Boletim do Meio Ambiente – IFRJ
                                  N° 5/ Ano 4
                               Dezembro 2009...
EDITORIAL

  O Boletim do Meio Ambiente é fruto de um trabalho
   realizado por alunos e professores do IFRJ Campus
 Marac...
O SEU COMPUTADOR JÁ PODE SER DESLIGADO COM

                                   SEGURANÇA !

                        ...e q...
Você se lembra do seu primeiro computador?
                 O IFRJ Campus Maracanã lembra

Através do apoio de um question...
SEMANA DA QUÍMICA
                    Peça teatral :


     Lixo Eletrônico & Consumismo

 Peça Teatral coordenada por: Ro...
Conscientização Técno-Ambiental Solidária – PROEJA

Criado pela turma INF-341 do EJA (curso integrado para jovens e adulto...
ESSES EVENTOS VOCÊ NÃO PODE
                   PERDER !!!!
       Especial Semana da Química


A Unidade Maracanã do IFRJ ...
“Mudar é preciso sempre. Mas
   não é a velocidade que
promove a mudança e sim a
   direção do movimento”
                ...
VOCÊ SABE O QUE SIGNIFICA A PÓS-GRADUAÇÃO ?

 A pós-graduação é destinada àqueles que possuem diploma universitário
     t...
“Da extração e produção até a venda, consumo
 e descarte, todos os produtos em nossa vida
  afetam comunidades em diversos...
Curtinhas
                      LIXO ELETRÔNICO!!!

  * O consumismo gera mais de 40 milhões de toneladas de lixo
        ...
Jornal inteiro
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal inteiro

1.470 visualizações

Publicada em

Terceira Edição !!

