Gasometria arterial

9.289 visualizações

Publicada em

Noções sobre Gasometria Arterial

Publicada em: Educação
0 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.289
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
323
Comentários
0
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gasometria arterial

  1. 1. Profª Allana dos Reis Corrêa Enfermeira SAMU BH Mestranda em Enfermagem UFMG Gasometria ArterialGasometria Arterial
  2. 2. Gasometria arterial Por quê a Gasometria se temos o Oxímetro de pulso e Capnógrafo?
  3. 3. Gasometria Arterial Estabelece índices e parâmetros respiratórios a serem objetivados Permite medida direta de: - pH - Oxigenação - Níveis de dióxido de carbono - Saturação de O2 - Excesso ou déficit de bases Permite avaliar a natureza e a evolução de distúrbios metabólicos e respiratórios.
  4. 4. Gasometria arterial Cuidados importantes em relação a coleta do sangue arterial: - Contra-indicações para punção arterial (coagulopatia, ausência de pulso arterial, entre outros: avaliação de risco-benefício) - Técnica correta de punção arterial - Problemas com a amostra: seringa de plástico; uso excessivo de heparina; bolhas de ar; tempo de permanência; transporte adequado.
  5. 5. ANÁLISE DA GASOMETRIA ARTERIAL Utilizada para identificar o distúrbio ácido-básico e o grau de compensação.
  6. 6. 22 a 26 mEq/LHCO3- - 2 a + 2Excesso ou déficit de base 95 a 97%SaO2 80 a 100 mmHgPO2 35 a 45 mmHgPCO2 7,35 a 7,45pH Amostra arterialParâmetros VALORES DE REFERÊNCIA
  7. 7. DISTÚRBIOS ÁCIDO-BÁSICOS E COMPENSAÇÃO Retenção renal de H+ e excreção renal de HCO3 PCO2Alcalose respiratória Excreção renal de H+ e retenção renal de HCO3 ↑ PCO2Acidose respiratória Retenção de CO2 pelos pulmões ↑ HCO3Alcalose metabólica Eliminação de CO2 pelos pulmões HCO3Acidose metabólica CompensaçãoEvento inicialDistúrbio
  8. 8. AVALIAÇÃO DA GASOMETRIA ARTERIAL • pH > 7,45 (alcalemia) • pH < 7,35 (acidemia) • pH: 7,35 e 7,45 (normal) ANÁLISE DO pH pH normal pode indicar gases arteriais normais ou um desequilíbrio compensado (organismo foi capaz de corrigir o pH através de alterações metabólicas ou respiratórias).
  9. 9. AVALIAÇÃO DA GASOMETRIA ARTERIAL • Avaliação da PCO2 e do HCO3 - em relação ao pH: – PCO2 < 35: distúrbio primário é alcalose respiratória. – HCO3 > 27 : distúrbio primário é alcalose metabólica. – PCO2 > 45: distúrbio primário é acidose respiratória. – HCO3 < 22: distúrbio primário é acidose metabólica. DETERMINAÇÃO DA CAUSA PRIMÁRIA DO DISTÚRBIO
  10. 10. AVALIAÇÃO DA GASOMETRIA ARTERIAL Observar o valor diferente do distúrbio primário; se ele estiver se movendo na mesma direção que o distúrbio primário, a compensação está em andamento. DETERMINAÇÃO SE A COMPENSAÇÃO TEVE INÍCIO
  11. 11. AVALIAÇÃO DA GASOMETRIA ARTERIAL pH PCO2 HCO3 (1) 7, 2 60 mmHg 24 mEq/L (1) Acidose respiratória não compensada pH PaCO2 HCO3 (2) 7, 4 60 mmHg 37 mEq/L (1) Acidose respiratória compensada
  12. 12. As manifestações clínicas dos distúrbios ácido-básicos decorrem da interação das seguintes forças opostas: • Fatores fisiopatológicos que ↑ ou o pH • Mecanismos de defesa do organismo que tentam retornar o pH ao normal: – Sistemas tampões ácido-básicos – Mecanismos de compensação • Pulmões • Rins REGULAÇÃO DO EQUILÍBRIO ÁCIDO-BÁSICO
  13. 13. • pH é a unidade que expressa a concentração de íons H+ e está relacionado à concentração destes íons através da seguinte fórmula: REGULAÇÃO DO EQUILÍBRIO ÁCIDO-BÁSICO pH = log 1 [H+]
  14. 14. • O pH é inversamente relacionado à concentração de íons H+: pH: ↑ H+ (ACIDEMIA) ↑ pH : H+ (ALCALEMIA) REGULAÇÃO DO EQUILÍBRIO ÁCIDO-BÁSICO pH normal: 7,35 a 7,45 pH < 7,35 : acidemia pH > 7,45: alcalemia
  15. 15. Relação entre (H+) e pH pH [H+ ] pH [H+ ] 7.80 7.75 16 18 7.30 7.25 50 56 7.70 7.65 20 22 7.20 7.15 63 71 7.60 7.55 25 28 7.10 7.00 79 89 7.50 7.45 32 35 6.95 6.90 100 112 7.40 7.35 40 45 6.85 6.80 141 159
  16. 16. TAMPÃO BICARBONATO HCO3 - + H+ H2CO3 H2O + CO2 SISTEMAS TAMPÕES
  17. 17. A PCO2 é diretamente proporcional à concentração de CO2 e H2CO3 e inversamente proporcional ao pH. SISTEMAS TAMPÕES
  18. 18. • Equação de Henderson-Hasselbalch: SISTEMAS TAMPÕES pH = 6,1 + log HCO3 - (0,03 x PCO2)
  19. 19. • Equação de Kasirer-bleich: (avalia a consistência dos dados informados pela gasometria) SISTEMAS TAMPÕES H+ = 24 PCO2 HCO3 -
