Vicente bogo cooperativismo ga%f acho(1)

516 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
516
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vicente bogo cooperativismo ga%f acho(1)

  1. 1. VICENTE BOGO - Presidente
  2. 2. EVOLUÇÃO SÓCIO-ECONÔMICA DAS COOPERATIVAS• 1895 => Chegada do Pe.Theodor Amstad ao Vale do Caí;• 1900 => Promove grande Encontro de Colonos em “Feliz”.
  3. 3. Pe.Theodor Amstad• Pe.Theodor Amstad“ Com a carroça cheia e as animálias carregadas do fruto de seu pesado trabalho e do resultado de muito suor; o colono se dirige à casa comercial, mas as bugigangas estrangeiras, que recebe em troca, para levar para casa, ele facilmente pode colocar debaixo do braço... Por isso a queixa, que se houve com freqüência. Pelas nossas coisas nada recebemos, porém pelo que compramos devemos pagar o valor duplo e triplo!
  4. 4. • 1902 => Nasce a 1ª Cooperativa: Caixa Rural da Linha Imperial – Nova Petrópolis – RS (Sistema Reiffeisen)• Hoje => SICREDI PIONEIRA
  5. 5. • 1910 => Chega o professor italiano Paternó. Prega na Serra Gaúcha (italianos) várias tentativas de formar cooperativas – sem sucesso
  6. 6. • 1912 => Cooperativismo se divide em duas associações – uma católica outra protestante• Passa-se mais de uma década sem importante evolução no cooperativismo gaúcho• Final dos anos 20 revigora-se
  7. 7. • Início da criação das cooperativas vitivinícolas;• Ampliação das “Caixas Rurais” associadas à expansão da colonização;• Final dos anos 30 surgem as cooperativas de madeira
  8. 8. • 1938 => Realizou-se o Congresso do Cooperativismo Gaúcho (dominado pelo oficialismo de Vargas) – o Presidente (cooperativista) fala na necessidade de recuperar o espírito de solidariedade• Nos anos 40, as cooperativas madeireiras são lugar (são transformadas) em às cooperativas de banha
  9. 9. • Nos anos 50 as cooperativas de banha dão lugar às cooperativas de trigo e soja• Nos anos 60 e 70 florescem as cooperativas médicas e de eletrificação rural. São restringidas as de crédito• Nos anos 80 retornam com força as de crédito rural
  10. 10. • Nos anos 80 e 90 a crise chega às agropecuárias, habitacionais e consumo;• Nos anos 90 reaparecem as cooperativas de prestação de serviços (trabalho) informalidade; ‘custo Brasil’; Lei de Responsabilidade Fiscal.
  11. 11. • Ano 2000 => a vitalidade é retomada. Novas exigências. Hora de recuperar a imagem.• I Congresso das Cooperativas Gaúchas e Assembléia Geral com a participação de dirigentes do Sistema e representantes da sociedade civil (ONG’s; S’s; Universidades, Igrejas, sindicatos, etc)
  12. 12. • 2000 - ANO DA REESTRUTURAÇÃO DA OCERGS:• A) Reforma do Estatuto Social;• B) Adoção do Regimento Interno;• C) Adoção do Código de Ética;• D) Criação do Conselho Consultivo (base) – Regionais Coredes;• E) Criação do Conselho Técnico Sindical
  13. 13. • F) Adoção de representação proporcional por ramo;• G) Adoção de Delegados votantes por cooperativa – proporcional ao número de associações ao limite de XX;• H) Fixação de 02 assembléias gerais ordinárias anuais (1ª prestação de contas / 2ª planejamento e orçamento)
  14. 14. QUADRO GERAL DAS COOPERATIVAS DO RIO GRANDE DO SUL Ramo Total % Assoc. %AGROPECUÁRIO 209 24,47% 255.140 20,44%CONSUMO 21 2,46% 31.480 2,52%CRÉDITO 103 12,06% 613.689 49,17%EDUCACIONAL 20 2,34% 6.490 0,52%ESPECIAL/SOCIAL 6 0,70% 360 0,03%HABITACIONAL 62 7,26% 15.400 1,23%INFRA-ESTRUTURA 19 2,22% 211.074 16,91%MINERAÇÃO 03 0,35% 380 0,03%PRODUÇÃO 18 2,11% 3.450 0,28%SAÚDE 78 9,13% 26.000 2,08%TRABALHO 261 30,56% 80.000 6,41%TRANSPORTE 52 6,09% 2.800 0,22%TURISMO LAZER 5 0,59% 1.900 0,15%TOTAL 854 100% 1.248.163 100% Fonte: Ocergs 31/05/2005
  15. 15. QUADRO EVOLUTIVO DAS COOPERATIVAS GAÚCHAS 900 854 843 800 771 723 689 1965 700 644 1970 1980 600 1990 1999 500Quantidade 2000 442 422 2001 400 2002 2003 300 2004 252 235 200 100 0 1965 1970 1980 1990 1999 2000 2001 2002 2003 2004 Ano
  16. 16. SAAC/RS Evolução Econômica das Cooperativas-RS Movimento Econômico em milhares de reais 7.000.000 6.000.000 5.000.000 4.000.000 3.000.000 2.000.000 1.000.000 - 1998 1999 2000 2001 2002 2003Fonte: Banco de dados OCERGS/SESCOOP
  17. 17. SAAC/RS - Análise do Ciclo Financeiro Índice de Auto Financiamento 0,7 0,6 0,5 0,4 0,3 0,2 0,1 0 1998 1999 2000 2001 2002 2003Fonte: Banco de dados OCERGS/SESCOOP
  18. 18. OCERGS – Sindicato e Organização dasCooperativas do Estado do Rio Grande do SulRua: Vigário José Inácio, 303 – Centro Porto Alegre/RS Site: www.ocergs.com.br E-mails: ocergs@ocergs.com.br e presidencia@ocergs.com.br Fones/fax (51) 3221 4377 - 3225 7907

×