SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
ENFERMAGEM EM INFECTOLOGIA
CRONOGRAMA DAS AULAS – PROFª ROSANA DAVID
2015 – 2º SEMESTRE
Aulas Conteúdo Programático
10⁄08 Apresentação do Programa de Ensino e de Aprendizagem, Contrato didático. Introdução
aos conceitos básicos de infectologia.
17⁄08
Conceitos básicos em doenças infecciosas.
Características do agente etiológico e imunização do hospedeiro
Atividade discente supervisionada: Leitura do artigo sobre Histórico de Combate
às Doenças Transmissíveis no Brasil.
24⁄08
Continuação dos conceitos básicos em doenças infecciosas.
Histórico de Combate às Doenças Transmissíveis no Brasil.
Atividade discente supervisionada: Pesquisa sobre as Doenças de Notificação
Compulsória.
31⁄08
Critérios de notificação compulsória – critérios de seleção
Processo infeccioso – cadeia epidemiológica
Atividade discente supervisionada: Revisão dos conceitos da cadeia
epidemiológica.
07⁄09 FERIADO
14⁄09
Principais doenças transmitidas por vírus: Dengue, Hepatites A, B e C, Poliomielite,
Raiva, Rubéola, Sarampo, Varicela.
Atividade discente supervisionada: Construção das cadeias epidemiológicas das
doenças apresentadas.
21⁄09 Avaliação Continuada
28⁄09
Devolutiva da Prova
Continuação das doenças
05⁄10
Principais doenças transmitidas por bactérias: Cólera, Coqueluche, Difteria, Febre
Tifóide, Leptospirose, Tétano, Tuberculose Pulmonar.
Atividade discente supervisionada: Construção das cadeias epidemiológicas das
doenças apresentadas.
12⁄10 FERIADO
.
19⁄10 Avaliação Integrada (data a ser confirmada)
26⁄10
Principais doenças transmitidas por protozoários: Chagas, Leishmanioses tegumentar e
visceral, Malária, Toxoplasmose; e fungos: Blastomicose (Paracoccidioidomicose) e,
Criptococose.
Atividade acadêmica supervisionada: Construção das cadeias epidemiológicas das
doenças apresentadas
02∕11
FERIADO
09⁄11 Meningite e Doença Meningocócica.
Hanseníase: classificação e baciloscopia.
16⁄11
AIDS e infecções oportunistas. Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST)
Atividade discente supervisionada: Construção da cadeia epidemiológica da aids.
23⁄11 Isolamentos e Precauções
30⁄11 Biossegurança e Riscos Ocupacionais.
Norma Regulamentadora 32 (NR- 32)
UniFMU – Centro Universitário
ESTE PROGRAMA PODERÁ SER ADAPTADO
Leitura do Livreto COREN SP NR 32disponível:
inter.coren.sp.gov.br/sites/default/ files/ livreto_-nr32 O.pdf
07⁄12 Avaliação Regimental
14⁄12 Vistas das Provas e Segunda Chamada
21⁄12 Reavaliação e Encerramento do semestre letivo
BIBLIOGRAFIA BÁSICA
ROUQUAYROL, M.J., ALMEIDA, F.N. Epidemiologia e saúde. Rio de Janeiro: Medsi, 2003.
MORAES, M.S. Assistência de enfermagem em infectologia 2ª ed. São Paulo: atheneu, 2014
VERONESI, R., FOCACCIA, R. Tratado de infectologia. São Paulo: Atheneu, 2006.
BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
ALMEIDA FILHO, N.; BARRETO, M. L. Epidemiologia & saúde: fundamentos, métodos e
aplicações. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2011. 1 recurso online. ISBN 978-85-277-2119-6.
Disponível em: http://integrada.minhabiblioteca.com.br/books/978-85-277-2119-6
BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Exposição materiais biológicos.
Disponível em: www.bvsms.saude.gov.br/bvs/publicaoes/protocolo_expos_mat_biologicos.pdf
BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde.
Guia de Vigilância em Saúde / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde. – Brasília:
Ministério da Saúde, 2014. 812 p.
Disponível em: <www.saude.gov.br/bvs>
CARDOSO, T. A. de O. Biossegurança, estratégias de gestão, riscos, doenças emergentes e
reemergentes. Rio de Janeiro: Santos, 2012. 1 recurso online. ISBN 978-85-412-0062-2. Disponível
em: http://integrada.minhabiblioteca.com.br/books/978-85-412-0062-2
CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. NR 32 Disponível em:
www.coren.sp.gov.br/sites/default/files/livreto_nr32_O.pdf
KASPER, D. L.; FAUCI, A. S. Doenças infecciosas de Harrison. 2. ed. Porto Alegre: AMGH,
2015. 1 recurso online. ISBN 9788580554823. Disponível em:
https://integrada.minhabiblioteca.com.br/books/9788580554823
UniFMU – Centro Universitário
ESTE PROGRAMA PODERÁ SER ADAPTADO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH)
 Comissão de  Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) Comissão de  Controle de Infecção Hospitalar (CCIH)
Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH)
ivanaferraz
 
