SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
1
Realizado por:
Bruno Barão nº12 12º D
José Lopes nº22 12º D
 Método é uma palavra que provem do grego “methodos”,
que significa caminho ou via, ou seja, o método é o
caminho/meio para algum lugar, resultado ou fim. O rigor
do método utilizado permite-nos diferenciar tipos de
conhecimento.
Meta + Odos = Método
(Fim) (Meio/Caminho)
2
 O método experimental distingue-se em quatro
fases e é fundamental para a investigação
científica:
 1. Formulação de um problema
 2. Experimentação
 3. Observação e registo de dados
 4. Conclusão e generalização dos resultados
3
 Este método é maioritariamente utilizado quando lidamos
com um grupo populacional muito grande. Perante este
método a recolha de dados deve ser realizada através das
técnicas de entrevista e de inquérito por questionário.
 Devido á grande quantidade de indivíduos a estudar, calcula-
se uma amostra, uma vez que seria impossível questionar
e/ou entrevistar cada um dos membros da população em
estudo .
 A amostra é constituída por um pequeno número de
indivíduos pertencentes à população, ligação entre a
disposição da amostra e a da população em estudo deve ser
clara.
 Após a recolha de dados, analisam-se os mesmos e
generaliza-se a toda a população as conclusões retiradas da
amostra.
4
 Nos estudo de casos particulares os resultados obtidos dizem
respeito, aos casos estudados. Este método é um processo
que tem como objectivo o estudo de fenómenos particulares,
verificando todos e cada um dos aspectos.
 Segundo este método, os fenómenos são observados de uma
forma intensiva, explorando todas as técnicas disponíveis. O
objectivo deste método é a compreensão ampla do fenómeno
na sua totalidade.
5
 A Investigação-acção tem como objetivo esquematizar,
examinar e conhecer aspectos de processos de criação de
novos conhecimentos e práticas.
 Ou seja, é um tipo de método usado para a obtenção de
melhores resultados em todas as áreas e simplificar o
aperfeiçoamento dos indivíduos e dos grupos com que
trabalhamos.
6
 O Método implica o recurso a Técnicas próprias.
 Técnica, assim como método tem origem no grego “téchne”, que
traduzido significa “arte” ou “ciência”. Uma técnica é um
procedimento que tem como objetivo atingir um determinado
resultado. Por outras palavras, é um conjunto de regras, normas ou
protocolos que se utiliza como meio para chegar a um fim.
7
 As técnicas documentais são baseadas na analise de
documentos que revelam fenómenos sociais. Podem
subdividir‐se em dois tipo:
 As clássicas, que possibilitam uma análise qualitativa em
profundidade, mas bastante subjectiva.
 As modernas, que são extensivas e permitem uma análise
quantitativa, alcançando um vasto campo de estudo, pelo que
complementam as técnicas clássicas)
8
 As técnicas não documentais baseiam-se na recolha de informação
através da observação e/ou experimentação. As técnicas não
documentais dividem-se em observação participante, onde
observador faz parte do grupo em estudo, o que lhe permite fazer
uma análise global e intensiva; ou em observação não participante
onde o observador não intervém na situação em estudo.
 No que toca á observação participante esta pode subdividir‐se em
observação‐participação em que o observador faz parte do grupo
que observa; ou participação‐ observação onde o observador, que
por não se integrar no grupo em estudo, apela à colaboração de um
participante‐observador que se submeta às ordens de rigor dadas
pelo observador.
9
 http://esscpsociologiaalfredogarcia.blogspot.pt/20
07/11/mtodos-e-tcnicas-de-investigao-em.html
 http://www.slideshare.net/alfredogarcia/mtodos-
e-tcnicas-de-investigao-
presentation?type=powerpoint
 https://fenix.tecnico.ulisboa.pt/downloadFile/377
9580027708/CIENCIAS%20SOCIAIS-
metodosetecnicas.pdf
10

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cursos Efa Ns Metodologias e Planificação
Cursos Efa Ns Metodologias e PlanificaçãoCursos Efa Ns Metodologias e Planificação
Cursos Efa Ns Metodologias e Planificaçãodulcesasil
 
A Revolução de 25 de Abril de 1974
A Revolução de 25 de Abril de 1974A Revolução de 25 de Abril de 1974
A Revolução de 25 de Abril de 1974Jorge Almeida
 
Karl popper - Filosofia 11º ano
Karl popper - Filosofia 11º anoKarl popper - Filosofia 11º ano
Karl popper - Filosofia 11º anoFilipaFonseca
 
