Ermelino 221

65 visualizações

Publicada em

Ermelino

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
65
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ermelino 221

  1. 1. T i r a g e m 3 0 m i l - w w w . f b . c o m / ERME L I N OE P O N T ERA S A - T e l . : ( 1 1 ) 2 0 3 1 - 2 3 6 4 - r a l e st e @ g m a i l . c o m 15 de Novembro de 2015ANO XI / Nº 221 SÃO PAULO DISTRIBUIÇÃO GRATUITA ERMELINO & PONTE RASA Domingo de cidadania e lazer no Parque Sabesp Cangaíba João Doria quer transformar São Paulo em referência de Cidade Digital na América Latina Ermelino: Uma subprefeitura que não se comunica Rota de fuga do Jd. Keralux parou por quê? USP leste promove debate sobre homosse- xualidade James Green e Renan Quinalha apresentam o livro Ditadura e homossexualida- des: repressão, resistência e a busca da verdade. O evento, organizado pelo Programa de Pós-Graduação em Estudos Culturais... PÁGINA 04 Justiça Federal condena Celso Russomanno O apresentador de TV, deputado federal pelo PRB e pré-candidato à prefeitura de São Paulo.... PÁGINA 07 O Grupo Acontece de Jor- nais e Revista promoveu um dia recheado de grandes atrações, lazer e entretenimento para toda a comunidade do bairro Canga- íba. Aproximadamente 700 pes- soas passaram pelo parque. Com um tempo bastante agradável, o Parque Sabesp Cangaíba foi palco de diversas atrações artísticas voltadas para a diversão... Página 08 Aproveitando o momento de mudança na Subprefeitura de Ermelino & ponte Rasa, onde acaba de ser nomeado como subprefeito Alberto Nunes Santos, 51 anos, casa- do, pai de três filhos, forma- do em Economia e Pós Gra- duado em Políticas Públicas na Faculdade de Sociologia e Política de São Paulo, que é funcionário de carreira e membro do Conselho Par- ticipativo local, achamos oportuno o novo subprefeito aferir a qualificação e com- prometimento dos respon- sáveis pela comunicação da subprefeitura... PÁGINA 02 Uns dos poucos projetos da subprefeitura de Ermelino Ma- tarazzo que foi discutido com a comunidade e com os represen- tantes das empresas situadas no entorno do jardim Keralux por enquanto... PÁGINA 03 Subprefeito Alberto Santos
  2. 2. 2 ERMELINO & PONTE RASA - 15 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Atualidades Diretor Executivo: Jornalistas (fl): Assistênte de Redação: Designer Gráfico Representantes: Reporter Fotográfico(fl): Revisora: Administrativo Financeiro: Distrib./Logistica: Impressão: Divaldo Rosa Silmara Galvão Nunes-MTb 51.096 Ariane Andrade Bruno Barreto Rosa Eduardo Rocha e João Victor Eduardo Rocha Prof. Suseli Corumba Ademir Rodrigues MULTI-Distrib.Jornais e Folhetos As matérias publicadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não repre- sentam necessariamente a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa. REDAÇÃO E PUBLICIDADE Fone/Fax: 2031-2364 / 2513-0928 Av. dos Guachos, 166 - 08030-360-Vl.Curuçá–SP www.aconteceagora.com.br | E-mail: raleste@gmail.com CIRCULAÇÃO: Ermelino Matarazzo, Ponte Rasa e Cangaíba, onde residem mais de 400 mil habitantes. Um veículo do GRUPO ACONTECE de Jornais e Revistas Associado a: Ed. 221 - 2ª Quinz. Novembro de 2015 ERMELINO & PONTE RASA SÃO PAULO Assassinos de torcedor santista se entregam à polícia em Ermelino Matarazzo Com medo de uma possível retaliação de torcidas do Pal- meiras, Sandro da Silva Aragão, de 34 anos, e seu primo Felipe Aragão de Souza se entregaram no 62.º DP de Ermelino Mata- razzo e confessaram a partici- pação na briga que causou a morte do taxista santista Gerson Ferreira de Lima, de 34 anos, a pauladas. A hipótese de que o crime tinha relação com rixa de torcidas organizadas foi descar- tada pela delegada Regina Célia Issi. Sandro levou a camisa ver- de que vestia no dia do crime e explicou que era do Brasil e não do Palmeiras. Apesar de ter sido o responsável por iniciar a bri- ga, ele deve responder apenas por tentativa do homicídio. Seu primo, Felipe, foi quem matou Gerson e será indiciado por ho- micídio doloso, com pena pre- vista de 6 a 8 anos. De acordo com o depoimen- to de Sandro, a briga começou no banheiro de um posto de gasolina da avenida Águia de Haia. Lá, ele e o filho de 13 anos teriam sido ofendidos por Alisson Davis Moreira, de 27 anos. Irritado, Sandro foi para casa, encontrou-se com o primo Felipe e resolveram procurar Alisson pela região. No segundo encontro, ele desferiu socos em Alisson, en- quanto que Felipe acabou as- sassinando Gerson (que no pri- meiro encontro tentou apenas apartar a briga) a pauladas. Eles fugiram do local e a polícia investigou uma suposta guerra de torcidas. A camisa verde fez Sandro ser apontado como uniformizado do Palmei- ras, o que desagradou alguns torcedores de Ermelino Mata- razzo e redondezas. O medo de serem perseguidos por integran- tes de alguma torcida do clube alviverde os levou a se apresen- tar na delegacia. Unidades móveis do CATe começam nova programação Próxima oficina do CATe orienta interessados em torna-se microempreende- dores A partir da próxima semana, das 8h às 17h, inicia a programa- ção de atendimento das unida- des móveis do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedoris- mo (CATe), da Secretaria Mu- nicipal do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo (SDTE). No decorrer da sema- na, o CATe Móvel presentará serviços na Caravana do De- senvolvimento Local e Traba- lho Decente, na região oeste da capital, como: busca por vagas de emprego, habilitação do se- guro-desemprego e emissão da carteira de trabalho. A ação é realizada em co- operação com a Agência São Paulo de Desenvolvimento (Adesampa) e tem como foco aumentar geração de renda e trabalho na cidade. A equipe técnica do Microempreendedor Individual (MEI) também es- tará presente oferecendo dire- cionamento para quem deseja torna-se um microempreende- dor. No MEI Móvel o munícipe terá acesso à orientação sobre nota fiscal, impressão do com- provante de inscrição e situação cadastral (CNPJ), alteração ca- dastral e cancelamento do MEI, dentre diversos serviços. Para utilizar os serviços do MEI é preciso apresentar RG, CPF, título de eleitor ou o nú- mero do recibo da última decla- ração de imposto de renda de pessoa física, comprovante de endereço residencial e comer- cial. No sábado, 5 de dezembro, as unidades marcam presença em vários eventos, entre eles estão “2ª Ação Cidadania em Pirituba”, “Caravana da Cida- dania”, “Canto pela Paz”, entre outros. Oficinas - o CATe realizará a oficina de orientação com o tema “empreendedorismo”. Du- rante o encontro os participan- tes receberão informações sobre as características do empreen- dedor, dicas de como empreen- der, traçar metas e formalizar seu próprio negócio. Para utilizar os serviços da SDTE é necessário apresentar RG, CPF, carteira de trabalho e o número do PIS, sendo que para participar das oficinas é preciso ter também, no mínimo, 16 anos de idade. Região Leste Igreja São Francisco de Assis - Base Comunitária Ermelino Matarazzo Rua Miguel Rachid, 997 - Er- melino Matarazzo