Historia Da Enfermagem
Historia Da EnfermagemHistoria Da Enfermagem
Historia Da Enfermagem
Fernando Dias
 
Ética Profissional de enfermagem
Ética Profissional de enfermagemÉtica Profissional de enfermagem
Ética Profissional de enfermagem
fnanda
 
08 atendente de farmácia (tipos de famácia parte 01)
08   atendente de farmácia (tipos de famácia parte 01)08   atendente de farmácia (tipos de famácia parte 01)
08 atendente de farmácia (tipos de famácia parte 01)
Elizeu Ferro
 
Especializações em Enfermagem
Especializações em EnfermagemEspecializações em Enfermagem
Especializações em Enfermagem
Renan Guerra
 

Mais procurados (20)

Infecção hospitalar
Infecção hospitalarInfecção hospitalar
Infecção hospitalar
 
Ebook controle de iras
Ebook controle de irasEbook controle de iras
Ebook controle de iras
 
Aspectos biopsicossociais que interferem na saúde da mulher
Aspectos biopsicossociais que interferem na saúde da mulherAspectos biopsicossociais que interferem na saúde da mulher
Aspectos biopsicossociais que interferem na saúde da mulher
 
Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH)
 Comissão de  Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) Comissão de  Controle de Infecção Hospitalar (CCIH)
Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH)
 
Enfermagem Obstétrica - Diretrizes Assistenciais
Enfermagem Obstétrica - Diretrizes AssistenciaisEnfermagem Obstétrica - Diretrizes Assistenciais
Enfermagem Obstétrica - Diretrizes Assistenciais
 
TEORIAS DA ENFERMAGEM - HISTÓRIA
TEORIAS DA ENFERMAGEM - HISTÓRIATEORIAS DA ENFERMAGEM - HISTÓRIA
TEORIAS DA ENFERMAGEM - HISTÓRIA
 
Historia Da Enfermagem
Historia Da EnfermagemHistoria Da Enfermagem
Historia Da Enfermagem
 
Vigilância em saúde
Vigilância em saúdeVigilância em saúde
Vigilância em saúde
 
Higiene e profilaxia
Higiene e profilaxiaHigiene e profilaxia
Higiene e profilaxia
 
Ética Profissional de enfermagem
Ética Profissional de enfermagemÉtica Profissional de enfermagem
Ética Profissional de enfermagem
 
SAÚDE DA MULHER: ENFERMAGEM
SAÚDE DA MULHER: ENFERMAGEMSAÚDE DA MULHER: ENFERMAGEM
SAÚDE DA MULHER: ENFERMAGEM
 
MONOGRAFIA DE ENFERMAGEM
MONOGRAFIA DE ENFERMAGEMMONOGRAFIA DE ENFERMAGEM
MONOGRAFIA DE ENFERMAGEM
 
8 infecção hospitalar e ccih
8   infecção hospitalar e ccih8   infecção hospitalar e ccih
8 infecção hospitalar e ccih
 
