SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 40
A PENÍNSULA IBÉRICA: DOIS MUNDOS EM PRESENÇA.
EXTENSÃO DO IMPÉRIO MUÇULMANO
EM 711 – TARIQUE ATRAVESSOU O ESTREITO DE GIBRALTAR. VISIGODOS - LUTAS INTERNAS. NÃO OFERECEM RESISTÊNCIA. VENCIDOS NA BATALHA DE GUADALETE.
VINDA DE NOVAS VAGAS DE MUÇULMANOS. EM 5 ANOS TODA A PENÍNSULA IBÉRICA ( AL ANDALUZ) ESTÁ CONQUISTADA . UMA PEQUENA FAIXA NO NORTE DA P. I. NÃO É DOMINADA:  AS ASTÚRIAS. AÍ SE VAI INICIAR A RECONQUISTA.
MUÇULMANOS TOLERANTES COM AS  POPULAÇÕES CONQUISTADAS. CRISTÃOS PODEM CONTINUAR  A SUA RELIGIÃO PAGANDO UM IMPOSTO (MOÇARABES) HÁ QUEM SE  CONVERTA AO ISLAMISMO: (MULADIS)
A DERROTA NA BATALHA DE POITIERS -  732 – EVITOU O  DOMÍNIO ALÉM PIRINÉUS .
RECONQUISTA
RECONQUISTA DIFÍCIL IRREGULAR CALIFADO DE CÓRDOVA- AL ANDALUZ UNIDO NO SÉC. XI O CALIFADO DIVIDE-SE EM PEQUENOS REINOS –  TAIFAS . EXÉRCITO FRACO E LUTAS INTERNAS  FAVORECEM A RECONQUISTA .
COMO PERDERAM TERRITÓRIOS, NOS FINAIS DO SÉC. XI, OS MUÇULMANOS PEDEM AJUDA AO POVO DO NORTE DE ÁFRICA. RESPONDEM OS ALMORÁVIDAS. VOLTARAM A TOMAR MUITOS TERRITÓRIOS AOS CRISTÃOS DA PENÍNSULA IBÉRICA.
RECONQUISTA - REINOS
VERIFICARAM-SE AVANÇOS E RECUOS NA RECONQUISTA DOS TERRITÓRIOS DE PORTUGAL.
PEDIDO DO  REI DE LEÃO E CASTELA APELO DA  IGREJA: PAPA CAVALEIROS FRANCOS VÊM COMBATER NA PENÍNSULA IBÉRICA MOTIVOS  RELIGIOSOS OBTER DOMÍNIOS
D. HENRIQUE ( DUQUE DE BORGONHA) RECEBE EM CASAMENTO D. TERESA, FILHA DE AFONSO VI E COMO DOTE UM FEUDO –  O CONDADO PORTUCALENSE  - TERRITÓRIO DESDE O RIO MINHO AO SUL DE COIMBRA.( 1096 )
EMBORA CUMPRINDO OS DEVERES DE VASSALAGEM,O CONDE D. HENRIQUE SEMPRE AGIU COM ALGUMA AUTONOMIA. APÓS A MORTE DO MARIDO ( 1112), D. TERESA APROXIMA- -SE DA NOBREZA DA GALIZA. DESCONTENTAMENTO DA NOBREZA PORTUCALENSE.
1128 –  BATALHA DE S. MAMEDE  PERTO DE GUIMARÃES. ENTRE OS PARTIDÁRIOS DE D. TERESA E DE SEU FILHO D. AFONSO HENRIQUES .
REVOLTA CONTRA  LEÃO E CASTELA  LUTA CONTRA OS MUÇULMANOS ACÇÃO JUNTO  DO PAPA FRENTES DE LUTA INDEPENDÊNCIA DE PORTUGAL
1139 – VENCE A GRANDE BATALHA DE OURIQUE CONTRA OS MUÇULMANOS. A PARTIR DAÍ PASSA A USAR O TÍTULO DE REI.
1143 – Assinatura do tratado de zamora entre d. Afonso henriques e seu primo afonso vii rei de leão e castela. Acordo de paz e de reconhecimento de d. Afonso henriques como rei e o condado independente.