  3. 3. 3ERMELINO & PONTE E RASA - 15 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Destaque Local Ermelino: Uma subprefeitura que não se comunica Ermelino: Uma subprefeitu- ra que não se comunica Aproveitando o momento de mudança na Subprefeitura de Ermelino & Ponte Rasa, onde acaba de ser nomeado como subprefeito Alberto Nunes San- tos, 51 anos, casado, pai de três filhos, formado em Economia e Pós Graduado em Políticas Públicas na Faculdade de So- ciologia e Política de São Paulo, que é funcionário de carreira e membro do Conselho Participa- tivo local, achamos oportuno o novo subprefeito aferir a quali- ficação e comprometimento dos responsáveis pela comunicação da subprefeitura, pois o fato é que a subprefeitura do bair- ro não se comunica, ou seja, a maioria absoluta da população não sabe o que os subprefeitos anteriores fizeram no bairro. Esta situação de total fal- ta de comunicação começou na gestão Haddad, quando o atual assessor Mauro Proença assumiu o cargo. Nas gestões anteriores do subprefeito Afon- so Camargo e dos coronéis do período Kassab, a subprefeitu- ra se relacionava muito bem e assessor de imprensa da época, Paulo de Souza Lima, vivia em permanente comunicação com o nosso jornal, num trabalho sé- rio e responsável. Para comprovar esta minha afirmação, fui verificar a co- municação entre a assessoria de imprensa desta subprefeitura com o Jornal Ermelino & Ponte Rasa e verifiquei que a mais de dois anos não recebemos uma única mensagem da assessoria de imprensa, nem mesmo os informativos da subprefeitura são enviados por email. E so- mos considerados um jornal respeitado e formador de opi- nião. Mas qualquer cidadão que pesquisar (www.prefeitura. sp.gov.br/cidade/secretarias/ subprefeituras/) vai perceber que enquanto a subprefeitura de Ermelino Matarazzo possui apenas 3 matérias atuais e 5 reportagens postadas em 2013 (repito, 2013), a sub Cidade Tiradentes tem 10 reportagens atuais, a Sub Itaquera tem pos- tadas 8 matérias atuais, a da Pe- nha tem 9 reportagens atuais e Aricanduva tem 13 reportagens atuais. Além dessa gritante diferen- ça, vimos que a alguns meses atrás a subprefeitura chegou ao cúmulo de não produzir um bo- letim informativo, que é o míni- mo que se espera de uma asses- soria de comunicação, porque perdeu os prazos para enviar o material pra gráfica, ou seja, a subprefeitura não tinha o que apresentar ou a assessoria de imprensa não fez as reportagens do que foi realizado pela gestão. A maioria dos subprefeitos que eu conheço ou que conheci no exercício do cargo costumam dizer que um dos setores mais importantes em uma subprefei- tura é a assessoria de imprensa, pois é através dela que a gestão se comunica com a população e presta conta dos projetos, ativi- dades, serviços e obras realiza- dos. Se uma subprefeitura não mostra o que faz, é porque não está fazendo nada ou porque tem uma assessoria de imprensa muito incompetente. “Eu não sei qual é a verda- de na subprefeitura de Ermelino Matarazzo & Ponte Rasa, mas muito pouco ou quase nada se ouve falar do que esta subpre- feitura está fazendo em nosso bairro”, disse um morador do Jardim Verônica. Recentemente eu estava conversando com um influente comerciante do bairro de Erme- lino Matarazzo e este, depois de reclamar da crise geral no comércio me perguntou se eu ti- nha conhecimento do que a sub- prefeitura estava fazendo. “Eu não ouço falar nada do que essa subprefeitura está fazendo e não vejo nada em jornal do bairro”. Coincidência ou não, as subprefeituras que tem uma boa divulgação das suas atividades são comandadas por jornalistas vocacionados, como são: Alice (Penha), Eduardo (Guaianases), Francisco (Aricanduva), só pra citar alguns profissionais que diuturnamente dedicam o seu tempo para divulgar bem a ges- tão local. Nós avisamos Já sabendo dos problemas com a falta de informação na subprefeitura de Ermelino e péssimo atendimento à impren- sa local eu apresentei o proble- ma à antiga subprefeita Sandra Lourenço, ao Chefe de Gabi- nete Leandro e aos secretários Medeiros e Nunzio Briguglio (Coordenação das Subprefei- turas e Comunicação). Como não fizeram nada não nos restou opção a não ser tornar o caso público. “A indicação é do Padre Ticão” A conversa que se ouve na subprefeitura de Ermelino Ma- tarazzo e entre aliados do Vere- ador Vavá é que o atual assessor é apadrinhado pelo conhecido Padre Ticão e por isso nem os subprefeitos e nem o vereador se sentem encorajados a tro- car o funcionário, mesmo que ele não seja o mais qualificado para o cargo e mesmo que isto prejudique toda a gestão. “Esta indicação é do padre Ticão e não se pode fazer nada”, disse um conhecido líder comunitário da região. Realmente o atual assessor de imprensa da subprefeitura tem costa quente e pode se dar ao luxo de ignorar um jornal local que só faz reportagens va- lorizando a gestão local. Na ver- dade o assessor Mauro Proença antes de ocupar este cargo, tinha outro cargo de assessor político no gabinete do ex--vereador Juscelino Gadelha, um conheci- do tucano de berço que perdeu o mandado e deixou muitos cola- boradores desempregados. Assim a comunidade de Ermelino Matarazzo e Ponte Rasa espera que o novo sub- prefeito tire a subprefeitura do isolamento e ponha os seus co- laboradores para trabalhar, in- cluindo uma melhor relação da assessoria de imprensa com os jornais locais. NOTA DA REDAÇÃO: Em mais de 20 anos de existência do Grupo Acontece de Jornais e Revista, esta é a segunda denun- cia envolvendo um funcionário público. O primeiro foi o caso do Chefe de Gabinete Rogélio da subprefeitura do Itaim Pau- lista, na gestão Kassab, que o denunciamos no jornal Folha do Itaim e o prefeito Kassab o exonerou sumariamente. Agora temos o caso da Assessoria de Imprensa de Ermelino que pre- cisa fazer o seu papel. Divaldo Rosa - Diretor do Jor- nal Ermelino & Ponte Rasa A Rota de Fuga do Jardim Keralux parou por quê? Uns dos poucos projetos da subprefeitura de Ermelino Ma- tarazzo que foi discutido com a comunidade e com os represen- tantes das empresas situadas no entorno do jardim Keralux por enquanto parece ter ficado só no papel. Procuramos obter alguma informação sobre o assunto, mas não conseguimos falar com alguém que pudesse infor- mar porque o projeto ainda não saiu do papel se ele chegou a ser considerado pelo Vereador Vavá, como a obra mais impor- tante do governo local. Tanto é verdade que em no mês de agosto, durante a realização da “Prefeitura no Bairro” o vereador Vavá disse à nossa equipe de reportagem: “Gostaria de destacar a Rota de Fuga do Jardim Keralux que vai beneficiar mais de 20 mil pessoas que não tem como procurar socorro se houver ne- cessidade de socorro através de ambulância ou de uma viatura do Corpo de Bombeiros. Nesta situação o socorro pode demo- rar mais de 40 minutos e com a Rota de Fuga esse tempo pode cair para 10 minutos. Este é um projeto da subprefeitura local que conta com o nosso total apoio e uma parceria com as empresas locais IRF Matara- zzo, Viscofan, Ban Química e Cimento Liz. Esta obra deverá estar pronta até 2016”, disse o Vereador do bairro. De lá pra cá, não se falou mais no assunto publicamente.