08 atendente de farmácia (tipos de famácia parte 01)
08   atendente de farmácia (tipos de famácia parte 01)08   atendente de farmácia (tipos de famácia parte 01)
08 atendente de farmácia (tipos de famácia parte 01)
 
Slaid 1 fundamentos da enfermagem
Slaid 1 fundamentos da enfermagemSlaid 1 fundamentos da enfermagem
Slaid 1 fundamentos da enfermagem
 
Especializações em Enfermagem
Especializações em EnfermagemEspecializações em Enfermagem
Especializações em Enfermagem
 
2a Aula Diagnóstico de Enfermagem - 04_12_19.pptx
2a Aula Diagnóstico de Enfermagem - 04_12_19.pptx2a Aula Diagnóstico de Enfermagem - 04_12_19.pptx
2a Aula Diagnóstico de Enfermagem - 04_12_19.pptx
 
VIGIÂNCIA EM SAÚDE
VIGIÂNCIA EM SAÚDEVIGIÂNCIA EM SAÚDE
VIGIÂNCIA EM SAÚDE
 
Teorias de Enfermagem
Teorias de EnfermagemTeorias de Enfermagem
Teorias de Enfermagem
 
Caso Clínico SAE
Caso Clínico SAECaso Clínico SAE
Caso Clínico SAE
 

Destaque

Assistência de enfermagem aos paciente portadores de doenças infecciosas aula...
Assistência de enfermagem aos paciente portadores de doenças infecciosas aula...Assistência de enfermagem aos paciente portadores de doenças infecciosas aula...
Assistência de enfermagem aos paciente portadores de doenças infecciosas aula...
Clebson Reinaldo
 
Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011 aula 9
Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011 aula 9Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011 aula 9
Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011 aula 9
Als Motta
 
PATOGENIA DAS DOENÇAS INFECCIOSAS
PATOGENIA DAS DOENÇAS INFECCIOSAS PATOGENIA DAS DOENÇAS INFECCIOSAS
PATOGENIA DAS DOENÇAS INFECCIOSAS
Nathy Oliveira
 
Patogenia das doenças infecciosas cap 14
Patogenia das doenças infecciosas cap 14Patogenia das doenças infecciosas cap 14
Patogenia das doenças infecciosas cap 14
Romero Diniz
 
Epidemiologia das doenças infecciosas
Epidemiologia das doenças infecciosasEpidemiologia das doenças infecciosas
Epidemiologia das doenças infecciosas
Adriana Mércia
 
2.1 isolamento - módulo controlo de infeção
2.1   isolamento - módulo controlo de infeção2.1   isolamento - módulo controlo de infeção
2.1 isolamento - módulo controlo de infeção
JoanaSilvaCoelho
 
Teoria das relações interpessoais em enfermagem
Teoria das relações interpessoais em enfermagemTeoria das relações interpessoais em enfermagem
Teoria das relações interpessoais em enfermagem
Anhanguera Enfermagem A/B
 
Epidemiologia das doenas infecciosas
Epidemiologia das doenas infecciosasEpidemiologia das doenas infecciosas
Epidemiologia das doenas infecciosas
Fernando Henrique
 
Aspectos epidemiológicos das doenças transmissiveis
Aspectos epidemiológicos das doenças transmissiveisAspectos epidemiológicos das doenças transmissiveis
Aspectos epidemiológicos das doenças transmissiveis
Maria Luiza
 

Destaque (20)

Wanda de Aguiar Horta
Wanda de Aguiar HortaWanda de Aguiar Horta
Wanda de Aguiar Horta
 
Aula HTLV Residencia Infectologia 2015
Aula HTLV Residencia Infectologia 2015Aula HTLV Residencia Infectologia 2015
Aula HTLV Residencia Infectologia 2015
 
Infectologia | Plano de Cuidado.
Infectologia | Plano de Cuidado. Infectologia | Plano de Cuidado.
Infectologia | Plano de Cuidado.
 