( … ) ESTÁ CLARAMENTE PROVADO QUE, COMO BOM FILHO, E PRÍNCIPE CATÓLICO, PRESTASTE INUMERÁVEIS SERVIÇOS À SANTA IGREJA, EXTERMINANDO EM PORFIADOS TRABALHOS E PROEZAS MILTARES OS INIMIGOS DO NOME CRISTÃO E PROPAGANDO DILIGENTEMENTE A FÉ CRISTÃ. (…) POR ISSO, TOMAMOS A TUA PESSOA SOBRE A PROTECÇÃO DE S. PEDRO E NOSSA E CONCEDEMOS E CONFIMAMOS O TEU DOMÍNIO SOBRE O REINO DE PORTUGAL, COM INTEIRAS HONRAS DE REI E COM  DIGNIDADE QUE AOS REIS PERTENCE, BEM COMO TODOS OS LUGARES QUE ( … )ARRANCARES ÀS MÃO DOS MUÇULMANOS BULA MANIFESTIS PROBATUM-PAPA ALEXANDRE III-1179
Conquista de Santarém O castelo de Almourol, no meio do Tejo, era um importante ponto de controlo e defesa da fronteira com os muçulmanos.
1147 – CONQUISTA DE LISBOA  COM A AJUDA DOS CRUZADOS
ALCÁCER DO SAL, ÉVORA E BEJA
O PROGRESSO DA RECONQUISTA
NO REINADO DE  D.AFONSO III, EM 1249, COM  A CONQUISTA DE FARO E SILVES CONCLUÍU-SE A RECONQUISTA  NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS.
NO REINADO DE D.DINIS, PELO TRATADO DE ALCANISES, EM 1297, FIXARAM-SE AS FRONTEIRAS DEFINITIVAS DE PORTUGAL.
AS ORDENS RELIGIOSAS MILITARES TIVERAM PAPEL IMPORTANTE NA RECONQUISTA A SUL DO TEJO. COMO RECOMPENSA  RECEBERAM EXTENSOS TERITÓRIOS-  DOMÍNIOS SENHORIAIS. TEMPLÁRIOS AVIS HOSPITALÁRIOS SANTIAGO
A HERANÇA  MUÇULMANA
ACTIVIDADES  ECONÓMICAS
AGRICULTURA NOVAS PLANTAS: ARROZ ALGODÃO CANA-DE-AÇÚCAR INTRODUÇÃO E DIFUSÃO NOVAS ÁRVORES  DE FRUTO: LARANJEIRA LIMOEIRO NOVOS PROCESSOS DE IRRIGAÇÃO: AÇUDE, AZENHA, NORA
INDÚSTRIA PRODUTOS DE LUXO COUROS CÓRDOVA ARMAS TOLEDO MOSAICOS AZULEJOS VIDRARIA
CULTURA SÁBIOS MUÇULMANOS BIBLIOTECA DE CÓRDOVA
VESTÍGIOS ARQUITECTÓNICOS NA PENÍNSULA IBÉRICA
SOBREPOSTOS ENTRECRUZADOS ARCO EM FERRADURA
MESQUITA DE CÓRDOVA
SEVILHA TORRE DA GIRALDA SÉC. XII
GRANADA PALÁCIO DO ALHAMBRA
MESQUITA DE MÉRTOLA
AZULEJOS
COLCHAS DE CASTELO BRANCO
Os muçulmanos foram os intermediários entre o oriente e o ocidente, promovendo uma cultura de síntese que a Península Ibérica herdou e mais tarde aproveitou.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Reconquista Cristã
Reconquista CristãReconquista Cristã
Reconquista Cristãcattonia
 