Metodos e tecnicas de investigaçao em sociologia
Metodos e tecnicas de investigaçao em sociologiaMetodos e tecnicas de investigaçao em sociologia
Metodos e tecnicas de investigaçao em sociologiaEstifania Viegas
 
Senso Comum e Ciência
Senso Comum e CiênciaSenso Comum e Ciência
Senso Comum e CiênciaJorge Barbosa
 
Método indutivo vs hipotetico dedutivo
Método indutivo vs hipotetico dedutivoMétodo indutivo vs hipotetico dedutivo
Método indutivo vs hipotetico dedutivoj_sdias
 
Estrutura do ato de conhecer
Estrutura do ato de conhecerEstrutura do ato de conhecer
Estrutura do ato de conhecerAntónio Padrão
 
Tecnicas de coleta de dados e instrumentos- Material maravilhoso
Tecnicas de coleta de dados e instrumentos- Material maravilhosoTecnicas de coleta de dados e instrumentos- Material maravilhoso
Tecnicas de coleta de dados e instrumentos- Material maravilhosoRosane Domingues
 
1 método científico - power point
1  método científico - power point1  método científico - power point
1 método científico - power pointmargaridabt
 
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2I.Braz Slideshares
 
Atitudes - Psicologia
Atitudes - PsicologiaAtitudes - Psicologia
Atitudes - PsicologiaSara Afonso
 
Como fazer uma apresentação oral?
Como fazer uma apresentação oral?Como fazer uma apresentação oral?
Como fazer uma apresentação oral?becastanheiradepera
 
Resumos filosofia 11
Resumos filosofia 11Resumos filosofia 11
Resumos filosofia 11Dylan Bonnet
 
A socialização e os seus agentes e mecanismos
A socialização e os seus agentes e mecanismosA socialização e os seus agentes e mecanismos
A socialização e os seus agentes e mecanismosturma12c1617
 

Mais procurados (20)

Cursos Efa Ns Metodologias e Planificação
Cursos Efa Ns Metodologias e PlanificaçãoCursos Efa Ns Metodologias e Planificação
Cursos Efa Ns Metodologias e Planificação
 
A Revolução de 25 de Abril de 1974
A Revolução de 25 de Abril de 1974A Revolução de 25 de Abril de 1974
A Revolução de 25 de Abril de 1974
 
Karl popper - Filosofia 11º ano
Karl popper - Filosofia 11º anoKarl popper - Filosofia 11º ano
Karl popper - Filosofia 11º ano
 
Metodos e tecnicas de investigaçao em sociologia
Metodos e tecnicas de investigaçao em sociologiaMetodos e tecnicas de investigaçao em sociologia
Metodos e tecnicas de investigaçao em sociologia
 
Senso comum x conhecimento científico
Senso comum x conhecimento científicoSenso comum x conhecimento científico
Senso comum x conhecimento científico
 
Senso Comum e Ciência
Senso Comum e CiênciaSenso Comum e Ciência
Senso Comum e Ciência
 
Método Hipotético Dedutivo
 Método Hipotético Dedutivo Método Hipotético Dedutivo
Método Hipotético Dedutivo
 
Método indutivo vs hipotetico dedutivo
Método indutivo vs hipotetico dedutivoMétodo indutivo vs hipotetico dedutivo
Método indutivo vs hipotetico dedutivo
 
Estrutura do ato de conhecer
Estrutura do ato de conhecerEstrutura do ato de conhecer
Estrutura do ato de conhecer
 
Percepção
PercepçãoPercepção
Percepção
 
Tecnicas de coleta de dados e instrumentos- Material maravilhoso
Tecnicas de coleta de dados e instrumentos- Material maravilhosoTecnicas de coleta de dados e instrumentos- Material maravilhoso
Tecnicas de coleta de dados e instrumentos- Material maravilhoso
 
1 método científico - power point
1  método científico - power point1  método científico - power point
1 método científico - power point
 
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
 
O indutivismo
O indutivismoO indutivismo
O indutivismo
 
Atitudes - Psicologia
Atitudes - PsicologiaAtitudes - Psicologia
Atitudes - Psicologia
 
Relações interpessoais
Relações interpessoaisRelações interpessoais
Relações interpessoais
 
Como fazer uma apresentação oral?
Como fazer uma apresentação oral?Como fazer uma apresentação oral?
Como fazer uma apresentação oral?
 
