O carrinho de_pipocas

293 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
293
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O carrinho de_pipocas

  1. 1. O Carrinho de Pipoca Produto no Mercado O carrinho de pipoca é uma excelente ideia para quem quer começar um negócio próprio. Além do baixo custo dos produtos, digamos que o público-alvo é bem generalizado, afinal, quem não gosta de uma boa pipoca? Seja doce ou salgada, o produto agrada desde criança a adultos. Uma vantagem é a facilidade que o pipoqueiro tem por conseguir ir ao encontro de seu público. Seja em parques, praças públicas ou em frente a escolas, cinemas e teatros, a possibilidade de circular pelas ruas lhe dá um retorno financeiro sustentável a todo momento.Investimento InicialO investimento maior está na compra do próprio carrinhode pipoca. Escolha um carrinho de boa aparência quetranspire higiene, profissionalismo e qualidade.Os outros investimentos serão com milhode pipoca, óleo, sal, gás de cozinha e ossaquinhos de papel (ou pacotes de papelão).Na próxima página estão tabulados a média de preços e orendimento estimado dos produtos básicos de um carrinho depipoca:
  2. 2. ORÇAMENTO DE DESPESAS DIRETAS Produto Média de Preço Rendimento estimado por pipoca Carrinho de pipocas ¹ R$ 500 até R$ 3.000. - Milho de pipoca 500g R$ 1,94 até R$ 2,80 35 saquinhos médio de pipocaPacote c/ 50 saquinhos R$ 2,21 a R$3,50 - de pipoca ² Óleo de Soja 1 litro R$ 2,87 até R$ 5,39 16 panelas de pipocas Produto Média de Preço Rendimento estimado em dias Gás R$ 50,00 até R$ 60,00 3 a 5 meses Sal 1 quilo R$1,30 até R$2,10 30 a 40 dias Açúcar 1 quilo R$ 2,08 até R$ 4,39 30 a 40 diasAnilina comestível 10 ml R$ 2,50 até R$4,50 10 a 15 dias Margarina 500g R$ 3,75 até R$ 5,80 1 a 5 dias 1. É válido lembrar que os carrinhos de R$ 500 a R$ 1 mil são modelos simples, com suporte para gás, expositor de vidro e pipoqueira acoplada. Os mais caros possuem modelo arrojado colorido, com expositor maior, vidro temperado, toldo e depósito interno mais amplo para guardar demais condimentos como milhos, gás reserva e suprimentos avulsos do pipoqueiro. 2, Pacotes tamanho médio. Fonte: http://www.lislanfestasmais.com.br/saquinho- para-pipoca-50-unid.html
  3. 3. A escolha de um carrinho de pipocaA escolha certa do carrinho terá como consequência o aumento devendas e a fidelização dos clientes. Além disso, os carrinhos comaparência atraente chamam mais a atenção.Muitas vezes o empreendedor têm dúvidas em que carrinho investir:um carrinho novo ou seminovo. A vantagem de optar por um carrinhonovo é a possibilidade de trabalhar com um equipamento que ofereceaparência moderna, garantia e que não precisará de reparos tão cedo.Algumas empresas que vendem carrinhos de pipocaaceitam encomendas, ou seja, fabricam o carrinhode acordo com as necessidadesdo empreendedor.Para descobrir empresas queencomendam ou que vendemCarrinhos diversos, o empreendedorpode buscar na suacidade de atuação oupor sites na Internet.
  4. 4. Custo de venda e faturamento do investimentoO vendedor de pipoca tem faturamento superior diário de atéquatro vezes comparado ao custo, segundo sitenovonegocio.com.br.O comerciante que trabalha com embalagens de tamanhosdiferenciados consegue cobrar um preço significativo naquantidade de pipoca para que o consumidor acredite valer a penaem optar pelo maior valor, o famoso marketing do produto.Abaixo, segue um exemplo de uma estimativa de preço: Pequeno – R$ 1,00 Médio – R$ 1,50 Grande – R$ 2,50Uma outra boa dica é o uso do bônus na opção salgada comomanteiga derretida e bacon; e na opção doce, o uso do leitecondensado. Isto pode agradar ainda mais o cliente e influenciá-lona compra.Em suma, o custo diário fica em torno de 25 reais com sal,manteiga derretida, leite condensado, milho e o gás. E por nãohaver a manutenção constante, este tipo de comércio possui umretorno rápido podendo ter um rendimento diário quatro vezesmaior, dependendo da localização.
  5. 5. A regulamentação do comércio ambulantePara que a venda de pipocas seja um sucesso seguro, o vendedor temque se atentar também a licença junto a prefeitura.A rua é um bem público, ou seja, pertence ao estado. Cada municípiopossui suas próprias leis e procedimentos para a regulamentação daatividade, portanto, procure informações em sua cidade e seantecipe para conseguir a licença, pois o processo pode demorarquatro meses. No link acima Leis Paulistanas, segue mais informações sobre as regras, procedimentos e direitos doscomerciantes ambulantes da cidade de São Paulo.
  6. 6. Sites ConsultadosNovo Negócio, acesso em 06-02-13 às 10:30http://www.novonegocio.com.br/carrinhos/carrinho-de-pipoca/Leis Paulistanas, acesso em 06-02-13 às 13:30http://www.leispaulistanas.com.br/categorias/comercio-ambulanteSebrae-SC, acesso em 06-02-13 às 15:45http://www.sebrae-sc.com.br/ideais/default.asp?vcdtexto=2615Pipoca do Valdir, acesso em 06-02-13 às 16:30http://www.pipocadovaldir.com.br/

×