As formaçoes vegetais pelo mundo

5.732 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.732
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
26
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
348
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As formaçoes vegetais pelo mundo

  1. 1. GEOGRAFIA As Formações vegetais
  2. 2. Tipos de Classificação de Vegetação • Quanto à temperatura: - Megatérmicas: vivem em áreas cujas temperaturas médias são altas, acima de 20 ºC - Mesotérmicas: espécies adaptadas a temperaturas médias entre 12 e 15 ºC. - Microtérmicas: espécies adaptadas a temperaturas abaixo de 12 ºC. • Quanto à umidade: - Hidrófilas: espécies que vivem em ambientes aquáticos - Higrófilas: espécies adaptadas a áreas muito úmidas, não vivem dentro da água - Mesófilas: vivem em áreas de meia umidade, suportam períodos de menor umidade
  3. 3. - xerófilas: espécies que suportam grandes períodos sem água - Tropófilas: espécies que vivem em áreas em que a pluviosidade se concentra em determinada época do ano. - Halófilas: espécies que vivem em meio salino, típico de áreas litorâneas. • Quanto às Raiz - Raízes tabulares: raízes que afloram na superfície devido a fatores como pobreza ou a acidez do solo. - Raízes fasciculadas: raízes pouco profundas que formam um conjunto de raízes finas que têm origem num único ponto. - Raízes pivotantes ou axiais: raízes com poucas ramificações podendo com isso procurar lenções freáticos em grandes profundidades - Raízes aéreas ou pneumatóforas: são raízes respiratórias que se formam em meio áreas devido a falta de oxigenação do solo
  4. 4. • Quanto à luminosidade: - heliófitas: que necessitam de grande exposição à luz do sol para a realização da fotossíntese. - Ombrófitas: adaptam em condições sombreadas. • Quanto à estratificação: - Arbóreo: vegetais de grande porte - Arbustivo: vegetais de médio porte - Herbáceo: vegetais de porte rasteiros, gramíneas. • Quanto à folhagem: - Latifoliada - Decídua ou caduca - Acicufoliada - perenefoliada
  5. 5. Vegetação original • O elemento mais “frágil” da paisagem, pois é a primeira a sofrer modificações quando há ocupação do espaço pelo ser humano. Equivale ao conjunto de plantas que nascem e crescem naturalmente. Isto é: Sem a intervenção humana. As plantas que compõem a vegetação original não vivem isoladamente Formações vegetais MAS EM: A Vegetação é o espelho do Clima
  6. 6. Mapa-Múndi – Vegetação Original
  7. 7. Formações arbóreas A exploração das formações arbóreas tem sido muito intensa, principalmente a partir da década de 1950. São as florestas. Vários Tipos: Destacam-se a floresta equatorial e a floresta tropical.
  8. 8. Florestas equatoriais e tropicais São exemplos mais significativos desse tipo de floresta: • a floresta Amazônica, na América do Sul; • a do Congo, na África; • a da Indonésia, na Ásia. Calor constante e abundância de chuvas. São formadas por uma mata densa, fechada e sempre verde, com grande variedade de espécies vegetais.Suas árvores situam-se bastante próximas umas das outras com uma grande diversidade de espécies.
  9. 9. Florestas temperadas e boreais clima temperado e frio. Se compararmos essas florestas às equatoriais e tropicais, podemos observar que suas árvores estão bem mais espaçadas e são mais homogêneas. Florestas temperadas: abrangem extensos trechos da América do Norte, da Europa, da Ásia e da Oceania. As florestas boreais, também chamadas de coníferas ou taigas.
  10. 10. Florestas Temperadas
  11. 11. Essas florestas ocorrem em regiões de clima frio. Suas árvores apresentam forma de cone, o que reduz o acúmulo de neve em suas folhas em forma de agulha.
  12. 12. Formações arbustivas É uma formação vegetal típica da África; ocorre também na Venezuela, onde é chamada de lhanos, e no Brasil, onde recebe o nome de cerrados. Savana Vegetação encontrada nas regiões de clima tropical com menos umidade, cujo período de chuvas só ocorre no verão. Formada por plantas rasteiras, intercaladas por vegetação arbustiva de pequeno porte.
  13. 13. Savanas
  14. 14. A região dos cerrados vem se transformando numa grande produtora agrícola de soja, arroz e trigo. No entanto, a expansão da agricultura tem sido bastante acelerada, ocasionando desmatamento com perda da riqueza vegetal e animal, além da degradação de solos e rios.
  15. 15. Formações herbáceas ou campestres Recebem denominações locais, como: • as estepes da Ucrânia, com seus solos negros, • os pampas, as pradarias do centro-oeste do Canadá e Estados Unidos, • a puzta da planície da Hungria, • o scrub, na Austrália. Constituem uma cobertura vegetal baixa, formada de ervas e capim. Os campos são uma pastagem natural muito utilizada para a criação de gado.
  16. 16. Muitos trechos desse tipo de vegetação também foram transformados em áreas agrícolas. O mesmo ocorreu nas estepes da Ucrânia, onde se encontra uma das mais importantes áreas produtoras de trigo do mundo. Pampas em Bagé, RS (2000). Nas áreas de vegetação estépica dos pampas, no sul da América do Sul, sobressai a atividade criatória.
  17. 17. Formações desérticas Em função da pouca umidade das áreas de clima desértico, a vegetação predominante é formada por cactos ou por tufos de capim. Em alguns desertos, sobretudo na África e na Ásia, surgem oásis. Neles, uma das frutas mais comuns é a tâmara. Vegetação desértica no Arizona, EUA.
  18. 18. Formações das zonas polares e de altas montanhas Tundra: vegetação rasteira e de crescimento lento, desenvolve-se em lugares onde predomina o clima frio ou nas altas montanhas, durante os meses em que o gelo não recobre o solo. Aparecem tanto em áreas de clima frio ou temperado como nas áreas inundadas dos litorais de clima quente.
  19. 19. Vegetação Mediterrânea

×