Séc. xii a xiv
Séc. xii a xivSéc. xii a xiv
Séc. xii a xivcattonia
 
Ficha formativa roma
Ficha formativa romaFicha formativa roma
Ficha formativa romaAna Barreiros
 
Formação de Portugal
Formação de PortugalFormação de Portugal
Formação de PortugalIsabel Alves
 
Romanização da Península Ibérica
Romanização da Península IbéricaRomanização da Península Ibérica
Romanização da Península IbéricaCarlos Vieira
 
22 - A crise do século XIV
22 - A crise do século XIV22 - A crise do século XIV
22 - A crise do século XIVCarla Freitas
 
A Expansão marítima
A Expansão marítimaA Expansão marítima
A Expansão marítimacattonia
 
A herança muçulmana em portugal
A herança muçulmana em portugalA herança muçulmana em portugal
A herança muçulmana em portugalLuisa Jesus
 
18 reconquista cristã e a formação de portugal
18   reconquista cristã e a formação de portugal18   reconquista cristã e a formação de portugal
18 reconquista cristã e a formação de portugalCarla Freitas
 
Formação reino--portugal.ppt_
 Formação reino--portugal.ppt_ Formação reino--portugal.ppt_
Formação reino--portugal.ppt_Isa Alves
 
A expansão muçulmana
A expansão muçulmanaA expansão muçulmana
A expansão muçulmanaLuisa Jesus
 
País urbano concelhio módulo II-10 º ANO
País urbano concelhio  módulo II-10 º ANOPaís urbano concelhio  módulo II-10 º ANO
País urbano concelhio módulo II-10 º ANOCarina Vale
 
Ocup arabe
Ocup arabeOcup arabe
Ocup arabecattonia
 
13 o império romano
13   o império romano13   o império romano
13 o império romanoCarla Freitas
 
Formação de portugal 4º ano
Formação de portugal   4º anoFormação de portugal   4º ano
Formação de portugal 4º anotelmascapelo
 
Portugal no contexto europeu do Século XII a XIV
Portugal no contexto europeu do Século XII a XIVPortugal no contexto europeu do Século XII a XIV
Portugal no contexto europeu do Século XII a XIVCarlos Vieira
 
Portugal no contexto europeu do Século XII a XIV
Portugal no contexto europeu do Século XII a XIVPortugal no contexto europeu do Século XII a XIV
Portugal no contexto europeu do Século XII a XIVCarlos Vieira
 
Os muçulmanos
Os muçulmanosOs muçulmanos
Os muçulmanoscruchinho
 

Mais procurados (20)

Reconquista Cristã
Reconquista CristãReconquista Cristã
Reconquista Cristã
 
Séc. xii a xiv
Séc. xii a xivSéc. xii a xiv
Séc. xii a xiv
 
Ficha formativa roma
Ficha formativa romaFicha formativa roma
Ficha formativa roma
 
Formação de Portugal
Formação de PortugalFormação de Portugal
Formação de Portugal
 
Romanização da Península Ibérica
Romanização da Península IbéricaRomanização da Península Ibérica
Romanização da Península Ibérica
 
22 - A crise do século XIV
22 - A crise do século XIV22 - A crise do século XIV
22 - A crise do século XIV
 
A Expansão marítima
A Expansão marítimaA Expansão marítima
A Expansão marítima
 
A herança muçulmana em portugal
A herança muçulmana em portugalA herança muçulmana em portugal
A herança muçulmana em portugal
 
18 reconquista cristã e a formação de portugal
18   reconquista cristã e a formação de portugal18   reconquista cristã e a formação de portugal
18 reconquista cristã e a formação de portugal
 
Formação reino--portugal.ppt_
 Formação reino--portugal.ppt_ Formação reino--portugal.ppt_
Formação reino--portugal.ppt_
 
A Reconquista
A ReconquistaA Reconquista
A Reconquista
 
A expansão muçulmana
A expansão muçulmanaA expansão muçulmana
A expansão muçulmana
 
País urbano concelhio módulo II-10 º ANO
País urbano concelhio  módulo II-10 º ANOPaís urbano concelhio  módulo II-10 º ANO
País urbano concelhio módulo II-10 º ANO
 
A Sociedade Senhorial
A Sociedade SenhorialA Sociedade Senhorial
A Sociedade Senhorial
 
Ocup arabe
Ocup arabeOcup arabe
Ocup arabe
 
13 o império romano
13   o império romano13   o império romano
13 o império romano
 
Formação de portugal 4º ano
Formação de portugal   4º anoFormação de portugal   4º ano
Formação de portugal 4º ano
 
Portugal no contexto europeu do Século XII a XIV
Portugal no contexto europeu do Século XII a XIVPortugal no contexto europeu do Século XII a XIV
Portugal no contexto europeu do Século XII a XIV
 
