15 cristianismo

1.741 visualizações

Publicada em

Origem, expansão, perseguição e afirmação do cristianismo

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

15 cristianismo

  1. 1. História – 7º ano Professora Carla Freitas
  2. 2. Judeia  Zona ocupada pelos romanos desde meados do século I a.C.  Revoltas frequentes  Dispersão de muitos judeus –diáspora  Messianismo (crença na vinda de um Salvador) Jesus Cristo  Nasce na Judeia durante o governo de Octávio César Augusto  Vida e mensagem transmitida através dos Evangelhos  Novo Testamento (Evangelhos, Atos dos Apóstolos, Epístolas, Apocalipse) Messias para os seus seguidores
  3. 3. Viveu até aos 30 anos Morreu Nasceu
  4. 4.  Batizado por S. João Batista, no Rio Jordão  Pregação por toda a Judeia acompanhado dos seus discípulos  Anuncia-se como o Messias, filho de Deus  Perseguido pelos Sacerdotes Hebreus (punha em causa a sua autoridade)  Perseguido pelos romanos (receavam revoltas)  Condenado à morte por Pôncio Pilatos  Crucificado no monte Gólgota  Ressurreição e aparição aos apóstolos
  5. 5.           Crença num deus único Igualdade Amor Universal Justiça Tolerância Paz Perdão Caridade Vida eterna Salvação para todos Universalidade da mensagem cristã
  6. 6. Ação dos Apóstolos   Contactos com os judeus espalhados por todo o império Pregação por várias províncias: • São Pedro – Roma e Antioquia • São Tiago Maior (Santiago de Compostela) – Península Ibérica • S. João de Patmos – Grécia • Santo André – Cítia (Ex URSS), Turquia, Grécia e Ásia Menor • São Tomé – Síria, Índia • São Paulo – Ásia Menor, Grécia
  7. 7.  Ficou a dever-se a: • Línguas faladas em todo o império – latim e grego • Diáspora judaica –muitos judeus espalhados pelo império aderiram à nova religião • Rede de estradas e cidades • Intensos contactos comerciais • Desigualdades sociais – muitas mulheres e escravos aderiram à nova religião
  8. 8. Nero, Marco Aurélio e Diocleciano foram imperadores que decretaram perseguições aos cristãos
  9. 9. S. Sebastião S. Luzia Soldado julgado sumariamente e Foi decapitado condenado como traidor pela sua conduta no ano de 165, S. Pedro foi crucificado de cabeça branda para com os prisioneiros cristãos por se ter para baixo no antigo dedicado à por volta de 286. Executado com flechas, jardim de Nero por ter dito, quando soube da sua foi dado como morto e atirado no rio. defesa e condenação, que nãoexpansão da era merecedor Encontrado e socorrido apresentou-se da mesma morte novamente diante de Diocleciano, que de Jesus. mensagem de ordenou então que ele fosse espancado Cristo até a morte. O seu corpo foi atirado ao esgoto Pedro de Roma. S. público Denunciada pelo pai foi Justino S. S. Cecília Foi preso por ordem torturada para mudar de do Diocleciano que tenha sido martirizada ideias,É provável tentou forçá-la à conversão, sem o que não aconteceu. conseguir ordenousob império deuma Trajano para Marco Aurélio. Depois foi condenada à queofosse imperador casa de (98 entre 176 e 180, prostituição. Quandonuma - 117 d.C) e a morte Terádegolação. Levada instalação balneária para por sido trancada tentaram levá-la não conseguiram tirar do local do d’água mas saiu com julgamento, nem pelas ruas de Nicomédia vapores condenado a ser ilesa. ser asfixiada pelos atirado aos leões no uma junta de bois. cortaram-lhe os seios e Tentaram queimá-lamas após três Foi depois condenada à decapitação mas as Coliseu de Roma. chamas não lhe causaram qualquer dano. Um soldado depois foi conduzida para golpes em que a cabeça não foi separada do corpo, Durante a viagem arrancou-lhe os olhos fora da cidade onde o pai amasenasceram-lhetrês dias nae, ficou mortalmente ferida caiu ficando dois olhos por fim posição até executou. decapitaram-na S. mesmade Antioquia morrer. pregou aBárbara Inácio S. mensagem
  10. 10. Galerias subterrâneas, por baixo da cidade. Esconderijos onde os cristãos,celebravam actos de culto e sepultavam os mortos.
  11. 11.  Roma tinha: • Uma religião politeista • O culto ao imperador era obrigatório e os cristãos rejeitavam-no • Era uma civilização ligada à guerra e às conquistas • Era uma sociedade esclavagista com fortes desigualdades sociais • Começou a ganhar muitos adeptos
  12. 12. O aumento do número de cristãos acabou por levar a uma aceitação Imperador Constantino – Édito de Milão (313 d.C.) •Liberdade religiosa •Manda erguer igrejas Imperador Teodósio – Édito de Tessalónica (380 d.C.) •Proibiu os outros cultos •Perseguição aos pagãos
  13. 13. Igreja Cristã Organização semelhante à do Império • Bispado de Roma – Papa (reconhecida superioridade e autoridade) • Províncias – dirigidas por um Metropolita • Dioceses – dirigidas por um Bispo (respondiam perante o Metropolita)
  14. 14.  Cristo – Palavra grega que significa “ungido”, ou seja, escolhido por Deus. Não é um nome próprio mas sim um título que lhe foi atribuído pelos que nele acreditavam..  Evangelho – Palavra de origem grega Evangelion que significa “boa nova, boa notícia. Cada um dos quatro livros principais do Novo testamento que encerram a doutrina de Cristo.  Novo Testamento – Novo conjunto de livros acrescentados à antiga Bíblia hebraica, composto pelos Evangelhos, os Atos dos Apóstolos, as Epístolas e o Apocalipse.  Pregação – Transmissão oral de uma mensagem religiosa.  Ressurreição – Regresso à vida de alguém que morreu.  Apóstolo – Palavra grega que significa “enviado”. Cada um dos doze díscipulos escolhidos por Jesus para continuarem a pregar a sua mensagem, isto é, para divulgarem o Evangelho.  Discípulo – palavra latina que significa seguidor de ideias ou aluno de alguém.  Mártir – Expressão romana a paz armada que os romanos impunham aos povos conquistados. Revoltas ou desobediências eram duramente punidas.  Pagãos – Designa aqueles que eram politeistas e seguiam cultos ligados à natureza.
  15. 15. 1. Localizar no espaço e no tempo o aparecimento do cristianismo. 2. Identificar o fundador do cristianismo. 3. Referir a mensagem de Jesus Cristo. 4. Justificar a rápida difusão do cristianismo no império. 5. Explicar a existência de perseguições contra os cristãos. 6. Descrever as consequências das perseguições contra os cristãos. 7. Relacionar a ação dos imperadores Constantino e Teodósio com a difusão do Cristianismo. 8. Avaliar o impacto do cristianismo no Império.

×