Humilhaivos

945 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
945
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
34
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
43
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Humilhaivos

  1. 1. Edições Pedra de Ajuda Seguindo as novas tendências de se consumir livros na era digital, decidimos lançar os nossos em ebooks, pois vemos nessa plataforma uma boa oportunidade de facilitar a pregação do evangelho. Além de ser mais sustentável. Porém você pode ter o impresso em sua casa, é só enviar um e-mail para vendas@pedradeajuda.com com o seu endereço, o título do livro e a quantidade. Responderemos com o valor do pedido junto com as informações de depósito. Feito o pagamento, responderemos novamente seu email com o comprovante de depósito anexado. Depois é só esperar em sua casa. Esse livro foi autorizado pelo autor a ser reproduzido somente no site www.pedradeajuda.com. Você pode baixá-lo em seu computador. É EXPRESSAMENTE PROIBIDA A COMERCIALIZAÇÃO DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR.
  2. 2. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total sem a permissão por escrito por parte do autor. Catalogado na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro sob no. 001345/97. 220.8 Souza, Márcio Santos de Humilhai-vos Diante de Deus, 2a. Edição Rio de Janeiro, 1997 50 p Humildade 2. Conversão I.Título CDD-220.8 Para pedidos: EMAIL: vendas@pedradeajuda.com SITE: http://pedradeajuda.com
  3. 3. Índice As virtudes da humildade ….................... 5 A queda dos exaltados …......................... 26 Devemos ser humildes de coração …....... 75 Momento de oração …............................. 91 Apêndice ….............................................. 93
  4. 4. 1 As virtudes da humildade “Então, me disse: Não temas, Daniel, porque, desde o primeiro dia em que aplicaste o coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, foram ouvidas as tuas palavras; e, por causa das tuas palavras, é que eu vim.” (Dn 10.12) Daniel se humilhou para obter uma resposta de Deus. Ele passou dias jejuando e orando a Deus. Às vezes, nós passamos por muitas dificuldades, seja financeira ou espiritual, e nos esquecemos de orar ao nosso Senhor. Isso é uma atitude muito ruim, pois somente em Deus podemos esperar socorro! Jó passou por tremendas dificuldades. Ele sofreu uma provação tal que até mesmo seus amigos atribuiram que ele estava sofrendo tudo por causa de seus próprios erros. Parecia castigo de Deus! Jó, porém, homem justo diante de Deus (Jó 1.8), não desfalaceu sua fé. Mesmo tendo passado por tais dificuldades, ele declarou: “Porque eu sei que o meu Redentor vive e por fim se levantará sobre a terra.”(Jó 19.25) “Eis que clamo: violência! Mas não sou ouvido; grito socorro! Porém não há justiça. O meu caminho ele fechou, e não posso passar; e nas minhas veredas pôs trevas. Da minha honra me despojou e tirou-me
  5. 5. da cabeça a coroa. Arruinou-me de todos os lados, e eu me vou; e arrancou-me a esperança, como a uma árvore. Inflamou contra mim a sua ira e me tem na conta de seu adversário. Juntas vieram as suas tropas, prepararam contra mim o seu caminho e se escaparam ao redor da minha tenda. Pôs longe de mim a meus irmãos, e os que me conhecem, como estranhos, se apartaram de mim. Os meus parentes me desampararam, e os meus conhecidos se esqueceram de mim. Os que se abrigam na minha casa e as minhas servas me têm por estranho, e vim a ser estrangeiro aos seus olhos.”(Jó 19.7-15) “Compadevei-vos de mim, amigos meus, compadeceivos de mim, porque a mão de Deus me atingiu. Por que me perseguis como Deus me persegue e não cessais de devorar a minha carne? Quem me dera fossem agora escritas as minhas palavras! Quem me dera fossem gravadas em livro! Que, com pena de ferro e com chumbo, para sempre fossem esculpidas na rocha! Porque eu sei que o meu Redentor vive e por fim se levantará sobre a terra. Depois, revestido este meu corpo da minha pele, em minha carne verei a Deus. Vê-lo-ei por mim mesmo, os meus olhos o verão, e não outros; de saudade me desfalece o coração dentro de mim. Se disserdes: Como o perseguiremos? E: A causa deste mal se acha nele, temei, pois, a espada, porque tais acusações merecem
  6. 6. o seu furor, para saberdes que há um juízo.”(Jó 19.21-29) Além do mais, o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã (Sl 30.5b). E, mesmo que a temos por tardia, a justiça de Deus não falha (2 Pe 3.9): “As vossas palavras foram duras para mim, diz o SENHOR; mas vós dizeis: Que temos falado contra ti? Vós dizeis: Inútil é servir a Deus; que nos aproveitou termos cuidado em guardar os seus preceitos e em andar de luto diante do SENHOR dos Exércitos? Ora, pois, nós reputamos por felizes os soberbos; também os que cometem impiedade prosperam, sim, eles tentam ao SENHOR e escapam. Então, os que temiam ao SENHOR falavam uns aos outros; o SENHOR atentava e ouvia; havia um memorial escrito diante dele para os que temem ao SENHOR e para os que lembram do seu nome. Eles serão para mim particular tesouro, naquele dia que preparei, diz o SENHOR dos Exércitos; poupá-los-ei como um homem poupa a seu filho que o serve. Então, vereis outra vez a diferença entre o justo e o perverso, entre o que serve a Deus e o que não serve.” (Mq 3.13-18; Ref. Sl 73)
  7. 7. Não adianta querermos lutar contra toda sorte de problemas se não colocarmos nosso Senhor como nosso ajudador. Pois, “Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o SENHOR não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela.(Sl 127.1)”. Há pessoas que não conseguem entender isso, mas estão sempre querendo resolver seus problemas sozinhos. Lutam, relutam, choram, se esperneiam, tudo em vão, pois não se humilham ao Senhor. Quando nós colocamos as nossas dificuldades nas mãos do Senhor, Ele certamente as resolvem: “Até agora nada tendes pedido em meu nome; pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja completa.”(Jo 16.24) Se você deseja receber uma resposta de Deus, não tente resolver nada sozinho. Se humilhe na presença do Senhor e ele te dará a resposta. “Ao anoitecer, pode vir o choro, mas a alegria vem pela manhã.”(Sl 30.5b). Muitos homens de Deus esperaram pelo Senhor e obteram a sua resposta; ainda que nós a temos por tardia, a resposta de Deus vem no momento certo, no tempo certo, na hora certa, no lugar certo. Nosso Deus é perfeito, Ele não faz NADA ERRADO, Ele faz TUDO CERTO. Basta confiarmos Nele, e Ele nos dará a vitória, pois ainda que sejamos infiéis Ele é fiel. Deus é Fiel!
  8. 8. “Não retarda o Senhor a sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, ele é longânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento.”(2 Pe 3.9) “se somos infiéis, ele permanece fiel, pois de maneira nenhuma pode negar-se a si mesmo.”(2 Tm 2.13) “Ainda assim, agora mesmo, diz o SENHOR: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, com choro e com pranto. Rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes, e convertei-vos ao SENHOR, vosso Deus, porque ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-se, e grande em benignidade, e se arrepende do mal. Quem sabe se não se voltará, e se arrependerá, e deixará após si uma bênção, uma oferta de manjares e libação para o SENHOR, vosso Deus?” (Joel 2.12-14) Muitos acham que somente os ímpios devem pedir perdão a Deus, se arrepender. Isto é muito perigoso. Há pessoas que freqüentam a igreja do Senhor mas ainda não são convertidas, não receberam o novo nascimento. Nicodemos era um dos principais da sinagoga, conhecia as leis de Deus profundamente, mas faltava-lhe um novo nascimento. O jovem rico praticava os mandamentos de Deus, mas faltava-lhe
  9. 9. negar-se a si mesmo, amar a Deus mais que às riquezas. Pedro andava com Jesus, mas ainda necessitava de uma conversão real; o próprio Senhor Jesus lhe falou. Às vezes, nós mesmos não nos conhecemos, mas aquele que conhece o que se passa em nosso coração, sabe o que nós precisamos, sabe quais são nossas fraquezas, mais do que nós mesmos. Pedro pensava que estava pronto para ir a qualquer lugar, mas Jesus sabia que não, Jesus sabia que ainda faltava-lhe um novo nascimento, sim, nascer da água e do Espírito: “Simão, Simão, eis que Satanás vos reclamou para vos peneirar como trigo! Eu, porém, roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; tu, pois, quando te converteres, fortalece os teus irmãos. Ele porém, respondeu: Senhor, estou pronto a ir contigo, tanto para a prisão como para a morte. Mas Jesus lhe disse: Afirmo-te, Pedro, que, hoje, três vezes negarás que me conheces, antes que o galo cante.”(Lc 22.31-34) Após esse episódio, Pedro se converteu, nasceu de novo, foi cheio do Espírito, e converteu muitas vidas à Jesus.( qv Lc 22.54-62; Jo 20.21-23; Jo 21.15-18; At 2.14-41) “E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus.”(Mt 18.3) “Digo, porém: andai no Espírito e jamais satisfareis
  10. 10. à concupiscência da carne. Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque são opostos entre si; para que não façais o que, porventura, seja do vosso querer. Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais sob a lei. Ora, as obras da carne são conhecidas e são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, ciúmes, iras, discórdias, dissensões, facções, invejas, bebedices, glutonarias e cousas semelhantes a estas, a respeito das quais vos declaro, como já, outrora, vos preveni, que não herdarão o reino de Deus os que tais cousas praticam. Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas cousas não há lei. E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito. Não nos deixemos possuir de vanglória, provocando uns aos outros, tendo inveja uns dos outros.”(Gl 5.16-26) É muito importante o crente obter domínio próprio, pois com ele o crente nega-se a si mesmo: “Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me.”(Mc 8.34b) E a língua do crente também deve ser dominada, pois ela é o leme que conduz a vida: “Ora, a língua é fogo; é mundo de iniqüidade; a língua está situada entre os membros de
