Europa sociedade

3.567 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.567
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
103
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Europa sociedade

  1. 1. Europa - População Breno Amarante
  2. 2. População Em 2008 780milhões A população de habitantesA densidade europeia era dedemográfica atingia aproximadamentecerca de 74hab./km², fazendo do As taxas de crescimento O correspondente acontinente europeu o demográfico europeu estão cerca de 12% damais densamente população próximas de zero. Alguns mundial.É o terceiropovoado do mundo. países vêm apresentando mais populoso do taxas negativas nos últimos mundo. anos. As partes menos habitadas, compreendem as regiões próximas do círculo polar Ártico, como a península Escandinava, a Finlândia, a porção norte da Rússia e as altas montanhas.
  3. 3. Distribuição da população européia
  4. 4. A dinâmica do crescimento populacional Em decorrência da acentuada queda dos índices de natalidade A Europa vem apresentando baixas taxas de crescimento populacional. Enfrentando dificuldades para reposição da mão de obra.
  5. 5. Nos países que formam a União Européia, a taxa defecundidade(número médio de filhos por mulher) estáabaixo do limite mínimo de reposição da população.
  6. 6. Essa queda pode ser atribuída:• O desenvolvimento urbano-industrial do continente, queeleva o custo de vida para uma família numerosa;• Redefinição do modo de vida, com casamentos maistardios;• Crescente participação da mulher no mercado detrabalho;• Desejos de consumo, lazer e ascensão social;• Disseminação dos métodos anticoncepcionais;• Maior difusão dos meios de comunicação, que ampliaram oacesso a informação, permitiram que os casais passassem afazer planejamento familiar, reduzindo o número de filhos.
  7. 7. O aumento do número de idosos A expectativa de vida na maioria dos países europeus está acima dos 75 anos. Em conseqüência disso, é grande o número de idosos na composição etária da população.O comportamentodemográfico europeu trazséria preocupação aocontinente, pois a mesmotempo em que não háaumento da força detrabalho, ocorre aelevação sensível dos Idosas praticando atividade física na Alemanha (2007).gastos com a previdênciasocial.
  8. 8. Idosos em apresentação de dança tradicional emuma praça em Sevilha, na Espanha.
  9. 9. Analise a tabela.Quando se constata Expectativa de Vida – (2005-2010)que quase um terço Países Anosdos cerca de 400milhões de habitantes Alemanha 79,4da União Européia é Espanha 80,9constituído por República Tcheca 76,5pessoas com mais de50 anos de idade, ou Reino Unido 79,4seja, pessoas Grécia 79,5aposentadas ou que Itália 80,5estão para seaposentar, é evidente a Portugal 78,1elevação dos gastoscom a previdênciasocial.
  10. 10. Analise a pirâmide etária. As pirâmides etárias apresentam um estreitamento em suas bases. Assim, se essa situação de baixo índice de natalidade com elevação da expectativa de vida continuar, os topos das pirâmides ficarão cada vez mais largos.
  11. 11. Exercício – Mamão com Açúcar dCom relação ao nossos estudos sobre a população européia, marque a alternativa incorreta.a) Atualmente verifica-se um decréscimo no crescimento vegetativob) A entrada da mulher no mercado de trabalho é um fator importante para diminuição de filhos nas famíliasc) Ao longo dos anos percebe um aumento na expectativa de vida da populaçãod) Segundo projeções, nos próximos anos na Europa a mão-de-obra de jovens aumentará substancialmente.
  12. 12. A imigração e o racismo População natural de outros países na EuropaFonte: Eurostat/OCDE/ONU.
  13. 13. EUROPA PÓS 2ª GUERRA MUNDIAL Como a América eOs europeus deixaram seu continente à procura a Oceania.de novas perspectivas de emprego e melhoria dascondições de vida para fugir de guerras religiosas eimperialistas. Com o fim da Segunda Guerra Mundial, porém, essa situação se inverteu: A Europa tornou-se um continente atraente a imigrantes do norte da África, Turquia e Oriente Médio,
