História – 7º ano

Professora Carla


Território demasiado extenso dificultava a administração e a defesa;



Divisão do Império em Império
Romano do ociden...
 Século III - Germanos (bárbaros) ultrapassam os rios Reno e Danúbio
 Século V – Invasões mais violentas devido à pressã...
Visigodos

Francos

Vândalos

Anglos e Saxões

Ostrogodos

Suevos

Alamanos
IDADE MÉDIA

476 – CONQUISTA DE ROMA PELOS OSTROGODOS

Inicia-se um novo período da História
Os Novos Reinos Europeus

Dificuldades
 Diferenças civilizacionais (costumes diferentes, línguas diferentes)
 Relação en...
A Igreja Católica
Garantia de Unidade
 Conversão dos povos bárbaros
conseguida pelos Bispos locais
 Influência e riqueza...
Novas Invasões
Sécs. VIII a X:
Vikings – Escandinávia
Atacam e pilham todo o
litoral europeu

Sécs. IX e X:
Magiares - Ási...
Vikings e Muçulmanos

Vikings

Muçulmanos
Reinos Europeus após as Invasões
Consequências das Invasões
 Diminuição do poder Real
 Aumento do poder dos senhores locais
 Diminuição da população (cr...
 Península Arábica
 Zona de desertos
 Tribos nómadas (comércio
e pastorícia)
 Conflitos internos
 Politeísmo

Placa a...
 610 – Pregação em Meca
 612 – Fuga para Medina (1º ano
do calendário islâmico)
 632 – Morte de Maomé (grande
parte da ...
Princípios estabelecidos no Corão
 Afirmar a fé em Alá
 Orar 5 vezes ao dia, na direção de
Meca
 Fazer jejum no Ramadão...
 Expansão da fé islâmica
 Pobreza do território
 Domínio das rotas comerciais

Capital:
• Medina,
• Damasco
• Bagdad

D...
 Dedicavam-se
essencialmente ao comércio
 Criaram uma moeda de
ouro, o dinar
 Importavam e exportavam
• África: Ouro, M...
Intermediários culturais entre a Ásia, a África e a Europa
 Ciências (geografia, medicina, química, astronomia,
matemátic...
 Arquitetura
(Mesquitas, Túmulos e
Palácios)
• Cúpula
• Arco em ferradura
• Arabescos
 Mosaicos
 Azulejo
 Estuques pin...
 Idade Média – Deve este nome a estar entre duas brilhantes civilizações, a
Clássica e a do Renascimento. Vai do século V...
1. Justificar a decadência do império romano.
2. Situar no espaço e no tempo a formação dos reinos bárbaros.
3. Delimitar ...
16   queda do império, invasões e civilização islâmica
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

16 queda do império, invasões e civilização islâmica

3.858 visualizações

Publicada em

Séc. V ao séc. X, clima de instabilidade e retrocesso económico, formação dos reinos bárbaros. Civilização islâmica

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.858
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
140
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
190
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