  11. 11. nosso corpo, e contamina o corpo inteiro, e não só põe em chamas toda a carreira da existência humana, como também é posta ela mesma em chamas pelo inferno.”(Tg 3.6, não deixe de ler Tg 3.1-12) Se você se encontra em falha com o Senhor, seja de que natureza for, se arrependa. Cuidado! Deus usou o profeta Joel para proclamar um jejum de arrependimento entre o povo de Israel, que é o povo de Deus. Nós, os crentes, somos também o povo de Deus, eleito pela morte e ressurreição de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A Bíblia nos fala sobre isso de maneira muito clara: “Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.” (Jo 1.11-13) Não somos nós, os crentes, que temos conhecido o Salvador Jesus? Outra prova de que somos o Povo de Deus está em 1 Pe 2.9: “Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;” Logo, se somos Filhos de Deus,
  12. 12. devemos ouvir a correção de nosso Pai. Por isso, preste muito bem a sua atenção. O Senhor Jesus Cristo quer que todo o seu povo se humilhe a Ele; quer que todo o seu povo proclame um jejum a Ele; quer que todo o seu povo rasgue o seu vestido, ou seja, rasgue o seu coração, tirando toda impureza, toda idolatria, toda raiz de amargura. Não é hora de brincar, é hora de voltarmos a Deus. Quem perdeu seu primeiro amor não perca tempo agora, volte para Jesus. Quem pensa que está bem espiritualmente, faça uma reflexão para saber se isso realmente é verdade. Não é cargo que leva para o céu, mas sim o aceitar a Jesus de todo o coração, o nascer de novo, ser uma nova criatura, produzindo frutos bons, sendo uma árvore boa. “Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração como foi na provocação, no dia da tentação no deserto,...”(Hb 3.8) “Vinde, pois, e arrazoemos, diz o SENHOR; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã. Se quiserdes e me ouvirdes, comereis o melhor desta terra. Mas, se recusardes e fordes rebeldes, sereis devorados à espada; porque a boca do SENHOR o disse.”(Is 1.18-20)
  13. 13. Certa vez, estava ouvindo a missionária Dóris Savarra, na Igreja Assembléia de Deus em Cordovil, e ela falava que muitos, talvez até a grande maioria, devesse descer de seus pedestais para poder enxergar e amar seus semelhantes daqui de baixo, os considerados lixo para sociedade, mas com certeza, pedras preciosas para Jesus. Nós somos iguais a eles; Deus ama as suas almas assim como Ele também nos ama - falava ela. Muitos que hoje são verdadeiras bênçãos nas mãos do Senhor foram o lixo da sociedade. E, com muita razão, por sua experiência, ela falou uma verdade: muitos mendigos são crentes desviados, ou filhos de crentes. (Eu mesmo, certa vez, pude presenciar um viciado em cocaína que era filho de crente; este, vivia na rua como mendigo pois tinha abandonado sua família em Niterói há cinco anos antes desse episódio, mas graças a Deus, naquele dia ele retornou para Jesus e retornou para sua casa.) E a pregação daquela missionária tocou a muitos naquele lugar. E até pastores se sentiram tocados pela pregação. Teve um que foi bem claro: -“Com esta pregação, pudemos sentir que muitos de nós temos sido crentes fiéis ao Senhor, porém temos falhado quanto a pregação do evangelho. Voltemos para nosso Senhor; não é cargo que leva para o céu, mas sim a fidelidade eterna à Jesus.” Realmente, quando Deus mandou que o profeta Joel pregasse para seu povo, é porque eles estavam em falta. E você, meu amado
  14. 14. irmão, você está em falta com o Senhor? Você necessita descer de um pedestal? Ou você está aqui em baixo, amando as criaturas de Deus? Ajude Jesus a recuperar o tesouro perdido! Pregue para esses que são considerados lixo da sociedade. Jesus não veio para os sãos, porque os sãos não precisam de ajuda, mas Ele veio para os necessitados, os cansados, os mendigos, os prisioneiros, os bandidos, as prostitutas, os homossexuais, os feiticeiros, os viciados, os bêbados. Porque os que praticam tais coisas não entrarão no Reino de Deus, se não se arrependerem, mas como se arrependerão se não tiverem fé em Jesus e Sua Salvação. Pois a fé vem pelo ouvir e ouvir a Palavra de Deus, mas como terão fé se não ouvirem, e como ouvirão se não há quem pregue: “Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Como, porém, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem nada ouviram? E como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: Quão formosos são os pés dos que anunciam cousas boas!” (Rm 10.13-15) “Pois, no caso, é verdadeiro o ditado: Um é o semeador e outro é o ceifeiro.” (Jo 4.37)
  15. 15. “Quem sai andando e chorando, enquanto semeia, voltará com júbilo, trazendo os seus feixes.”(Sl 126.6) Muitos fazem muitas obras para o Senhor: uns cantam, outros tocam, outros pregam, outros oram etc, cada um na vocação em que foi chamado, mas é importante ressaltar que existe uma coisa que TODOS os crentes devem fazer: o IDE de Jesus: “E disselhes: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura”(Mc 16.15) Deus está chamando o seu povo ao arrependimento, seja de que natureza for, o importante é fazer a total vontade de Deus, principalmente no tempo que se chama hoje, nos últimos dias. Temos visto muita coisa acontecendo nos últimos tempos. Até pastores que são iludidos por falsos profetas, como o Reverendo Moom, que iludiu a muitos pastores com viagem gratuita e estadia também gratuita ao exterior. Era o próprio Satanás oferecendo as migalhas da terra para que os pastores perdessem os tesouros do céu. Também, há aqueles pastores que perderam seu primeiro amor e passaram a amar o dinheiro, a riqueza e se esqueceram do bem de suas ovelhas.
  16. 16. A tarefa mais difícil, em minha opinião, é ser pastor. O diabo luta para derrubar pastores, a cada momento, a cada instante. Os pastores são tentados em suas fraquezas. Seja a fraqueza financeira ou a da carne. A luta maior é contra o seu próprio eu. Mas, o pastor chamado por Deus deve perseverar até a morte. Existe sete tipos de igrejas diferentes. Cada uma com falhas e virtudes. Jesus, em Apocalipse, deixou sua mensagem às sete igrejas. As que estavam em falta com Deus, necessitavam se arrepender, ou do contrário seria tirado o seu candeeiro. Agora, para entendermos melhor isso, eis uma estória ilustrativa: Era uma vez um certo pastor, que há muito era bem visto em sua Igreja. Os cultos eram bênçãos, maravilhas aconteciam em suas mãos. Era um poder de Deus que até hoje ainda não vi em outra Igreja. Era uma chama viva naquele lugar. Porém, hoje, acabou com os evangelismos, com a escola dominical, tirou líderes e ficou sozinho comandando. Antes, a igreja era pequena e saudável; hoje, infelizmente, passou a ser grande no reino material e pequena no reino espiritual. E as ovelhas necessitadas, ele as desprezou. As ovelhas que necessitavam de amparo, foram lançadas para fora daquela igreja, sofrendo o risco de serem devorados pelos lobos. Ficaram sem direção, não sabiam para onde ir. Perderam a alegria de compartilhar com os irmãos e ficaram a mercê somente da misericórdia de Deus. Peregrinaram sobre
  17. 17. a terra procurando quem pudesse ajudar, quem pudesse entender, quem pudesse dar uma palavra de conforto. Procuraram no vento, procuraram no mar, procuraram na chuva e na escuridão, porém não acharam, pelo que peregrinaram até achar a solução. A solução foi Cristo, o bom pastor, que dá a vida pelas ovelhas. Somente ele os sustentou, somente Ele os salvou. E graças a Deus, hoje está nos braços de Jesus, ajudando o Mestre a salvar e a ensinar as vidas. Agora, depois desta estória ilustrativa, você pode perguntar: O que seria desse pastor que horrenda coisa teria feito? Não cabe a mim responder, nem julgar, nem decretar nada a Ele, mas eu não queria estar na pele dele pois: “Ai dos pastores que destroem e dispersam as ovelhas do meu pasto! - diz o SENHOR. Portanto, assim diz o SENHOR, o Deus de Israel, contra os pastores que apascentam o meu povo: Vós dispersastes as minhas ovelhas, e as afugentastes, e delas não cuidastes; mas eu cuidarei em vos castigar a maldade de vossas ações, diz o SENHOR. Eu mesmo recolherei o restante das minhas ovelhas, de todas as terras para onde as tiver afugentado, e as farei voltar aos seus apriscos; serão fecundas e se multiplicarão. Levantarei sobre elas pastores que as apascentem, e elas jamais temerão, nem se espantarão; nem uma delas faltará, diz o SENHOR.” (Jr 23.1-4)
  18. 18. Talvez você seja pastor e vive maltratando as ovelhas. PARE! Se arrependa, volte ao primeiro amor, dê valor às vidas que Jesus colocou em suas mãos para cuidar. Se sua ovelha vier cheio de carrapicho, tire-os com carinho; se ela retornar novamente com carrapichos, tire-os com amor; se ela retornar outra vez com carrapicho, tire-os, com todo amor do seu coração; não desista das ovelhas. Peça ao Senhor que nenhuma se perca, faça a oração que Jesus fez pelos seus antes de ser crucificado: “Quando eu estava com eles, guardava-os no teu nome, que me deste, e protegi-os, e nenhum deles se perdeu, exceto o filho da perdição, para que se cumprisse a Escritura.”(Jo 17.12, leia todo o cap.17) Meu amado irmão, pare neste momento e reflita sobre sua vida. Como tem sido sua vida diante de Deus? Tem sido uma vida de santificação? Tem sido uma vida segundo a vontade de Deus? Jesus convidao ao arrependimento. “Os ninivitas creram em Deus, e proclamaram um jejum, e vestiram-se de panos de saco, desde o maior até o menor. Chegou esta notícia ao rei de Nínive; ele levantou-se do seu trono, tirou de si as vestes reais, cobriu-se de pano de saco e assentou-se sobre cinza. E fez-se proclamar e divulgar em Nínive: Por