Portugal no contexto europeu do Século XII a XIV
Portugal no contexto europeu do Século XII a XIVPortugal no contexto europeu do Século XII a XIV
Portugal no contexto europeu do Século XII a XIV
 
Os muçulmanos
Os muçulmanosOs muçulmanos
Os muçulmanos
 

Destaque

A Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de PortugalA Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de PortugalHistN
 
Cristãos e muçulmanos na peninsula ibérica
Cristãos e muçulmanos na peninsula ibéricaCristãos e muçulmanos na peninsula ibérica
Cristãos e muçulmanos na peninsula ibéricahugoseverino7ab
 
Guerra da reconquista e a formação de portugal
Guerra da reconquista e a formação de portugalGuerra da reconquista e a formação de portugal
Guerra da reconquista e a formação de portugalrafaforte
 
Portugal no século XIII
Portugal no século XIIIPortugal no século XIII
Portugal no século XIIIcruchinho
 
Os Muçulmanos na Península Ibérica
Os Muçulmanos na Península IbéricaOs Muçulmanos na Península Ibérica
Os Muçulmanos na Península IbéricaHistN
 
O espaço português 1
O espaço português 1O espaço português 1
O espaço português 1Vítor Santos
 
A Reconquista e a Formação de Portugal
A Reconquista e a Formação de PortugalA Reconquista e a Formação de Portugal
A Reconquista e a Formação de PortugalNelson Faustino
 
Condado portucalense
Condado portucalenseCondado portucalense
Condado portucalenseLuisa Jesus
 
19 - Crescimento económico dos séculos XII e XIII
19 - Crescimento económico dos séculos XII e XIII19 - Crescimento económico dos séculos XII e XIII
19 - Crescimento económico dos séculos XII e XIIICarla Freitas
 
País rural e senhorial módulo II- 10º ANO
País rural e senhorial  módulo II- 10º ANOPaís rural e senhorial  módulo II- 10º ANO
País rural e senhorial módulo II- 10º ANOCarina Vale
 
Reis portugal 1ª, 2ª, 3ª e 4ª dinastias.
Reis portugal   1ª, 2ª, 3ª e 4ª dinastias.Reis portugal   1ª, 2ª, 3ª e 4ª dinastias.
Reis portugal 1ª, 2ª, 3ª e 4ª dinastias.Álvaro Maurício
 

Destaque (14)

Reconquista Cristã
Reconquista CristãReconquista Cristã
Reconquista Cristã
 
A Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de PortugalA Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de Portugal
 
2º avanços e recuos da reconquista
2º avanços e recuos da reconquista2º avanços e recuos da reconquista
2º avanços e recuos da reconquista
 
Cristãos e muçulmanos na peninsula ibérica
Cristãos e muçulmanos na peninsula ibéricaCristãos e muçulmanos na peninsula ibérica
Cristãos e muçulmanos na peninsula ibérica
 
Guerra da reconquista e a formação de portugal
Guerra da reconquista e a formação de portugalGuerra da reconquista e a formação de portugal
Guerra da reconquista e a formação de portugal
 
Portugal no século XIII
Portugal no século XIIIPortugal no século XIII
Portugal no século XIII
 
Os Muçulmanos na Península Ibérica
Os Muçulmanos na Península IbéricaOs Muçulmanos na Península Ibérica
Os Muçulmanos na Península Ibérica
 
O espaço português 1
O espaço português 1O espaço português 1
O espaço português 1
 
A Reconquista e a Formação de Portugal
A Reconquista e a Formação de PortugalA Reconquista e a Formação de Portugal
A Reconquista e a Formação de Portugal
 
Condado portucalense
Condado portucalenseCondado portucalense
Condado portucalense
 
19 - Crescimento económico dos séculos XII e XIII
19 - Crescimento económico dos séculos XII e XIII19 - Crescimento económico dos séculos XII e XIII
19 - Crescimento económico dos séculos XII e XIII
 
País rural e senhorial módulo II- 10º ANO
País rural e senhorial  módulo II- 10º ANOPaís rural e senhorial  módulo II- 10º ANO
País rural e senhorial módulo II- 10º ANO
 
País rural e senhorial
País rural e senhorialPaís rural e senhorial
País rural e senhorial
 
Reis portugal 1ª, 2ª, 3ª e 4ª dinastias.
Reis portugal   1ª, 2ª, 3ª e 4ª dinastias.Reis portugal   1ª, 2ª, 3ª e 4ª dinastias.
Reis portugal 1ª, 2ª, 3ª e 4ª dinastias.
 