Resumos filosofia 11
Resumos filosofia 11Resumos filosofia 11
Resumos filosofia 11
 
Slide relatório (estrutura)
Slide relatório (estrutura)Slide relatório (estrutura)
Slide relatório (estrutura)
 
A socialização e os seus agentes e mecanismos
A socialização e os seus agentes e mecanismosA socialização e os seus agentes e mecanismos
A socialização e os seus agentes e mecanismos
 

Destaque

Metodos e tecnicas em ciencias sociais
Metodos e tecnicas  em ciencias sociaisMetodos e tecnicas  em ciencias sociais
Metodos e tecnicas em ciencias sociaisLucio Braga
 
Metodos e pesquisa em ciências sociais aula 2
Metodos e pesquisa em ciências sociais aula 2Metodos e pesquisa em ciências sociais aula 2
Metodos e pesquisa em ciências sociais aula 2Lucio Braga
 
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.soraia_quaresma
 
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e QuantitativaPesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e Quantitativajlpaesjr
 
Metodologia das Ciencias Sociais e das Ciencias de Administracao, Prof. Douto...
Metodologia das Ciencias Sociais e das Ciencias de Administracao, Prof. Douto...Metodologia das Ciencias Sociais e das Ciencias de Administracao, Prof. Douto...
Metodologia das Ciencias Sociais e das Ciencias de Administracao, Prof. Douto...A. Rui Teixeira Santos
 
Métodos e Técnicas de Investigação
Métodos e Técnicas de InvestigaçãoMétodos e Técnicas de Investigação
Métodos e Técnicas de InvestigaçãoAlfredo Garcia
 
Pesquisas qualitativa e quantitativa
Pesquisas qualitativa e quantitativaPesquisas qualitativa e quantitativa
Pesquisas qualitativa e quantitativaTaïs Bressane
 
Aula online pesquisa em serviço social iii
Aula online pesquisa em serviço social iiiAula online pesquisa em serviço social iii
Aula online pesquisa em serviço social iiijeancff84
 
Tendências e concepções do ensino de arte na educação
Tendências e concepções do ensino de arte na educaçãoTendências e concepções do ensino de arte na educação
Tendências e concepções do ensino de arte na educaçãoSérgio Laviann
 
Plano Nacional das Relações de Consumo e Cidadania
Plano Nacional das Relações de Consumo e CidadaniaPlano Nacional das Relações de Consumo e Cidadania
Plano Nacional das Relações de Consumo e CidadaniaPalácio do Planalto
 
Pesquisa qualitativa nas ciências sociais
Pesquisa qualitativa nas ciências sociaisPesquisa qualitativa nas ciências sociais
Pesquisa qualitativa nas ciências sociaisTatiana Maria Dourado
 
Pesquisa Jovem Consumo Sustentavel
Pesquisa Jovem Consumo SustentavelPesquisa Jovem Consumo Sustentavel
Pesquisa Jovem Consumo SustentavelYeda Kuriki Beraldo
 
Metodologia da Pesquisa Profa Francinete Braga
Metodologia da Pesquisa Profa Francinete BragaMetodologia da Pesquisa Profa Francinete Braga
Metodologia da Pesquisa Profa Francinete BragaFrancinete Santos
 
Cultura e ação apresentação
Cultura e ação   apresentaçãoCultura e ação   apresentação
Cultura e ação apresentaçãoamorimanamaria
 
Metodologias em ciencias sociais conceitos 2014
Metodologias em ciencias sociais conceitos 2014Metodologias em ciencias sociais conceitos 2014
Metodologias em ciencias sociais conceitos 2014Aurelia de Almeida
 
Slide de ciencias sociais[1]
Slide de ciencias sociais[1]Slide de ciencias sociais[1]
Slide de ciencias sociais[1]AVM
 

Destaque (20)

Metodos e tecnicas em ciencias sociais
Metodos e tecnicas  em ciencias sociaisMetodos e tecnicas  em ciencias sociais
Metodos e tecnicas em ciencias sociais
 
Metodos e pesquisa em ciências sociais aula 2
Metodos e pesquisa em ciências sociais aula 2Metodos e pesquisa em ciências sociais aula 2
Metodos e pesquisa em ciências sociais aula 2
 
A metodologia nas ciências sociais
A metodologia nas ciências sociaisA metodologia nas ciências sociais
A metodologia nas ciências sociais
 
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
 
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e QuantitativaPesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
 
Metodologia das Ciencias Sociais e das Ciencias de Administracao, Prof. Douto...
Metodologia das Ciencias Sociais e das Ciencias de Administracao, Prof. Douto...Metodologia das Ciencias Sociais e das Ciencias de Administracao, Prof. Douto...
Metodologia das Ciencias Sociais e das Ciencias de Administracao, Prof. Douto...
 
