VAMOS ENCONTRAR  A DAISY História que educa para a cidadania E para a responsabilidade com os animais
No dia 9 de Março de 2009 nasceu uma cadelinha muito pequenina e clarinha.
A sua Mãe era muito pobre. Vivia numa casa muito triste onde entrava muito frio pelas portas e janelas. A Mãe tinha pouco ...
A cadelinha foi vista pela 1ª vez quando tinha 20 dias. Era tão pequenina  e tinha tanto medo que não saía de perto dos ir...
Quando tinha quase 2 meses a mãe já não tinha leite para a amamentar por isso foi levada para a casa onde vive o seu Pai. ...
O Pai  da cadelinha ficou feliz por  conhecer a filha e por já não ser o único animal da casa. Apesar do carinho do Pai e ...
Até que começou a conhecer os novos cheiros da casa nova, do Pai e dos donos . Dormia muito quentinha numa mantinha  Que a...
Por ainda ser muito pequenina não podia ser vacinada e sair à rua. Por isso brincava no  jardim da casa. Foi ensinada a fa...
A primeira vez que foi ao veterinário foi quando se decidiu o seu nome: Daisy, que em português quer dizer margarida.
Podia ter doenças e passá-las aos filhos pelo leite enquanto mamavam para se alimentarem. A veterinária teve de desparasit...
Uns tempos depois a Daisy já tinha sido vacinada e a veterinária disse quando é que a cadelinha já estava protegida contra...
Habituou-se a ficar à espera de ver crianças e também adultos que lhe davam muito miminho …que ela devolvia o carinho com ...
Estava gordinha mas como pesa 10 kg é fácil de pegar por pessoas crescidas.
A cadelinha Daisy  cresceu fez 2 anos mas ficou sempre pequena como era o tamanho da sua Mãe.
No dia 27 de Fevereiro de 2012, a Daisy Foi acompanhada do seu pai e do dono ao  Ecoponto para fazer a reciclagem.
  No pequeno jardim junto ao Ecoponto escondem-se coelhos. A Daisy afastou-se para farejar entre arbustos e chegou perto d...
Agarraram nela, meteram-na dentro de  Um carro e levaram-na para longe.  A Daisy , tal como os meninos pequeninos não Sabi...
Passados 2 minutos quando o Spoty e o Dono chegaram ao sítio de onde a cadelinha foi levada só lá estava o cheiro da Daisy...
O Final desta história ainda não acabou. Cabe a cada um de nós ajudar a encontrar  a Daisy  e a trazê-la para o seu Pai , ...
A história ficou suspensa na página 19 até que...  nesse momento a dona da Daisy recebeu o telefonema a dizerem que a enco...
Agradecemos muito ao Sr. João, à D. Maria e ao Sr. Paulo que  acompanhou a Daisy casa do Sr. João. Senhor muito atento ao ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Vamos encontrar a daisy fim

907 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
907
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
470
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vamos encontrar a daisy fim