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Jornal inteiro

  1. 1. Boletim do Meio Ambiente – IFRJ N° 5/ Ano 4 Dezembro 2009 EDIÇÃO ESPECIAL
  2. 2. EDITORIAL O Boletim do Meio Ambiente é fruto de um trabalho realizado por alunos e professores do IFRJ Campus Maracanã. Convidamos nossos leitores a realizar uma rediscussão do conceito meio ambiente dominante em nossa cultura, onde prevalece, prioritariamente, a necessidade de se preservar o potencial da natureza na produção de recursos e de serviços ambientais, assim como o estudo de sua desorganização como a poluição ou a extinção de espécies. Neste contexto acaba-se negando um conceito amplo onde o ser humano sua história e cultura são fundamentais em todo o processo. Se você tem vontade contribuir com sugestões, textos, críticas, ou qualquer novidade, escreva-nos! Encontramo- nos abertos a elas. Sua colaboração é fundamental para que este boletim torne-se frutífero em sua caminhada. Esperamos por você !!! Equipe do Boletim de Meio Ambiente. Redação: Bruna Almeida MAM 241; Mariana Luz GAM 221. Edição: Roseantony Bouhid e Nina Pelliccione Revisão dos textos: Equipe de Língua Portuguesa do IFRJ. Sugestões podem ser enviadas para o e-mail: vocenojornal@gmail.com
  3. 3. O SEU COMPUTADOR JÁ PODE SER DESLIGADO COM SEGURANÇA ! ...e quanto ao seu descarte? Muitos usuários enquanto passam dias e dias se divertindo com os seus produtos eletrônicos não fazem a menor idéia do destino desse material ao ser descartado. A maioria deles acha que manter a qualidade de vida implica em sentir-se satisfeito de imediato... isso pode ser considerado qualidade de vida? Foi com a industrialização que a população passou a comprar e descartar os seus produtos, assim, nasce uma nova tendência no mercado: diminuir o tempo de durabilidade dos produtos com a chamada “obsolescência programada”. Você já parou para pensar que todo produto produzido necessitou anteriormente de outro para poder produzi-lo? Se descartar um computador da sua casa já é difícil, para os fabricantes de produtos eletrônicos o problema é maior ainda. Alguns fabricantes contam com empresas no exterior para reciclar esse material ou contam com o descarte local de resíduos. É necessário informar que o lixo eletrônico não pode transitar livremente entre os países desde 1989 quando foi assinada e ratificada a Convenção de Basiléia para organizar a movimentação do lixo eletrônico. Contudo, ainda há exportação ilegal do lixo eletrônico e muitas vezes ela é rotulada como doação para inclusão digital provocando uma ameaça a segurança social e ambiental dos países destinados a receber um material que contém substâncias tóxicas causando sérios danos a saúde como chumbo, mercúrio, arsênio, cádmio e berílio. A África e a Ásia são os destinos mais comuns por dispor mão de obra barata para a reciclagem do lixo eletrônico. A população local por não ser especializada, manipula toda essa sucata tóxica em lixões a céu aberto, queimando parte dessas substâncias sem nenhum tipo de cuidado.
  4. 4. Você se lembra do seu primeiro computador? O IFRJ Campus Maracanã lembra Através do apoio de um questionário produzido por alunos do IFRJ aplicado aos profissionais envolvidos na informatização do campus, promovemos uma avaliação em nossa unidade para saber qual o destino dado ao material eletrônico obsoleto. Com as respostas obtidas, observamos que a modernização de nosso Campus, não foi planejada. A informatização começou a partir da década de 90, com a compra de um computador para facilitar o trabalho com as folhas de pagamento e com o passar do tempo a grande demanda por agilidade no processamento de informações, levou a digitalização de todos os setores da escola, inclusive das atividades acadêmicas, tornando-se urgente a responsabilização por todo ciclo de vida dos aparelhos até o seu descarte. A forma encontrada para mitigar o problema do lixo eletrônico foi o reaproveitamento dessas máquinas pelo PROEJA (Programa Nacional de Integração da Educação Profissional). A partir do curso de Instalação e Manutenção de Computadores do IFRJ os alunos recebem todo computador que deixa de ser importante par algum setor da escola, para aprender com se faz a manutenção corretiva e preventiva das máquinas. Nota-se desta forma, que o crescimento de uma instituição necessita de tecnologias cada vez mais modernas para gerenciar os seus recursos. Mas será que somente a adoção de práticas adequadas para a disposição final de todo material eletrônico fora de uso como uma meta cumprida, seriam o bastante para resolver essa complexa questão? Esse tipo de conduta colocaria um ponto final na poluição gerada pelos resíduos eletrônicos, acabando assim com todas as suas mazelas?
  5. 5. SEMANA DA QUÍMICA Peça teatral : Lixo Eletrônico & Consumismo Peça Teatral coordenada por: Roseantony Bohuid (IFRJ) A peça de teatro "Lixo Eletrônico & Consumismo" aborda a problemática do consumismo e consequente geração de resíduos no cotidiano das pessoas. Encenada por professores e alunos da escola que, com humor e descontração, encarnam personagens que se envolvem em situações que suscitam discussões acerca da problemática ambiental e suas consequências sociais. O roteiro da peça é disponibilizado pelo NEDIC ( grupo de pesquisa do Campus Maracanã) para que seja utilizada em outros núcleos de ensino. Alguns professores participantes: Érica Leonardo, Tânia Goldbach, Roseantony Bouhid, Nina Beatriz e Moisés André Nisembaum