Métodos e Técnicas de Investigação
Métodos e Técnicas de InvestigaçãoMétodos e Técnicas de Investigação
Métodos e Técnicas de Investigação
 
Pesquisas qualitativa e quantitativa
Pesquisas qualitativa e quantitativaPesquisas qualitativa e quantitativa
Pesquisas qualitativa e quantitativa
 
Metodologias de Investigação
Metodologias de InvestigaçãoMetodologias de Investigação
Metodologias de Investigação
 
Pesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativaPesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativa
 
Aula online pesquisa em serviço social iii
Aula online pesquisa em serviço social iiiAula online pesquisa em serviço social iii
Aula online pesquisa em serviço social iii
 
Tendências e concepções do ensino de arte na educação
Tendências e concepções do ensino de arte na educaçãoTendências e concepções do ensino de arte na educação
Tendências e concepções do ensino de arte na educação
 
Plano Nacional das Relações de Consumo e Cidadania
Plano Nacional das Relações de Consumo e CidadaniaPlano Nacional das Relações de Consumo e Cidadania
Plano Nacional das Relações de Consumo e Cidadania
 
Pesquisa qualitativa nas ciências sociais
Pesquisa qualitativa nas ciências sociaisPesquisa qualitativa nas ciências sociais
Pesquisa qualitativa nas ciências sociais
 
Pesquisa Jovem Consumo Sustentavel
Pesquisa Jovem Consumo SustentavelPesquisa Jovem Consumo Sustentavel
Pesquisa Jovem Consumo Sustentavel
 
Metodologia da Pesquisa Profa Francinete Braga
Metodologia da Pesquisa Profa Francinete BragaMetodologia da Pesquisa Profa Francinete Braga
Metodologia da Pesquisa Profa Francinete Braga
 
Cultura e ação apresentação
Cultura e ação   apresentaçãoCultura e ação   apresentação
Cultura e ação apresentação
 
Ideologia
IdeologiaIdeologia
Ideologia
 
Metodologias em ciencias sociais conceitos 2014
Metodologias em ciencias sociais conceitos 2014Metodologias em ciencias sociais conceitos 2014
Metodologias em ciencias sociais conceitos 2014
 
Slide de ciencias sociais[1]
Slide de ciencias sociais[1]Slide de ciencias sociais[1]
Slide de ciencias sociais[1]
 

Semelhante a Métodos e técnicas de investigação

Métodos e técnicas em ciências sociais final
Métodos e técnicas em ciências sociais finalMétodos e técnicas em ciências sociais final
Métodos e técnicas em ciências sociais finalturma12c1617
 
Métodos e técnicas de investigação - Jéssica
Métodos e técnicas de investigação - JéssicaMétodos e técnicas de investigação - Jéssica
Métodos e técnicas de investigação - Jéssicaturma12c1617
 
Métodos e técnicas em ciências sociais
Métodos e técnicas em ciências sociaisMétodos e técnicas em ciências sociais
Métodos e técnicas em ciências sociaisturma12c1617
 
Métodos e técnicas de investigação da sociologia
Métodos e técnicas de investigação da sociologia Métodos e técnicas de investigação da sociologia
Métodos e técnicas de investigação da sociologia turma12d
 
3ª+aula+do+segundo+estágio
3ª+aula+do+segundo+estágio3ª+aula+do+segundo+estágio
3ª+aula+do+segundo+estágioRita Meygan
 
Metodo de abordagem e procedimento
Metodo de abordagem e procedimentoMetodo de abordagem e procedimento
Metodo de abordagem e procedimentoDonaldo Quissico
 
Métodos e-técnicas-em-ciências-sociais
Métodos e-técnicas-em-ciências-sociaisMétodos e-técnicas-em-ciências-sociais
Métodos e-técnicas-em-ciências-sociaisturma12c1617
 
Métodos e técnicas em ciências sociais
Métodos e técnicas em ciências sociaisMétodos e técnicas em ciências sociais
Métodos e técnicas em ciências sociaisturma12c1617
 
Métodos e técnicas de investigação
Métodos e técnicas de investigaçãoMétodos e técnicas de investigação
Métodos e técnicas de investigaçãoLeonor Alves
 