  19. 19. mandado do rei e seus grandes, nem homens, nem animais, nem bois, nem ovelhas provem cousa alguma, nem os levem ao pasto, nem bebam água; mas sejam cobertos de pano de saco, tanto os homens como os animais, e clamarão fortemente a Deus; e se converterão, cada um do seu mau caminho e da violência que há nas suas mãos. Quem sabe se voltará Deus, e se arrependerá, e se apartará do furor da sua ira, de sorte que não pereçamos? Viu Deus o que fizeram, como se converteram do seu mau caminho; e Deus se arrependeu do mal que tinha dito lhes faria e não fez.”(Jn 3.5-10) Quem acha que os estrupadores não merecem arrependimento? Quem acha que os assassinos não merecem arrependimento? Muitos acham isso, muitos pensam assim. Mas Jesus assim não pensa. Haviam dois malfeitores junto de Jesus na Cruz do Calvário. Um ainda sabendo que ia morrer não se arrependeu; outro, porém, creu em Jesus e pediu-lhe que lembrasse dele quando entrasse em seu reino. E o que Jesus falou? “Um dos malfeitores crucificados blasfemava contra ele, dizendo: Não és tu o Cristo? Salva-te a ti mesmo e a nós também. Respondendo-lhe, porém, o outro, repreendeu-o, dizendo: Nem ao menos temes a Deus, estando sob igual sentença? Nós, na verdade, com
  20. 20. justiça, porque recebemos o castigo que os nosso atos merecem; mas este nenhum mal fez. E acrescentou: Jesus, lembra-te de mim quando vieres o teu reino. Jesus lhe respondeu: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso.”(Lc 23.39-43) E é assim, quem crê será salvo, mas quem não crê será condenado, porquanto não creu no unigênito Filho de Deus.(qv Jo 3.18) E quem somos nós para julgarmos? É Deus quem nos julga! “Quem me rejeita e não recebe as minhas palavras tem quem o julgue; a própria palavra que tenho proferido, essa o julgará no último dia.”(Jo 12.48) “Não julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados; perdoai e sereis perdoados; dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, trasbordante, generosamente vos darão; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também.”(Lc 6.37,38) “Como quereis que os homens vos façam, assim fazeio vós também a eles.”(Lc 6.31) Jonas era um profeta que sabia o que aquele povo fazia com o povo de Israel. Eles estraçalhavam as pessoas, as crianças... Eles eram um povo muito mal.
  21. 21. Por isso Deus decretou que ia acabar com aquele povo, mas antes, como Deus é misericordioso, e sabia que aquele povo “não sabia discernir entre sua mão direita e esquerda”(veja Jn 4.11), mandou seu profeta para pregar àquele povo, pois se não se arrependesse haveria destruição naquele lugar. Jonas sabia que aquele povo podia se arrepender, mas não queria isso, antes, ele queria ver a destruição daquele povo, por isso, para não pregar para eles, Jonas tomou rumo contrário a Nínive. (Jn 4.2) Mas o nosso tremendo Deus fez com que Jonas fosse para Nínive, engolido por uma baleia.(Jn 1.17;2.10) E, chegando lá, ele simplesmente falou: “Ainda quarenta dias, e Nínivie será subvertida.”(Jn 3.4b) Mas, mesmo Jonas não tendo pregado o arrependimento, e sim a destruição, aquele povo ouviu a voz de Deus em seu coração e o rei daquele lugar proclamou jejum de arrependimento naquela nação; até os animais fizeram jejum. Aquele povo foi poupado e não foi destruído, porquanto se arrependeu ao Senhor. Seja corajoso, pregue ao lixo da sociedade o arrependimento, vá aos presídios, à FUNABEM, nas favelas. Desça do pedestal e vá para o campo fazer a colheita, pois está na hora de colher, pois “A seara, na verdade, é grande, mas os trabalhadores são poucos.” (Mt 9.37) Quando Jesus voltar o que você tem para lhe entregar? O que você fez com os seus
  22. 22. talentos que recebera do Senhor? Leia e reflita com atenção: “Porque isto é também como um homem que, partindo para fora da terra, chamou os seus servos, e entregou-lhes os seus bens; E a um deu cinco talentos, e a outro dois, e a outro um, a cada um segundo a sua capacidade, e ausentou-se logo para longe. E, tendo ele partido, o que recebera cinco talentos negociou com eles, e granjeou outros cinco talentos. Da mesma sorte, o que recebera dois, granjeou também outros dois; Mas o que recebera um, foi e cavou na terra e escondeu o dinheiro do seu senhor. E muito tempo depois veio o Senhor daqueles servos, e fez contas com eles. Então aproximou-se o que recebera cinco talentos, e trouxe-lhe outros cinco talentos, dizendo: Senhor, entregaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco talentos que granjeei com eles. E o seu senhor lhe disse: Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. E, chegando também o que tinha recebido dois talentos, disse: Senhor, entregaste-me dois talentos; eis que com eles granjeei outros dois talentos. Disse-lhe o seu senhor: Bem está, bom e fiel servo. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. Mas, chegando também o que recebera um talento disse: Senhor, eu conhecia-te, que és um homem
  23. 23. duro, que ceifas onde não semeastes e ajuntas onde não espalhaste; E, atemorizado, escondi na terra o teu talento; aqui tens o que é teu. Respondendo, porém, o seu senhor, disse-lhe: Mau e negligente servo; sabes que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei; Devias então ter dado o meu dinheiro aos banqueiros, e, quando eu viesse, receberia o meu com os juros. Tirai-lhe pois o talento, e dai-o ao que tem os dez talentos. Porque a qualquer que tiver será dado, e terá em abundância; mas ao que não tiver até o que tem ser-lhe-á tirado. Lançai pois o servo inútil nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes.” (Mt 25.14-30, AC) “Quem é fiel no pouco também é fiel no muito; e quem é injusto no pouco também é injusto no muito.”(Lc 1.10) Agora reflita: quem merece a salvação? Somente os bonzinhos? Ou os doentes, cansados e oprimidos? Talvez você fale: Eu, pregar para aquele endemoniado? Mas saiba você que Jesus nos deu autoridade para expulsar os demônios, libertar vidas e curar os enfermos: “Estes sinais hão de acompanhar aqueles que crêem: em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se alguma cousa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos,
  24. 24. eles ficarão curados.”(Mc 16.17,18) Paulo mesmo foi uma pessoa que carregou todos esses sinais, inclusive o da serpente: “Porém ele, sacudindo o réptil no fogo, não sofreu mal nenhum;”(At 28.5)
  25. 25. 2 A queda dos exaltados 1. Nabucodonosor caiu, mas se humilhou, por isso levantou “(v26)Quanto ao que foi dito, que se deixasse a cepa da árvore com as suas raízes, o teu reino tornará a ser teu, depois que tiveres conhecido que o céu domina... (v29-37) Ao cabo de doze meses, passeando sobre o palácio real da cidade de Babilônia, falou o rei e disse: Não é esta a grande Babilônia que eu edifiquei para a casa real, com o meu grandioso poder e para a glória da minha majestade? Falava ainda o rei quando desceu uma voz do céu: A ti se diz, ó rei Nabucodonozor: Já passou de ti o teu reino. Serás expulso de entre os homens, e a sua morada será com os animais do campo; e far-te-ão comer ervas como os bois, a passar-se-ão sete tempos por cima de ti, até que aprendas que o Altíssimo tem domínio sobre o reino dos homens e o dá a quem quer. No mesmo instante se cumpriu a palavra sobre Nabucodonosor; e foi expulso de entre os homens e passou a comer erva como os bois, o seu corpo foi molhado do orvalho do céu, até que lhe cresceram os cabelos como as penas da águia, e as suas unhas, como as das aves. Mas ao fim daqueles dias, eu, Nabucodonosor, levantei os olhos ao céu, tornou-me a vir o entendimento, e eu bendisse o Altíssimo, e
  26. 26. louvei, e glorifiquei ao que vive para sempre, cujo domínio é sempiterno, e cujo reino é de geração a geração. Todos os moradores da terra são reputados em nada; e, segundo a sua vontade, ele opera com o exército do céu e os moradores da terra; não há quem lhe possa deter a mão, nem lhe dizer: Que fazes? Tão logo me tornou a vir o entendimento, também para a dignidade do meu reino, tornou-me a vir a minha majestade e o meu resplendor; buscaram-me os meus conselheiros e os meus grandes; fui restabelecido no meu reino, e a mim se me ajuntou extraordinária grandeza. Agora, pois, eu, Nabucodonosor, louvo, exalço e glorifico ao Rei do céu, porque todas as suas obras são verdadeiras, e os seus caminhos, justos, e pode humilhar aos que andam na soberba.”(Dn 4.26,29-37) Nabucodonosor foi um homem muito poderoso na face da terra. O seu reino era vasto e glorioso. Nabucodonosor era como uma grande árvore que dava sombra a muita gente (Dn 4.12). Mas, foi Deus quem deu tudo isso em suas mãos; foi Deus quem o constituiu rei sobre muita gente, pois todo o poder só pode ser recebido pelo consentimento de nosso Senhor. É Deus quem coloca potestades (superiores) sobre nós: “Todo homem esteja sujeito às autoridades
  27. 27. superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instruídas.”(Rm 13.1) Entretanto, são poucos os que entendem e reconhecem essa verdade. É muito difícil nós vermos pessoas importantes dando glórias a Deus. Na Igreja de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, há também muitas pessoas importantes, tais como pastores, presbíteros, escritores, cantores, profetas, professores, doutores e outros. Cada um recebe de Deus um talento que deve ser multiplicado. Cada um prestará contas a Deus do que tem feito aqui na terra. Se você é pastor, você deve cuidar bem de suas ovelhas, com todo amor de seu coração. “Depois de terem comido, perguntou Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de João, amas-me mais do que estes outros? Ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Ele lhe disse: Apascenta os meus cordeiros.”(Jo 21.15, prossiga até o v23) Se você é cantor, não cante mais, mas louve ao Senhor com todo o seu coração. Certa vez fui em uma grande festa de uma certa rádio evangélica. Chegando lá meu coração se entristeceu, porque aquilo tudo parecia mais ser um comíssio do que uma festa espiritual. Não conseguia sentir o poder de Deus caindo naquele lugar. Fiquei até preocupado,