Assistência de enfermagem aos paciente portadores de doenças infecciosas aula...
Assistência de enfermagem aos paciente portadores de doenças infecciosas aula...Assistência de enfermagem aos paciente portadores de doenças infecciosas aula...
Assistência de enfermagem aos paciente portadores de doenças infecciosas aula...
 
Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011 aula 9
Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011 aula 9Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011 aula 9
Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011 aula 9
 
Humanização na assistência em enfermagem: é preciso cuidar de quem cuida
Humanização na assistência em enfermagem: é preciso cuidar de quem cuidaHumanização na assistência em enfermagem: é preciso cuidar de quem cuida
Humanização na assistência em enfermagem: é preciso cuidar de quem cuida
 
Teoria das 14 necessidades fundamentais, de Virginia Henderson - No Caminho d...
Teoria das 14 necessidades fundamentais, de Virginia Henderson - No Caminho d...Teoria das 14 necessidades fundamentais, de Virginia Henderson - No Caminho d...
Teoria das 14 necessidades fundamentais, de Virginia Henderson - No Caminho d...
 
PATOGENIA DAS DOENÇAS INFECCIOSAS
PATOGENIA DAS DOENÇAS INFECCIOSAS PATOGENIA DAS DOENÇAS INFECCIOSAS
PATOGENIA DAS DOENÇAS INFECCIOSAS
 
Teorias de enfermagem os fundamentos à prática profissional - julia b george
Teorias de enfermagem   os fundamentos à prática profissional - julia b georgeTeorias de enfermagem   os fundamentos à prática profissional - julia b george
Teorias de enfermagem os fundamentos à prática profissional - julia b george
 
Patogenia das doenças infecciosas cap 14
Patogenia das doenças infecciosas cap 14Patogenia das doenças infecciosas cap 14
Patogenia das doenças infecciosas cap 14
 
Epidemiologia das doenças infecciosas
Epidemiologia das doenças infecciosasEpidemiologia das doenças infecciosas
Epidemiologia das doenças infecciosas
 
livro-administracao-aplicada-a-enfermagem-2
livro-administracao-aplicada-a-enfermagem-2livro-administracao-aplicada-a-enfermagem-2
livro-administracao-aplicada-a-enfermagem-2
 
2.1 isolamento - módulo controlo de infeção
2.1   isolamento - módulo controlo de infeção2.1   isolamento - módulo controlo de infeção
2.1 isolamento - módulo controlo de infeção
 
Teoria das relações interpessoais em enfermagem
Teoria das relações interpessoais em enfermagemTeoria das relações interpessoais em enfermagem
Teoria das relações interpessoais em enfermagem
 
Epidemiologia das doenas infecciosas
Epidemiologia das doenas infecciosasEpidemiologia das doenas infecciosas
Epidemiologia das doenas infecciosas
 
Código de Ética Profissional do Técnico em Radiologia
Código de Ética Profissional do Técnico em RadiologiaCódigo de Ética Profissional do Técnico em Radiologia
Código de Ética Profissional do Técnico em Radiologia
 
Aspectos epidemiológicos das doenças transmissiveis
Aspectos epidemiológicos das doenças transmissiveisAspectos epidemiológicos das doenças transmissiveis
Aspectos epidemiológicos das doenças transmissiveis
 
Hanseniase slide
Hanseniase   slideHanseniase   slide
Hanseniase slide
 
Hanseniase
HanseniaseHanseniase
Hanseniase
 
AdministraçãO De Enfermagem Parte 1
AdministraçãO De Enfermagem Parte 1AdministraçãO De Enfermagem Parte 1
AdministraçãO De Enfermagem Parte 1
 