Metodologia de pesquisa: ASPECTORS TEÓRICOS E PRATICOS ptx
Metodologia de pesquisa: ASPECTORS TEÓRICOS E PRATICOS ptxMetodologia de pesquisa: ASPECTORS TEÓRICOS E PRATICOS ptx
Metodologia de pesquisa: ASPECTORS TEÓRICOS E PRATICOS ptxprofjanainagimenes
 
METODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptx
METODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptxMETODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptx
METODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptxCarla Dimarães
 
Métodos e técnicas de investigação de estudos em ciências sociais
Métodos e técnicas de investigação de estudos em ciências sociaisMétodos e técnicas de investigação de estudos em ciências sociais
Métodos e técnicas de investigação de estudos em ciências sociaisturma12d
 
Pesquisa metodologia 1
Pesquisa metodologia 1Pesquisa metodologia 1
Pesquisa metodologia 1Moises Ribeiro
 
METODOS E TECNICA DE PESQUISA pdf Istituto federal
METODOS E TECNICA DE PESQUISA pdf Istituto federalMETODOS E TECNICA DE PESQUISA pdf Istituto federal
METODOS E TECNICA DE PESQUISA pdf Istituto federalssuser4e213f1
 
Mtc métodos e técnicas de pesquisa - 2012
Mtc   métodos e técnicas de pesquisa - 2012Mtc   métodos e técnicas de pesquisa - 2012
Mtc métodos e técnicas de pesquisa - 2012Jailson Borges Soares
 
Projecto de elaboração de projetos de energia renováveis
Projecto de elaboração de projetos de energia renováveisProjecto de elaboração de projetos de energia renováveis
Projecto de elaboração de projetos de energia renováveisMrioRondinho
 

Semelhante a Métodos e técnicas de investigação (20)

Métodos e técnicas em ciências sociais final
Métodos e técnicas em ciências sociais finalMétodos e técnicas em ciências sociais final
Métodos e técnicas em ciências sociais final
 
Metodo de investigacao_cientifica (SMAM)
Metodo de investigacao_cientifica (SMAM)Metodo de investigacao_cientifica (SMAM)
Metodo de investigacao_cientifica (SMAM)
 
Attachment
AttachmentAttachment
Attachment
 
Métodos e técnicas de investigação - Jéssica
Métodos e técnicas de investigação - JéssicaMétodos e técnicas de investigação - Jéssica
Métodos e técnicas de investigação - Jéssica
 
Métodos e técnicas em ciências sociais
Métodos e técnicas em ciências sociaisMétodos e técnicas em ciências sociais
Métodos e técnicas em ciências sociais
 
Métodos e técnicas de investigação da sociologia
Métodos e técnicas de investigação da sociologia Métodos e técnicas de investigação da sociologia
Métodos e técnicas de investigação da sociologia
 
3ª+aula+do+segundo+estágio
3ª+aula+do+segundo+estágio3ª+aula+do+segundo+estágio
3ª+aula+do+segundo+estágio
 
Metodo de abordagem e procedimento
Metodo de abordagem e procedimentoMetodo de abordagem e procedimento
Metodo de abordagem e procedimento
 
Métodos e-técnicas-em-ciências-sociais
Métodos e-técnicas-em-ciências-sociaisMétodos e-técnicas-em-ciências-sociais
Métodos e-técnicas-em-ciências-sociais
 
Métodos e técnicas em ciências sociais
Métodos e técnicas em ciências sociaisMétodos e técnicas em ciências sociais
Métodos e técnicas em ciências sociais
 
Métodos e técnicas de investigação
Métodos e técnicas de investigaçãoMétodos e técnicas de investigação
Métodos e técnicas de investigação
 
Ppt0000003
Ppt0000003Ppt0000003
Ppt0000003
 
Metodologia de pesquisa: ASPECTORS TEÓRICOS E PRATICOS ptx
Metodologia de pesquisa: ASPECTORS TEÓRICOS E PRATICOS ptxMetodologia de pesquisa: ASPECTORS TEÓRICOS E PRATICOS ptx
Metodologia de pesquisa: ASPECTORS TEÓRICOS E PRATICOS ptx
 
METODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptx
METODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptxMETODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptx
METODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptx
 
Métodos e técnicas de investigação de estudos em ciências sociais
Métodos e técnicas de investigação de estudos em ciências sociaisMétodos e técnicas de investigação de estudos em ciências sociais
Métodos e técnicas de investigação de estudos em ciências sociais
 
