Palestra - Felicidade - George Bueno

650 visualizações

Publicada em

Palestra - Felicidade - George Bueno

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
650
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Caridade? Amor ao próximo? ...
  • Caridade? Amor ao próximo? ...
  • Uma experiência: deitar numa maca e ganhar diferentes valores de dinheiro. Sem diferenças!
  • Miss texas – Scanner na área da satisfação e da felicidade? Sem resultado significativo. Pelo contrário, a máquina mostrou atividade na área do sofrimento. Medo de engordar, envelhecer! Quanto mais belas, mais sofriam!
  • O mesmo teste foi feito com alguém que foi promovido em seu emprego!
  • É o que movimenta o ser humano!
  • Escalar montanhas, corridas de automóveis, etc. Causa um intenso brilho na área da satisfação.
  • Como assim? Uma cirurgia de vesícula terrível! 5 horas de cirurgia! Todo mundo tem um sofrimento pior... A gente junta os amigos para contar! Quantos se curam da doença e depois entram em depressão...
  • Quando você sente culpa e acha que merece um castigo, você sente satisfação em sofrer. Mas pare ele funcionar, o nosso corpo bloqueia o nosso lobo frontal, responsável pela nossa lógica, razão. Quem sente isso não está raciocinando.
  • Caridade? Amor ao próximo? ...
  • Santo Agostinho. Para analisar algo é preciso raciocinar, decompor, dimensionar, etc.
  • Você está sentindo satisfação em sofrer.
  • Anomalias físicas, por exemplo.
  • Caridade? Amor ao próximo? ...
  • Caridade? Amor ao próximo? ...
  • Palestra - Felicidade - George Bueno