  4. 4. 4 ERMELINO & PONTE RASA - 15 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Comunidade Nova medida de acesso as piscinas do Sesc Itaquera Com a nova medida de atendimento, a partir de 2 de dezembro de 2015, o acesso às piscinas do Sesc Itaquera será apenas para credenciados no Sesc. A mudança no acesso tem como objetivo qualificar o aten- dimento do público prioritário, sendo alinhada a critérios já adotados nas demais unidades. O Sesc foi criado e é manti- do pelo empresariado do comér- cio de bens, serviços e turismo, para atender prioritariamente os trabalhadores desses setores e suas famílias. Fazem parte do grupo de empresas contribuin- tes, hospitais, supermercados, lojas, restaurantes, hotéis entre outras empresas. Com o intuito de estender também o atendi- mento à comunidade em geral, o público tem livre acesso a unidade, podendo participar de diversas atividades culturais, recreativas e esportivas, com acesso gratuito. Música, teatro, espetáculos, filmes, exposições, dança, circo, literatura e muito mais. Quando inaugurado em 1992, o Sesc Itaquera ficava em área pouco habitada, e atu- almente está totalmente incor- porado à cidade. Dessa forma, grandes áreas verdes como as oferecidas pela unidade se tor- naram espaços cada vez mais procurados pelos paulistanos. Localizado na Zona Leste, re- cebe diariamente cerca de cinco mil pessoas em busca de ativi- dades culturais, esportivas ou o contato com a natureza, e desde agosto de 2014 tem acesso gra- tuito para todos os públicos. O Sesc Itaquera possui es- paços lúdicos que apresentam às crianças diferentes formas de brincar, como escorregar em uma guitarra gigante ou procu- rar animais de pedra em meio à vegetação da Mata Atlântica. O viveiro, herbário, pomar, horta, lago e o trabalho com educação ambiental são destaques na uni- dade. O conceito de unidade-par- que vem sendo bem recebido pelo público, que tem se apro- priado dos espaços e desfrutado das programações de diferentes formas. Porém, sendo um par- que com piscinas, para manter a qualidade no atendimento, foi necessário priorizar o acesso aos credenciados, mediante a apresentação da Credencial Ple- na, com exame dermatológico válido. O atendimento gratuito de escolas e instituições se man- tém, e a unidade chega a rece- ber mais de três mil alunos por dia, que participam de diversas atividades culturais, esportivas e recreativas, além de usufruírem do Parque Aquático. O agenda- mento deve ser feito com ante- cedência. Para mais informa- ções, acesse sescsp.org.br. Ditadura X homossexualidades USP leste promove conversa James Green e Renan Quinalha apresentam o livro Ditadura e homossexualida- des: repressão, resistência e a busca da verdade. O even- to, organizado pelo Programa de Pós-Graduação em Estu- dos Culturais (EACH-USP) e Grupo de Pesquisa Entre Arte Contemporânea, acontece no Prédio da Biblioteca – Audi- tório 6. Durante a ditadura civil- -militar brasileira (1964- 1985), ocorreram diversas atrocidades contra os direitos humanos, como torturas e per- seguições feitas pelo Estado. Dentro desse contexto, gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais também foram alvo da violência e da per- seguição pelo regime, mas o assunto nunca teve a devida repercussão. Com objetivo de contribuir para uma análise interdisciplinar das relações entre o período e as homosse- xualidades, James Green, fa- moso historiador brasilianista da Universidade de Brown (EUA), e Renan Quinalha, in- tegrante da Comissão da Ver- dade do Estado de São Paulo “Rubens Paiva”, organizaram o livro Ditadura e homosse- xualidades: repressão, resis- tência e a busca da verdade, lançamento da EdUFSCar. Green e Quinalha foram os responsáveis pelo capítulo sobre homossexualidades no relatório da Comissão Nacio- nal da Verdade. Na coletânea, que conta com nove artigos, prefácio, introdução e posfá- cio, é mostrado como o mo- vimento de resistência LGBT foi sufocado, reprimido e impedido de se desenvolver, como ocorria em outras par- tes do mundo naquela época. “Essa análise dos cruzamen- tos entre a ditadura e as temá- ticas ligadas ao universo da homossexualidade torna-se ainda mais importante con- siderando o momento atual- mente vivido em nosso país, no qual diversas Comissões da Verdade estão investigan- do as graves violações aos direitos humanos praticadas durante o governo autoritá- rio”, afirmam os organizado- res. Além de artigos dos pró- prios organizadores, também integram a coletânea textos de Benjamin Cowan, Jorge Câe Rodrigues, José Reinaldo de Lima Lopes, Luiz Gonza- ga Morando Queiroz, Marisa Fernandes, Rafael Freitas, e Rita de Cassia Colaço Rodri- gues. Conversa Ditadura e ho- mossexualidades na USP Les- te Local: Prédio da Biblioteca - Auditório 6 Av. Arlindo Béttio, 1000 - Ermelino Matarazzo - São Paulo (SP )
  5. 5. 5ERMELINO & PONTE E RASA - 15 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Educação Por uma São Paulo melhor iluminada Modernizar, num curto pe- ríodo de tempo, o maior parque de iluminação pública da Amé- rica Latina, remodelando todas as suas 617 mil luminárias para a tecnologia LED, ampliar esse parque em mais 70 mil pontos, conectar todas as luminárias a um centro de controle operacional através de um sistema de teleges- tão para manutenção e controle do consumo de energia. Esse é o objetivo da Parceria Público- -Privada que a Prefeitura de São Paulo lançou hoje, republicando o Edital de concorrência interna- cional para contratar esse serviço público de enorme relevância para grandes cidades como a nos- sa, pois valoriza os espaços públi- cos, dialogando com as deman- das de melhor segurança urbana e economia de recursos ambientais. A ideia de utilizar o instru- mento de uma PPP para a ilumi- nação pública veio já em 2013, com a análise da situação em que encontramos nosso Parque. De um lado, o serviço mais recla- mado na Ouvidoria Municipal, o grande consumo de energia elé- trica, altos gastos e dificuldades para a manutenção, enorme de- manda de ampliação entre outros problemas. De outro, as infor- mações disponíveis sobre novas tecnologias de gestão e das lumi- nárias e os instrumentos da Cosip – Contribuição sobre a Ilumina- ção Pública e do Fundip – Fundo da Iluminação Pública. Ou seja, um outro modelo era necessário e possível, sem onerar mais os con- tribuintes e usando exatamente os mesmos recursos já pagos pelos mesmos. Para fazer a modelagem, a Secretaria de Serviços resolveu fazer um Chamamento Público ao setor privado, já em 2013, para que este oferecesse sua exper- tise apresentando estudos sobre o assunto, que resultou em 11 projetos de 24 empresas consor- ciadas ou isoladas. Contratamos a empresa municipal SPNegó- cios, para nos dar a assessoria técnica que também contou com o apoio do Banco Mundial; rea- lizamos 2 audiências públicas e respondemos cerca de 400 ques- tões técnicas levantadas por uma enorme gama de interessados no assunto. Lançamos o Edital de concorrência em abril de 2015, que foi paralisado pelo Tribunal de Contas para análise minucio- sa e exigência de respostas para várias representações, inclusive de representantes da Câmara dos Vereadores, e questionamentos de sua área jurídica e técnica. Tudo isso resultou no aperfeiço- amento do Edital que finalmente foi liberado para prosseguimento no último dia 25 de outubro. Ou seja, processo todo feito dentro da mais estrita legalidade, trans- parência e com participação da cidadania. O consórcio ganhador da concorrência e futuro parceiro da municipalidade, terá que investir, num período de 5 anos, R$ 1,7 bilhão, para trocar, no primeiro ano, 10% das luminárias da Ci- dade por LED e ampliar o atual parque em mais 70 mil pontos de iluminação, construir o Centro de Controle Operacional e iniciar a implantação do sistema de tele- gestão. Nos outros 4 anos, terá que trocar 22% das luminárias por ano até completar o parque e fazer a ampliação de mais 5% por ano para responder o crescimento da demanda que é constante. O Ilume levaria cerca de 20 anos para fazer essas obras se fosse para tocá-las com um contrato do tipo do atual. O novo parceiro terá que fazer novos investimen- tos a partir do 10º ano, pois terá que voltar a renovar as luminárias já que as de LED têm um tempo médio de vida de 10 anos. A con- cessão do serviço de iluminação pública durará 20 anos, tempo que a Prefeitura terá para pagar os investimentos e a gestão dos serviços e para que seu novo par- ceiro receba pelos investimentos feitos. E o pagamento será feito por indicadores de desempenho (tempo de atendimento das de- mandas e qualidade luminotéc- nica)e de disponibilidade (maior número de luminárias acesas à noite), avaliados por um Verifi- cador Independente contratado pelo Ilume. A iluminação em LED traz grandes vantagens para nossas cidades. A primeira é o baixo consumo de energia elétrica. São Paulo consome no seu parque atual 44,6 GWh por mês e paga por isso à concessionária de ener- gia de R$ 13,5 milhões. Isso cairá pela metade com o novo sistema, configurando um enorme ganho para nosso Meio Ambiente, que também é beneficiado pelo fato de não entrar metais pesados na composição desse tipo de lâmpa- da. E aqui também reside outra vantagem, pois a busca de eco- nomia de energia resultará em garantia de melhores ganhos e sobras para novos investimentos em projetos especiais. Do ponto de vista da sensação de segurança a iluminação com LED é muito grande. Já pude- mos constatar isso nas avenidas da Marginal Pinheiros, na aveni- da 23 de maio, sob o Minhocão e agora na comunidade de Heli- ópolis, locais que tiveram suas luminárias remodeladas com a nova tecnologia ainda dentro do contrato atual. Impressionante ouvir os depoimentos dos cida- dãos que trafegam por essas vias e que moram nesse bairro de como seus espaços se valo- rizaram e melhoraram. Trabalhamos nesse tempo todo, sob a liderança do Pre- feito Fernando Haddad, para oferecer um grande projeto para nossa Cidade, para que a concorrência seja ampla e re- sulte na melhor proposta para São Paulo continuar avançando e modernizando a gestão e os serviços de sua iluminação pú- blica, resultando numa sensível melhora da qualidade de vida de sua gente. Simão Pedro Chiovetti, mestre em sociologia política, foi deputado estadual pelo PT/ SP por 3 Mandatos (2003 a 2014), é o Secretário de Servi- ços da Prefeitura de São Paulo.