  28. 28. pensando que havia alguma coisa errada comigo. Mas, graças a Deus, chegou a bênção: uma cantora evangélica chegou ao palco, começou a cantar com todo o seu coração e todo aquele povo sentiu a graça de Deus caindo como chuva serôdia que rega a terra. Quem canta é necessário cantar com todo o coração, é necessário louvar ao Senhor. “Louvarei ao SENHOR durante a minha vida; cantarei louvores ao meu Deus, enquanto eu viver.”(Sl 146.2) Se você é escritor, você deve parar de escrever e deixar que Deus escreva através de você. O escritor deve ser um canal entre Deus e os homens, deve ser a caneta usada pelas mãos de Deus. O escritor não pode ter compromisso com o homem e sim com Deus. E, se você é professor, tome muito cuidado: estude muito bem a Palavra de Deus e saia de toda sorte de heresia. Ensine a Palavra de Deus e não a sua palavra. Dedique-se aos estudos, busque de Deus o que deve ser ensinado. “Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.”(2 Tm 2.15) Líderes, tenham muito cuidado, muitos chegarão naquele dia e serão separados para o fogo eterno e dirão: “Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos
  29. 29. muitos milagres? Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniqüidade.”(Mt 7.22,23) Muitos pensam que praticar iniqüidade é adulterar, mas existem muita sorte de iniqüidade tais como: roubar dinheiro da igreja, maltratar as ovelhas, pregar segundo as suas próprias necessidades e seus próprios deleites, derrubar servos de Deus, deixar de fazer a vontade de Deus e muitas outras coisas que desagradam a Deus. E o pior é que muitos líderes já deixaram o seu primeiro amor, permaneceram em seus pecados, não se arrependeram e estão com seus corações cicatrizados pelo pecado, não percebendo que estão literalmente desviados da vontade de Deus. Esses tais já se acostumaram com o pecado e acham que tudo o que fazem é normal. Muito cuidado, líderes, pare neste instante, reflita em tudo o que você tem feito, busque o perdão de Deus, se arrependa de seus maus caminhos enquanto há tempo para se arrepender. Como era sua igreja antigamente, como está agora? Tem prosperado espiritualmente? Ou a sua queda já é vista por todos? “Quem dentre vós, que tenha sobrevivido, contemplou esta casa na sua primeira glória? E como a vedes agora? Não é ela como nada aos vossos olhos?”(Ag 2.3, leia todo o livro de Ageu, é maravilhoso. E se quiser ajuda, leia AGEU, de Carmencita Silva)
  30. 30. Por falar em queda, houve um certo pastor que era conhecido mundialmente. Um homem que tinha em suas mãos muita responsabilidade. Pessoas dos mais distantes lugares o apreciavam, o ouviam através da televisão. Muitos, infelizmente, caíram no pecado da idolatria, pois o adoravam. Para muitos, ele era o melhor pastor da face da terra. Para muitos, ele era Jimmy Swaggart, o grande. Era um ministério de glória, muitos se convertiam, muitos eram curados, muitos eram libertados. Mas, onde está esse pastor agora? Ouvi dizer que se arrependeu. Graças à Deus! O coração do homem só Deus conhece. Quanto maior o tamanho, maior a queda, diz um ditado popular. Jimmy Swaggart era como Nabucodonosor: uma árvore muito grande onde muitos buscavam ficar debaixo de suas folhas. Muito lhe é dado, muito lhe será cobrado. Você se lembra da parábola dos talentos? Jimmy Swaggart foi encontrado em destruição e logo muitos, ou melhor, todos souberam do fato. Foi como se a terra tremesse por causa de um grande meteoro que caiu sobre a face da terra. Aqueles que estavam firmes na Rocha que é Jesus não se abalaram, mas aqueles que estavam apoiados nos galhos daquela árvore, esses foram os que caíram. Decepcionados, muitos crentes deixaram suas igrejas e caíram no
  31. 31. mundo. Foi uma coisa terrível. Aquele homem caiu e muitos caíram com ele. E você, meu amado irmão, está firme na Rocha ou apoiado em seu pastor? Se o seu pastor te decepcionar, você deixará Jesus? Não, não faças tal coisa! Venha para Jesus e Ele te sustentará. “Elevo os meus olhos para os montes: de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do SENHOR, que fez o céu e a terra. Ele não permitirá que os teus pés vacilem; não dormitará aquele que te guarda. “(Sl 121.1-3) Somente em Jesus nós devemos colocar nossa confiança, pois “Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do SENHOR!” (Jr 17.5) E é por isso que muitos caíram: por não terem depositado sua confiança em Jesus. A maioria dos crentes que se desviaram foram devido a decepções com pastores, namorados, namoradas, irmãos... Quando pergunto a um desviado o porquê dele ter saído da igreja, logo ele responde que foi porque se decepcionara com sua igreja. Ora, onde devemos nos apoiar? Jesus mesmo falou que devemos estar firmes na Palavra de Deus:
  32. 32. “Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha. E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será comparado a um homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela desabou, sendo grande a sua ruína.” (Mt 7.24-27) A palavra de Deus é algo fundamental para que o crente cresça e fique firme espiritualmente, pois a palavra de Deus é o próprio Jesus, é como martelo que esmiuça a penha, é como a espada de dois gumes, é como fogo. Nela devemos estar instruídos, pois ela é a espada do Espírito. “Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis. Estai, pois, firmes, cingindo-vos com a verdade e vestindo-vos da couraça da justiça. Calçai os pés com a pregação do evangelho da paz; embraçando sempre o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno. Tomai também o capacete da
  33. 33. salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos e também por mim; para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra, para, com intrepidez, fazer conhecido o mistério do evangelho, pelo qual sou embaixador em cadeias, para que, em Cristo, eu seja ousado para falar, como me cumpre fazê-lo.” (Ef 6.13-20) Muitos crentes estão frios porque deixaram de ler a Palavra de Deus. Alguns até acham que já sabem tudo da Bíblia pois já leram toda ela ou porque são obreiros ou porque são pessoas importantes na Casa de Deus, e por isso não precisam mais de sua leitura. Mas, se eles conhecessem a Palavra de Deus, mesmo, saberiam que está escrito: “Conheçamos e prossigamos em conhecer ao SENHOR; como a alva, a sua vinda é certa; e ele descerá sobre nós como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.” (Os 6.3) Então, se você já leu a Bíblia toda, continue lendo-a novamente, pois a Palavra de Deus se renova a cada dia. Não dê ouvidos ao diabo, quando ele te fala que você não precisa mais da Palavra de Deus,
  34. 34. pois ele é o que mais está interessado que você pense assim, pois assim ele poderá te enganar com suas fantasias, com heresias, com mentiras, com pecado etc; e assim ele também poderá fazer de você um enganador, proliferador de heresias e mentiras. Lembre-se: mente vazia é oficina de Satanás. Logo, encha sua mente com as maravilhas da Palavra de Deus. Nabucodonosor se arrependeu de seus maus caminhos e pregou a todo o seu reino que só o SENHOR é Deus e logo foi levantando novamente e restituído foi o seu reino. Se você está sofrendo o dano por ter se ensoberbecido, esta é a hora de você se arrepender de seus maus caminhos. E assim, “A glória desta última casa será maior do que a da primeira, diz o SENHOR dos Exércitos; e, neste lugar, darei a paz, diz o SENHOR dos Exércitos.”(Ag 2.9) Ainda: “Esta é a aliança que farei com eles, depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei no seu coração as minhas leis e sobre a sua mente as inscreverei, acrescenta: Também de nenhum modo me lembrarei dos seus pecados e das suas iniqüidades, para sempre.”(Hb 10.17, qv Hb 8.12) “Vinde, pois, e arrazoemos, diz o SENHOR; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam como o carmesim, se tornarão como a lã. Se quiserdes e me ouvirdes, comereis o melhor
  35. 35. desta terra. Mas, se recusardes e fordes rebeldes, sereis devorados à espada; porque a boca do SENHOR o disse.”(Is 1.18-20) Esta é a oportunidade. Não endureça o seu coração! 2. Já o filho de Nabucodonosor não se humilhou, mesmo sabendo o que acontecera a seu pai, por isso caiu. “Por causa da grandeza que lhe deu, povos, nações e homens de todas as línguas tremiam e temiam diante dele; matava a quem queria e a quem queria deixava com vida; a quem queria exaltava e a quem queria abatia. Quando, porém, o seu coração se elevou, e o seu espírito se tornou soberbo e arrogante, foi derribado do seu trono real, e passou dele a sua glória. Foi expulso dentre os filhos dos homens, o seu coração foi feito semelhante ao dos animais, e a sua morada foi com os jumentos monteses; deram-lhe a comer erva como aos bois, e do orvalho do céu foi molhado o seu corpo, até que conheceu que Deus, o Altíssimo, tem domínio sobre o reino dos homens e a quem quer constitui sobre ele. Tu, Belsazar, que és seu filho, não humilhaste o coração, ainda que sabias tudo isto. E te levantaste contra o SENHOR do céu, pois foram trazidos os utensílios da casa dele perante ti, e tu, e os teus grandes, e as tuas mulheres, e as tuas concubinas bebestes vinho neles; além disso, deste louvores aos deuses de prata, de ouro, de