  6. 6. Conscientização Técno-Ambiental Solidária – PROEJA Criado pela turma INF-341 do EJA (curso integrado para jovens e adultos) durante a XXVIII Semana da Química do IFRJ do Campus Maracanã que ocorreu no Período de 03 a 07 de novembro de 2008, o projeto “Conscientização Técno-Ambiental Solidária” teve como objetivo de evidenciar os impactos ambientais e sociais do lixo produzido pelos seres humanos, principalmente o lixo eletrônico e apontar a importância da reciclagem na qualidade de vida de toda a sociedade ao reutilizar todos os materiais que seriam descartados inadequadamente. Dessa forma, o projeto contou com diversos tipos de reciclagens de materiais relacionados à informática e outros eletrônicos para desenvolver, por exemplo, um robô representando um homem computadorizado que retratou a busca infinita dos seres humanos pelo saber tecnológico. Além disso, foram confeccionadas bolsas com disquetes e bijuterias com placas e peças antigas e uma revista em quadrinhos para desenvolver a consciência da preservação ambiental a partir de histórias de personagens, alunos que conversam sobre a realidade do lixo eletrônico de forma acessível a todos.
  7. 7. ESSES EVENTOS VOCÊ NÃO PODE PERDER !!!! Especial Semana da Química A Unidade Maracanã do IFRJ realiza anualmente a Semana da Química, um evento de suma importância e que melhor representa o espírito da instituição. A Semana da Química visa promover, estimular, aprimorar e divulgar a pesquisa tecnológica, científica e cultural dos alunos e pesquisadores do IFRJ - Campus Maracanã, construindo um ambiente propício ao intercâmbio de idéias e debates entre alunos, docentes/pesquisadores, empresas, centros de pesquisa e de inovação tecnológica. A programação diversificada contará com palestras, mostra de trabalhos científicos e tecnológicos, exposições de empresas, museus, atividades culturais e esportivas, cursos de extensão e oficinas gratuitas e abertas a comunidade. Tema: Cem Anos de Educação Profissional no Brasil Período : 01 a 04 de dezembro de 2009
  8. 8. “Mudar é preciso sempre. Mas não é a velocidade que promove a mudança e sim a direção do movimento” (Autor Desconhecido)
  9. 9. VOCÊ SABE O QUE SIGNIFICA A PÓS-GRADUAÇÃO ? A pós-graduação é destinada àqueles que possuem diploma universitário tanto de licenciatura, bacharelado e tecnólogo para alcançar um amadurecimento científico dos alunos por intermédio dos cursos. CONHEÇA OS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DO IFRJ São destinados aos profissionais graduados em nível superior e têm o objetivo de complementar, ampliar e aprofundar o nível de conhecimento teórico, prático e/ou empírico nas áreas do saber, proporcionando atualização de conteúdos e aprimoramento profissional. Especialização em Ensino de Ciências com Ênfase em Biologia e Química Especialização em Gestão Ambiental Especialização em PROEJA Especialização em Segurança Alimentar e Qualidade Nutricional Especialização em Produção Cultural com Ênfase em Literatura Infanto-Juvenil ATENÇÃO: As inscrições para a pós-graduação em ensino de ciêcias vão até o dia 4 de janeiro e podem ser feitas na escola no horário de 14h até às 20h de segunda à sexta-feira.
  10. 10. “Da extração e produção até a venda, consumo e descarte, todos os produtos em nossa vida afetam comunidades em diversos países, a maior parte delas longe de nossos olhos.” A História das Coisas é uma versão brasileira do documentário The Story of Stuff, de Annie Leonard, para assistir o vídeo acesse: http://sununga.com.br/HDC/index.php Acesse também o link abaixo. Trata-se de um vídeo que mostra a questão do lixo eletrônico. Você vai gostar! http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/ 0,,GIM673454-7823-LIXO+ELETRONICO,00.html Visite nosso blog! www.boletimmeioambiente.blogspot.com
  11. 11. Curtinhas LIXO ELETRÔNICO!!! * O consumismo gera mais de 40 milhões de toneladas de lixo eletrônico por ano no Brasil (O Globo) * Já existem países virando “depósito de lixo” eletrônico, como é o caso de Gana.(O Globo) *A COMLURB mantém cestas coletoras espalhadas pela cidade. Para informar-se sobre as localidades é só acessar o site: www.rio.rj.gov.br/comlurb/ *Os países da união européia são preocupados com o lixo eletrônico possuem leis sobre ele, determinando o monitoramento e tratamento ambiental adequado para componentes eletrônicos descartados, de forma a recuperar materiais que ainda tenham valor. *O Rio de Janeiro tem o projeto de lei o Projeto de Lei nº 1937/2004 determina o estabelecimento de normas e procedimentos para o gerenciamento e destinação de lixo eletrônico. *No Brasil, só de baterias para celular, aproximadamente 11 toneladas são jogadas no lixo comum. *O Conselho Nacional do Meio Ambiente ,tornou lei a destinação correta de pilhas e baterias, obrigando os fabricantes, importadores, redes autorizadas de assistência técnica e comerciantes a implantarem mecanismos de coleta e de responsabilidade sobre o material tóxico que produzem.

×