  6. 6. 6 ERMELINO & PONTE RASA - 15 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Empregabilidade Frases que fazem você pa- recer fraco no trabalho Não importa se você é um estagiário ou um diretor de em- presa: as palavras que você usa na sua rotina dizem quem você é como profissional. Talvez você não se dê conta disso, mas algumas expressões extremamente comuns demons- tram insegurança e fraqueza no ambiente de trabalho. Como a maior parte das conversas é extremamente rápida, há pouco tempo para pensar - e qualquer deslize pode gerar desconfian- ça. Veja algumas frases e ter- mos que você deveria banir do seu vocabulário. 1. “Eu só queria te pergun- tar uma coisa…” Quando usadas de maneira O “Caos” Urbano necessário Nenhum marasmo... Mais uma vez as luzes da noite chega á iluminar a grande metrópole que não sossega e nem repousa. Desde o Centro velho de Sampa até os últimos bairros mais peri- féricos seguem em si seu ritmo frenético compulsivo e neces- sário que dá a razão pela qual essa cidade tem esse nome: “A CIDADE DO TRABALHO”. O Brilho da lua ilumina essa cida- de como luz de neon... Cada passo dado em cada esquina lhe vem outros brilhos que provem das luzes dos semá- foros e das lanternas dos veícu- los. Luzes de apartamentos dos mais altos edifícios predomi- nantes vêm dar o ar de sua graça indicando que mais um traba- lhador chega para seu merecido descanso. Uma freada brusca, o barulho da Buzina do resgate, da policia e os roncos de mo- tores fazem parte da “orquestra sinfônica urbanista.” Aquele menino que sai cor- rendo do portão da escola na hora da saída em direção a sua casa cheia de esperança na cer- teza que seu vídeo game estará lhe esperando. E ele lhe pega se perguntando: o que há de ser amanhã e depois de amanhã?A menina que não brinca mais de boneca e nem de casinha repen- tinamente se vê uma mulher e nas ruas perambula toda cheia de brilho e glamour sob os ho- lofotes da noite... A vizinha que não sai da janela por nada observa o vai e vem em seu bairro, onde aquele comerciante da esquina lutador e perseverante não vê a hora de encerrar suas atividades e correr para os braços de sua família que a essa altura estão em casa esperando. O senhorzinho apo- sentado na pracinha jogando seu dominó com seu radio de pilha ao lado sempre na expec- tativa de ouvir boas noticias que outrora em sua juventude não lhe importava. Telefones não param de tocar em seu escritó- rio, mensagens a todo instante no WHATSAPP,o metrô lotado onde estudantes anseiam por passar naquela prova ou naque- le concurso publico feito. Aquele desempregado que retorna de mais uma entrevis- ta de emprego com poucos ou sem nenhum real no bolso. As pessoas seguindo a receita da “vida normal contemporânea “ o cliente no bar pede mais um copo de ilusão,deixando de lado o stress de uma jornada de tra- balho de 9 horas.Correria pau- listana que não da espaço para solidão e fantasias...Mais um dia amanhece e a passos largos caminham as pessoas em dire- ção ao seu trabalho.O padeiro e o faxineiro já estão apostos o jornaleiro abre a banca , mais uma noticia no jornal nos espe- rando.Um “bom dia” de muitas pessoas sai da boca com certa dificuldade... Assim é caos ur- banista necessário da nossa ci- dade! Fábio Santos Colunista Formado em Logística e Modelo Fotográfico exaustiva, palavras como “só” ou “apenas” sugerem que o que você tem a dizer tem pou- ca relevância. Mais do que isso, podem passar a impressão de que você está desperdiçando o tempo de alguém. Se tiver algo importante para comunicar, seja direto. 2. “Desculpe qualquer coi- sa, mas…” Poucos vícios demonstram mais fraqueza do que pedir per- dão por absolutamente tudo. Isso porque, na maior parte dos casos, você não tem nada pelo que se desculpar. Então, a me- nos que de fato tenha cometido um erro, evite começar uma fra- se usando esse termo. 3. “Eu não tenho certe- za se você poderia fazer isso, mas...” Frases como essa colocam você num papel de submissão em relação a seu interlocutor. Tam- bém fica subentendido que a ou- tra pessoa é importante e ocupada demais para ajudá-lo. Mais uma vez, o conselho de Rubin é ir di- reto ao ponto. Comece a pergunta com “Você poderia…?”.