  36. 36. bronze, de ferro, de madeira e de pedra, que não vêem, não ouvem, nem sabem; mas a Deus, em cuja mão está a tua vida e todos os teus caminhos, a ele não glorificaste. Então, da parte dele foi enviada aquela mão que traçou esta escritura. Esta, pois, é a escritura que se traçou: MENE, MENE, TEQUEL e PARSIM. Esta é a interpretação daquilo: MENE: contou Deus o teu reino e deu cabo dele. TEQUEL: Pesado foste na balança e achado em falta. PERES: Dividido foi o teu reino e dado aos medos e aos persas. Então, mandou Belsazar que vestissem Daniel de púrpura, e lhe pusessem cadeia de ouro ao pescoço, e proclamassem que passaria a ser o terceiro no governo do seu reino. Naquela mesma noite, foi morto Belsazar, rei dos caldeus. E Dario, o medo, com cerca de sessenta e dois anos, se apoderou do reino.” (Dn 5.19-31) Uma das provas de que a Bíblia é um conjunto de livros inspirados por Deus é que ela está sempre falando dos erros do homem. Geralmente, quem escreve um livro ou uma autobiografia sempre deixa de escrever alguns fatos que esta pessoa já cometera. A Bíblia, ao contrário, mostra o erro do homem para que este aprenda a verdade e a verdade o liberte: “e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”(Jo 8.32). Por isso Jesus disse que maior castigo virá para aquele que aprendeu mas rejeitou os ensinamentos e
  37. 37. continuou a praticar o pecado: “Ai de ti, corazim! Ai de ti, Betsaida! Porque, se em Tiro e em Sidom se tivessem operado os milagres que em vós fizeram, há muito que elas se teriam arrependido com pano de saco e cinza. E, contudo, vos digo: no dia do juízo, haverá menos rigor para Tiro e Sidom do que para vós outras. Tu, Cafarnaum, elevar-te-ás, porventura, até ao céu? Descerás até ao inferno; porque, se em Sodoma se tivessem operado os milagres que em ti se fizeram, teria ela permanecido até ao dia de hoje. Digo-vos, porém, que menos rigor haverá, no dia do juízo, para com a terra de Sodoma do que para contigo.” (Mt 11.21-24) O filho de Nabucodonosor ouviu de seu pai o que lhe acontecera por não dar glórias à Deus. Ele bem que podia ter aprendido e se humilhado ao Senhor. Mas o seu coração exaltado e cicatrizado pelo pecado falou mais alto. Por isso ele foi pesado e achado em falta. Assim, o seu castigo foi pior do que o de Nabucodonosor. Nabucodonosor errou, sofreu o dano, mas se arrependeu e seu reinado voltou a vigorar. O seu filho, entretanto, conheceu a verdade, mesmo assim errou e sofreu o pior dano: o da morte eterna. Por isso, para aqueles que rejeitam a Palavra do Senhor, sua doutrina e seus ensinamentos, eis um versículo: “Pois melhor lhes fora nunca tivessem
  38. 38. conhecido o caminho da justiça do que, após conhecê-lo, volverem para trás, apartando-se do santo mandamento que lhes fora dado.”(2 Pe 2.21) Aquele que volta a praticar os pecados do velho homem é comparado como o cão que volta e come o seu próprio vômito, ou a porca que é lavada e volta para o chiqueiro.(qv 2 Pe 2.22) Por isso, “Aquele, pois, que pensa estar em pé veja que não caia.”(1 Co 10.12). Em breve Jesus virá, e como está sua vida? Se Jesus viesse agora, neste exato momento, num piscar de olhos, você subiria com ele ou ficaria na terra para enfrentar a grande tribulação? Como está sua lâmpada? Está cheia de azeite, ou seja, você está cheio do Espírito, ou você está vazio, com os frutos da carne reinando em seu corpo? “Então, o reino dos céus será semelhante a dez virgens que, tomando as suas lâmpadas, saíram a encontrar-se com o noivo. Cinco dentre elas eram néscias, e cinco, prudentes. As néscias, ao tomarem as suas lâmpadas, não levaram azeite consigo; no entanto, as prudentes, além das lâmpadas, levaram azeite nas vasilhas. E, tardando o noivo, foram tomadas de sono e adormeceram. Mas, à meia-noite, ouviu-se um grito: Eis o noivo! Saí ao seu encontro! Então, se levantaram todas aquelas virgens e prepararam as suas lâmpadas. E as néscias disseram
  39. 39. às prudentes: Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas estão-se apagando. Mas as prudentes responderam: Não, para que não nos falte a nós e a vós outras! Ide, antes, aos que o vendem e comprai-o. E, saindo elas para comprar, chegou o noivo, e as que estavam apercebidas entraram com ele para as bodas; e fechou-se a porta. Mais tarde, chegaram as virgens néscias clamando: Senhor, Senhor, abre-nos a porta! Mas ele respondeu: Em verdade vos digo que não vos conheço. Vigiai, pois, porque não sabeis nem o dia nem a hora.”( Mt 25.113) Se você estiver desviado agora, saiba que neste exato momento Jesus está aí, bem pertinho de você, de braços abertos, à muito tempo lhe esperando para lhe abraçar, para te carregar no colo, como a um bebê recém-nascido. O amor de Jesus por nós é tão grande e inexplicável que nos deixa até muitas vezes constrangidos, sem saber o que fazer! Mas Jesus sabe o que você deve fazer: Fique sempre de mãos dadas ao Senhor, pregando o evangelho da Paz, salvando vidas e libertando-as do pecado. Seja um amigo de Jesus, porque ele é de você! “Vós sois meus amigos, se fazeis o que eu vos mando! ”(Jo 15.14)
  40. 40. “Vieram ter com ele sua mãe e seus irmãos e não podiam aproximar-se por causa da concorrência do povo. E lhe comunicaram: Tua mãe e teus irmãos estão lá fora e querem ver-te. Ele, porém, lhes respondeu: Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a Palavra de Deus e a praticam.(Lc 8.1921) Agora, um pedaço de uma canção: “Morri, morri na cruz por ti, Que fazes tu por mim?” 3. Herodes se exaltou e morreu “Ora, havia séria divergência entre Herodes e os habitantes de Tiro e de Sidom; porém estes, de comum acordo, se apresentaram a ele e, depois de alcançar o favor de Blasto, camarista do rei, pediram reconciliação, porque a sua terra se abastecia do país do rei. Em dia designado, Herodes, vestido de traje real, assentado no trono, dirigiu-lhes a palavra; e o povo clamava: É a voz de um deus, e não de homem! No mesmo instante, um anjo do Senhor o feriu, por ele não haver dado glória a Deus; e, comido de vermes, expirou.”(At 12.20-23)
  41. 41. Uma das passagens mais marcante e emocionante para mim é esta: sobre o poder de Deus sobre todas as coisa. Deus é soberano, Deus é o Senhor dos céus e da terra. Não há outro Deus senão o nosso Deus. Herodes não quis dar glórias a Deus, mas aceitou a adoração do povo, quis ser um deus, mas foi comido pelos vermes. Maomé está morto em seu túmulo, Buda também. Mas Jesus não: Ele morreu mas no terceiro dia ele ressuscitou a si próprio. Jesus está vivo até hoje. Pare um pouco para pensar nesta maravilha! Jesus vivo está! Ele está ao seu lado com corpo glorificado, por isso você não consegue vê-lo. Ele está com um corpo incorruptível, um corpo que traspassa a matéria que nós vivemos: “Ao cair da tarde daquele dia, o primeiro da semana, trancadas as portas da casa onde estavam os discípulos com medo dos judeus, veio Jesus, pôs-se no meio e disse-lhes: Paz seja convosco!”(Jo 20.19) Caso você queira saber em detalhes sobre o corpo glorificado, leia no apêndice o título O Corpo do Futuro, um estudo para você se enriquecer de conhecimento. Fundamentado em 1 Co 15. Voltando ao assunto, o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo é acima de todos e de tudo, por isso, a criatura de Deus deve se humilhar a Ele. Muitos, hoje em dia, dizem que Jesus não é Deus, que Deus não existe e muitas outras coisas profanas. Esses tais são
  42. 42. os comparsas de Satanás. E é por isso que no Grande Dia do Juízo “Como está escrito: Por minha vida, diz o Senhor, diante de mim se dobrará todo joelho, e toda língua dará louvores a Deus.”(Rm 14.11) E logo então esses tais que se acham maiores que Deus vão sofrer o castigo que Lúcifer recebeu: cairão no mais baixo abismo. E ainda, provarão do fogo eterno, da caldeira de enxofre preparada para Lúcifer e seus anjos.(Ap 20.15) Ninguém pode fazer nada contra nosso Deus. Ele é o Senhor dos céus e da terra. Ele está com seus dedos prontos para esmagar seus inimigos. “Rendei graças ao SENHOR, invocai o seu nome, fazei conhecidos, entre os povos, os seus feitos. Cantai-lhe, cantai-lhe salmos; narrai todas as suas maravilhas. Gloriai-vos no seu santo nome; alegre-se o coração dos que buscam o SENHOR. Buscai o SENHOR e o seu poder; buscai perpetuamente a sua presença. Lembrai-vos das maravilhas que fez, dos seus prodígios e dos juízos de seus lábios, vós, descendentes de Abraão, seu servo, vós, filhos de Jacó, seus escolhidos. Ele é o SENHOR, nosso Deus; os seus juízos permeiam toda a terra. Lembra-se perpetuamente da sua aliança, da palavra que empenhou para mil gerações; da Aliança que fez com Abraão e do
  43. 43. juramento que fez a Isaque; o qual confirmou a Jacó por decreto e a Israel por aliança perpétua, dizendo: Dar-te-ei a terra de Canaã como quinhão da vossa herança. Então, eram eles em pequeno número, pouquíssimos e forasteiro nela; andavam de nação em nação, dum reino para outro reino. A ninguém permitiu que os oprimisse; antes, por amor deles, repreendeu a reis, dizendo: Não toqueis nos meus ungidos, nem maltrateis os meus profetas. Fez vir fome sobre a terra e cortou os meios de se obter pão. Adiante deles enviou um homem, José, vendido como escravo; cujos pés apertaram com grilhões e a quem puseram em ferros, até cumprir-se a profecia a respeito dele; e tê-lo provado a palavra do SENHOR. O rei mandou soltá-lo; o potentado dos povos o pôs em liberdade. Constituiu-o senhor de sua casa e mordomo de tudo o que possuía, para, a seu talante, sujeitar os seus príncipes e aos seus anciãos ensinar a sabedoria. Então, Israel entrou no Egito, e Jacó peregrinou na terra de Cam. Deus fez sobremodo fecundo o seu povo e o tornou mais forte do que os seus opressores. Mudou-lhes o coração para que odiassem o seu povo e usassem da astúcia para com os seus servos.