  1. 1. VAMOS ENCONTRAR A DAISY História que educa para a cidadania E para a responsabilidade com os animais
  2. 2. No dia 9 de Março de 2009 nasceu uma cadelinha muito pequenina e clarinha.
  3. 3. A sua Mãe era muito pobre. Vivia numa casa muito triste onde entrava muito frio pelas portas e janelas. A Mãe tinha pouco leite para a amamentar os três cachorrinhos.
  4. 4. A cadelinha foi vista pela 1ª vez quando tinha 20 dias. Era tão pequenina e tinha tanto medo que não saía de perto dos irmãos e da mãe que os protegia de estranhos.
  5. 5. Quando tinha quase 2 meses a mãe já não tinha leite para a amamentar por isso foi levada para a casa onde vive o seu Pai. Um cão cocker preto com manchas brancas.
  6. 6. O Pai da cadelinha ficou feliz por conhecer a filha e por já não ser o único animal da casa. Apesar do carinho do Pai e dos novos donos, a Daisy quando acordava chorava Porque ainda se lembrava da Mãe e dos irmãos.
  7. 7. Até que começou a conhecer os novos cheiros da casa nova, do Pai e dos donos . Dormia muito quentinha numa mantinha Que ainda tinha o cheiro da sua mãe e adaptou-se à nova vida.
  8. 8. Por ainda ser muito pequenina não podia ser vacinada e sair à rua. Por isso brincava no jardim da casa. Foi ensinada a fazer o chichi em cima da fralda.
  9. 9. A primeira vez que foi ao veterinário foi quando se decidiu o seu nome: Daisy, que em português quer dizer margarida.
  10. 10. Podia ter doenças e passá-las aos filhos pelo leite enquanto mamavam para se alimentarem. A veterinária teve de desparasitar a Daisy porque a mãe era uma cadela muito pobre, não estava vacinada e comia restos de comidas.
  11. 11. Uns tempos depois a Daisy já tinha sido vacinada e a veterinária disse quando é que a cadelinha já estava protegida contra doenças muito perigosas. Jà podia vir brincar para a rua com o seu Pai Spoty e com as crianças.
  12. 12. Habituou-se a ficar à espera de ver crianças e também adultos que lhe davam muito miminho …que ela devolvia o carinho com beijinhos. A Daisy ficou tão feliz quando viu que havia tantas crianças na rua que queria Ir cheirar todas e receber festas.
  13. 13. Estava gordinha mas como pesa 10 kg é fácil de pegar por pessoas crescidas.
  14. 14. A cadelinha Daisy cresceu fez 2 anos mas ficou sempre pequena como era o tamanho da sua Mãe.
  15. 15. No dia 27 de Fevereiro de 2012, a Daisy Foi acompanhada do seu pai e do dono ao Ecoponto para fazer a reciclagem.
  16. 16. No pequeno jardim junto ao Ecoponto escondem-se coelhos. A Daisy afastou-se para farejar entre arbustos e chegou perto de três homens a quem pediu festas.
  17. 17. Agarraram nela, meteram-na dentro de Um carro e levaram-na para longe. A Daisy , tal como os meninos pequeninos não Sabia que não se pode pedir festas a todas as pessoas.
  18. 18. Passados 2 minutos quando o Spoty e o Dono chegaram ao sítio de onde a cadelinha foi levada só lá estava o cheiro da Daisy. Passados 5 dias o Spoty continua a farejar o caminho até onde a Daisy foi levada. Aguarda pela chegada Da sua filha.
  19. 19. O Final desta história ainda não acabou. Cabe a cada um de nós ajudar a encontrar a Daisy e a trazê-la para o seu Pai , para o seu lar e para os meninos amigos onde é tão amada. Queremos protegê-la de perigos. A Daisy faz 3 anos no dia 9 de Março de 2012.
  20. 20. A história ficou suspensa na página 19 até que... nesse momento a dona da Daisy recebeu o telefonema a dizerem que a encontraram. Desaparecida a 27 de Fevereiro, às 15,00h, entre a Fábrica da Pólvora e S.Marcos (Cacém) foi encontrada na Estrada da Venda Seca, 5 dias depois de ter sido levada. Está bem de saúde, muito suja, muito cansada mas ficou muito contente quando viu o Spoty, os seus donos, os vizinhos e os meninos. Quando vires na rua animais tristes por estarem sós diz aos teus pais para irem ao Site encontra-me: www.encontra-me.org para saberem se andam à sua procura . Quando não tiverem dono, tentem arranjar um dono no site:www.adopta-me.org. Nunca desistas de ajudar um animal existem muitas asssociações que te vão ajudar. BLOGUE DA DAISY: http:// daisyspoty.blogspot.com / História de autoria de dona da Daisy e do Spoty Isaura Rosa – Ilustradora de histórias infantis Em 3 de Março de 2012
  21. 21. Agradecemos muito ao Sr. João, à D. Maria e ao Sr. Paulo que acompanhou a Daisy casa do Sr. João. Senhor muito atento ao site www.encontra-me.org porque gosta de ajudar animais que se perdem. O Sr. João levou a Daisy ao Consultório Veterinário para conferir o nº de chip. A Mãe do Sr. João telefonou-me comovida de tanta emoção a dizer-me que a Daisy tinha sido encontrada e já estava protegida de perigos. FIM

×