  7. 7. 7ERMELINO & PONTE E RASA - 15 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Polítíca VIVER Em Segurança Coronel Emanuel de Aquino Justiça e Motoris- tas Embriagados *Emanuel de Aquino Lopes é Coronel da Reserva da Policia Militar, Mestre em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública, especializado em Direitos Huma- nos pela Fundação Getúlio Vargas, Pro- fessor de Pós Graduação na Faculdade Zumbi dos Palmares, membro do Núcleo de Projetos Estratégicos – ISAE Ama- zônia e do Luxembourg Brasil Business Council. (email: majaquino@yahoo.com. br) Quase metade dos moto- ristas embriagados que cau- sam acidentes em São Paulo ficam impunes. O motorista embriagado pode recorrer em várias instâncias mesmo que no bafômetro o teste te- nha dado resultado positivo. A punição para este tipo de crime ainda é muito branda e as autoridades de trânsi- to, em sua maioria, acre- ditam que somente a pena de prisão pode conter vá- rios desses criminosos que, usando seus veículos como verdadeiras armas, ceifam vidas de forma fria, mui- tas vezes sem um mínimo de comoção. São milhares de vítimas todos os anos, mutilados ou mortos por envolvimento em aciden- tes de trânsito, cujo cenário guarda uma violência laten- te característica dos grandes centros urbanos. Tem casos em que o condutor embria- gado se recusa a fazer o tes- te de bafômetro e mesmo conduzido até a Delegacia Policial, ali paga uma fiança e liberado, responde em li- berdade, aproveitando-se da já conhecida morosidade da Justiça. Educação, fiscali- zação e punição dos crimes de trânsito compõem um conjunto de medidas que podem induzir maior rigor no tratamento da questão. Uma lei mais dura é neces- sária. João Doria quer transformar São Paulo em re- ferência de Cidade Digital na América Latina São Paulo Cidade Digital é o tema do Seminário Ace- lera São Paulo que João Do- ria, pré-candidato pelo PSDB à prefeitura, promoveu no sábado (28), no auditório da FMU, avenida Liberdade, 899, das 8h30 às 12h30. “Nosso objetivo é desen- volver propostas que nos aju- dem a construir a estrutura necessária para São Paulo se tornar referência em Cidade Digital na América Latina”, afirma João Doria. “Vamos reduzir a distância entre os cidadãos e a Prefeitura, me- lhorando a qualidade dos serviços prestados e a gestão da cidade, por meio da Tec- nologia da Informação e Co- municação”. O seminário São Pau- lo Cidade Digital reuniu 467 militantes. Também foi lançado o jingle da pré- -campanha criado pelo pro- dutor musical e publicitário Thomas Roth. Diz o jingle: A coisa tá devagar, tá quase parando. Com João Doria é diferente, é São Paulo acele- rando”. Empreendedorismo e em- prego também foram debati- dos no seminário a partir de quatro casos de profissio- nais que realizaram inova- ções nos seus setores, como Alessandro Bomfim, sócio da Saga Games, rede de oito escolas que ensinam o de- senvolvimento de games e artes digitais. Justiça Federal condena Celso Russo- manno por peculatoO apresentador de TV, deputado federal pelo PRB e pré-candidato à prefeitura de São Paulo, Celso Russoma- no, foi condenado a dois anos e dois meses de prisão por peculato, isto é, apropriação de bem público por ter nome- ado como funcionária de seu gabinete, entre 1997 e 2001, a gerente de sua produtora de vídeo Night and Day Promo- ções. De acordo com a Justi- ça, Sandra de Jesus, a gerente da empresa do pré-candidato, recebia salário de assessora parlamentar, mas trabalhava de fato na produtora. A Justiça Federal, no entanto, reduziu a pena de Russomano, que só precisa- rá pagar 25 cestas básicas e cumprir 790 horas de traba- lho comunitário, por enten- der que ele já devolveu cerca de R$700 mil de verba de ga- binete de seus mandatos. O deputado já havia sido condenado por peculato em fevereiro de 2014, pela Justiça Federal do Distri- to Federal, mas recorreu ao Supremo Tribunal Federal. O procurador-geral da Re- pública, então, Rodrigo Ja- not, pediu que o parlamentar fosse ouvido – mas a decisão foi mantida e divulgada nes- te sábado. “ Valendo-se da quali- dade de deputado federal, o réu concorreu para que fosse desviado dinheiro público em proveito de Sandra de Jesus e indiretamente dele próprio, já que a União pas- sou a remunerar pessoa cujo encargo seria da empresa”, escreveu o magistrado em sua decisão.
  8. 8. 9 ERMELINO & PONTE RASA - 15 A 30 DE NOVEMBRO DE 20158ERMELINO & PONTE E RASA - 15 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Parque Cangaíba Parque Cangaíba Domingo de cidadania e lazer no Parque Sabesp CangaíbaO Grupo Acontece de Jor- nais e Revista promoveu um dia recheado de grandes atrações, lazer e entretenimento para toda a comunidade do bairro Canga- íba. Aproximadamente 700 pes- soas passaram pelo parque. Com um tempo bastante agradável, o Parque Sabesp Cangaíba foi palco de diversas atrações artísticas voltadas para a diversão e lazer de todos que por ali passavam. Nas atrações principais do domingo de lazer, as crianças puderam participar ativamente de todas as atividades realiza- das no dia, entre brincadeiras, como pique- esconde, pega-pe- ga, amarelinha, futebol, dança, elas também puderam pular na cama elástica, mergulhar na pis- cina de bolinha, fazer escultura de balão e ainda tiveram seus rostos desenhados e pintados. E para melhorar a formosura e le- vantar a autoestima, a profissio- nal de beleza, Dayane Almeida, fez questão de apoiar o evento e passou o dia inteiro cortando as madeixas dos convidados, “sempre que posso faço questão de participar de eventos como estes, ver a alegria no rosto des- tas pessoas me enche de alegria e satisfação”, frisa a profissio- nal. Além disto, todos que por ali passavam tiveram um dia de consciência da importância do uso racional da água promovi- da pela equipe da Sabesp que também teve participação no evento. Água à vontade, pipoca e algodão doce, também foram distribuídos durante todo o dia. Quem acompanhava o even- to pôde contemplar diversos shows artísticos, com artistas de grande conceito na região Les- te. Entre as principais atrações, o evento contou com a partici- pação do Grupo Ex quadrilha de Samba, Trio Amizade, cantor sertanejo Eddy, Dj Bibi e Car- lão Guerreiro da Leste. Em um ritmo bastante ani- mado, enquanto os músicos se apresentavam, quem passava ao redor do Parque Cangaíba fica- va curioso para saber o porquê de tanta agitação, “nossa, hoje está muito legal e divertido, poxa se soubesse teria vindo mais cedo. Pensei que fosse al- gum evento político. Achei bem bacana a iniciativa dos shows aqui no parque”, enfatizou a dona de casa Marlucy Pereira. O aposentado Claudio Bar- boza de 70 anos fez questão de levar seu netinho Kaue, de 07 meses, para acompanhar o evento. “Hoje está sendo ma- ravilhoso, nunca tivemos isto aqui, espero que de agora em diante tenhamos sempre even- tos como este, isto alegra nossa semana inteira e faz um bem da- nado para nossas crianças. Faço questão de trazer meu neto para participar desde pequeno”. O cantor e compositor Car- lão Guerreiro da Leste, além de uma brilhante apresentação, ele contagiou a todos com seu ritmo Hip Hop Nostalgia. “É maravilhoso poder participar, acredito que temos que fazer nossa parte para um país melhor e mais justo, trazer diversão, lazer e entretenimento para as famílias carentes de nossos bair- ros é sempre uma iniciativa que quero estar envolvido”. Idevanir Arcanjo, jornalista e presidente da Associação Jar- dins das Camélias, sabe bem a importância que tem este tipo de evento para a comunidade e, ao ser convidado, não pensou duas vezes em apoiar o projeto. “É um prazer participar de uma iniciativa como esta que o