Semelhante a Cronograma de Enfermagem em Infectologia

Antibioticoterapia combateih
Antibioticoterapia combateihAntibioticoterapia combateih
Antibioticoterapia combateih
Camilla Santos
 
Prevenção infecção
Prevenção infecçãoPrevenção infecção
Prevenção infecção
Filipa Santos
 
Pac imunocompetentes 2009
Pac imunocompetentes 2009Pac imunocompetentes 2009
Pac imunocompetentes 2009
Flávia Salame
 
Diretrizes brasileiras para pneumonia adquirida na comunidade em adultos imun...
Diretrizes brasileiras para pneumonia adquirida na comunidade em adultos imun...Diretrizes brasileiras para pneumonia adquirida na comunidade em adultos imun...
Diretrizes brasileiras para pneumonia adquirida na comunidade em adultos imun...
Arquivo-FClinico
 
Diretrizes Brasileiras para PAC em Adultos Imunocompetentes - 2009
Diretrizes Brasileiras para PAC em Adultos Imunocompetentes - 2009Diretrizes Brasileiras para PAC em Adultos Imunocompetentes - 2009
Diretrizes Brasileiras para PAC em Adultos Imunocompetentes - 2009
arbarretto
 
Microbiologia trabalho final
Microbiologia   trabalho finalMicrobiologia   trabalho final
Microbiologia trabalho final
Marina Sousa
 
Resistencia bacteriana e recidiva em portadores de hanseniase
Resistencia bacteriana e recidiva em portadores de hanseniaseResistencia bacteriana e recidiva em portadores de hanseniase
Resistencia bacteriana e recidiva em portadores de hanseniase
Anderson Wilbur Lopes Andrade
 

Semelhante a Cronograma de Enfermagem em Infectologia (20)

Artigo bioterra v16_n1_04
Artigo bioterra v16_n1_04Artigo bioterra v16_n1_04
Artigo bioterra v16_n1_04
 
Antibioticoterapia combateih
Antibioticoterapia combateihAntibioticoterapia combateih
Antibioticoterapia combateih
 
Endemias e epidemias brasileiras: hanseníase.
Endemias e epidemias brasileiras: hanseníase.Endemias e epidemias brasileiras: hanseníase.
Endemias e epidemias brasileiras: hanseníase.
 
Pneumonia Nosocomial
Pneumonia NosocomialPneumonia Nosocomial
Pneumonia Nosocomial
 
Curso Básico de Controle de Infecção Hospitalar - Manual do Monitor - ANVISA ...
Curso Básico de Controle de Infecção Hospitalar - Manual do Monitor - ANVISA ...Curso Básico de Controle de Infecção Hospitalar - Manual do Monitor - ANVISA ...
Curso Básico de Controle de Infecção Hospitalar - Manual do Monitor - ANVISA ...
 
Segurança e eficácia da vacina contra hepatite b no lúpus eritematoso sistêmi...
Segurança e eficácia da vacina contra hepatite b no lúpus eritematoso sistêmi...Segurança e eficácia da vacina contra hepatite b no lúpus eritematoso sistêmi...
Segurança e eficácia da vacina contra hepatite b no lúpus eritematoso sistêmi...
 
Prevenção infecção
Prevenção infecçãoPrevenção infecção
Prevenção infecção
 
Pac imunocompetentes 2009
Pac imunocompetentes 2009Pac imunocompetentes 2009
Pac imunocompetentes 2009
 
Diretrizes brasileiras para pneumonia adquirida na comunidade em adultos imun...
Diretrizes brasileiras para pneumonia adquirida na comunidade em adultos imun...Diretrizes brasileiras para pneumonia adquirida na comunidade em adultos imun...
Diretrizes brasileiras para pneumonia adquirida na comunidade em adultos imun...
 
