Família: Missão Divina

4.528 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Família: Missão Divina

  1. 1. George Bueno
  2. 2. Fala-se muito em crise. A crise principal que dáorigem a todas as outras, é a crise moral,consequência em grande parte no desmantelamentodos laços de família, como vem ocorrendo.“...Nas últimas décadas, o número de homicídiosentre adolescentes quadruplicou, o número desuicídios triplicou, e de estupros dobrou.Com mais da metade dos casamentos atualmenteterminando em divórcio, milhões de crianças estãosujeitas a problemas que muitos cientistas sociaisassociam à dissolução da família...”John Gottman
  3. 3. “Quando a família periclita, por esta ouaquela razão, sem dúvida a sociedadeestá a um passo do malogro...".(Joanna de Ângelis – Divaldo P. Franco)
  4. 4. Será que a instituiçãofamiliar ruiu / faliu?
  5. 5. A família é importante pravocê?
  6. 6. O que é família pra você?
  7. 7. O que a palavra famíliasignifica para você?Para que serve a família?Porque conversarmos sobrefamília?
  8. 8. ??
  9. 9. Joana de Ângelis nos diz no livro S.O.S. Família:“É um grupo de Espíritosnormalmente necessitados,desajustados, em compromissoinadiável para a reparação, graças àcontingência reencarnatória...”
  10. 10. Emmanuel no Livro Pensamento e Vida:“A família constitui o centro de nossosreflexos, agradáveis ou desagradáveis.Cada criatura está ajustada ao raio deação que é capaz de desenvolver...”
  11. 11. Emmanuel: nos convida a aplicar oexemplo do samaritano generoso emnossa própria família “que constituio nosso próximo mais próximo...”
  12. 12. “E, tendo vindo para casa, reuniu-se aí tãogrande multidão de gente que eles nemsequer podiam fazer sua refeição – Sabendodisso, vieram seus parentes para seapoderarem dele, pois diziam que perdera oespírito...”(S. Marcos: 3:20-21, 30 a 35, S. Mateus, 12: 46 a 50)
  13. 13. “- Tua mãe e teus irmãos estão lá fora e techamam. – Ele lhes respondeu: quem é minhamãe e quem são meus irmãos? E, olhando osque estavam assentados ao seu derredor,disse: Eis aqui minha mãe e meus irmãos: poistodo aquele que faz a vontade de Deus, esse émeu irmão, minha irmã e minha mãe...”.(S. Marcos: 3:20-21, 30 a 35, S. Mateus, 12: 46 a 50)
  14. 14. Será que Jesus foi mesmoindiferente e renegouseus parentes e suaprópria mãe?
  15. 15. “Ou foram mal reproduzidas oumal interpretadas...”(Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap XIV)
  16. 16. As Leis Morais• Lei de Adoração• Lei do Trabalho• Lei de Reprodução• Lei de Conservação• Lei de Destruição• Lei de Sociedade• Lei do Progresso• Lei de Igualdade• Lei de Liberdade• Lei de Justiça, de Amor e CaridadeLaços de Família
  17. 17. AMORALEGRIALUZNOVACHANCE
  18. 18. “A função primordial da família é acolaboração com Deus paraaprendermos a nos amar comoirmãos”.(LE – Questão 774)
  19. 19. (SOS Família – Joanna de Ângelis e outros Espíritos – Divaldo P. Franco)“O Espiritismo apresenta a famíliacomo o instituto abençoado emque as criaturas humanas sereencontram com um programa deprovas e expiações, com vistas aofuturo...”
  20. 20. “Sabeis os mandamentos: não cometereiadultério; não matareis; não roubareis;não prestareis falso testemunho; nãofareis agravo a ninguém; honrai a vossopai e a vossa mãe...”(Marcos, 10:19; Lucas 18:20; Mateus, 19:18 e 19)
  21. 21. “Honrai a vosso pai e a vossa mãe, afim de viverdes longo tempo na terraque o senhor vosso Deus vos dará.”(Decálogo: Êxodo, 20:12)
  22. 22. “(...) O TERMO HONRAI ENCERRA UM DEVER AMAIS PARA COM ELES: O DA PIEDADE FILIAL” (...)Honrar é mais do que amar, é amarverdadeiramente...!(Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap XIV)
  23. 23. Casos de paisresponsáveis, ricos oupobres...
  24. 24. “Ter-lhes-á a mãe vendido o leite quandoos amamentava? Contou porventura suasvigílias, quando eles estavam doentes, ospassos que deram para obter o de quenecessitavam?”(Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap XIV)
  25. 25. “Não. Os filhos não devem a seus paispobres só o estritamente necessário,devem-lhes também (...) as solicitudes,os cuidados amáveis, que são apenas ojuro do que receberam, o pagamento deuma dívida sagrada...”(Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap XIV)
  26. 26. “Dar-lhes mais que o necessário, não sobrecarregá-los com afazeres domésticos, brindá-los com osmelhores lugares e tratá-los amavelmente.”(Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap XIV)
  27. 27. E quando os pais foramirresponsáveis com osfilhos?
  28. 28. “A irresponsabilidade dosgenitores de forma alguma justificaa falência dos deveres morais porparte da prole..."(SOS Família – Joanna de Ângelis e outros Espíritos – Divaldo P. Franco)
  29. 29. Problemas acontecem...
  30. 30. “Marly se denominava um monstro. Elatinha um filho de 3 anos pelo qualsentia uma aversão imensa”.(Alírio de Cerqueira Filho – Saúde nas Relações Familiares)
