecem como parte integrante de seu patrimônio cultural. “ Unesco Cultura popular ou Folclore “ parte de um processo histórico e social que lhes dá sentido no presente, que as transforma e faz com que ganhem novos significados.” Autora
  18. 18. Identidade Cultural “ se constrói, se desconstrói e se reconstrói segundo as situações e é reformulada a cada mudança social. “ Autora
  19. 19. <ul><li>RESULTADOS E DISCUSSÃO </li></ul><ul><li>Abordagem a partir de tr ê s popula ções : </li></ul><ul><ul><ul><li>L í deres dos grupos – 17 entrevistados </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Secretaria de Cultura e Turismo de Laranjeiras – Secret á rio </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Turista – 83 entrevistados durante o Encontro Cultural </li></ul></ul></ul>
  20. 20. <ul><li>Imagem dos grupos de danças e folguedos a partir do discurso dos seus líderes </li></ul><ul><ul><li>Relação com a religiosidade, educação, festa, beleza e prazer em saber e participar destas manifestações </li></ul></ul><ul><ul><li>“ Nós brinca em homenagem ao Glorioso São Benedito” (L5) </li></ul></ul><ul><ul><li>“ É um lugar de festa, diversão.” (L4) </li></ul></ul><ul><ul><li>“ O grupo hoje é um lugar onde nós instruímos essas crianças.”(L6) </li></ul></ul>
  21. 21. <ul><ul><li>Os líderes comandam e cuidam do grupo e recebem o chamado para as apresentações </li></ul></ul><ul><ul><li>A participação dos líderes vinculada à tradição e aos conhecimentos repassados </li></ul></ul><ul><ul><li>“ Tenho muito orgulho de participar de uma coisa que é nossa, criada por nós, que vive no dia-a-dia, é um lazer pra gente”(L3) </li></ul></ul><ul><ul><li>A dependência dos grupos da prefeitura </li></ul></ul><ul><ul><li>“ Os grupos folclóricos daqui da cidade pertencem todos à prefeitura”(L5) </li></ul></ul>
  22. 22. <ul><ul><li>Falta de valor pelos locais </li></ul></ul><ul><ul><li>“ Muitos deles não sabem dar o devido valor[...], muitas pessoas de fora dão mais valor aos grupos do que as pessoas daqui.” (L16) </li></ul></ul><ul><ul><li>O pertencimento, forte identidade e a possibilidade de abandono do grupo </li></ul></ul><ul><ul><li>“ ...depois de meus avós, de meu pai, eu não posso deixar essa raiz cair...”( L11) </li></ul></ul><ul><ul><li>“ Me sentiria deprimida...”(L3) </li></ul></ul><ul><ul><li>...quem é devoto de São Benedito[...] não pode deixar...” (L5) </li></ul></ul>
  23. 23. <ul><ul><li>o futuro dos grupos </li></ul></ul><ul><ul><li>“ Eu tenho esperança que um dia melhore, que a autoridade enxergue, olhe pra gente, a gente tá muito desprezado.” (L5) </li></ul></ul><ul><ul><li>“ No futuro[...] queria que tivesse uma pessoa pra patrocinar, pra gente viver melhor, pra gente sair mais, ganhar mais dinheiro, comprar mais roupas bonitas.” (L10) </li></ul></ul><ul><ul><li>Problemas como deficiência no serviços da prefeitura, transporte, materiais, manutenção dos grupos </li></ul></ul><ul><li>“ Os grupos daqui sofrem muito, alguns estão morrendo, </li></ul><ul><li>por falta de condições que não têm. </li></ul><ul><li>A maioria das pessoas que vem de fora procurar os grupos </li></ul><ul><li>vem assim pra usar.” (L3) </li></ul>
  24. 24. <ul><li>Imagem dos grupos de danças e folguedos a partir do discursos </li></ul><ul><li>do secretário de Cultura e Turismo </li></ul><ul><ul><li>A prefeitura considera o folclore como de grande importância </li></ul></ul><ul><ul><li>A transformação da procissão de reis num evento científico e de lazer </li></ul></ul><ul><ul><li>os grupos como base do turismo na cidade </li></ul></ul><ul><ul><li>Infra-estrutura como principal problema turístico </li></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Registro dos grupos pelo IPHAN – patrimônio nacional relevante </li></ul></ul></ul></ul></ul>
  25. 25. <ul><ul><li>Ajuda financeira da prefeitura é fundamental para a manutenção dos grupos, em contrapartida, há a exigência de que atendam aos chamados feitos por ela </li></ul></ul><ul><li>“ ...Com o tempo foi-se podendo apoiar [...] de um tempo pra cá..., eu acredito que depois que Encontro Cultural surgiu começaram a aparecer vários interesses.” </li></ul><ul><li>“ ...é como se eles [brincantes] pensassem ‘se nós somoas as estgralas da festa, se para existir essa festa a prefeitura precisa de nós, nós também vamos lá busca um pouco de ajuda.” </li></ul><ul><li>Secretário </li></ul>
  26. 26. Imagem do turismo em Laranjeiras a partir da percepção dos turistas Perfil do Turista 01 pousada com 30 UHs 01 resort que n ão informou capacidade
  27. 27. <ul><li>Imagem do turismo em Laranjeiras </li></ul><ul><li>Percepção dos turistas </li></ul><ul><ul><li>Apesar de 1/3 dos entrevistados avaliarem excelente a experi ê ncia </li></ul></ul><ul><ul><li>72% consideram necess á rios investimentos para tornar a cidade mais atrante </li></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Shows da programa ção norturna n ão agrada </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Com é rcio, igrejas e museus fechados </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Condi ções prec á rias do patrim ô nio material </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Mais investimento em patrim ô nio imaterial </li></ul></ul></ul></ul></ul>