Gru- po Acontece está proporcionan- do. Eu acredito que manifesta- ções populares e culturais têm que ser algo constante nas co- munidades mais carentes onde o aparelho público não chega e o governo não vê que as mani- festações populares têm que ser mais valorizadas e incentiva- das, espero que isto repercuta de uma maneira positiva e que venhamos a ter mais atividades como estas. Divaldo Rosa está de parabéns pela iniciativa”. Em entrevista com o idea- lizador deste projeto, o diretor do Grupo Acontece Divaldo Rosa explicou que a ideia ser- viu como um laboratório para outros eventos de cidadania nos parque públicos da zona leste, o principal intuito era aproxi- mar a comunidade do acesso ao lazer e diversão. “Como uma atividade inicial para fazer uma avaliação, pensamos fazer este dia de lazer no Parque do Can- gaíba. Escolhemos lá por saber que é um parque ótimo, bonito e bem cuidado, localizado em um ponto estratégico que tem pou- ca movimentação e acertamos em cheio, pois o evento foi um sucesso e com certeza teramos outros” frisa ele. Sobre o Parque O Parque Sabesp Cangaíba tem uma ampla área verde de proteção ambiental, administra- do pela Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo S.A.), a área de lazer foi inaugurada em março desde ano. Sua infraestrutura é composta por quadra de espor- tes e arquibancada, playground, bancos e mesa para jogar dama/ xadrez, praça com mirante, bici- cletário, equipamentos de exer- cício físico para a terceira idade, sanitários e rota de passeio que segue o percurso da tubulação de água já existente. Há tam- bém painéis que orientam sobre o uso racional da água. O par- que tem rampas para garantir a acessibilidade a portadores de deficiência. Quanto à flora do local, houve a preservação de 470 ár- vores (remanescentes da Mata Atlântica) e o plantio de outras 120, das mais variadas espécies, além de 2.078 espécies arbusti- vas e trepadeiras. Endereço Avenida Cangaíba, esquina com Rua Engº Costa Ouri- que, Cangaíba
  9. 9. 1 0 ERMELINO & PONTE RASA - 15 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Feminissima Hidratação cura rugas? Detonamos alguns mitos sobre marcas de expressão ao redor dos olhos Com o passar do tempo, começam a aparecer as rugas, linhas de expressão e pés de ga- linhas. Ainda que seja grande a busca por soluções para atenu- nar essas marcas na pele, como sempre, a prevenção é o melhor tratamento. Alguns cuidados, como a proteção solar diária e a hidratação, são fundamentais para uma pele saudável, mas é o suficiente para combater as rugas? EVITAR EXPOSIÇÃO EXCESSIVA AO SOL AJU- DA O COMBATE ÀS RUGAS Ficar sem tomar sol ajuda a prevenir as rugas, mas não as evita completamente, pois elas são sinais da pele que aparecem também por outros motivos. Mesmo assim, é essencial usar protetor solar todos os dias, pois a exposição excessiva e despro- tegida é a principal causadora de envelhecimento precoce e cân- cer de pele. PELE SECA TEM MAIS RUGA A pele seca tem um grau de um grau de absorção inferior ao normal, e, por isso, pode ser mais vulnerável e predisposta às rugas. O importante é utilizar os produtos certos, para remo- ver as impurezas sem ressecar a pele. Ainda que a pele oleosa seja menos propensa a rugas, ela não está livre da ameaça. Todos os tipos de pele precisam de cui- dados! HIDRATAÇÃO ACABA COM AS RUGAS? A hidratação minimiza e pre- vine as rugas, mas não as elimina por completo. É importante, além de tratar a pele, beber bastante água, o que favorece a excreção de toxinas que prejudicam a pele. Sozinhos, os hidratantes não aca- bam com as rugas. Um produto com alta concentração de antio- xidantes, por exemplo, ajuda no combate aos radicais livres, o que previne a formação de novas ru- gas, mas ele não age sobre as ru- gas que já existem. DEPILAÇÃO A CERA CAUSA RUGAS? A flacidez não tem nada a ver com a depilação do buço ou da sobrancelha com cera, nem com nenhum outro método de remo- ção de pelos. Uma pele flácida é causada pelo enfraquecimento da fibra de colágeno e da elastina, que não são danificadas durante a depilação. No entanto, fique atenta na técnica do processo e no espaço de tempo entre a remoção dos pelos, pois quando inadequa- dos, eles podem sim favorecer a flacidez facial. MOVIMENTOS FACIAIS NÃO CAUSAM RUGAS Diversos fatores causam ru- gas e um deles é a repetição de movimentos faciais. Expressões como sorrir, franzir a testa e aper- tar os olhos repetidamente du- rante muito tempo podem causar rugas, principalmente nos cantos dos olhos e na testa. OSPÉSDEGALINHASO- MEM COM CREME PARA A ÁREA DOS OLHOS? Os cremes para os olhos nor- malmente possuem vitaminas e antioxidantes, que estimulam a produção de colágeno e melho- ram a textura e o viço da pele. Esses produtos, no entanto, não acaba com os pés de galinha. CREMES AGEM DA MESMA FORMA QUE A TO- XINA BOTULÍNICA? A toxina botulínica atua di- retamente no músculo responsá- vel pela formação das rugas de expressão. Os cremes, no entan- to, agem na pele, melhorando a hidratação e atenuando as rugas mais finas. Ou seja, eles agem de formas diferentes, buscando re- sultados similares. Formas de atualizar o seu cor- te de cabelo para o verão Veja os cortes de cabelo que têm tudo a ver com a estação Entre versões curtas, médias, longas, com franja ou repicadas, existem muitas formas de adaptar os cabelos para o verão. Pensan- do em todas as possibilidades veja quais os cortes têm tudo a ver com a estação. Bob: o corte do momento Os profissionais indicam o corte tipo bob como a tendência que se mantém para o verão. Ele é a melhor opção para fugir um pouco dos fios muito compridos, além de dar aos profissionais a possibilidade de trabalhar outras técnicas. O bob alongado é uma versão bacana para as mulheres que querem manter a identidade do cabelo comprido e dá para tra- balhar com opções mais batidas na nuca, pontas nas laterais e fios mais ondulados, com mais mo- vimento. O corte virou um ícone que continuará em alta. Ele faz sucesso porque é extremamente prático, tem poucas camadas e não é difícil de cuidar, além de todo mundo conseguir moldá-lo com facilidade em casa. A versão para todo mundo usar O corte mais democrático, o bob alongado (ou long bob), funciona bem em cabelos lisos ou crespos, basta dosar a desco- nexão dos fios. Em um cabelo mais volumoso, por exemplo, é aí que se controla o volume. O corte também combina com qualquer formato de rosto, porque dá para adaptar, como no caso de rostos arredondados, que dá para evitar franjas muito longas e evitar a impressão de linhas muito para- lelas, arredondando ainda mais. Um franjão, por sua vez, eleva o topo da cabeça e é um truque para alongar o rosto, assim como des- fiar o contorno dos fios. Repicado ou desfiado? É preciso entender a diferen- ça entre repicar e desfiar um ca- belo, quando repico, crio cama- das e então ganho volume. É uma ilusão repicar o cabelo achando que ele vai ficar menos volumo- so, esse efeito pode ser garantido pelo desfiado, que cria mechas irregulares ao deixar espaços va- zios, fazendo com que o cabelo se encaixe melhor e cresça mais bonito. Os fios desfiados, com ir- regularidades, continuam em alta. Renove com franja Ambos os profissionais apon- taram para o ar jovial, de ingenui- dade, que uma franja dá ao look. De acordo com Jô, é preciso to- mar cuidado porque essa talvez não seja a imagem que a cliente quer transmitir às pessoas. Tam- bém é importante pensar que uma franja pode destacar (e esconder) alguns elementos do rosto, por isso vale analisar bem antes de decidir. A franja do momento é aquela mais leve, alongada nos cantos, mostrando um pouco dos olhos e da pele.