    1. 1. e outras histórias...
    2. 2. O que é felicidade para você?
    3. 3. O que é felicidade para você?
    4. 4. Dinheiro
    5. 5. Beleza
    6. 6. Poder
    7. 7. “Dinheiro, beleza e poder, neurologicamente, causaram mais sofrimento do que felicidade!”
    8. 8. Os cientistas descobriram qual é o ato que mais acende a área da satisfação no cérebro: Aprender!
    9. 9. A segunda maior fonte que mais acende a área da satisfação no cérebro: Superar!
    10. 10. O que mais causa satisfação ao homem depois de aprender e superar? Sofrer!
    11. 11. Circuito culpa- recompensa!
    12. 12. E o Livro dos
    13. 13. Auto- conhecimento
    14. 14. Se você faz algo que lhe faz sofrer ou que não o leva para onde quer chegar...? Porque ainda continua fazendo? Você está no circuito culpa- recompensa!
    15. 15. “A razão é dificilmente aplicada na vida pessoal. Por isso, raciocine, pense avalie, compreenda o seu comportamento.”
    16. 16. “Para algumas pessoas não há vitória, somente várias maneiras de perder.” (Harry Gilman)
    17. 17. Você seria mais feliz se ganhasse mais dinheiro? Se perdesse vários quilos? E se fosse reconhecido por suas qualidades?
    18. 18. “Pesquisas recentes mostram que ser feliz não tem nada a ver com ser admirado, ganhar na loteria ou ser promovido no emprego.” (REVISTA MENTE E CÉREBRO)
    19. 19. O que nos faz feliz realmente? Dinheiro? Boa educação? Juventude? Assistir TV? Beleza? Saúde?
    20. 20. “Nenhum destes fatores mostra qualquer significância relacionada ao estado de felicidade e bem estar subjetivo.” “Mais não é melhor!” “Mais é menos.” “O ótimo é inimigo do bom.” (REVISTA MENTE E CÉREBRO)
    21. 21. ...
    22. 22. A felicidade é deste mundo?
    23. 23. “A felicidade não é deste mundo.” (ESE – CAP V)
    24. 24. (LE – P. 920) O homem pode gozar na Terra de uma felicidade completa? “Depende do homem amenizar seus males na Terra e ser tão feliz quanto lhe seja possível.”
    25. 25. (ESE – CAP V) “Pode-se afirmar que a felicidade é uma utopia... O homem absolutamente feliz jamais foi encontrado neste mundo.”
    26. 26. “Os espíritos não podem aspirar à completa felicidade enquanto não tenham se tornado puros.” (ESE – CAP V)
    27. 27. Por que há causas para infelicidade que parecem não ser desta vida?
    28. 28. “De duas espécies são as vicissitudes da vida, umas tem causa nesta vida... Outras, fora desta vida.” (ESE – CAP V)
    29. 29. “Se todo efeito tem uma causa, se esta não encontra-se na vida atual, há de ser anterior a esta vida, uma existência precedente.” (ESE – CAP V)
    30. 30. “No entanto, nem todo sofrimento vem de uma falta, pode também ser apenas uma prova que o espírito buscou para auxiliá-lo no progresso.” (ESE – CAP V)
    31. 31. Por que alguns sofrem mais do que os outros?
    32. 32. “Desde que se admita a existência de Deus, devemos entende-lo como perfeito. Assim, não poderia agir caprichosamente ou imparcialmente. Já que é justo, justa há de ser a causa de sua ação.” (ESE – CAP V)
    33. 33. “Bem aventurados os aflitos, pois que serão consolados.” J.C. (ESE – CAP V)
    34. 34. “Bem aventurados os que tem ocasião de provar sua fé, sua firmeza, sua perseverança, sua submissão à vontade de Deus, porque terão centuplicada a alegria que lhes falta da Terra.” (ESE – CAP V)
    35. 35. Até que ponto o "consumismo" da sociedade interfere na felicidade?
    36. 36. “Poderia o homem gozar de relativa felicidade se não a buscasse nos gozos materiais.” (ESE – CAP V)
    37. 37. “Que de tormentos se poupa aquele que sabe contentar-se com o que tem, que nota sem inveja o que não possui, que não procura parecer mais do que é.” (ESE – CAP V)
    38. 38. “A alegria que temos ao comprar uma roupa ou celular de última geração se esvai e ficamos com um buraco na carteira e uma sensação de vazio que precisa ser preenchida com outra compra...” (REVISTA MENTE E CÉREBRO)
    39. 39. O que é felicidade segundo o
    40. 40. “Para a vida material, é a posse do necessário... ...Para a vida moral, é a consciência tranquila e a fé no futuro.” (LE – P. 922)
    41. 41. “(...) A paz no coração... A única felicidade real deste mundo.” (ESE – CAP V)
    42. 42. Então, o que traz felicidade afinal?
    43. 43. Em diversos estudos, dois fatores proporcionaram a felicidade duradoura: 1. Fortes laços afetivos com amigos e familiares 2. Sensação de significado na vida. (REVISTA MENTE E CÉREBRO)
    44. 44. Gratidão
    45. 45. Gratidão – Amélia Rodrigues (Divaldo P. Franco) Muito obrigado Senhor! Muito obrigado pelo que me deste. Muito obrigado pelo que me dás. Obrigado pelo pão, pela vida, pelo ar, pela paz. Muito obrigado pela beleza que os meus olhos vem no altar da natureza. Olhos que fitam o céu, a terra e o mar Que acompanham a ave ligeira que corre fagueira pelo céu de anil E se detém na terra verde, salpicada de flores em tonalidades mil.
    46. 46. Gratidão – Amélia Rodrigues (Divaldo P. Franco) Muito obrigado Senhor! Porque eu posso ver meu amor. Mas diante da minha visão Eu detecto cegos guiando na escuridão que tropeçam na multidão que choram na solidão. Por eles eu oro e a ti imploro comiseração porque eu sei que depois desta lida, na outra vida, eles também enxergarão!
    47. 47. Muito obrigado Senhor! Pelos ouvidos meus que me foram dados por Deus. Ouvidos que ouvem o tamborilar da chuva no telheiro A melodia do vento nos ramos do olmeiro As lágrimas que vertem os olhos do mundo inteiro! Ouvidos que ouvem a música do povo que desce do morro na praça a cantar. A melodia dos imortais, que se houve uma vez e ninguém a esquece nunca mais! A voz melodiosa, canora, melancólica do boiadeiro. E a dor que geme e que chora no coração do mundo inteiro! Pela minha alegria de ouvir, pelos surdos, eu te quero pedir Porque eu sei Que depois desta dor, no teu reino de amor, voltarão a sentir!
    48. 48. Gratidão – Amélia Rodrigues (Divaldo P. Franco) Obrigado pela minha voz Mas também pela sua voz Pela voz que canta Que ama, que ensina, que alfabetiza, Que trauteia uma canção E que o Teu nome profere com sentida emoção! Diante da minha melodia Eu quero rogar pelos que sofrem de afazia. Eles não cantam de noite, eles não falam de dia. Oro por eles Porque eu sei, que depois desta prova, na vida nova Eles cantarão!
    49. 49. Obrigado Senhor! Pelas minhas mãos Mas também pelas mãos que aram Que semeiam, que agasalham. Mãos de ternura que libertam da amargura Mãos que apertam mãos De caridade, de solidariedade Mãos dos adeuses Que ficam feridas Que enxugam lágrimas e dores sofridas! Pelas mãos de sinfonias, de poesias, de cirurgias, de psicografias! Pelas mãos que atendem a velhice A dor, O desamor! Pelas mãos que no seio embalam o corpo de um filho alheio sem receio! E pelos pés que me levam a andar, sem reclamar!
    50. 50. Gratidão – Amélia Rodrigues (Divaldo P. Franco) Obrigado Senhor! Porque me posso movimentar. Diante do meu corpo perfeito Eu te quero rogar Porque eu vejo na Terra Aleijados, amputados, decepados, paralisados, que se não podem movimentar. Eu oro por eles Porque eu sei, que depois desta expiação Na outra reencarnação Eles também bailarão!
    51. 51. Gratidão – Amélia Rodrigues (Divaldo P. Franco) Obrigado por fim, pelo meu Lar. É tão maravilhoso ter um lar! Não é importante se este Lar é uma mansão, se é uma favela, uma tapera, um ninho, um grabato de dor, um bangalô, uma casa do caminho ou seja lá o que for. Que dentro dele, exista a figura do amor de mãe, ou de pai De mulher ou de marido De filho ou de irmão A presença de um amigo A companhia de um cão Alguém que nos dê a mão!
    52. 52. Gratidão – Amélia Rodrigues (Divaldo P. Franco) Mas se eu a ninguém tiver para me amar Nem um teto para me agasalhar, nem uma cama para me deitar Nem aí reclamarei. Pelo contrário, eu te direi Obrigado Senhor! Porque eu nasci! Obrigado, porque creio em ti Pelo teu amor, OBRIGADO SENHOR!
    53. 53. Obrigado pelo convite! SEJAM FELIZES george@buenoodontologia.com.br

    ×