Pesquisa metodologia 1
Pesquisa metodologia 1Pesquisa metodologia 1
Pesquisa metodologia 1
 
METODOS E TECNICA DE PESQUISA pdf Istituto federal
METODOS E TECNICA DE PESQUISA pdf Istituto federalMETODOS E TECNICA DE PESQUISA pdf Istituto federal
METODOS E TECNICA DE PESQUISA pdf Istituto federal
 
Mtc métodos e técnicas de pesquisa - 2012
Mtc   métodos e técnicas de pesquisa - 2012Mtc   métodos e técnicas de pesquisa - 2012
Mtc métodos e técnicas de pesquisa - 2012
 
Pesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativaPesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativa
 
Projecto de elaboração de projetos de energia renováveis
Projecto de elaboração de projetos de energia renováveisProjecto de elaboração de projetos de energia renováveis
Projecto de elaboração de projetos de energia renováveis
 

Último

Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamentalgeone480617
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasCasa Ciências
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 

Último (20)

Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 

Métodos e técnicas de investigação

  • 1. 1 Realizado por: Bruno Barão nº12 12º D José Lopes nº22 12º D
  • 2.  Método é uma palavra que provem do grego “methodos”, que significa caminho ou via, ou seja, o método é o caminho/meio para algum lugar, resultado ou fim. O rigor do método utilizado permite-nos diferenciar tipos de conhecimento. Meta + Odos = Método (Fim) (Meio/Caminho) 2
  • 3.  O método experimental distingue-se em quatro fases e é fundamental para a investigação científica:  1. Formulação de um problema  2. Experimentação  3. Observação e registo de dados  4. Conclusão e generalização dos resultados 3
  • 4.  Este método é maioritariamente utilizado quando lidamos com um grupo populacional muito grande. Perante este método a recolha de dados deve ser realizada através das técnicas de entrevista e de inquérito por questionário.  Devido á grande quantidade de indivíduos a estudar, calcula- se uma amostra, uma vez que seria impossível questionar e/ou entrevistar cada um dos membros da população em estudo .  A amostra é constituída por um pequeno número de indivíduos pertencentes à população, ligação entre a disposição da amostra e a da população em estudo deve ser clara.  Após a recolha de dados, analisam-se os mesmos e generaliza-se a toda a população as conclusões retiradas da amostra. 4
  • 5.  Nos estudo de casos particulares os resultados obtidos dizem respeito, aos casos estudados. Este método é um processo que tem como objectivo o estudo de fenómenos particulares, verificando todos e cada um dos aspectos.  Segundo este método, os fenómenos são observados de uma forma intensiva, explorando todas as técnicas disponíveis. O objectivo deste método é a compreensão ampla do fenómeno na sua totalidade. 5
  • 6.  A Investigação-acção tem como objetivo esquematizar, examinar e conhecer aspectos de processos de criação de novos conhecimentos e práticas.  Ou seja, é um tipo de método usado para a obtenção de melhores resultados em todas as áreas e simplificar o aperfeiçoamento dos indivíduos e dos grupos com que trabalhamos. 6
  • 7.  O Método implica o recurso a Técnicas próprias.  Técnica, assim como método tem origem no grego “téchne”, que traduzido significa “arte” ou “ciência”. Uma técnica é um procedimento que tem como objetivo atingir um determinado resultado. Por outras palavras, é um conjunto de regras, normas ou protocolos que se utiliza como meio para chegar a um fim. 7
  • 8.  As técnicas documentais são baseadas na analise de documentos que revelam fenómenos sociais. Podem subdividir‐se em dois tipo:  As clássicas, que possibilitam uma análise qualitativa em profundidade, mas bastante subjectiva.  As modernas, que são extensivas e permitem uma análise quantitativa, alcançando um vasto campo de estudo, pelo que complementam as técnicas clássicas) 8
  • 9.  As técnicas não documentais baseiam-se na recolha de informação através da observação e/ou experimentação. As técnicas não documentais dividem-se em observação participante, onde observador faz parte do grupo em estudo, o que lhe permite fazer uma análise global e intensiva; ou em observação não participante onde o observador não intervém na situação em estudo.  No que toca á observação participante esta pode subdividir‐se em observação‐participação em que o observador faz parte do grupo que observa; ou participação‐ observação onde o observador, que por não se integrar no grupo em estudo, apela à colaboração de um participante‐observador que se submeta às ordens de rigor dadas pelo observador. 9