  31. 31. “Após um trabalho prévio terapêuticopara desenvolver o auto-amor, auto-perdão e perdão ao inimigo dopassado e hoje seu filho, Marly foisubmetida à terapia regressiva”.(Alírio de Cerqueira Filho – Saúde nas Relações Familiares)
  32. 32. “Somente a lei de causa e efeito e areencarnação explicam fenômenoscomo esses”.(Alírio de Cerqueira Filho – Saúde nas Relações Familiares)
  33. 33. “Aprendemos primeiro a teoria quenos recomenda o amor, depois somosconvidados a realizar exercícios parasentir e vivenciar o amor”.(Alírio de Cerqueira Filho – Saúde nas Relações Familiares)
  34. 34. Ao final da existência ela poderá dizer:“Eu já não o odeio mais, mas não oamo. Desejo sinceramente que eleesteja bem”.(Alírio de Cerqueira Filho – Saúde nas Relações Familiares)
  35. 35. (Livro dos Espíritos – Allan Kardec)P.209 – Por que de pais bons e virtuososnascem filhos de natureza perversa?Porque as boas qualidades dos pais nãoatraem sempre, por simpatia, um bomEspírito para animar o filho?
  36. 36. (Livro dos Espíritos – Allan Kardec)R: Um mau Espírito pode pedir pais bons,na esperança de que seus conselhos olevem para um caminho melhor e,frequentemente, lhe concede.
  37. 37. “Deus permite que nas famílias ocorramencarnações de Espíritos antipáticos ouestranhos, com o duplo objetivo de servirde prova para uns e, para outros, de meiopara progresso… Os maus se melhoram,pouco a pouco, ao contato dos bons e porefeito dos cuidados que se lhesdispensam.”(ESE – Cap. IV – Item 18)
  38. 38. Deduzir...Deduzir...Deduzir...Deduzir...
  39. 39. “A reencarnação fortalece oslaços de família, ao passo que aunicidade da existência osrompe…”(ESE – Cap. IV – Item 18)
  40. 40. “NÃO ESPEREM QUE OS “MAUS” LANCEMRAÍZES PROFUNDAS... SERÃO ORIGEM DEPOSSÍVEL INGRATIDÃO FUTURA...”Santo Agostinho
  41. 41. Santo Agostinho
  42. 42. “O jardineiro sabe aquilo que a plantanecessita. A planta sabe aquilo que é suavontade imperfeita e caminha para onde oseu peso a levar. E ele a puxa para o soloenquanto a sua destinação é crescer emdireção ao alto. Então, o jardineiro, paralhe reorientar e direcioná-la para ondedeve ir, coloca-lhe uma estaca, que a guia.Assim faz Deus conosco.”(Dias da Cruz / Andrei Moreira – Autoamor)
  43. 43. “Se a planta começa a crescer e desvia-sedo rumo traçado pelo jardineiro, que faz ojardineiro prudente? Coloca-lhe umaestaca para que ela siga o curso original.”(Dias da Cruz / Andrei Moreira – Autoamor)
  44. 44. “Viver o Cristo é também conviver com opróximo, aceitando-o conforme suasimperfeições, sem constituir-lhe fiscal oupretender corrigí-lo, antes acompanhando-ocom bondade, inspirando-o aodespertamento e à mudança de condutaespontânea."(Leis Morais da Vida – Joanna de Ângelis – Divaldo P. Franco)
  45. 45. “Fala-lhe de Deus sem cessar... Ensina-lhe ahumildade ante a grandeza da vida e orespeito a todos, como valorização preciosadas concessões divinas... Pois, o que não lheconcedas por negligência, ele te cobrarádepois..."(SOS Família – Joanna de Ângelis e outros Espíritos – Divaldo P. Franco)
  46. 46. (Livro dos Espíritos – Allan Kardec)“Que o bem que houverdes feito seja avossa recompensa...”“A ingratidão é uma prova para a vossapersistência...”
  47. 47. Emmanuel Consolador: ”osestabelecimentos de ensino,propriamente no mundo, podeminstruir, mas só o instituto da famíliapode educar. É por essa razão que auniversidade poderá fazer o cidadão,mas somente o lar pode edificar ohomem...”
  48. 48. A importância damudança!
  49. 49. (Item 16, Cap X, do ESE)
  50. 50. Quando você ama umcachorro, você espera que eleseja mais do que umcachorro?(Joanna de Ângelis – Conflitos Existenciais – Divaldo Franco)
  51. 51. “Todavia, quando se ama aoutrem, no nível de humanidade,sempre se exige que o outrosubmeta-se, adquira valores queainda não possui, cresça aoelevado patamar da expectativa dequem se lhe afeiçoa..”E isto é errado!(Joanna de Ângelis – Conflitos Existenciais – Divaldo Franco)
  52. 52. “É preciso entender que odesenvolvimento do amor faz-se lentamente, conquista aconquista de experiência, devivência, de entrega...”(Joanna de Ângelis – Conflitos Existenciais – Divaldo Franco)
  53. 53. Vamos exercitar a Lei do Amor...?
  54. 54. A Família é o lugar (Grupo BEM)C G Am Em F C D7 GTalvez eu viva bem sozinhoE assim possa continuarMas sei que eu tenho um compromissoE eu não posso me enganarErrar faz parte do caminhoMas juntos vamos encontrarO amor de mãe, de pai e filhosA família é o lugarF C E7 Am Dm C D7 GSão muitas casas pelo mundoMas muito poucas têm um larE eu vou tentar fazer de tudoPra esse laço apertarErrar faz parte do caminhoMas juntos vamos encontrarO amor de mãe, de pai e filhosG7 C (G)A família é o lugarG7 CA família é o lugarG7 Fm G# CA família é o lugar...

×