  10. 10. 11ERMELINO & PONTE E RASA - 15 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Saúde
  11. 11. 1 2 ERMELINO & PONTE RASA - 15 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Passatempo DIÁRIO DE S. PAULO - TERÇA-FEIRA / 1 DE DEZEMBRO DE 201528 horóscopopor João Bidu ÁRIES (21/3 a 20/4) Com a Lua em seu paraíso astral, você conta com a sorte em tudo o que fizer. Também esbanja simpatia ao lidar com colegas ou com clientes. Você vai se tornar o centro das atenções. TOURO (21/4 a 20/5) Você está com disposição para sair da rotina, passear e até fazer uma viagem. Se não der, entre em contato com al- guém querido que está longe e mate a saudade. Espalhe seu charme por aí. GÊMEOS (21/5 a 20/6) Em busca de segurança e estabilidade, você pode se apegar em excesso às suas coisas. Bom momento para inves- tir na casa e até comprar algo para o lar que deseja há tempos. CÂNCER (21/6 a 21/7) Com a Lua em seu signo, você vai ter energia e bom humor! Viagem rápida, passeio ou programa agitado que que- ria fazer há um tempo tem tudo para ser um sucesso. LEÃO (22/7 a 22/8) Hoje, diminuir o ritmo e reavaliar algu- mas coisas pode ser a melhor pedida. Há chance de encontrar dinheiro ou al- go de valor que julgava perdido. Escla- reça assuntos com o seu amor. VIRGEM (23/8 a 22/9) Passar mais tempo na companhia dos amigos tem tudo para animar o final de semana! Mas pegue leve para evitar discussão ou briga. Paquera com al- guém da turma tem tudo para dar certo! LIBRA (23/9 a 22/10) Hoje, você vai dar mais importância ao que as pessoas pensam a seu respeito. Bom momento para resolver algo em segredo e melhorar sua imagem sem fazer alarde. ESCORPIÃO (23/10 a 21/11) O desejo de viajar tem tudo para cres- cer, especialmente se for na companhia dos amigos. Seu lado expansivo tam- bém fica evidente. Use isso a seu favor para agitar as coisas na vida amorosa. SAGITÁRIO (22/11 a 21/12) Bom dia para se livrar de coisas velhas, exercer seu lado desapegado e aban- donar hábitos antigos. Mudança no vi- sual pode garantir elogios. A sensuali- dade será sua arma secreta. CAPRICÓRNIO (22/12 a 20/1) O desejo de ficar perto das pessoas que ama tem tudo para crescer. Ótimo dia para aprofundar as relações e entrar em contato com quem mora longe. Sair da rotina anima os momentos. AQUÁRIO (21/1 a 19/2) Aproveite o dia para cuidar melhor da saúde. Será mais fácil adotar bons hábi- tos e deixar algumas coisas de lado. Se tem trabalho a fazer pode cuidar disso de maneira discreta. PEIXES (20/2 a 20/3) Ótimas energias deixam o dia ainda mais especial! Aproveite para fazer pro- gramas de lazer, especialmente na companhia dos amigos ou filhos. Espa- lhe seu charme. Cruzadas passatempo Soluções Sete erros Sudoku O conteúdo de Passatempo é fornecido pela www.coquetel.com.br Preencha os espaços vazios com algarismos de 1 a 9. Os algarismos não podem se repetir nas linhas verticais e horizontais, nem nos quadrados menores (3.3).
  12. 12. 13ERMELINO & PONTE E RASA - 15 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 TV em Ação DIÁRIO DE S. PAULO - TERÇA-FEIRA / 1 DE DEZEMBRO DE 2015 25 FotosdeDivulgação/TVGlobo Luciano Guaraldo lucianog@diariosp.com.br A novelamalcomeçou, masJulianaPaivajáé considerada um dos destaques de “Total- mente Demais”. Pu- dera.Loucapelafama,suaCas- sandra tem provocado alguns dos momentos mais engraça- dosdatramadas19h. “Euadorofazercomédiaees- sa é a primeira vez que escre- vem um papel especialmente paramim,entãomesintohon- rada”, conta a atriz de 22 anos, que chegou a protagonizar “Além do Horizonte” (2013), mas valoriza a função dos coadjuvantes.“Amocinha so- fre a novela inteira para poder sorrirnofim.ComaCassandra, eujáfaçorirdesdeocomeço.” A relação da personagem comaprotagonistaEliza(Mari- naRuyBarbosa),porém,nãoé motivo de riso. As duas são ri- vaisnoconcursoGarota Total- menteDemaiseCassandraserá a principal pedra no sapato da ruivinha. Mas Juliana não a vê comoumavilã.“Éumamenina determinada,sonhadoraeavi- dafinalmenteestásorrindopa- ra ela. Se alguém entrar no ca- minho, ela vai fazer o possível paratirar.Masnãoachoqueela seja malvada”, define a bela. “Eudigoqueelaéamoral,mas viva OLHO NELA! Pela fama risoJuliana Paiva faz sucesso em ‘Totalmente Demais’, nega que Cassandra seja vilã e a compara com Darlene, de ‘Celebridade’ Atrizgarantenãoter nadadeCassandrae preferemanteravida pessoalreservada SEGUEOSPASSOS “Eu busquei inspiração na Kim Kardashian e nas blogueiras que surgem do nada e viram referência” _Juliana Paiva, sobre a construção de Cassandra Cassandra e Darlene: roupas parecidas, não? e pelo nãoimoral,porquenãotemno- ção nenhuma de moralidade. Sealguémdizqueelanãopode fazerumacoisa,elaquestionao motivo,masvailáefaz.” BEM DIFERENTES/ Com essa busca desenfreada pela fama, impossívelnãocompararCas- sandra e personagens como Darlene (Deborah Secco), de “Celebridade”(2003),eValdi- rene(TatáWerneck),de“Amor àVida”(2013),quetambémfa- ziam qualquer coisa para apa- recer. “Quando eu recebi a si- nopse da personagem, me lembrei imediatamente da Darlene. A Deborah foi muito bemnaquelanovela,mediver- tiu bastante”, assume Juliana, que minimiza a comparação entre as duas: “A Cassandra é maismenina,maissonhadora, temumapegadadiferente”. Com Valdirene, Juliana vê uma semelhança: “Acho que ela participaria do ‘Big Brother Brasil’ se tivesse a chance. É o tipo de pessoa que apareceria notelejornal,duranteumama- tériaséria,dando‘tchauzinho’ paraacâmera(risos)”. A propósito, Juliana garante quetempoucoemcomumcom sua personagem. “Na minha vida pessoal eu tento ser mais discreta, não fico divulgando tudooquefaço,seestounamo- rando ou não. Saio à noite, me divirto,masascoisasmaisim- portantes eu prefiro reservar para mim”, justifica ela, que continua:“Achoqueosatoresjá se expõem tanto profissional- mente,opoucodevidapessoal quetenhoeutentoguardar”.
  13. 13. 1 4 ERMELINO & PONTE RASA - 15 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 PALMEIRAS DIÁRIO DE S. PAULO - TERÇA-FEIRA / 1 DE DEZEMBRO DE 201512 esportes BOLA DE OURO DA FIFA ENTENDACOMOFUNCIONA ABOLADEOURODAFIFA 1 Qual foi o período analisado pela Fifa? As indicações se deram com ba- se no desempenho de um ano, entre novembro de 2014 e 2015. 2Quem define os finalistas? Os 23 pré-indicados ao prêmio masculino são escolhidos em conjunto pela Fifa e pela revista “France Football” — organizadora original da premiação, antes da fusão em 2010. As listas para dez treinadores e treinadores são fei- tas em comum por estas entida- des e pelo Comitê de Futebol Fe- minino da Fifa, que tem ainda a responsabilidade de escolher a lista das mulheres. Depois, os três finalistas de cada categoria são definidos em votação entre técnicos e capitães das seleções filiadas e representantes da mídia escolhidos pela própria Fifa. 3E o Prêmio Puskás, de gol mais bonito? A escolha é feita por votação aberta na internet nos sites da Fifa e da revista francesa, após as duas entidades selecionarem os dez gols mais bonitos. Depois de divulgados os três mais votados, uma nova eleição é aberta, mas os votos recebidos na primeira etapa continuam valendo. Rumo ao topo do mundoOs números do trio que serão levados em conta na votação Messi NeymarCristiano Ronaldo 60 6056jogos jogos jogos 57 gols 23 assistências 55 gols 17 assistências 44 gols 13 assistências Raio-X do craque brasileiro As participações de Neymar na Bola de Ouro 2011 2012 2013 2014 2015 10º 13º 5º 7º top 3 Prêmio Puskás (gol mais bonito) 2010 - finalista pelo gol contra o Santo André 2011 - VENCEDOR - gol contra o