MEMORIAL REFLEXIVOCaro Cursista,Segue abaixo as orientações para você fazer o seu Memorial Reflexivo, sobre sua atuação no...
Fórum de postagem e discussão com atividades realizadas no senso comum e com discussões“domésticas” em sua ampla maioria, ...
Obs.: A resolução das dificuldades listadas na questão 2 é fator emergencial para a melhoria doreferido curso.            ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Memorial reflexivo

1.663 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.663
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Memorial reflexivo

  1. 1. MEMORIAL REFLEXIVOCaro Cursista,Segue abaixo as orientações para você fazer o seu Memorial Reflexivo, sobre sua atuação no curso.O Memorial Reflexivo é um documento de cunho pessoal, onde o cursista faz seus registros. Numaperspectiva investigativa, podendo emitir comentários e sugestões. Um espaço onde o cursista externalizaos processos e os resultados de suas aprendizagens fruto de suas reflexões, nos aspectos cognitivos,afetivos, emocionais, revela suas experiências, seus acertos, avanços, assim como suas dificuldades, seusproblemas, limites, e como conseguiu superá-los.As questões abaixo lhe orientarão na produção de seu Memorial Reflexivo:1. O que aprendeu neste curso?R: Que preparar os alunos para os desafios do cotidiano não é mais suficiente para as escolas. Alémdisso, as instituições de ensino precisam estar antenadas com o futuro, moldando os alunos tanto emuma base humanista quanto tecnológica. Responder a este desafio é uma necessidade premente dasescolas que queiram buscar a excelência e a plena cidadania de seus alunos;Que é absolutamente possível motivar os alunos diante de novas tecnologias como o uso decomputadores móveis e Internet. Mais motivados, os alunos também ficam mais pré-dispostos aaprender e a aprendizagem torna-se mais significativa;Que o uso de tecnologias possibilita ações em que os alunos participam de forma ativa, construindo,colaborando e compartilhando aprendizagens não apenas na própria escola, como também com omundo, utilizando as tecnologias de forma socialmente reconhecida;Que na sociedade da informação todos estamos reaprendendo a conhecer, a comunicar-nos, aensinar e a aprender; a integrar o humano e o tecnológico; a integrar o individual, o grupal e osocial;Que o curso fora um facilitador para a criação de blog, explorar melhor os recursos da web,trabalhar com hipertexto, hiperlink, cibercultura, ciberespaço, Wikcionário, Wikipédia, escritacolaborativa, chat, firewall, software livre, conversão de arquivos no slide share, entre outrosrecursos...Que o mundo virtual é fascinante, criativo, infinitamente explorável, cheio de novidades e deavanços...2. Que dificuldades enfrentou e o que ajudou a superá-las?R: O curso teve oito meses de duração com carga horária de 100h. Por motivo da demanda deatividades terem sido incompatíveis com a carga horária do curso (carga horária insuficiente), semdúvida muitas aprendizagens foram apenas iniciadas nesse locus temporal;Encontros presenciais realizados com lacunas de tempo consideráveis (mesmo o curso sendo àdistância), o que implicou diretamente na necessidade de ficar solicitando auxílio constante aoprofessor formador para sanar as dúvidas ao longo do curso;Dificuldade de adaptação pessoal e profissional ao curso no que se refere ao fator tempo e funçãoatual não docente;Após a realização do loguim a plataforma fica disponível poucos segundos, sendo necessário a todomomento realizar nova conexão;
  2. 2. Fórum de postagem e discussão com atividades realizadas no senso comum e com discussões“domésticas” em sua ampla maioria, o que dificultou e desestimulou-me fazer os devidoscomentários;Idem para as atividades postadas nos blogs;Discussões sem fundamentação teórica nos encontros presenciais por parte dos cursistas, o que nãocontribuiu significativamente com o meu aprendizado e evolução no curso, desencadeandodesperdício de tempo;Repetição de atividades e enunciados das mesmas com lacuna de objetividade e clareza;A atuação do professor formador Erivaldo Santos fora indispensável para superar algumas dasdificuldades acima relacionadas.3. O curso proporcionou alguma mudança na sua prática pedagógica? Como?R: Sim. Contudo é importante ressaltar que o curso não tratou de dar receitas prontas, porque assituações foram bastante diversificadas.Permitiu-me ampliar o leque de opções de busca e de variedade de resultados, bem como adescoberta de lugares/ambientes até então desconhecidos para a busca de aulas digitais...Habituar-me a gravar/salvar os endereços, artigos e imagens mais interessantes em arquivos detrabalho, bem como anotações escritas com rápidos comentários sobre o que estava salvando;Fora importante o processo digital dinâmico de aprender pesquisando, utilizar os diversos recursospossíveis e as diversas técnicas digitais, o que oportunizou-me integrar as dinâmicas tradicionaiscom as inovadoras, a escrita com o audiovisual, o texto seqüencial com o hipertexto e, o encontropresencial com o virtual no tocante ao curso.O curso muda a relação de espaço, tempo e comunicação com os alunos.O caminho proporcionado pelo curso para a dinâmica das aulas fora significativo.Permitiu-me utilizar os recursos digitais tanto on line como off line para as aulas.4. Como era a sua relação com as tecnologias antes do curso: Você utilizava recursos tecnológicos emsala de aula? Como acontecia?R: Minha relação com as tecnologias até então era satisfatória no que se refere à função que oraexerço (administrativa);Minha prática docente em anos anteriores tivera ínfima relação com as tecnologias (retroprojetor,TV, vídeo...);Concomitante ao curso, aulas foram ministradas em cumprimento às atividades do mesmo, fazendouso dos seguintes recursos tecnológicos: notebook, datashow, tela de projeção, textos digitais,áudio, aulas com animação, digital fotográfica, laser, pendrive e outros...5. Outros comentários ou sugestões.R: É importante que cada docente encontre o que lhe ajuda mais a sentir-se bem, a comunicar-sebem, ensinar bem, ajudar os alunos a que aprendam melhor. É importante diversificar as formas deministrar aula (a tecnologia é grande aliada), de realizar atividades e de avaliar, porém astecnologias não é a resolução de todos os problemas que perpassam a educação.A internet é um “novo” meio de comunicação que pode ajudar-nos a rever, a ampliar e a modificarmuitas das formas atuais de ensinar e de aprender.E que venham os frutos!
  3. 3. Obs.: A resolução das dificuldades listadas na questão 2 é fator emergencial para a melhoria doreferido curso. Silvania Bucar Rocha 13/01/2011 Assinatura e data

×