  14. 14. No período pós-Segunda Guerra Muitos países europeus Para ser mão de obra procuraram atrair imigrantes barata e sem qualificaçãoO crescimento econômico e o Essencial para o momento doalto padrão de vida alcançadopelos países da União processo de reconstruçãoEuropéia, Suíça e Noruega na do continente.segunda metade do século XXos transformaram em polo deatração de migrantes. Principalmente vindo dos países subdesenvolvidos, com destaque para os países da África, do sul da Ásia e da Turquia.
  15. 15. A única saída para a situação de falta de mão de obra na Europa seria a recepção de mais imigrantes. Mas o que tem ocorrido é o contrárioMuitos países estão barrando a entrada de imigrantesdevido:- Ao medo de que os imigrantes ocupem postos de trabalho- A automação que diminuirá a mão-de-obra- Aumento do número de pobres e da violência
  16. 16. Mais tarde, ascriseseconômicas e aautomaçãoindustrial (asubstituição dotrabalho humanopelas maquinas)fizeramaumentar odesemprego. Imigrantes ilegais expulsos deMarginalizando alojamentos na França.os imigrantes
  17. 17. Com a admissão de oito países do Leste Europeu na União EuropéiaO fluxo de imigrantes Países da ex União soviéticasofreu modificação Nas últimas décadas do século XX, cresceram as ondas de migração interna, ou seja, de pessoas provenientes de países da própria Europa
  18. 18. A continuidade dos movimentos migratórios O fato do crescimento demográfico da população imigrante ser superior ao crescimento natural da Europa. GERAM Uma crescente diversidade étnica e cultural nas sociedades dos países europeus.Diante desse fenômeno, têm O fato da populaçãocrescido os movimentos imigrante se concentrar nosxenófobos em alguns povos da grandes centros urbanos dáEuropa, que atribuem aos maior visibilidade aosimigrantes a culpa pelo aumento problemas dedo desemprego e da criminalidade. desemprego e de formação de periferias miseráveis.
  19. 19. O aumento da aversão aos imigrantes por parte de algunsmembros da população. Esses movimentos têm comopontos principais o combate a imigração e aos imigrantesque vivem na Europa. Protesto de membros de uma organização de direita, contra a construção de uma mesquita na Alemanha, em 2007.
  20. 20. O que o cartunista quis expressar?
  21. 21. Padrão de vida O padrão de vida das populações européias não é homogêneo, existem diferenças substanciais de padrão de vida entre as nações européias As áreas mais pobresestão na porção oriental da Europa.
  22. 22. A pobreza na Europa desenvolvidaUm grande problema europeu Os países europeus não conseguiram eliminar o que parece ser um dos seus principais problemas: o desemprego. O desemprego é um dos maiores problemas que o mundo enfrenta atualmente. Na fotografia, desempregado na Inglaterra
  23. 23. Observe a tabela. Indicadores socioculturais de alguns países europeus - 2006 Países França Espanha Itália PortugalIndicadoresÍndice de Desenvolvimento Humano 0,942 0,938 0,940 0,904Número de médicos (por mil hab.) 3,3 3,4 4,2 3,4Porcentagem da população com oequivalente ao Ensino Médio 56 67 63 56completoPessoas conectadas a internet (pormil hab.) 432 425 482 280Número de livros publicados 54 415 60 267 55 566 10 708
  24. 24. A urbanizaçãoUma característica importantedo continente europeu são as elevadas parcelas de população urbana. Conseqüência de seu antigo desenvolvimento comercial e industrial, associado à crescente mecanização rural. Atualmente 80% dapopulação do continente vive em cidades.
  25. 25. A Europa agrupa uma grande diversidade de povos comdiferentes etnias. Essa diversificação foi causada porvários fatores, como as migrações, as invasões porpovos extracontinentais e as guerras.
  26. 26. País Basco
  27. 27. Localização Geográfica
  28. 28. A luta dos Bascos - Os bascos lutam por um país totalmente independente. - Possuem língua (Euskara) e costumes próprios- Acusam o governo central de usurpar as riquezas da região.- É umas das regiões mais ricas da Espanha, com grande concentração de industrias.

×