O R G A N I Z A D A P O R B R U N A M A Z Z E R N O G U E I R A
U N I V E R S I D A D E A B E R T A D E P O R T U G A L
M ...
Siemens, G. (2004). Connectivism: A Learning Theory for the Digital
Age. Recuperado de: http://www.elearnspace.org/Article...
Anderson, T.; Dron, J. (2011). Three generations of distance education
pedagogy. Recuperado de: http://www.irrodl.org/inde...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Bibliografia anotada - Mpel 8

261 visualizações

Publicada em

Atividade desenvolvida em cumprimento às exigências da uc Processos Pedagógicos em Elearning, do mestrado em pedagogia do elearning, UAB.

{Tarefa 1 - Bibliografia anotada sobre a Pedagogia do eLearning e o Papel do Professor Online}

Publicada em: Educação
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Olá Bruna, à semelhança do que já nos habituaste, apresentas duas peças muito interessantes neste domínio. Sei do teu encantamento pelo conectivismo, que também partilho, e o segundo texto que apresentas sou susp+eito pois tenho especial carinho pelas palavras de Terry Anderson. Assim, só me resta agradecer e partilhar as tuas palavras!
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
261
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bibliografia anotada - Mpel 8

  1. 1. O R G A N I Z A D A P O R B R U N A M A Z Z E R N O G U E I R A U N I V E R S I D A D E A B E R T A D E P O R T U G A L M E S T R A D O E M P E D A G O G I A D O E L E A R N I N G U C : P R O C E S S O S P E D A G Ó G I C O S E M E L E A R N I N G P R O F E S S O R A : L I N A M O R G A D O M A R Ç O 2 0 1 5 BIBLIOGRAFIA ANOTADA Pedagogia do elearning e o papel do professor online
  2. 2. Siemens, G. (2004). Connectivism: A Learning Theory for the Digital Age. Recuperado de: http://www.elearnspace.org/Articles/connectivism.htm. O artigo traz uma breve explicação do behaviorismo, cognitivismo e construtivismo. Faz críticas às três teorias e diz que o desenvolvimento de determinadas tecnologias é responsável por profundas mudanças sociais e também na forma como as pessoas aprendem, constroem conhecimento e armazenam informação. Além disso, apresenta como surge e o que é o conectivismo. Nas palavras do autor, "amplificação da aprendizagem, conhecimento e compreensão através da extensão de uma rede pessoal é a síntese do conectivismo". O texto faz referência também à teoria da complexidade, mas não se dedica à sua explicação. Alguns termos são usados deliberadamente ao longo do texto sem que seus significados sejam esclarecidos àqueles ainda não familiarizados com a teoria. Dentre eles, encontram-se: organização e auto- organização. A diferenciação entre conhecimento e informação também poderia ter sido mais bem trabalhada, além da especificação de qual dos dois realmente fica obsoleto com o passar do tempo.
  3. 3. Anderson, T.; Dron, J. (2011). Three generations of distance education pedagogy. Recuperado de: http://www.irrodl.org/index.php/irrodl/article/view/890 O artigo investiga três gerações de pedagogias de educação a distância: a cognitivo-behaviorista, a socio-construtivista e a conectivista, e afirma que todas ainda são e devem ser usadas nos dias atuais, de acordo com os objetivos a serem atingidos e com os recursos disponíveis. As críticas direcionadas a cada uma das gerações de pedagogias são bastante pertinentes e não desmerecem a importância de cada modelo. Ao contrário, as limitações e vantagens de cada uma são abordadas de forma a ressaltar suas apropriações a diferentes contextos. Dentre as principais contribuições de Anderson e Dron com este artigo estão a bem sucedida organização das informações e a elaboração de uma tabela comparativa entre as três gerações de pedagogias abordadas.

×