16 queda do império, invasões e civilização islâmica

  1. 1. História – 7º ano Professora Carla
  2. 2.  Território demasiado extenso dificultava a administração e a defesa;  Divisão do Império em Império Romano do ocidente e Império Romano do Oriente  Crise económica;  Conflitos sociais entre patrícios e plebeus;  Instabilidade política  Crescimento do cristianismo;  Aumento da corrupção em Roma e nas províncias; Enfraquecimento do Império Invasões Bárbaras no século V
  3. 3.  Século III - Germanos (bárbaros) ultrapassam os rios Reno e Danúbio  Século V – Invasões mais violentas devido à pressão dos Hunos GERMANOS: Visigodos,Ostrogodos,Vândalos,Anglos, Saxões, Francos, Suevos, Alamanos.
  4. 4. Visigodos Francos Vândalos Anglos e Saxões Ostrogodos Suevos Alamanos
  5. 5. IDADE MÉDIA 476 – CONQUISTA DE ROMA PELOS OSTROGODOS Inicia-se um novo período da História
  6. 6. Os Novos Reinos Europeus Dificuldades  Diferenças civilizacionais (costumes diferentes, línguas diferentes)  Relação entre conquistadores e conquistados  Religião diferente (paganismo)
  7. 7. A Igreja Católica Garantia de Unidade  Conversão dos povos bárbaros conseguida pelos Bispos locais  Influência e riqueza da Igreja  Criação de Mosteiros e Ordens Religiosas (Beneditinos)  Distinção entre clero regular e clero secular Séc. VI – Gregório, o Grande • Apoia a missionação, para evangelizar as populações • Apoio à criação de mosteiros • Reorganização da Igreja
  8. 8. Novas Invasões Sécs. VIII a X: Vikings – Escandinávia Atacam e pilham todo o litoral europeu Sécs. IX e X: Magiares - Ásia Central Ou Húngaros atacaram a Alemanha e o Norte de itália e instalaram-se na atual Hungria Séc. VIII- Muçulmanos Norte de África Atacam as costas Mediterrânicas
  9. 9. Vikings e Muçulmanos Vikings Muçulmanos
  10. 10. Reinos Europeus após as Invasões
  11. 11. Consequências das Invasões  Diminuição do poder Real  Aumento do poder dos senhores locais  Diminuição da população (crise demográfica)  Regressão das cidades  Retorno ao campo  Regressão económica • Diminuição da produção • Entesouramento • Diminuição da atividade artesanal e comercial
  12. 12.  Península Arábica  Zona de desertos  Tribos nómadas (comércio e pastorícia)  Conflitos internos  Politeísmo Placa ao deus-lua
  13. 13.  610 – Pregação em Meca  612 – Fuga para Medina (1º ano do calendário islâmico)  632 – Morte de Maomé (grande parte da arábia já se encontra convertida) • Território controlado por Califas, chefes religiosos e políticos Abu Bakr
  14. 14. Princípios estabelecidos no Corão  Afirmar a fé em Alá  Orar 5 vezes ao dia, na direção de Meca  Fazer jejum no Ramadão  Fazer uma peregrinação a Meca  Dar esmola  Guerra Santa (Jihad)
  15. 15.  Expansão da fé islâmica  Pobreza do território  Domínio das rotas comerciais Capital: • Medina, • Damasco • Bagdad Dificil unidade (Califados)
  16. 16.  Dedicavam-se essencialmente ao comércio  Criaram uma moeda de ouro, o dinar  Importavam e exportavam • África: Ouro, Marfim e Escravos • Ásia: Sedas, Especiarias, produtos de luxo (Rota da Seda)  Península Ibérica (produtos de luxo)
  17. 17. Intermediários culturais entre a Ásia, a África e a Europa  Ciências (geografia, medicina, química, astronomia, matemática, álgebra)  Literatura variada (poesia e prosa) Cientistas árabes a observarem o céu com astrolábio Avicena Medicina Tratado de Álgebra Mil e Uma Noites Alhazen Matemática
  18. 18.  Arquitetura (Mesquitas, Túmulos e Palácios) • Cúpula • Arco em ferradura • Arabescos  Mosaicos  Azulejo  Estuques pintados  Motivos vegetalistas  Motivos geométricos  Motivos religiosos (frases)
  19. 19.  Idade Média – Deve este nome a estar entre duas brilhantes civilizações, a Clássica e a do Renascimento. Vai do século V, com a queda do império romano, ao século XV com a queda de Constantinopla.  Igreja Católica – Conjunto dos membros do clero e de todos os cristãos. Até ao século XVI usa-se no sentido universal, depois passa a designar os cristãos que continuam a aceitar a autoridade do Papa.  Bárbaros – Povos gremânicos que se encontravam fora das fronteiras do império romano. Os que usavam barba e tinham costumes civilizacionais diferentes.  Hunos – Povo nómada, originário das estepes asiáticas, que se movimentou, a partir do século IV, em direção à Europa.  Evangelizar – Pregar o Evangelho a populações não cristãs.  Regressão – Retrocesso, fala-se de regressão económica quando a economia diminui as suas capacidades de produção e de consumo.  Islão – A palavra significa, em árabe, submissão à vontade de Deus. Designa a religiãos dos muçulmanos e o conjunto de todos os crentes desta religião.  Corão – Livro sagrado do islamismo.  Astrolábio – Instrumento que permite determinar a latitude attravés da medida da altura dos astros.  Estuque – Material de revestimento das paredes e dos tetos, composto de gesso e de pó de mármore, que pode ser esculpido ou colorido.  Arabescos – Ornamento pintado ou esculpido baseado na repetição simétrica de motivos vegetais estilizados.
  20. 20. 1. Justificar a decadência do império romano. 2. Situar no espaço e no tempo a formação dos reinos bárbaros. 3. Delimitar no tempo a Idade Média. 4. Comparar as populações conquistadas com as bárbaras invasoras. 5. Avaliar o papel da Igreja católica na aproximação entre conquistados e conquistadores e na manutenção de alguma unidade no anterior império romano do ocidente. 6. Identificar os povos que invadiram a Europa entre os séculos VIII e X. 7. Descrever as consequências das invasões para o espaço europeu. 8. Localizar no espaço e no tempo o aparecimento do islamismo. 9. Identificar o fundador do islamismo. 10. Referir os pilares da religião islâmica. 11. Justificar a expansão do islamismo. 12. Caracterizar a economia islâmica. 13. Caracterizar a arte islâmica.

×