Balanço Patrimonial – Grupo de Contas
Remanso-Bahia
2013
Introdução
 O Balanço Patrimonial é um relatório obtido através da
contabilidade para identificarmos a saúde financeira e...
Conceito de Curto e Longo Prazo
 Curto Prazo  até um ano (conceito geral).
 Longo Prazo  Período acima de um ano.
Long...
Conceito de Curto Prazo no Ciclo
Operacional
 Curto Prazo  até um ano (conceito geral).
 Longo Prazo  Período acima de...
Ativo
 Ativo significa o conjunto de bens e direitos que forma o
patrimônio da empresa.
 Para ser chamado de ativo é pre...
Ativo Circulante
 No Ativo Circulante se enquadram contas com
movimentações constantes. São bens e direitos que
podem ser...
Ativo Realizável a Longo Prazo
 Esse grupo engloba os mesmos valores realizáveis do
grupo anterior, porém, só poderá ser ...
Ativo Permanente
 Neste grupo estão incluídos os bens de permanência
duradoura, direcionadas ao funcionamento normal da
s...
Passivo
 Passivo significa o saldo das obrigações devidas da
empresa com terceiros, onde a empresa repassa bens
para seus...
Passivo Circulante
 Passivo Circulante são as obrigações que geralmente são
pagas por uma empresa em um período de 12 mes...
Exigível a Longo Prazo
 Este grupo engloba as características do grupo anterior,
porém quando exigíveis a um longo prazo,...
Patrimônio Líquido
 Apresenta o total de recursos aplicados pelos
proprietários da empresa. Essas aplicações geralmente
s...
Principais Deduções do Ativo e
Patrimônio Líquido
Deduções do Ativo Circulante
 Provisão Para Devedores Duvidosos: É de s...
Deduções do Ativo Imobilizado
 Depreciação Acumulada: É a redução de valor dos bens
tangíveis que fazem parte do ativo im...
Dedução do Patrimônio Líquido
 O Patrimônio Líquido pode ser reduzido quando há
prejuízo do Exercício. Assim como a conta...
Faculdade Alfredo Nasser-
UNIFAN
 Bruno de Oliveira Santos
 Erique Moura Alves
 Matheus Café de Almeida
 Valdenir Evan...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Faculdade alfredo nasser unifan - introdução à contabilidade - balanço patimonial - grupo de contas

419 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
419
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Faculdade alfredo nasser unifan - introdução à contabilidade - balanço patimonial - grupo de contas

  1. 1. Balanço Patrimonial – Grupo de Contas Remanso-Bahia 2013
  2. 2. Introdução  O Balanço Patrimonial é um relatório obtido através da contabilidade para identificarmos a saúde financeira e econômica de uma empresa. No Balanço Patrimonial, as contas serão classificadas seguindo os elementos do patrimônio, que é chamado de Grupo de Contas. Grupo de Contas é o principal meio de controle econômico- financeiro e patrimonial da empresa.
  3. 3. Conceito de Curto e Longo Prazo  Curto Prazo  até um ano (conceito geral).  Longo Prazo  Período acima de um ano. Longo PrazoCurto Prazo X1 X2 Término do Exercício Social 31.12.X131.12.X0
  4. 4. Conceito de Curto Prazo no Ciclo Operacional  Curto Prazo  até um ano (conceito geral).  Longo Prazo  Período acima de um ano. Curto Prazo Longo Prazo X1 X2 31.12.X131.12.X0 Curto Prazo Ciclo Operacional Longo Prazo X3
  5. 5. Ativo  Ativo significa o conjunto de bens e direitos que forma o patrimônio da empresa.  Para ser chamado de ativo é preciso preencher quatro características simultaneamente: 1) Ser bens e direitos; 2) Ser de propriedades da empresa; 3) Ser mensurável em dinheiro; 4) Trazer benefícios presentes ou futuros.
  6. 6. Ativo Circulante  No Ativo Circulante se enquadram contas com movimentações constantes. São bens e direitos que podem ser convertidos em dinheiro em curto prazo. Exemplos: dinheiro em caixa, movimentações bancárias, aplicações financeiras, contas a receber, estoques, etc.
  7. 7. Ativo Realizável a Longo Prazo  Esse grupo engloba os mesmos valores realizáveis do grupo anterior, porém, só poderá ser conversível em dinheiro em longo prazo. Exemplos: direitos não derivados de venda, e adiantamentos ou empréstimos a sociedades controladas, etc.
  8. 8. Ativo Permanente  Neste grupo estão incluídos os bens de permanência duradoura, direcionadas ao funcionamento normal da sociedade e de seu empreendimento.  Investimentos  Imobilizados  Intangíveis
  9. 9. Passivo  Passivo significa o saldo das obrigações devidas da empresa com terceiros, onde a empresa repassa bens para seus verdadeiros donos. O passivo está dividido em: Passivo Circulante, Exigível a Longo Prazo e Patrimônio Líquido.
  10. 10. Passivo Circulante  Passivo Circulante são as obrigações que geralmente são pagas por uma empresa em um período de 12 meses. Exemplos: fornecedores e duplicatas a pagar; empréstimos bancários; títulos a pagar.
  11. 11. Exigível a Longo Prazo  Este grupo engloba as características do grupo anterior, porém quando exigíveis a um longo prazo, acima de um ano.
  12. 12. Patrimônio Líquido  Apresenta o total de recursos aplicados pelos proprietários da empresa. Essas aplicações geralmente são constituídas de capital e de lucros retidos.
  13. 13. Principais Deduções do Ativo e Patrimônio Líquido Deduções do Ativo Circulante  Provisão Para Devedores Duvidosos: É de suma importância para empresas comerciais, devido a inevitável inadimplência por parte de seus clientes.  Duplicatas descontadas: Significa antecipar o recebimento de um cliente junto a um banco, e com esse procedimento, o banco aplica os juros em cima.
  14. 14. Deduções do Ativo Imobilizado  Depreciação Acumulada: É a redução de valor dos bens tangíveis que fazem parte do ativo imobilizado, em decorrência do desgaste ou perda de utilidade pelo uso.  Amortização acumulada: É a diminuição do valor dos bens intangíveis que integram o ativo imobilizado. A amortização tem lugar quando o limitativo da vida útil for o tempo.  Exaustão Acumulada: Corresponde à perda de valor, decorrente da exploração de recursos minerais ou florestais ou de bens aplicados nessa exploração.
  15. 15. Dedução do Patrimônio Líquido  O Patrimônio Líquido pode ser reduzido quando há prejuízo do Exercício. Assim como a conta lucros é acrescida ao PL, a conta prejuízo diminui o Patrimônio Líquido.
  16. 16. Faculdade Alfredo Nasser- UNIFAN  Bruno de Oliveira Santos  Erique Moura Alves  Matheus Café de Almeida  Valdenir Evangelista da Silva Júnior  Murillo Café França Galvão  Francisco Rochael Telles de Sá Barreto  Samilla Barbosa Café  Valdique dos Santos Ferreira

×