Bruno Abrantes - Gestão Lean

863 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

Bruno Abrantes - Gestão Lean

  1. 1. Gestão LEAN Bruno Abrantes Consultor Soluções Healthcare
  2. 2. Imperativos nos Cuidados de Saúde <ul><li>Segurança </li></ul><ul><li>Eficácia </li></ul><ul><li>Focados nos Pacientes </li></ul><ul><li>Prontidão </li></ul><ul><li>Eficiência </li></ul><ul><li>Equidade </li></ul>“ Crossing the Quality Chasm: A New Health System for the 21st Century” ,
  3. 3. Desafios nos Serviços de Saúde Integração IT Qualidade Produtividade Orçamento Reprodutibilidade de resultados Processos de elevado rendimento Novas técnicas Formação Directrizes dos Serviços Centrais Horas extraordinárias Qualidade percepcionada Consolidação Melhoria dos Cuidados de Saúde Qualidade e Segurança Administração Direcção Médica Médicos Direcção IT Técnicos Saúde
  4. 4. Implicação dos doentes
  5. 5. Novos Paradigmas <ul><li>Porque é que mais investimentos em tecnologia e em saúde nem sempre geram o retorno desejado? </li></ul><ul><li>60% dos custos na Saúde incluem desperdícios que podem ser reduzidos! </li></ul><ul><li>Qual a alternativa? Qual o caminho? </li></ul><ul><li>A produtividade na Saúde diminuiu nos últimos 10 anos. </li></ul><ul><li>E se existisse uma forma de reduzir os custos e ao mesmo tempo melhorar a satisfação dos utentes? </li></ul>Fonte: www.leanscm.com
  6. 6. Filosofia LEAN <ul><li>TPS </li></ul><ul><li>Toyota Production System = Thinking People System! </li></ul><ul><li>Identificação e eliminação sistemática do Desperdício. </li></ul><ul><li>Produção em lotes pequenos </li></ul><ul><li>Trabalhadores multifuncionais </li></ul><ul><li>Preocupação extrema com a Qualidade </li></ul>“ ..não podemos vender os nossos produtos a não ser que nos coloquemos dentro dos corações dos consumidores, cada um dos quais tem conceitos e gostos distintos ” Taiichi Ohno - 1980 Taiichi Ohno VALOR
  7. 7. Optimizar fuxos Implementar pull Eliminar Desperdício Definir Valor Mapa da cadeia de valor Focus no cliente Princípios LEAN Maximizar a utilização dos recursos Aumentar a Produtividade Melhoría continua
  8. 8. Custos Eficiência Benefícios LEAN Healthcare Qualidade
  9. 9. Melhoria dos Processos - LEAN Trabalho Desperdício Antes de Lean Depois de Lean Promover Eliminar ou Reduzir Acrescenta Valor Não acrescenta Valor
  10. 10. Eficiência Velocidade Custos
  11. 11. Eficiência Velocidade Custos
  12. 12. Eficiência “… Automation applied to an efficient operation will magnify the efficiency. … Automation applied to an inefficient operation will magnify the inefficiency .&quot; Bill Gates
  13. 13. Eficiência - Tubo Primário Quais os benefícios de realizar todas as provas de soro em apenas 1 tubo ? Quanto tempo seria possível reduzir nas colheitas? Que impacto teria na satisfação dos doentes e na imagem do Lab?
  14. 14. Custos (Lab. 400 doentes/dia) Situação Anterior Tubo Primário Diferença 3 1 - 2 Tubos por Doente 1200 400 - 800 Tubos por Dia 51.840€ 17.280€ - 34.560 € Custo Tubos por Ano - 34.560 € 360 dias 0,12 € por tubo 0,80 € Kg/resíduos - 5.600 € - 40.000€ / ano
  15. 15. Custos Eficiência Benefícios LEAN Healthcare Qualidade
  16. 16. Origem dos Custos Costs are not driven by the product itself, but through the activities needed to receive, manufacture, and deliver it. result “ ” produce R. Cooper and R.S.Kaplan, Harvard Business School, 1988
  17. 17. Análise de Custos de Actividade (ABC) Custo por teste CPT 3.50 3.80 2.15 Reagentes € € € Materiais Empresa C Empresa B Empresa A
  18. 18. Análise de Custos de Actividade (ABC) Custo por teste reportado CPRR 7.67 5.50 6.05 Sub Total 1.00 0.55 0.85 Manutenção e Peças 1.75 0.00 1.25 Equipamento 1.42 1.15 1.80 Consumíveis 3.50 3.80 2.15 Reagentes € € € Materiais Empresa C Empresa B Empresa A
  19. 19. Análise de Custos de Actividade (ABC) Custo ABC 14.29 17.60 15.54 Total 6.62 12.10 9.49 Sub Total 1.40 2.03 1.53 Armazenamento 0.35 1.57 0.86 Resíduos 0.85 1.81 1.50 Instalações 1.95 2.35 2.80 Validação 1.11 2.23 1.15 Análise 0.96 2.11 1.65 Colheita e transporte Custos da Actividade 7.67 5.50 6.05 Sub Total 1.00 0.55 0.85 Manutenção e Peças 1.75 0.00 1.25 Equipamento 1.42 1.15 1.80 Consumíveis 3.50 3.80 2.15 Reagentes € € € Materiais Empresa C Empresa B Empresa A
  20. 20. <ul><li>Grupo de 4 Hospitais no Wisconsin - EUA </li></ul><ul><li>Implementação da Filosofia LEAN no ano de 2003 </li></ul><ul><li>Desde 2006 obtiveram poupanças de cerca de $27 milhões , sem dispensar um único dos seus 5.500 funcionários… </li></ul>
  21. 21. Custos Eficiência Benefícios LEAN Healthcare Qualidade
  22. 22. <ul><li>Contar no texto seguinte o número de vezes em que aparece a letra f </li></ul>Furst Laboratories offer the customers favourite service because of their finish times and because of clarity and quality of reports 8 vezes Qualidade?
  23. 23. <ul><li>Contar no texto seguinte o número de vezes em que aparece a letra f </li></ul>F urst Laboratories o ff er the customers f avourite service because o f their f inish times and because o f clarity and quality o f report. Qualidade? F ff f f f f f 8 vezes
  24. 24. 1 1 1 1 1 1 1 1 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 0 2 0 1 5 1 3 1 1 0 1 5 2 0 0 3 LIS Tempo Qualidade Autovalidação Validação de Resultados 70%
  25. 25. 1 1 1 1 1 1 1 1 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 0 3 0 1 5 1 2 1 1 0 1 2 3 0 0 3 LIS Tempo Qualidade Autovalidação Valores Normais Regras Westgard Delta checks Alarmes equipamento
  26. 26. Custos Eficiência Benefícios LEAN Healthcare Qualidade
  27. 27. LEAN Healthcare não é… <ul><li>Reduzir os serviços prestados à comunidade ou utentes </li></ul><ul><li>Reduzir pessoas (staff) ou sobrecarregá-las </li></ul><ul><li>Reduzir a componente Humana no Serviço de Saúde </li></ul><ul><li>Toda a tecnologia, ciência e compaixão envolvida na prestação de cuidados de saúde é tão útil ao paciente como a nossa capacidade para a entregar ! </li></ul>
  28. 28. Obrigado pela vossa atenção! © 2008 Siemens Healthcare Diagnostics Inc.

×