Diretrizes Brasileiras para PAC em Adultos Imunocompetentes - 2009
Diretrizes Brasileiras para PAC em Adultos Imunocompetentes - 2009Diretrizes Brasileiras para PAC em Adultos Imunocompetentes - 2009
Diretrizes Brasileiras para PAC em Adultos Imunocompetentes - 2009
 
Manual pediatria; Normas da ANVISA para controle de infecção hospitalar em Pe...
Manual pediatria; Normas da ANVISA para controle de infecção hospitalar em Pe...Manual pediatria; Normas da ANVISA para controle de infecção hospitalar em Pe...
Manual pediatria; Normas da ANVISA para controle de infecção hospitalar em Pe...
 
TRABALHO DE BIOESTÁTISTICA Evolução.pptx
TRABALHO DE BIOESTÁTISTICA Evolução.pptxTRABALHO DE BIOESTÁTISTICA Evolução.pptx
TRABALHO DE BIOESTÁTISTICA Evolução.pptx
 
Prevenção de Incêndios em Estabelecimento de Saúde e Suas Possíveis Complicaç...
Prevenção de Incêndios em Estabelecimento de Saúde e Suas Possíveis Complicaç...Prevenção de Incêndios em Estabelecimento de Saúde e Suas Possíveis Complicaç...
Prevenção de Incêndios em Estabelecimento de Saúde e Suas Possíveis Complicaç...
 
Vigilância Epidemiológica e o Uso da Epidemiologia
Vigilância Epidemiológica e o Uso da Epidemiologia Vigilância Epidemiológica e o Uso da Epidemiologia
Vigilância Epidemiológica e o Uso da Epidemiologia
 
1degplano_de_ensino_parasitologia_e_microbiologia.pdf
1degplano_de_ensino_parasitologia_e_microbiologia.pdf1degplano_de_ensino_parasitologia_e_microbiologia.pdf
1degplano_de_ensino_parasitologia_e_microbiologia.pdf
 
Tema 1 MOdi. Conferência. Atividade 1 [Recuperado].ppt
Tema 1 MOdi. Conferência. Atividade 1 [Recuperado].pptTema 1 MOdi. Conferência. Atividade 1 [Recuperado].ppt
Tema 1 MOdi. Conferência. Atividade 1 [Recuperado].ppt
 
02
0202
02
 
Microbiologia trabalho final
Microbiologia   trabalho finalMicrobiologia   trabalho final
Microbiologia trabalho final
 
Resistencia bacteriana e recidiva em portadores de hanseniase
Resistencia bacteriana e recidiva em portadores de hanseniaseResistencia bacteriana e recidiva em portadores de hanseniase
Resistencia bacteriana e recidiva em portadores de hanseniase
 
Anexo 03- Boletim-Especial-do-COE---Atualizacao-da-Avaliacao-de-Risco.pdf
Anexo 03- Boletim-Especial-do-COE---Atualizacao-da-Avaliacao-de-Risco.pdfAnexo 03- Boletim-Especial-do-COE---Atualizacao-da-Avaliacao-de-Risco.pdf
Anexo 03- Boletim-Especial-do-COE---Atualizacao-da-Avaliacao-de-Risco.pdf
 