  44. 44. E lhes enviou Moisés, seu servo, e Arão, a quem escolhera, por meio dos quais fez, entre eles, os seus sinais e maravilhas na terra de Cam. Enviou trevas, e tudo escureceu; e Moisés e Arão não foram rebeldes à sua palavra. Transformou-lhes as águas em sangue e assim fez morrer os peixes. Sua terra produziu rãs em abundância, até nos aposentos dos reis. Ele falou, e vieram as nuvens de moscas e piolhos em todo o seu país. Por chuva deu-lhes saraiva e fogo chamejante, na sua terra. Desvastou-lhes os vinhedos e os figueirais e lhes quebrou as árvores dos seus termos. Ele falou, e vieram gafanhotos e saltões sem conta, os quais devoraram toda a erva do país e comeram o fruto dos seus campos. Também feriu de morte a todos os primogênitos da sua terra, as primícias do seu vigor. Então, fez sair o seu povo, com prata e ouro, e entre as suas tribos não havia um só inválido. Alegrou-se o Egito quando eles saíram, porquanto lhes tinha infundido terror. Ele estendeu uma nuvem que lhes servisse de toldo e um fogo para os alumiar de noite. Pediram, e ele fez vir cordonizes e os saciou com pão do céu. Fendeu a rocha, e dela brotaram águas, que correram, qual torrente, pelo deserto. Porque estava lembrado da sua santa palavra e de Abraão, seu servo. E conduziu com alegria o seu povo
  45. 45. e, com júbilo canto, os seus escolhidos. Deu-lhes as terras das nações, e eles se apossaram do trabalho dos povos, para que lhe guardassem os preceitos e lhe observassem as leis. Aleluia!” (Sl 105, As maravilhosas obras do SENHOR a favor de Israel) 4. Lúcifer quis tomar o trono do Deus Filho e caiu no mais profundo abismo “Veio a mim a palavra do SENHOR dizendo: Filho do homem, levanta uma lamentação contra o rei Tiro e dize-lhe: Assim diz o SENHOR Deus: Tu és o sinete da perfeição, cheio de sabedoria e formosura. Estavas no Éden, jardim de Deus; de todas as pedras preciosas te cobrias: o sárdio, o topázio, o diamante, o berilo, o ônix, o jaspe, a safira, o carbúnculo e a esmeralda; de ouro se te fizeram os engastes e os ornamentos; no dia em que foste criado, foram eles preparados. Tu eras querubim da guarda ungido, e te estabeleci; permanecias no monte santo de Deus, no brilho das pedras andavas. Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado até que se achou iniqüidade em ti. Na multiplicação do teu comércio, se encheu o teu interior de violência, e pecaste; pelo que te lançarei, profanado, fora do monte de Deus e te farei perecer, ó querubim da guarda, em meio ao brilho das pedras. Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste
  46. 46. a tua sabedoria por causa do teu resplendor; lanceite por terra, diante dos reis te pus, para que te contemplem. Pela multidão das tuas iniqüidades, pela injustiça do teu comércio, profanaste os teus santuários; eu, pois, fiz sair do meio de ti um fogo, que te consumiu, e te reduzi a cinzas sobre a terra, aos olhos de todos os que te contemplam. Todos os que te conhecem entre os povos estão espantados de ti; vens a ser objeto de espanto e jamais subsistirás.” (Ez 28.11-19) “Derribada está na cova a tua soberba, e, também, o som da tua harpa; por baixo de ti, uma cama de gusanos, e os vermes são a tua coberta. Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filho da alva! Como foste lançado por terra, tu que debilitavas as nações! Tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu; acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono e no monte da congregação me assentarei, nas extremidades do Norte; subirei acima das mais altas nuvens e serei semelhante ao Altíssimo. Contudo, serás precipitado para o reino dos mortos, no mais profundo do abismo. Os que te virem te contemplarão, hão de fitar-te e dizer-te: É este o homem que fazia estremecer a terra e tremer os reinos?” (Is 14.11-16) Lúcifer era um anjo cuja hierarquia sobrepunha os outros anjos. Era tarefa de Lúcifer governar a terra e
  47. 47. chefiar os louvores a Deus. Lúcifer andava sobre o jaspe, sobre as pedras preciosas da terra. Ora, esta terra aqui falada é a mesma em que nós estamos pisando, porém era uma terra de outra época, uma terra de não sei quantos mil, milhões ou miríades de anos atrás. Esta terra é uma terra que está antes do versículo de Gênesis onde fala: “A terra, porém, estava sem forma e vazia;” Recapitulando: “No princípio, criou Deus os céus e a terra(v 1). A terra, porém, estava sem forma e vazia;(v 2a) havia trevas sobre a face do abismo,(v 2b) e o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas. (v 2c) Disse Deus: Haja luz; e houve luz.(v 3)” Entre a primeira e a segunda parte deste versículo é que esta terra está sendo referida. No princípio, ou seja, no início de todas as coisas, Deus criou os céus e a terra. Acredita-se que foi nesta época que os anjos foram formados. A terra em que nós habitamos era de suprema beleza e riqueza, mais do que ela é atualmente. Lúcifer andava sobre esta beleza, como diz em Ezequiel. Porém, certo dia, Deus preparou um trono à Sua destra. Lúcifer, então, se encheu de toda soberba em seu coração e imaginou que aquele trono seria dele: “Ora, de quem pode ser este trono senão para mim, o mais formoso de todos os querubins. Me
  48. 48. assentarei na mais alta altura de Deus e governarei sobre todas as coisas” - pensou satanás em seu coração. Então, Deus, conhecedor de tudo o que se passa nos corações, decretou a sentença para tão grandiosa pretensão e soberba: “Porque pensaste tal coisa, o seu trono será no mais baixo lugar do abismo e serás expulso da minha glória; os que te conheciam zombarão de ti, visto como tu eras e como tu és agora; portanto vá e sejas destruído, e prepararei uma caldeira de enxofre para no grande dia do Juízo tu sejas arremessado sobre ela”. E foi aí que Lúcifer, que passou a se chamar Satanás, foi expulso da glória de Deus e levou consigo os anjos que se rebelaram contra Deus e preferiram a presença de Satanás: “e os anjos, os que não guardaram o seu estado original, mas abandonaram o seu próprio domicílio, ele tem guardado sob trevas, em algemas eternas, para juízo do grande Dia;”(Jd 6) Alguns teólogos acreditam que foi neste momento que a terra foi destruída e a terça parte da terra ficou um abismo muito grande. É aí que “a terra era sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo,” e para restaurar a terra, “e o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas.” (leia também: Ap 12.7-12) Após tudo isso, Deus começou a reconstruir a terra e, assim, formou o paraíso. Neste paraíso, Deus formou uma criatura pouco menor que os anjos, mas
  49. 49. que confiou nele para cuidar do paraíso, para dar nome às coisas, para o servir. Esta criatura é o homem, que foi formado do próprio pó da terra. Uma criatura humilde, sem muita formosura, pouco menor que os anjos: “Que é o homem, que dele te lembres? Ou o filho do homem, que o visites? Fizeste-o, por um pouco, menor que os anjos, de glória e de honra o coroaste [e o constituíste sobre as obras das tuas mãos]. Todas as cousas sujeitastes debaixo dos seus pés.”(Hb 2.6b-8a) E, visto isso, Satanás se encheu de ódio pelo homem, uma vez que o homem, pouco menor que os anjos, foi o seu substituto. E é por isso que até hoje ele nos persegue, ele tenta com todas as suas forças formar adeptos a ele, ele tenta destruir o homem, humilhar o homem e levar o homem para receber o castigo final que está reservado para Lúcifer e seus anjos. Ele é o leão que está ao derredor tentando tragar quem ele possa. Foi assim com Adão e Eva: ele usou a fraqueza do homem para o destruir. Eva, mulher, foi induzida pelo que ouviu, pela ganância e soberba de ser conhecedora do bem e do mal. Adão, por sua vez foi influenciado por sua mulher, dando ouvidos a ela e rejeitando o mandamento de Deus. Sendo assim, Adão passou a ter que trabalhar para comer, eva passou a sentir dores de parto e a serpente passou a rastejar sobre a terra.
