Hipocampo

645 visualizações

Publicada em

Apresentação do hipocampo, anatomia e suas funções

Publicada em: Ciências
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
645
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hipocampo

  1. 1. Hipocampo
  2. 2.  Localização  Lóbulo Temporal
  3. 3.  Acima do Giro Parahipocampal
  4. 4.  Formação hipocampal: - Hipocampo - Giro Denteado - Subiculum
  5. 5.  Sentido anteroposterior:  Cabeça(ou pé do hipocampo);  Corpo;  Cauda.
  6. 6.  Cabeça: Tem ligação com o úncus;
  7. 7.  Cabeça: Tem ligação com o úncus, com os núcleos do corpo Amigdalóide, com o giro denteado.
  8. 8.  Corpo: - Corno inferior do ventrículo lateral, delimitado pela eminência colateral.
  9. 9.  Cauda: Dividida em seguimentos: inicial, medial e terminal. No segmento médial a fímbria do hipocampo ascende para se unir ao ramo do fórnix.
  10. 10. E então essas estruturas são unidas pela comissura do fórnix, que vai até o corpo mamilar.
  11. 11.  Vista inferior
  12. 12.  Subdivisões:
  13. 13.  História e descoberta  De acordo com pesquisas o hipocampo foi referido primeiramente pelo anatomista Venetian Júlio Aranzi em 1587. Ele descreveu-o como um cume longo do assoalho do chifre temporal do ventrículo lateral e comparou-o a um bicho da seda e posteriormente a um cavalo marinho. Mais tarde, em 1740, um cirurgião Parisiense René-Jacques Croissant de Garengeot inventou o termo “cornu Ammonis,” significando o chifre de Amun, um Deus Egípcio antigo.
  14. 14.  Nome:  Vem da união das palavras gregas “Hipopótamo” para Cavalo e “Kampos” para Mar. Cavalo Marinho = Hipocampo
  15. 15. Corte Sagital: Vista Frontal:
  16. 16. Vascularização: • Ramos temporais inferiores das artérias anterior, média e posterior – suprem a extensa superfície medial dos lobos temporais, incluindo a maioria do hipocampo.
  17. 17. Conexões: Aferentes Eferentes
  18. 18.  A conexão entre corpo amidaloide e hipocampo representa o substrato anatômico para compreender a relação funcional entre emoções e memória.
  19. 19.  O Hipocampo está particularmente envolvido com os fenômenos de memória, em especial com a formação da chamada memória de longa duração. Quando ambos os hipocampos são destruídos, nada mais é gravado na memória.
  20. 20. O indivíduo esquece, rapidamente, a mensagem recém recebida. Um hipocampo intacto possibilita ao animal comparar as condições de uma ameaça atual com experiências passadas similares, permitindo-lhe, assim, escolher qual a melhor opção a ser tomada para garantir sua preservação.
  21. 21.  Tipos de Memória: Curto prazo; Temporária Longo prazo
  22. 22. Doenças relacionadas ao Hipocampo
  23. 23.  Alzheimer: ocorre a degeneração das fibras nervosas do hipocampo;  Síndrome de Korsakoff: doença causada pelo alcoolismo crônico, ocorre a degeneração dos corpos mamilares que por sua vez causa a amnésia anterógrada;  Síndrome de kluver e Bucy: causada pela remoção da área do hipocampo e do corpo amigdaloide. Experiência feita em macacos Rhesus e com resultados semelhantes observados em humanos.  Epilepsia: Caracterizada por descargas elétricas excessivas e anormais de uma população neuronal, ocorre astrogliose fibrilar nas regiões temporais do cérebro. Ocorrência da esclerose hipocampal.
  24. 24.  Esquizofrenia: em pacientes esquizofrênicos ocorre a atrofiação da área hipocampal e a degeneração da substância branca nas áreas do lobo temporal.  Raiva: O vírus da raiva afeta principalmente o hipocampo e o corpo amigdaloide.  Estresse: Pode causar alterações plásticas no hipocampo( remodelação dendrítica e baixa neurogênese )
  25. 25. Hipocampo e Estresse:  Responde ao estresse ao participar no processamento de informações causadas por eventos opressores.  Possui grande quantidade de neuroreceptores para GC’s.  Quando está sobre forte efeito de glicorticóides a reação do hipocampo é inibir a ação do eixo HPA (hipotálamo, hipófise e adrenal), o que gera um aspecto de desmotivação no indivíduo que sofre essas tensões na sua subjetividade.  Além disso a exposição do hipocampo sobre o efeito de agentes estressores causa remodelamento dendrítico nas células piramidais hipocampais e diminuição da neurogênese.
  26. 26. Estresse e Neurogênese: “A redução da neurogênese poderia ser uma causa para a depressão, disse o autor sênior Daniel Peterson, PhD, do Rosalind Franklin University of Medicine and Science. Examinando o cérebro dos ratos por meio de um microscópio, os cientistas descobriram que mesmo com altos níveis de hormônios de estresse, os ratos jovens estressados geraram tantas células novas quanto seus parceiros não estressados. Pesquisas anteriores levaram a supor que níveis hormonais bloqueavam a geração de novas células ou causavam sua morte mais cedo.
  27. 27. Mas uma semana após o encontro, a equipe de pesquisa descobriu que apenas um terço das células geradas sob o estresse sobreviveu. A sobrevivência a longo prazo das células nervosas também foi comprometida. Quando os pesquisadores marcaram as células recém-nascidas no hipocampo, submeteram os ratos ao estresse uma semana depois e examinaram o tecido cerebral no fim de um mês, eles contaram um terço a menos de células nervosas completamente desenvolvidas.”
  28. 28. Referências:  http://www.sistemanervoso.com/pagina.php/?secao=1&materia_id=386&materiaver=1  http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0004-282X2007000600031&script=sci_arttext  http://anatomiaefisioterapia.blogspot.com.br/2012/10/sistema-limbico.html  http://www.passeidireto.com/arquivo/1012567/neuroanatomia/8  http://primalbrasil.com.br/exercicios-de-musculacao-vs-exercicios-aerobicos/  http://emedix.uol.com.br/not/not2003/03jun05neu-sci-sft-aprendizado.php  http://www.bv.fapesp.br/pt/auxilios/25383/estresse-serotonina-glutamato-e-a-via-nucleo- mediano-da-rafe-hipocampo-estudos-comportamentais-e-sob/  http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1516-44462003000600011&script=sci_arttext  http://www.psiqweb.med.br/site/DefaultLimpo.aspx?area=ES/VerDicionario&idZDicionario= 602  http://www.news-medical.net/health/Hippocampus-Functions-(Portuguese).aspx  http://www.news-medical.net/health/Hippocampus-What-is-the-Hippocampus- (Portuguese).aspx

×