  20. 20. MECANISMOS DE COMPENSAÇÃO • Compensação pelos pulmões: quando ocorre alcalose ou acidose metabólica. [H+] ↑ pH Hipoventilação: aumentar CO2 ↑↑ [H+] pH Hiperventilação: eliminar CO2 Aumento da FR e da profundidade Diminuição da FR e da profundidade
  21. 21. • Compensação pelos rins: quando ocorre alcalose ou acidose respiratória. • Controle do equilíbrio ácido-básico pela excreção de urina ácida ou básica. • Mecanismo lento para responder aos desequilíbrios ácido-básicos (de 3 a 4 dias), eles representam o mais potente dos sistemas reguladores do equilíbrio ácido-básico. MECANISMOS DE COMPENSAÇÃO
  22. 22. • Acidemia – Excreção renal do excesso de H+ • Alcalemia – Excreção renal do excesso de HCO3- MECANISMOS DE COMPENSAÇÃO
  23. 23. ACIDOSE METABÓLICA Distúrbio ácido-básico caracterizado por H+ em excesso e HCO3 - deficiente, provocado por um distúrbio não respiratório.
  24. 24. Perda direta de HCO3 - – Diarréia Ganho excessivo de H+ – Metabolismo anaeróbio – Cetoacidose diabética – Insuficiência renal ACIDOSE METABÓLICA PRINCIPAIS CAUSAS
  25. 25. Hiperventilação PCO2 ACIDOSE METABÓLICA MECANISMO COMPENSATÓRIO
  26. 26. • Cefaléia, confusão, sonolência, freqüência e profundidade respiratórias aumentadas, náuseas e vômitos. • Vasodilatação periférica e DC diminuído quando pH < 7,0 (hipotensão arterial, palidez cutânea, pele fria). ACIDOSE METABÓLICA MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS
  27. 27. • pH < 7,35 • HCO3 - • PCO2 normal ou (compensação) ACIDOSE METABÓLICA DIAGNÓSTICO LABORATORIAL
  28. 28. Decorre do excesso de HCO3 - no organismo ou de perdas de H+. ALCALOSE METABÓLICA
  29. 29. Excesso de administração de HCO3 - Vômitos em excesso e/ou aspiração de SNG ALCALOSE METABÓLICA PRINCIPAIS CAUSAS
  30. 30. Hipoventilação ↑ PCO2 ALCALOSE METABÓLICA MECANISMO COMPENSATÓRIO
  31. 31. • Hipoventilação • Taquiarritimias ALCALOSE METABÓLICA MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS
  32. 32. ALCALOSE METABÓLICA •pH > 7,45 •PCO2 normal ou ↑ (compensação) •HCO3 - ↑ DIAGNÓSTICO LABORATORIAL
  33. 33. Resultante de uma eliminação inadequada de CO2, com conseqüente elevação da PCO2. ACIDOSE RESPIRATÓRIA
  34. 34. Doenças neuromusculares, pulmonares e situações que culminam com hipoventilação alveolar e retenção de CO2. ACIDOSE RESPIRATÓRIA PRINCIPAIS CAUSAS
  35. 35. Distrofias musculares, sedativos, EAP, atelectasia, pneumotórax, pneumonia, SARA, obstrução de vias aéreas, hipoventilação provocada por VM e pela administração de quantidades ↑ de O2 a pacientes com hipercapnia crônica (asma e DPOC). ACIDOSE RESPIRATÓRIA PRINCIPAIS CAUSAS
  36. 36. ↑ PCO2 ↑ [H2CO3] ↑ [H+] • ↑ Excreção renal de H+ (urina ácida) • ↑ Reabsorção renal de HCO3 MECANISMOS COMPENSATÓRIOS ACIDOSE RESPIRATÓRIA
  37. 37. • Taquidispnéia • Cianose em extremidades • ↑ PIC e edema cerebral – nível de consciência podendo evoluir para coma ACIDOSE RESPIRATÓRIA MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS
  38. 38. •pH < 7,35 • PO2 (hipoventilação) •PCO2 > 45 mmHg • HCO3 - N ou ↑ ACIDOSE RESPIRATÓRIA DIAGNÓSTICO LABORATORIAL
  39. 39. • Resultante de hiperventilação pulmonar, culminando com altas taxas de eliminação de CO2. • Ocorre em situações clínicas em que existe hiperestimulação dos centros respiratórios. ALCALOSE RESPIRATÓRIA
  40. 40. Quadros infecciosos e estados hipermetabólicos (sepse, febre, gravidez), lesão do SNC (hiperventilação neurogênica). IRpA, na hiperventilação provocada por respiradores mecânicos e nos quadros de ansiedade e dor. ALCALOSE RESPIRATÓRIA PRINCIPAIS CAUSAS
  41. 41. PaCO2 [H2CO3] [H+] • ↑ Eliminação renal de HCO3 (urina alcalina) MECANISMOS COMPENSATÓRIOS ALCALOSE RESPIRATÓRIA
  42. 42. • Espasmos musculares e tetania • Tonteira Vasoconstrição e fluxo sangüíneo cerebral ALCALOSE RESPIRATÓRIA MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS
  43. 43. • pH > 7,45 • PCO2 < 45 mmHg • HCO3 - N ou ALCALOSE RESPIRATÓRIA DIAGNÓSTICO LABORATORIAL
  44. 44. Desordens ácido-básicas simples: Tipo de Desordem pH PaCO2 [HCO3] Acidose Metabolica Alcalose Metabolica Acidose Respiratoria Aguda Acidose Respiratoria Cronica Alcalose Respiratoria Aguda Alcalose Respiratoria Cronica
  45. 45. Dúvidas?????

×