Java Básico

371 visualizações

Publicada em

Slides utilizados na apresentação de minicurso apresentados na X Jornada da Computação.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
371
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Java Básico

  1. 1. Bruno Arueira http://brunoarueira.wordpress.com
  2. 2. <ul><ul><li>Convenção da Linguagem; </li></ul></ul><ul><ul><li>Modificadores: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Acesso/Visibilidade; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Especiais </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Classes; </li></ul></ul><ul><ul><li>Interfaces; </li></ul></ul><ul><ul><li>Ferramentas para programar; </li></ul></ul><ul><ul><li>Referências; </li></ul></ul>
  3. 3. <ul><ul><li>Constantes com todas as letras em maiúsculo: CONSTANTE; </li></ul></ul><ul><ul><li>Variáveis começam com letra minúscula: variável; </li></ul></ul><ul><ul><li>Classes começam com letra maiúscula: Classe; </li></ul></ul><ul><ul><li>Se o nome for composto, cada nome começa com letra maiúscula: variávelComNomeComposto; </li></ul></ul>
  4. 4. <ul><ul><li>public Torna o membro acessível de qualquer parte da aplicação. </li></ul></ul>Acesso/Visibilidade
  5. 5. <ul><ul><li>protected Torna o membro acessível somente no próprio corpo da classe ou em suas sub-classes </li></ul></ul>Acesso/Visibilidade
  6. 6. <ul><ul><li>default Acessível somente a nível de pacote </li></ul></ul>Acesso/Visibilidade
  7. 7. <ul><ul><li>private Acessível somente no corpo da classe. </li></ul></ul>Acesso/Visibilidade
  8. 8. <ul><ul><li>static Usado para distinguir membros de instância de membros de classe. Quando utilizado usa-se por convenção o acesso pelo nome da classe, como no exemplo a seguir. Pode ser utilizado tanto para atributos, como para métodos. </li></ul></ul>Especiais
  9. 9. <ul><ul><li>Formas de acesso a métodos estáticos: Pela classe int count = CharStack.getInstanceCount(); Pela instância do objeto CharStack stack1 = new CharStack(10); int count1 = stack1.getInstanceCount(); </li></ul></ul>Especiais
  10. 10. <ul><ul><li>final Usado quando o valor de um atributo ou a definição de um método não deve ser alterada, desde que essa tenha sido inicializada. </li></ul></ul>Especiais
  11. 11. <ul><ul><li>abstract Modificador para classes ou métodos, quando definido para o método este não possui corpo, somente defini-se a assinatura do método. Quando se define um método como abstract por definição do Java aquela determinada classe passa a possuir o abstract também. </li></ul></ul>Especiais
  12. 12. <ul><ul><li>synchronized Utilizado para enfileirar o acesso ao método quando este for muito requisitado, ocorre este processo de fila a nível de Thread . </li></ul></ul><ul><ul><li>native Usado para definir métodos que não foram implementados em Java. </li></ul></ul><ul><ul><li>transient Usado para definir atributos que não devem ser persistidos, ou seja, só tem valores enquanto estiverem em memória. </li></ul></ul><ul><ul><li>volatile Usado para definir atributos que não devem ter o acesso otimizado ao valor do atributo. </li></ul></ul>Especiais
  13. 13. Classes em notação UML
  14. 14. Declaração da classe Declaração do(s) campo(s) Declaração do(s) construtor(es) Declaração do(s) métodos
  15. 15. Classe em notação UML e definindo membros estáticos
  16. 16. Declaração de variável/atributo estático Declaração de método estático
  17. 18. <ul><ul><li>São classes puramente abstratas, ou seja, só possuem as assinaturas dos métodos para que suas implementações a implementem. </li></ul></ul><ul><ul><li>Métodos definidos em interfaces o abstract está implícito. </li></ul></ul>
  18. 19. <ul><ul><li>Netbeans (versão atual 6.1); </li></ul></ul><ul><ul><li>Eclipse (versão 3.4 codinome Ganymede); </li></ul></ul><ul><ul><li>JCreator (versão 4.5); </li></ul></ul><ul><ul><li>E outras. </li></ul></ul>
  19. 20. <ul><ul><li>Preferência pela ferramenta Eclipse, pois a mesma já está instalada nos computadores de alguns laboratórios; </li></ul></ul><ul><ul><li>Link para tutoriais de como manusear a ferramenta: http://sourceforge.net/project/showfiles.php?group_id=200662 </li></ul></ul>
  20. 21. <ul><ul><li>http://www.javafree.org/content/view.jf?idContent=84 </li></ul></ul><ul><ul><li>http://www.javafree.org/content/view.jf?idContent=85 </li></ul></ul><ul><ul><li>http://www.javafree.org/wiki/Java </li></ul></ul><ul><ul><li>http://www.javaman.com.br/artigos/JavaComoComecar.html </li></ul></ul><ul><ul><li>Mughal, Khalid A.; Rasmussen, Rolf W. Programmer’s Guide to Java Certification. 04 de agosto de 2003. </li></ul></ul>

×