Semelhante a Reconquista Cristã

Apresentação PowerPoint_História_Formacao_Reino_de_Portugal[24914].pptx
Apresentação PowerPoint_História_Formacao_Reino_de_Portugal[24914].pptxApresentação PowerPoint_História_Formacao_Reino_de_Portugal[24914].pptx
Apresentação PowerPoint_História_Formacao_Reino_de_Portugal[24914].pptxulissesantos1
 
02_02_o espaço português.pdf
02_02_o espaço português.pdf02_02_o espaço português.pdf
02_02_o espaço português.pdfVítor Santos
 
3º ano - Civilização Árabe e Cruzadas
3º ano - Civilização Árabe e Cruzadas3º ano - Civilização Árabe e Cruzadas
3º ano - Civilização Árabe e CruzadasDaniel Alves Bronstrup
 
Eubiose 2 mar-2013 portugal a primeira nação templaria
Eubiose 2 mar-2013 portugal a primeira nação templariaEubiose 2 mar-2013 portugal a primeira nação templaria
Eubiose 2 mar-2013 portugal a primeira nação templariaNumeric Contadores
 
Resumo da matéria para o teste fevereiro
Resumo da matéria para o teste fevereiroResumo da matéria para o teste fevereiro
Resumo da matéria para o teste fevereiropatriciacanico
 
osmuulmanos-131204162749-phpapp01.pdf
osmuulmanos-131204162749-phpapp01.pdfosmuulmanos-131204162749-phpapp01.pdf
osmuulmanos-131204162749-phpapp01.pdfBelmiramolar
 
Ft20 Informativa Lusiadas
Ft20 Informativa LusiadasFt20 Informativa Lusiadas
Ft20 Informativa LusiadasFernanda Soares
 
Peninsula ibericadois mundos em presença
Peninsula ibericadois mundos em presençaPeninsula ibericadois mundos em presença
Peninsula ibericadois mundos em presençalazaro12r
 
A formação e alargamento do território português
A formação e alargamento do território portuguêsA formação e alargamento do território português
A formação e alargamento do território portuguêsAnabela Sobral
 
Linha conceptual 7º ano 2012-13
Linha conceptual   7º ano 2012-13Linha conceptual   7º ano 2012-13
Linha conceptual 7º ano 2012-13Ana Barreiros
 
Os Muçulmanos Na Península Ibérica
Os Muçulmanos Na Península IbéricaOs Muçulmanos Na Península Ibérica
Os Muçulmanos Na Península Ibéricacarloa1970
 
Renovação económica-época medieval
Renovação económica-época medievalRenovação económica-época medieval
Renovação económica-época medievalSílvia Mendonça
 
A+história+de+portugal
A+história+de+portugalA+história+de+portugal
A+história+de+portugalbelinhas
 

Semelhante a Reconquista Cristã (20)

Expansão Marítima
Expansão MarítimaExpansão Marítima
Expansão Marítima
 
Apresentação PowerPoint_História_Formacao_Reino_de_Portugal[24914].pptx
Apresentação PowerPoint_História_Formacao_Reino_de_Portugal[24914].pptxApresentação PowerPoint_História_Formacao_Reino_de_Portugal[24914].pptx
Apresentação PowerPoint_História_Formacao_Reino_de_Portugal[24914].pptx
 
02_02_o espaço português.pdf
02_02_o espaço português.pdf02_02_o espaço português.pdf
02_02_o espaço português.pdf
 
3º ano - Civilização Árabe e Cruzadas
3º ano - Civilização Árabe e Cruzadas3º ano - Civilização Árabe e Cruzadas
3º ano - Civilização Árabe e Cruzadas
 
Cruzadas
CruzadasCruzadas
Cruzadas
 
Eubiose 2 mar-2013 portugal a primeira nação templaria
Eubiose 2 mar-2013 portugal a primeira nação templariaEubiose 2 mar-2013 portugal a primeira nação templaria
Eubiose 2 mar-2013 portugal a primeira nação templaria
 