  50. 50. “Perguntou-lhe Deus: Quem te fez saber que estavas nu? Comeste da árvore de que te ordenei que não comesses? Então, disse o homem: A mulher que me deste por esposa, ela me deu da árvore, e eu comi. Disse o SENHOR a mulher: Que é isso que fizeste? Respondeu a mulher: A serpente me enganou, e eu comi. Então o SENHOR Deus disse à serpente: Visto que isso fizeste, maldita és entre todos os animais selváticos; rastejarás sobre o teu ventre e comerás pó todos os dias da tua vida. Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar. E à mulher disse: Multiplicarei sobremodo os sofrimentos da tua gravidez; em meio de dores darás à luz filhos; o teu desejo será para o teu marido, e ele te governará. E a Adão disse: Visto que atendeste a voz de tua mulher e comeste da árvore que eu te ordenara que não comesses, maldita é a terra por tua causa; em fadigas obterás dela o sustento durante os dias de tua vida. Ela produzirá também cardos e abrolhos, e tu comerás a erva do campo. No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que tornes a terra, pois dela foste formado; porque tu és pó e ao pó tornarás... v23-> O SENHOR Deus, por isso, o lançou fora do jardim do Éden, a fim de lavrar a terra de que fora tomado.” (Gn 3.11-19,23)
  51. 51. Mas, Deus, o Deus de amor conhecia a fraqueza do homem e, por isso, com todo o seu amor ele decretou a vitória para o homem: “Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.”(Gn 3.15) Neste momento Deus revelou que enviaria o seu Filho Unigênito, o Verbo Vivo, Jesus, que nasceria de uma virgem (a mulher), para morrer pela humanidade e vencer Satanás, obtendo a chave da morte e do inferno e ressuscitando ao terceiro dia. “Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram. (v1)... Pois assim como, por uma só ofensa, veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também, por um só ato de justiça, veio a graça sobre todos os homens, para a justificação que dá vida.” (Rm 5.12,18) “e aquele que vive; estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos e tenho a chave da morte e do inferno.”(Ap 1.18) “Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra.”(Mt 28.18) Graças a Deus, através de Jesus Cristo nós passamos a ter direito novamente ao Paraíso de Deus
  52. 52. “Jesus lhe respondeu: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso.”(Lc 23.43) e, um dia, estaremos governando com o Rei Jesus; sim, nós, os seus servos, serviremos ao Rei no Grande e Glorioso dia do Senhor; faremos parte do grande coral de Deus e o louvaremos de eternidade a eternidade. “O vencedor herdará estas cousas, e eu lhe serei Deus, e ele me será filho.”(Ap 21.7, leia também Ap 21.922.5) Veja, meu amado irmão ou irmã, o pecado da soberba é um pecado muito perigoso. Portanto, se você é soberbo, entregue o seu coração neste momento a Jesus, e ele fará uma operação milagrosa em você. Ele te deixará humilde como você sempre quis. Ora, é muito importante lembrar que a humildade não é pobreza; a humildade é a capacidade que uma pessoa tem de reconhecer seu espaço na vida, reconhecer sua condição de criatura. Você é humilde? Ou você sente seu coração se ensoberbecer quando você realiza alguma coisa que acha que foi grandiosa? Quando você ora por um enfermo e ele é curado, você tem a sã consciência de que o poder de curar é de Deus e não seu? Ou se ensoberbece? Quando você prega aquela pregação bonita, você atribui a si mesmo ou a Deus? Pare, analise como tem sido sua vida. A soberba é ruim, atrapalha, destrói o homem, prejudica. Ela leva o homem à destruição. Não seja soberbo, busque o perdão de Deus, e Ele certamente te dará a
  53. 53. vitória. “A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito, a queda. Melhor é ser humilde de espírito com os humildes do que repartir o despojo com os soberbos.” (Pv 16.18,19) 5. Os “ais” da exaltação(LC. 6:24-26) a) Ai dos ricos “Mas ai de vós, os ricos! Porque tendes a vossa consolação.”(Lc 6.24) Ao contrário do que muitos pensam, não é pecado ser rico. Definitivamente, Não. O pecado é confiar na riqueza, isso sim é pecado. Existe no meio evangélico muitas pessoas ricas que usam seu dinheiro de maneira muito especial na obra de Deus, porque estes sabem que o verdadeiro tesouro está na Glória de Deus. Nesta passagem, Jesus se refere unicamente àqueles ricos que, por já terem sua consolação na riqueza, por “não precisarem” de Jesus(como eles pensam), não páram de usar seus bens em seus próprios deleites, não querem saber da vida eterna. A riqueza é algo muito perigoso para muita gente. Muita gente que antes era pobre e fiel a Deus passaram a ser rico e infiel ao Senhor, não por causa da riqueza, mas
  54. 54. sim devido os seus corações terem permanecidos no dinheiro, nos luxos, nas fantasias. E isso, infelizmente, aconteceu com alguns pastores. E, pela misericórdia de Deus, enquanto escrevia estas linhas, veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: “O meu povo clama, e não tem quem os recolha, porque os pastores ricos pararam de alimentar minhas ovelhas, e passaram a sustentar-se a si mesmos.”-diz o Espírito de Deus. E isso é uma verdade meu amado irmão. Se você é pastor e caiu no pecado da avareza, peça perdão agora ao Senhor Jesus e Ele te guiará em teus passos. Como era a sua igreja? Como está agora? Porventura não é certo que ela está fria? Por quê? Às vezes você fica se indagando o que aconteceu para a sua igreja ficar assim. Mas veja se a resposta não está na seguinte passagem de Ageu: “Assim fala o SENHOR dos Exércitos: Este povo diz: Não veio ainda o tempo, o tempo em que a Casa do SENHOR deve ser edificada. Veio, pois, a palavra do SENHOR, por intermédio do profeta Ageu, dizendo: Acaso, é tempo de habitardes vós em casas apaneiladas, enquanto esta casa permanece em ruínas? Ora, pois, assim diz o SENHOR dos Exércitos: Considerai o vosso passado. Tendes
  55. 55. semeado muito e recolhido pouco; comeis, mas não chega para fartar-vos; bebeis, mas não dá para saciar-vos; vestis-vos, mas ninguém se aquece; e o que recebe salário, recebe-o para pô-lo num saquitel furado. Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Considerai o vosso passado. Subi ao monte, trazei madeira e edificai a casa; dela me alegrarei e serei glorificado, diz o SENHOR. Esperastes o muito, e eis que veio a ser pouco, e esse pouco, quando o trouxestes para casa, eu com um assopro o dissipei. Por quê? - diz o SENHOR dos Exércitos; por causa da minha casa, que permanece em ruínas, ao passo que cada um de vós corre por causa da sua própria casa. Por isso, os céus sobre vós retêm o seu orvalho, e a terra, os seus frutos. Fiz vir a seca sobre a terra e sobre os montes; sobre o cereal, sobre o vinho, sobre o azeite e sobre o que a terra produz, como também sobre os homens, sobre os animais e sobre todo trabalho das mãos.”(Ag 1.2-11, Leia o livro de Ageu) Em Mt 19.16-30, veio o jovem até Jesus, perguntando o que ele deveria fazer para herdar a vida eterna. Jesus então lhe falou dos dez mandamentos, os quais este jovem falou que já os praticavam. Entretanto, quando Jesus lhe falou que ele deveria vender todos os seus bens e dar aos pobres, este jovem, por amar muito a riqueza, não aceitou tal palavra. Agora veja, se ele tivesse feito isso, quem
  56. 56. sabe ele não teria sido um dos discípulos de Jesus? Quem não queria ter sido um discípulo de Jesus? Mas o jovem, na verdade, mentiu quando falou a Jesus que ele praticava todos os dez mandamentos. Por quê? Porque ele deixou de praticar os dois maiores mandamentos: “Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento.”(Mt 33.27) “Amarás, pois, o SENHOR, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua força.”(Dt 6.5) Devemos amar a Deus acima de todas as coisas, e: “O segundo é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.”(Mc 12.31) - no caso dele o seu próximo eram os pobres que ele ajudaria com a partilha de seus bens. Mas, também, a Bíblia fala de outra pessoa que era rica, mas, Graças a Deus, esta pessoa se despojou de todos os seus bens e se arrependeu de seus pecados. Quem? Ora, este foi Zaquel, o colhedor de impostos: “Entrementes, Zaqueu se levantou e disse ao Senhor: Senhor, resolvo dar aos pobres metade dos meus bens; e, se nalguma cousa tenho defraudado alguém, restituo quatro vezes mais. Então, Jesus lhe disse: Hoje, houve salvação nesta casa, pois que também este é filho de Abraão. Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o perdido.”(Lc 19.8-10) e o discípulo de Elias: Eliseu, que possuia muitos bois mas os imolou e deu ao pobres para se alimentarem. (1Rs19.19-21)