Flamengo 2012 - finalista pelo gol contra o Inter 2013 - finalista pelo gol contra o Japão 2014 - não concorreu 2015 - não concorreu Ele merece Marta Teixeira marta.teixeira@diariosp.com.br Renan Cacioli renan.cacioli@diariosp.com.br M ulticampeão pelo Barcelona, arti- lheiro do principal torneio do planeta e único fora de sé- rie atualmente da seleção bra- sileira. Com tantos predicados, Neymar acabou escolhido um dos três melhores jogadores do mundo, em anúncio feito pela Fifa ontem. Ele vai concorrer à Bola de Ouro, prêmio entregue em parceria com a revista “FranceFootball”,comMessie CristianoRonaldo,ganhadores dasúltimasseteedições. O vencedor será conhecido nodia11dejaneiro,emcerimô- niaemZurique,naSuíça. Desde2007,quandoKakále- vou o troféu, o Brasil não tinha um representante masculino no top 3 do evento — a atacante Marta ganhou a premiação fe- minina cinco vezes seguidas, Após temporada espetacular, Neymar está entre os três melhores do mundo e vai concorrer com os dois vencedores dos últimos sete anos, Messi e Cristiano Ronaldo de2006até2010.Destavez,ela nãoestá concorrendo.As fina- listas são Carli Lloyd, dos Esta- dosUnidos,AyaMiyama,doJa- pão,eaalemãCéliaSasic. O Brasil participará também do Prêmio Puskás, que elege o gol mais bonito do ano: o ata- cante Wendell Lira, que vai jo- gar no Vila Nova-GO, disputa comMessi,doBarça,eFlorenzi, da Roma, pelo gol feito com a camisa do Goianésia (leia en- trevistacomWendellaolado). A Fifa anunciou ainda os fi- nalistasentreostreinadores:os espanhóis Luis Enrique, do Barcelona, e Pep Guardiola, do Bayern de Munique, além do argentino Jorge Sampaoli, téc- nicodaseleçãochilena. INTRUSO/ Não será fácil para Neymar desbancar Messi. Os númerosdobrasileirosãoinfe- riores(vejanaarteacima)eaté mesmo a artilharia da Liga dos Campeões, ele dividiu com o argentino — e com o CR7. Cada umfezdezgolsnotorneio. ENTREVISTA Wendell Lira_ Finalista do Prêmio Puskás ‘Se eu puder, vou tirar selfie com todo mundo’ DIÁRIO_ Como soube que es- tava entre os finalistas? WENDELL LIRA_ Fiquei ansio- so, até desliguei o celular. Esta- va saindo da fisioterapia e um cara que nunca tinha visto fe- chou meu carro na rua. Ele pe- diu para tirar uma foto comigo e me disse que eu estava na final. Mas a ficha ainda não caiu. Vai assistir à premiação lá? Sim e estou muito animado. Já pensou, ficar ao lado de Messi, Cristiano Ronaldo, Neymar... Vou tirar selfie com todo mun- do, se conseguir (risos). Quem é seu favorito? Prefiro o estilo do Neymar, mesmo gostando mais do Cris- tiano pelos gols, mas vou torcer pelo Neymar. Já pensou eu e ele ganharmos? Vamos fechar o ano com chave de ouro! E pelo gol mais bonito, dá para vencer Messi? Sim. A jogada do meu é melhor e ainda tem minha finalização com um voleio. Sofreu lesões no início da carreira, temeu parar de jogar? Rompi o ligamento do joelho duas vezes, fiquei um ano e meio parado. Achei que não fosse mais jogar. Concorrer a esse prêmio já é uma vitória. Veja os gols que concorrem ao Prêmio Puskás no site: www.diariosp.com.br Esporte
  14. 14. 15ERMELINO & PONTE E RASA - 15 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Passatempo DIÁRIO DE S. PAULO - TERÇA-FEIRA / 1 DE DEZEMBRO DE 201522 Escalado Um membro da comissão téc- nica do Palmeiras garante que Gabriel Jesus se recuperou da luxação no ombro e estará à disposição de Marcelo Oliveira amanhã, contra o Santos. Preto no branco O Palmeiras garante que suas dívidas fiscais são de R$ 75 milhões, quase três vezes me- nos do que os R$ 220 milhões divulgados por Alberto Strufal- di, ex-presidente do COF (Con- selho de Orientação Fiscal). Persona non grata O Santos admite que deve cerca de R$ 600 mil a Edu Dra- cena, mas tem coisas a recla- mar do zagueiro. Ou melhor, de seu irmão e procurador. O assunto mal resolvido tem a ver com a comissão em um contrato de patrocínio. Conta alta O Santos terá de fazer econo- mia nos próximos meses para conseguir aderir ao Profut. De acordo com o presidente Mo- desto Roma Júnior, o clube precisará pagar R$ 10 milhões para entrar no programa. jorgenicolajorge.nicola@diariosp.com.br Bicho do Verdão é o dobro do Peixe O Palmeiras vai pagar muito mais a seus jogadores pelo título da Copa do Brasil do que o Santos, adversário na decisão de amanhã, no Allianz Parque. O presidente alviverde Paulo Nobre prometeu R$ 5 milhões de bi- cho ao elenco, contra pouco mais de R$ 2 milhões do Santos. O prêmio que o Palmeiras se dispõe a bancar é maior até do que aquele a que terá direito o clube campeão — a CBF vai depositar R$ 4 milhões ao vencedor, enquanto o vice embolsa- rá R$ 2 milhões. A bolada oferecida por Nobre tem a ver com a obsessão do cartola em ganhar um título como presidente — ele faturou apenas a Série B, em 2013 — e com o respaldo financeiro que dois de seus parceiros lhe dão. Os contratos com Crefisa e Adidas preveem, somados, R$ 3 milhões de bônus em caso de título. Há quem garanta que a passagem do Palmeiras para a semifinal já valeu R$ 50 mil para cada jogador utilizado nas duas partidas contra o Fluminen- se. A vaga só foi obtida nos pênaltis, depois de vitória por 2 a 1 no tempo normal, também no Allianz Parque. O santista Gabriel e o palmeirense Matheus Sales disputam bola em lance da primeira final, na Vila RicardoSaibun/Santos/25-11-2015 OSALVADOR “Estou indo para o clube que vai precisar mais de mim do que os outros três interessados” _Muricy Ramalho Sobre seu provável acerto com o Flamengo Outra opção Além de Marcelo Cirino, o São Paulo discute com a Doyen Sports a chance de contratar o atacante Douglas Coutinho (foto). A empresa é dona de 70% dos direitos econômicos do garoto de 21 anos, que de- fende o Atlético-PR. Fora do ar Lucão suspendeu sua página oficial no Facebook e no Insta- gram depois de virar alvo de uma chuva de xingamentos e até ameaças de torcedores do São Paulo. Abalado, o zagueiro chegou a chorar no Morumbi, após o jogo do último sábado. Apoio geral Vários jogadores, entre eles Rogério Ceni, e diretores do São Paulo telefonaram para Lucão desde sábado para de- monstrar apoio. Na torcida O departamento financeiro do Corinthians tem recomendado ao setor do futebol que venda ao menos dois jogadores até o fim do ano, para ajudar a evitar um déficit muito alto. Mendoza deverá render R$ 14 milhões. O outro nome é incerto. Só em 2016 Ralf não é o único a dar dor de cabeça em relação à renova- ção. Andrés Sanchez revelou ontem que as conversas com Renato Augusto esfriaram e só devem ser retomadas após o fechamento da janela de transferências, em janeiro. Seu vínculo termina em um ano. Incompatível O desejo da Lusa de contar com a volta do goleiro-artilhei- ro Tiago não deverá se realizar. Destaque em sua passagem pelo Canindé, o atual reserva do Ceará quer R$ 15 mil de sa- lário. A Lusa paga até R$ 7 mil. 19pontos tem o Verdão no 2o- turno do Brasileiro: em 2014, com o time que quase caiu, foram 22 pontos Divulgação VOCÊ SABIA? Cristiano Ronaldo e Messi se revezam desde 2008 na condição de vencedores da Bola de Ouro. Neymar vai tentar destronar a dupla do Real Madrid e do Barcelona na edição deste ano, condição que outros cinco jogadores não Neymar é o sexto jogador a desafiar Cristiano Ronaldo e Messi na Bola de Ouro conseguiram desde então. Pior: os desafiantes sempre ficaram na terceira colocação. São eles: Fernando Torres (em 2008), Xavi (em 2009, 2010 e 2011), Iniesta (em 2012), Franck Ribéry (em 2013) e Neuer (em 2014).
  15. 15. 1 6 ERMELINO & PONTE RASA - 15 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Esporte DeBRITO

×