Hgp 5
Hgp 5Hgp 5
Hgp 5
 
Resumo da matéria para o teste fevereiro
Resumo da matéria para o teste fevereiroResumo da matéria para o teste fevereiro
Resumo da matéria para o teste fevereiro
 
Resumão do 3ão - Alta Idade Média
Resumão do 3ão -  Alta Idade MédiaResumão do 3ão -  Alta Idade Média
Resumão do 3ão - Alta Idade Média
 
osmuulmanos-131204162749-phpapp01.pdf
osmuulmanos-131204162749-phpapp01.pdfosmuulmanos-131204162749-phpapp01.pdf
osmuulmanos-131204162749-phpapp01.pdf
 
Ft20 Informativa Lusiadas
Ft20 Informativa LusiadasFt20 Informativa Lusiadas
Ft20 Informativa Lusiadas
 
Peninsula ibericadois mundos em presença
Peninsula ibericadois mundos em presençaPeninsula ibericadois mundos em presença
Peninsula ibericadois mundos em presença
 
A formação e alargamento do território português
A formação e alargamento do território portuguêsA formação e alargamento do território português
A formação e alargamento do território português
 
Linha conceptual 7º ano 2012-13
Linha conceptual   7º ano 2012-13Linha conceptual   7º ano 2012-13
Linha conceptual 7º ano 2012-13
 
Subtema c3 e_d1
Subtema c3 e_d1Subtema c3 e_d1
Subtema c3 e_d1
 
Um Pouco de História de Portugal
Um Pouco de História de PortugalUm Pouco de História de Portugal
Um Pouco de História de Portugal
 
Medieval
MedievalMedieval
Medieval
 
Os Muçulmanos Na Península Ibérica
Os Muçulmanos Na Península IbéricaOs Muçulmanos Na Península Ibérica
Os Muçulmanos Na Península Ibérica
 
Renovação económica-época medieval
Renovação económica-época medievalRenovação económica-época medieval
Renovação económica-época medieval
 
A+história+de+portugal
A+história+de+portugalA+história+de+portugal
A+história+de+portugal
 

Mais de Carla Freitas

Mais de Carla Freitas (20)

11 ha m6 u1
11 ha m6 u111 ha m6 u1
11 ha m6 u1
 
11 Ha M5 u3
11 Ha M5 u311 Ha M5 u3
11 Ha M5 u3
 
11 Ha M5 u5 1
11 Ha M5 u5 111 Ha M5 u5 1
11 Ha M5 u5 1
 
Módulo 8 - Romantismo
Módulo 8 - RomantismoMódulo 8 - Romantismo
Módulo 8 - Romantismo
 
Módulo 8 - Arte em Portugal nos finais do século XIX
Módulo 8 - Arte em Portugal nos finais do século XIXMódulo 8 - Arte em Portugal nos finais do século XIX
Módulo 8 - Arte em Portugal nos finais do século XIX
 
Módulo 8 - Do impressionismo ao Pós-impressionismo
Módulo 8 - Do impressionismo ao Pós-impressionismoMódulo 8 - Do impressionismo ao Pós-impressionismo
Módulo 8 - Do impressionismo ao Pós-impressionismo
 
Módulo 8 - Naturalismo e Realismo
Módulo 8 - Naturalismo e RealismoMódulo 8 - Naturalismo e Realismo
Módulo 8 - Naturalismo e Realismo
 