Cronograma de Enfermagem em Infectologia

  • 1. ENFERMAGEM EM INFECTOLOGIA CRONOGRAMA DAS AULAS – PROFª ROSANA DAVID 2015 – 2º SEMESTRE Aulas Conteúdo Programático 10⁄08 Apresentação do Programa de Ensino e de Aprendizagem, Contrato didático. Introdução aos conceitos básicos de infectologia. 17⁄08 Conceitos básicos em doenças infecciosas. Características do agente etiológico e imunização do hospedeiro Atividade discente supervisionada: Leitura do artigo sobre Histórico de Combate às Doenças Transmissíveis no Brasil. 24⁄08 Continuação dos conceitos básicos em doenças infecciosas. Histórico de Combate às Doenças Transmissíveis no Brasil. Atividade discente supervisionada: Pesquisa sobre as Doenças de Notificação Compulsória. 31⁄08 Critérios de notificação compulsória – critérios de seleção Processo infeccioso – cadeia epidemiológica Atividade discente supervisionada: Revisão dos conceitos da cadeia epidemiológica. 07⁄09 FERIADO 14⁄09 Principais doenças transmitidas por vírus: Dengue, Hepatites A, B e C, Poliomielite, Raiva, Rubéola, Sarampo, Varicela. Atividade discente supervisionada: Construção das cadeias epidemiológicas das doenças apresentadas. 21⁄09 Avaliação Continuada 28⁄09 Devolutiva da Prova Continuação das doenças 05⁄10 Principais doenças transmitidas por bactérias: Cólera, Coqueluche, Difteria, Febre Tifóide, Leptospirose, Tétano, Tuberculose Pulmonar. Atividade discente supervisionada: Construção das cadeias epidemiológicas das doenças apresentadas. 12⁄10 FERIADO . 19⁄10 Avaliação Integrada (data a ser confirmada) 26⁄10 Principais doenças transmitidas por protozoários: Chagas, Leishmanioses tegumentar e visceral, Malária, Toxoplasmose; e fungos: Blastomicose (Paracoccidioidomicose) e, Criptococose. Atividade acadêmica supervisionada: Construção das cadeias epidemiológicas das doenças apresentadas 02∕11 FERIADO 09⁄11 Meningite e Doença Meningocócica. Hanseníase: classificação e baciloscopia. 16⁄11 AIDS e infecções oportunistas. Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) Atividade discente supervisionada: Construção da cadeia epidemiológica da aids. 23⁄11 Isolamentos e Precauções 30⁄11 Biossegurança e Riscos Ocupacionais. Norma Regulamentadora 32 (NR- 32) UniFMU – Centro Universitário ESTE PROGRAMA PODERÁ SER ADAPTADO
  • 2. Leitura do Livreto COREN SP NR 32disponível: inter.coren.sp.gov.br/sites/default/ files/ livreto_-nr32 O.pdf 07⁄12 Avaliação Regimental 14⁄12 Vistas das Provas e Segunda Chamada 21⁄12 Reavaliação e Encerramento do semestre letivo BIBLIOGRAFIA BÁSICA ROUQUAYROL, M.J., ALMEIDA, F.N. Epidemiologia e saúde. Rio de Janeiro: Medsi, 2003. MORAES, M.S. Assistência de enfermagem em infectologia 2ª ed. São Paulo: atheneu, 2014 VERONESI, R., FOCACCIA, R. Tratado de infectologia. São Paulo: Atheneu, 2006. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR ALMEIDA FILHO, N.; BARRETO, M. L. Epidemiologia & saúde: fundamentos, métodos e aplicações. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2011. 1 recurso online. ISBN 978-85-277-2119-6. Disponível em: http://integrada.minhabiblioteca.com.br/books/978-85-277-2119-6 BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Exposição materiais biológicos. Disponível em: www.bvsms.saude.gov.br/bvs/publicaoes/protocolo_expos_mat_biologicos.pdf BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Guia de Vigilância em Saúde / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde. – Brasília: Ministério da Saúde, 2014. 812 p. Disponível em: <www.saude.gov.br/bvs> CARDOSO, T. A. de O. Biossegurança, estratégias de gestão, riscos, doenças emergentes e reemergentes. Rio de Janeiro: Santos, 2012. 1 recurso online. ISBN 978-85-412-0062-2. Disponível em: http://integrada.minhabiblioteca.com.br/books/978-85-412-0062-2 CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. NR 32 Disponível em: www.coren.sp.gov.br/sites/default/files/livreto_nr32_O.pdf KASPER, D. L.; FAUCI, A. S. Doenças infecciosas de Harrison. 2. ed. Porto Alegre: AMGH, 2015. 1 recurso online. ISBN 9788580554823. Disponível em: https://integrada.minhabiblioteca.com.br/books/9788580554823 UniFMU – Centro Universitário ESTE PROGRAMA PODERÁ SER ADAPTADO