  28. 28. <ul><li>Análise e discussão dos resultados </li></ul><ul><li>Conflitos </li></ul><ul><ul><li>a procissão ao dia de Reis – mesmo período do Encontro Cultural – 1975 </li></ul></ul><ul><ul><li>manutenção por parte da Prefeitura – atendimento à diversos convites </li></ul></ul><ul><ul><li>nova plástica na apresentação </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Reisado - retirada do boi no folguedo </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Guerreiro – retirada do combate do índio com o rei </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>“ a gente leva as espadas por levar” </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Novo contexto </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Importância para manutenção das danças e folguedos </li></ul></ul></ul></ul></ul>
  29. 29. <ul><li>Os grupos necessitam de maior apoio e de um espaco para se apresentarem mais vezes </li></ul><ul><li>Maior valorizacao dos grupos </li></ul><ul><li>Como solucao a Prefeitura vinculou os grupos a Petrobras </li></ul><ul><ul><li>Registrar os grupos junto ao IPHAN – preservar e valorizar </li></ul></ul><ul><li>A necessidade de envolvimento da comunidade – Turismo Cultural </li></ul><ul><li>Proporcionar o pertencimento junto ao patrimonio – auto-estima e educacao </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>Qualificacao da oferta turistica </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Investir no turismo de vivencia, experiencia </li></ul></ul></ul></ul></ul>
  30. 30. <ul><li>Conclusao e Consideracoes finais </li></ul><ul><ul><li>Laranjeiras e importante destino turistico – Patrimonio Cultural Nacional </li></ul></ul><ul><ul><li>Identidade Cultural – recursos diferenciais – produtos turisticos </li></ul></ul><ul><ul><li>Intervencao do Estado – criacao do Encontro Cultural – nao resulta em siginificativa melhora de vida dos brincantes </li></ul></ul><ul><ul><li>As queixas dos brincantes com relacao aos visitantes </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Levam conhecimento sem deixar algo em troca – propriedade intelectual </li></ul></ul></ul>
  31. 31. <ul><li>Conclusao e Consideracoes finais </li></ul><ul><ul><li>Necessidade de </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>infra-estrutura basica e principalmente, turistica </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>educacao patrimonial – criacao de oficinas </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Ausencia de produtos turisticos como CDs, camisetas, livros… </li></ul></ul><ul><ul><li>Exitencia de verba para a criacao de um centro de apoio ao turista </li></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Sugere a experiencia do </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Centro de Cultura Popular Domigos V. Filho-MA </li></ul></ul></ul></ul>
  32. 32. Análise do Anexo ANEXO A Danças e Folguedos Encontrados no Município de Laranjeiras CACUMBI Apresentação do Cacumbi Adulto no Encontro Cultural de Laranjeiras, 2005 FONTE: Autora
  33. 33. Análise do Anexo ANEXO A Danças e Folguedos Encontrados no Município de Laranjeiras REISADO Brincante de Reisado em exibição FONTE: Autora FONTE: Daianny Karla dos Santos
  34. 34. Análise do Anexo ANEXO A Danças e Folguedos Encontrados no Município de Laranjeiras TAIEIRAS Integrante da Taieira
  35. 35. Análise do Anexo ANEXO A Danças e Folguedos Encontrados no Município de Laranjeiras LAMBE-SUJO E CABOCLINHO Fonte: www.laranjeiras.se.gov.br Lambe-sujo Caboblinho
  36. 36. Análise do Anexo ANEXO A Danças e Folguedos Encontrados no Município de Laranjeiras CHEGANÇA Fonte: Daianny Karla dos Santos Chegança Almirante Tamandaré
  37. 37. Análise do Anexo ANEXO A Danças e Folguedos Encontrados no Município de Laranjeiras SÃO GONÇALO Fonte: Márcio Garcez Vieira São Gonçalo em procissão
  38. 38. Análise do Anexo ANEXO A Danças e Folguedos Encontrados no Município de Laranjeiras SAMBA DE COCO Fonte: Daianny Karla dos Santos Samba de Coco
  39. 39. Análise do Anexo ANEXO A Danças e Folguedos Encontrados no Município de Laranjeiras SAMBA DE PAREIA Fonte: www.viajesergipe.com.br Samba de Pareia da Mussuca Tocador de Samba Fonte: Marcio Garcez Vieira
  40. 40. Análise do Anexo ANEXO B GUIA DE ENTREVISTA – SECRETÁRIO DE CULTURA E TURISMO DE LARANJEIRAS (Eraldo dos Santos Silva) Bloco 1: A Relação entre a Prefeitura e os Grupos de Dança e Folguedo Bloco 2: A Percepção dos Grupos de Dança e Folguedo e do Encontro Cultural por parte da Prefeitura Bloco 3: Análise do Turismo em Laranjeiras

×