11 ha m5 u4
11 ha m5 u411 ha m5 u4
11 ha m5 u4
 
11 ha m5 u2
11 ha m5 u211 ha m5 u2
11 ha m5 u2
 
11 ha m4 u3 3
11 ha m4 u3 311 ha m4 u3 3
11 ha m4 u3 3
 
11 ha m5 u1
11 ha m5 u111 ha m5 u1
11 ha m5 u1
 
11 ha m4 u4 3
11 ha m4 u4 311 ha m4 u4 3
11 ha m4 u4 3
 
11 ha m4 u4 2
11 ha m4 u4 211 ha m4 u4 2
11 ha m4 u4 2
 
11 ha m4 u4 1
11 ha m4 u4 111 ha m4 u4 1
11 ha m4 u4 1
 
11 ha m4 u3 2
11 ha m4 u3 211 ha m4 u3 2
11 ha m4 u3 2
 
11 ha m4 u3 1
11 ha m4 u3 111 ha m4 u3 1
11 ha m4 u3 1
 
11 ha m4 u2 2
11 ha m4 u2 211 ha m4 u2 2
11 ha m4 u2 2
 
11 ha m4 u2 1
11 ha m4 u2 111 ha m4 u2 1
11 ha m4 u2 1
 
11 ha m4 u1
11 ha m4 u111 ha m4 u1
11 ha m4 u1
 
11 ha m4 u2 3
11 ha m4 u2 311 ha m4 u2 3
11 ha m4 u2 3
 

Último

QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 

Último (20)

QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 

Reconquista Cristã

  • 1. A PENÍNSULA IBÉRICA: DOIS MUNDOS EM PRESENÇA.
  • 3. EM 711 – TARIQUE ATRAVESSOU O ESTREITO DE GIBRALTAR. VISIGODOS - LUTAS INTERNAS. NÃO OFERECEM RESISTÊNCIA. VENCIDOS NA BATALHA DE GUADALETE.
  • 4. VINDA DE NOVAS VAGAS DE MUÇULMANOS. EM 5 ANOS TODA A PENÍNSULA IBÉRICA ( AL ANDALUZ) ESTÁ CONQUISTADA . UMA PEQUENA FAIXA NO NORTE DA P. I. NÃO É DOMINADA: AS ASTÚRIAS. AÍ SE VAI INICIAR A RECONQUISTA.
  • 5. MUÇULMANOS TOLERANTES COM AS POPULAÇÕES CONQUISTADAS. CRISTÃOS PODEM CONTINUAR A SUA RELIGIÃO PAGANDO UM IMPOSTO (MOÇARABES) HÁ QUEM SE CONVERTA AO ISLAMISMO: (MULADIS)
  • 6. A DERROTA NA BATALHA DE POITIERS - 732 – EVITOU O DOMÍNIO ALÉM PIRINÉUS .
  • 8. RECONQUISTA DIFÍCIL IRREGULAR CALIFADO DE CÓRDOVA- AL ANDALUZ UNIDO NO SÉC. XI O CALIFADO DIVIDE-SE EM PEQUENOS REINOS – TAIFAS . EXÉRCITO FRACO E LUTAS INTERNAS FAVORECEM A RECONQUISTA .
  • 9. COMO PERDERAM TERRITÓRIOS, NOS FINAIS DO SÉC. XI, OS MUÇULMANOS PEDEM AJUDA AO POVO DO NORTE DE ÁFRICA. RESPONDEM OS ALMORÁVIDAS. VOLTARAM A TOMAR MUITOS TERRITÓRIOS AOS CRISTÃOS DA PENÍNSULA IBÉRICA.
  • 11. VERIFICARAM-SE AVANÇOS E RECUOS NA RECONQUISTA DOS TERRITÓRIOS DE PORTUGAL.
  • 12. PEDIDO DO REI DE LEÃO E CASTELA APELO DA IGREJA: PAPA CAVALEIROS FRANCOS VÊM COMBATER NA PENÍNSULA IBÉRICA MOTIVOS RELIGIOSOS OBTER DOMÍNIOS
  • 13. D. HENRIQUE ( DUQUE DE BORGONHA) RECEBE EM CASAMENTO D. TERESA, FILHA DE AFONSO VI E COMO DOTE UM FEUDO – O CONDADO PORTUCALENSE - TERRITÓRIO DESDE O RIO MINHO AO SUL DE COIMBRA.( 1096 )
  • 14. EMBORA CUMPRINDO OS DEVERES DE VASSALAGEM,O CONDE D. HENRIQUE SEMPRE AGIU COM ALGUMA AUTONOMIA. APÓS A MORTE DO MARIDO ( 1112), D. TERESA APROXIMA- -SE DA NOBREZA DA GALIZA. DESCONTENTAMENTO DA NOBREZA PORTUCALENSE.
  • 15. 1128 – BATALHA DE S. MAMEDE PERTO DE GUIMARÃES. ENTRE OS PARTIDÁRIOS DE D. TERESA E DE SEU FILHO D. AFONSO HENRIQUES .
  • 16. REVOLTA CONTRA LEÃO E CASTELA LUTA CONTRA OS MUÇULMANOS ACÇÃO JUNTO DO PAPA FRENTES DE LUTA INDEPENDÊNCIA DE PORTUGAL
  • 17. 1139 – VENCE A GRANDE BATALHA DE OURIQUE CONTRA OS MUÇULMANOS. A PARTIR DAÍ PASSA A USAR O TÍTULO DE REI.
  • 18. 1143 – Assinatura do tratado de zamora entre d. Afonso henriques e seu primo afonso vii rei de leão e castela. Acordo de paz e de reconhecimento de d. Afonso henriques como rei e o condado independente.
  • 19. ( … ) ESTÁ CLARAMENTE PROVADO QUE, COMO BOM FILHO, E PRÍNCIPE CATÓLICO, PRESTASTE INUMERÁVEIS SERVIÇOS À SANTA IGREJA, EXTERMINANDO EM PORFIADOS TRABALHOS E PROEZAS MILTARES OS INIMIGOS DO NOME CRISTÃO E PROPAGANDO DILIGENTEMENTE A FÉ CRISTÃ. (…) POR ISSO, TOMAMOS A TUA PESSOA SOBRE A PROTECÇÃO DE S. PEDRO E NOSSA E CONCEDEMOS E CONFIMAMOS O TEU DOMÍNIO SOBRE O REINO DE PORTUGAL, COM INTEIRAS HONRAS DE REI E COM DIGNIDADE QUE AOS REIS PERTENCE, BEM COMO TODOS OS LUGARES QUE ( … )ARRANCARES ÀS MÃO DOS MUÇULMANOS BULA MANIFESTIS PROBATUM-PAPA ALEXANDRE III-1179
  • 20. Conquista de Santarém O castelo de Almourol, no meio do Tejo, era um importante ponto de controlo e defesa da fronteira com os muçulmanos.
  • 21. 1147 – CONQUISTA DE LISBOA COM A AJUDA DOS CRUZADOS
  • 22. ALCÁCER DO SAL, ÉVORA E BEJA
  • 23. O PROGRESSO DA RECONQUISTA
  • 24. NO REINADO DE D.AFONSO III, EM 1249, COM A CONQUISTA DE FARO E SILVES CONCLUÍU-SE A RECONQUISTA NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS.
  • 25. NO REINADO DE D.DINIS, PELO TRATADO DE ALCANISES, EM 1297, FIXARAM-SE AS FRONTEIRAS DEFINITIVAS DE PORTUGAL.
  • 26. AS ORDENS RELIGIOSAS MILITARES TIVERAM PAPEL IMPORTANTE NA RECONQUISTA A SUL DO TEJO. COMO RECOMPENSA RECEBERAM EXTENSOS TERITÓRIOS- DOMÍNIOS SENHORIAIS. TEMPLÁRIOS AVIS HOSPITALÁRIOS SANTIAGO
  • 27. A HERANÇA MUÇULMANA
  • 29. AGRICULTURA NOVAS PLANTAS: ARROZ ALGODÃO CANA-DE-AÇÚCAR INTRODUÇÃO E DIFUSÃO NOVAS ÁRVORES DE FRUTO: LARANJEIRA LIMOEIRO NOVOS PROCESSOS DE IRRIGAÇÃO: AÇUDE, AZENHA, NORA
  • 30. INDÚSTRIA PRODUTOS DE LUXO COUROS CÓRDOVA ARMAS TOLEDO MOSAICOS AZULEJOS VIDRARIA
  • 31. CULTURA SÁBIOS MUÇULMANOS BIBLIOTECA DE CÓRDOVA
  • 32. VESTÍGIOS ARQUITECTÓNICOS NA PENÍNSULA IBÉRICA
  • 35. SEVILHA TORRE DA GIRALDA SÉC. XII
  • 40. Os muçulmanos foram os intermediários entre o oriente e o ocidente, promovendo uma cultura de síntese que a Península Ibérica herdou e mais tarde aproveitou.