Fungos nas Plantas
Bruno Djvan
Henrique Bernardino
Maria das Graças
Rodrigo Moura
Fungos
• É um grupo de organismos eucariotas, que inclui
micro-organismo tais como as leveduras, bolores,
bem como o mais ...
Fungos nas Plantas
• Estima-se que 70% das principais doenças das
plantas são causadas por fungos.
• Organismos minúsculos...
Fungos nas Plantas
• Os fungos ainda são difíceis de eliminar porque
podem manter-se dormentes no solo, em resto de
planta...
Sintomas
• Uma planta doente apresenta várias alterações ao
nível do seu metabolismo, da cor, dos diferentes
órgãos e anat...
Alguns Fungos...
• Alternaria: Provoca manchas e a degradação
da maria-sem-vergonha.
Bipolaris
• Causa mancha pardas e leva á necrose das
folhas, como nas maranta.
Diplocarpon Rosae
• Causa manchas nas folhas e se dissemina com
a alta umidade, nas roseiras.
Cercosporiose
• Manchas arredondadas, pequenas, bem
delimitadas e com pequenas pontuações.
Botrytis Cinerea
• Surge quando há excesso de umidade e
temperaturas elevadas.
Míldio
Oídio
Míldio
• É uma doença causada por fungos da família das
peronoparáceas que ataca os órgãos das plantas,
formando uma camad...
Míldio
Míldio
• Os fungos propagam-se muito rapidamente,
especialmente com o tempo úmido, e causando
grandes prejuízos.
• Na vide...
Míldio
Oídio
• É uma doença que ocorre nas plantas,
principalmente na videira.
• É causada por um fungo ectoparasita, cujo se
des...
Oídio
Oídio
• Nas folhas, na parte superior surge pequenas
manchas descoloradas e uma cor branco
acinzentado.
• A doença ganha m...
Oídio
Medidas de controle
• Uma vez detectada uma doença provocada
por fungo, o tratamento pode começar.
• O primeiro passo é a ...
Medidas de controle
• Para o controle da degradação dos vegetais, o
mercado e o conhecimento popular dispõem
de alternativ...
Obrigado!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fungos nas Plantas - Oídio e Míldio

3.789 visualizações

Publicada em

Estima-se que 70% das principais doenças das plantas são causadas por fungos – organismos minúsculos (apenas visíveis debaixo de um microscópio!) que produzem enormes quantidades de esporos (células que se separam e se dividem, sem fecundação, para formarem novas células), que são rapidamente propagados graças ao vento, à água, aos insectos ou aos animais. Existem mais de 10 mil tipos de fungos que, se não conseguem penetrar a cutícula e a epiderme (as barreiras mais fortes de uma planta), atacam as zonas mais sensíveis – os rebentos ou as áreas já danificadas por insectos. Uma planta infectada pode libertar até 100 milhões de esporos, uma quantidade difícil de combater, na medida em que rapidamente degrade as células das plantas, produzindo, em simultâneo, toxinas que interferem no funcionamento pleno do seu organismo. Os fungos são ainda difíceis de eliminar porque podem manter-se dormentes no solo, em restos de plantas que se encontram em decomposição ou numa planta saudável, à espera das condições climatéricas perfeitas para voltarem a contaminar.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.789
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
67
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fungos nas Plantas - Oídio e Míldio

  1. 1. Fungos nas Plantas Bruno Djvan Henrique Bernardino Maria das Graças Rodrigo Moura
  2. 2. Fungos • É um grupo de organismos eucariotas, que inclui micro-organismo tais como as leveduras, bolores, bem como o mais familiar, o cogumelo. • São classificados num reino separado das plantas, animais e bactérias. • Produzem grande quantidade de enzimas digestivas, papel de decompositores.
  3. 3. Fungos nas Plantas • Estima-se que 70% das principais doenças das plantas são causadas por fungos. • Organismos minúsculos que produzem enormes quantidades de esporos. Que são rapidamente propagados graças ao vento, á água, aos insetos ou aos animais.
  4. 4. Fungos nas Plantas • Os fungos ainda são difíceis de eliminar porque podem manter-se dormentes no solo, em resto de plantas que se encontram em decomposição ou numa planta saudável, á espera das condições climáticas perfeitas para voltarem a contaminar.
  5. 5. Sintomas • Uma planta doente apresenta várias alterações ao nível do seu metabolismo, da cor, dos diferentes órgãos e anatomia, podendo passar a produzir substâncias anormais. • Bolores cinzentos ou pretos, pó branco, bolhas cor de ferrugem, uma massa ou crescimento preto, leveduras, cogumelos, entre outros.
  6. 6. Alguns Fungos... • Alternaria: Provoca manchas e a degradação da maria-sem-vergonha.
  7. 7. Bipolaris • Causa mancha pardas e leva á necrose das folhas, como nas maranta.
  8. 8. Diplocarpon Rosae • Causa manchas nas folhas e se dissemina com a alta umidade, nas roseiras.
  9. 9. Cercosporiose • Manchas arredondadas, pequenas, bem delimitadas e com pequenas pontuações.
  10. 10. Botrytis Cinerea • Surge quando há excesso de umidade e temperaturas elevadas.
  11. 11. Míldio Oídio
  12. 12. Míldio • É uma doença causada por fungos da família das peronoparáceas que ataca os órgãos das plantas, formando uma camada pulverulenta semelhante a farinha.
  13. 13. Míldio
  14. 14. Míldio • Os fungos propagam-se muito rapidamente, especialmente com o tempo úmido, e causando grandes prejuízos. • Na videira o fungo que ataca é o “ Plasmopara vitícola”, ataca as uvas e as folhas.
  15. 15. Míldio
  16. 16. Oídio • É uma doença que ocorre nas plantas, principalmente na videira. • É causada por um fungo ectoparasita, cujo se desenvolve sobre todos os tecidos verdes. ( Ex: Folhas, cachos, entre outros)
  17. 17. Oídio
  18. 18. Oídio • Nas folhas, na parte superior surge pequenas manchas descoloradas e uma cor branco acinzentado. • A doença ganha maior importância quando ocorrem períodos sem chuva, mas em que o ar mantém elevada humidade.
  19. 19. Oídio
  20. 20. Medidas de controle • Uma vez detectada uma doença provocada por fungo, o tratamento pode começar. • O primeiro passo é a remoção de partes e até de plantas inteiras com sintomas de infestação, evitando assim a propagação da patologia.
  21. 21. Medidas de controle • Para o controle da degradação dos vegetais, o mercado e o conhecimento popular dispõem de alternativas menos agressivas e mais ecológicas que os fungicidas sintéticos. • O ideal é recorrer a um técnico especializado para obter o diagnóstico correto do problema, especialmente se for necessário recorrer a fungicidas, que precisam ser utilizados com muito critério e rigor.
  22. 22. Obrigado!

×