  57. 57. “Ora, havia certo homem rico que se vestia de púrpura e de linho finíssimos e que, todos os dias, se regalava esplendidamente. Havia também certo mendigo, chamado Lázaro, coberto de chagas, que jazia à porta daquele; e desejava alimentar-se das migalhas que caíam da mesa do rico; e até os cães vinham lamber-lhe as úlceras. Aconteceu morrer o mendigo e ser levado pelos anjos para o seio de Abraão; morreu também o rico e foi sepultado. No inferno, estando em tormentos, levantou os olhos e viu ao longe a Abraão e Lázaro no seu seio. Então, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim! e manda a Lázaro que molhe em água a ponta do dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama. Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebestes os teus bens em tua vida, e Lázaro igualmente, os males; agora, porém, aqui, ele está consolado; tu, em tormentos. E, além de tudo, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que querem passar daqui para vós outros não podem, nem os de lá passar para nós. Então, replicou: Pai, eu te imploro que o mandes à minha casa paterna, porque tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de não virem também para este lugar de tormento. Respondeu Abraão: Eles têm Moisés e os profetas; ouçam-nos. Mas ele insistiu: Não, pai Abraão; se alguém dentre os mortos
  58. 58. for ter com eles, arrepender-se-ão. Abraão, porém, lhe respondeu: Se não houvem a Moisés e aos profetas, tampouco se deixarão persuadir, ainda que ressuscite alguém dentre os mortos. ” (Lc 16.19-31, O rico e Lázaro ) Na parábola do rico e Lázaro, Jesus mostra claramente o ai eterno que o rico entrou e a alegria eterna que Lázaro ganhou. Como é bom saber que a Glória de Deus nos espera para a nossa alegria! A vitória é nossa pelo sangue de Jesus! O morrer é ganho e o viver é Cristo! “Porquanto, para mim, o viver é Cristo, e o morrer é lucro.”(Fp 1.21) Devemos lutar contra as trevas para tirar seus cativos de lá e trazê-los para a Glória Eterna de Deus! Devemos pregar o evangelho a todo instante, para que possamos livrar as vidas do castigo eterno. A fornalha do inferno foi feito para Lúcifer e seus anjos decaídos, mas eles lutam a cada instante para levar o homem para lá; ele luta contra os servos de Deus, porque ele sabe que os servos de Deus estão a cada dia vencendo mais e mais, levando mais vidas para o céu de Deus e as livrando da condenação. “Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus”(Rm 3.23). “Sabemos que somos de Deus e que o mundo inteiro jaz no Maligno.”(1 Jo 5.19) O mundo foi condenado ao inferno por causa do pecado de Adão. Mas graças a Deus, por Jesus Cristo, nosso Senhor, que nos livrou da morte eterna e
  59. 59. resgatou a vida eterna para todo aquele que nele crê. “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”(Jo 3.16) Logo, assim como aquele que está condenado luta insensantemente para levar mais vidas para a condenação eterna - e ele sabe que o fim está próximo: “...Ai da terra e do mar, pois o diabo desceu até vós, cheio de grande cólera, sabendo que pouco tempo lhe resta.”(Ap 12.12) - assim nós também, que já estamos salvos desta condenação, devemos de uma vez por todas lutar para levar mais e mais vidas a obter a salvação e a vida eterna. Sim, “porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne e sim contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes.”(Ef 6.12) Quem está apto a participar desta maravilhosa guerra? Quem está disposto a negar-se a si mesmo por amor a Jesus? Lembre-se: somos os últimos pregadores do evangelho, pois Jesus em breve vem. Vamos perder esta honra? Os anjos desejam estar em nossos lugares - “...vos pregaram o Evangelho, cousas essas que anjos anelam perscrutar.”(1 Pe 1.12) - mas não podem, pois esta honra foi dada a nós, os pouco menores que os anjos. Portanto, sejamos como os anjos: com o coração ardente em servir ao Senhor, mas com a alegria de podermos anunciar as boas novas, porque “Que formosos são sobre os montes os
  60. 60. pés do que anuncia as boas-novas, que faz ouvir a paz, que anuncia cousas boas, que faz ouvir a salvação, que diz a Sião: O teu Deus reina!”(Is 52.7) Se você se acha miserável, pecador. Se você ainda não é crente em Cristo Jesus e sofre com as pisaduras do diabo, está preso no vício, no alcoolismo, na prostituição, no homossexualismo, na podridão das trevas, saiba hoje que é para você que Jesus morreu na Cruz. Jesus te ama e quer te dar a Paz para sua vida. Muita gente tem tudo na vida mas falta-lhe a paz e não sabe onde encontrar. Mas agora você encontrou: Jesus Cristo é a Solução definitiva para a sua vida! É ele que quer enxugar suas lágrimas. É ele que quer te ajudar! Vença as trevas aceitando a Jesus como Salvador de sua vida. Ele quer te salvar! “Por aquele tempo, exclamou Jesus: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas cousas aos sábios e instruídos e as revelastes aos pequeninos... Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve.”(Mt 11.25,28-30)
  61. 61. b) Ai dos fartos “Ai de vós, os que estais agora fartos! Porque vireis a ter fome.” (Lc 6.25a) Quem está farto senão aquele que acha ter todas as coisas! Quem está farto senão aquele que não precisa buscar ao Senhor! Tem muita gente que acha que por ter lido a Bíblia toda não precisa lê-la mais. Tem muita gente que acha que por ter ganhado um cargo na igreja não precisa mais se aperfeiçoar na graça de Deus. Tudo está muito bom! “Comamos e bebamos porque amanhã morreremos”(Is 22.13). Não há necessidade de conhecer e prosseguir em conhecer ao Senhor. (Os 6.3) Esses são os fartos. Mas ai deles, porque virão a ter fome! A palavra de Deus se renova a cada dia. A cada dia é uma palavra nova em nossos corações. Devemos ter fome e sede de justiça, porque assim seremos fartos!(Lc 6.21;Mt 5.6) Devemos a cada dia nos aperfeiçoar em Cristo Jesus, devemos a cada dia ganhar almas para o reino de Deus. Aí sim seremos abençoados e escaparemos desse ai. Eu quero estar sempre com fome de aprender a Palavra de Deus; eu quero estar sempre com fome de fazer a obra de Deus. Vem Senhor, acrescentar a minha rede!
  62. 62. c) Ai dos que riem “Ai de vós, os que agora rides! Porque haveis de lamentar e chorar. (Lc 6.25b)” Tem muita gente rindo por aí, sem se aperceber que está chagando o dia do Senhor. Tem muito crente que só anda festejando. Tudo está bom, tudo num mundo cor-de-rosa. A igreja, para estas pessoas, passou a ser um clube de encontros, uma sociedade. Quanto mais social melhor! Mas ai desses que riem, que não estão chorando pelas almas, não estão gemendo pelas vidas, não estão esperando a volta do Senhor, porque esses hão de chorar amargamente. Jesus, certa vez, nos falou sobre a parábola das dez virgens: cinco estavam com suas candeias cheias de azeite; cinco estavam com elas vazias. Certo dia, o esposo veio para buscar suas noivas e só levou aquelas que estavam com a candeia cheia de azeite; as que não estavam, foram atrás do azeite para colocar na candeia, mas batendo à porta, eis que esta já estava fechada, e não puderam mais passar por ela.(Mt 25.113, ver cap.2.2) E será assim no dia do Senhor, como no tempo de Noé, onde muitos casavam e se davam em casamento (ou seja, levavam uma vida normal, sem se dar conta do fim), veio o dilúvio e quiseram entrar na arca, mas já era tarde. “Assim como foi nos dias de Noé, será também nos dias do Filho do homem: comiam, bebiam, casavam e
  63. 63. davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio e destruiu a todos. O mesmo aconteceu nos dias de Ló: comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam; mas, no dia em que Ló saiu de Sodoma, choveu do céu fogo e enxofre e destruiu todos. Assim será no dia em que o Filho do homem se manifestar. Naquele dia, quem estiver no eirado e tiver os seus bens em casa não desça para tirá-los; e de igual modo quem estiver no campo não volte para trás. Lembrai-vos da mulher de Ló. Quem quiser preservar a sua vida perdê-la-á; e quem a perder de fato a salvará. Digo-vos, naquela noite, dois estarão numa cama; um será tomado, e deixado o outro; duas mulheres estarão juntas moendo; uma será tomada, e deixada a outra. [Dois estarão no campo; um será tomado, e o outro, deixado.] Então, lhe perguntaram: Onde será isso, Senhor? Respondeu-lhes: Onde estiver o corpo, aí se ajuntarão também os abutres.”(Lc 17.26-37) E você, meu amado irmão, você está preparado para a vinda do Senhor? Ou você acha que ele tarde virá? Não sabes tu que o Senhor virá como o ladrão, como o relâmpago que sai do oriente e desce ao ocidente, num abrir e fechar de olhos, e que os que estiverem desapercebidos não ouvirão a trombeta soar? Tome cuidado! Se prepare, pois em breve, muito breve, Jesus virá e nos levará para a sua glória! Muitos
  64. 64. são os sinais que o Senhor tem mostrado para seu povo. Muitos estão desapercebidos, muitos estão rindo e festejando, muitos estão caídos. Mas cuidado! Ai dos que riem porque virão a chorar! Ali haverá choro e ranger de dentes. Leia no apêndice II o título Os sinas de Sua vinda mais se mostram cada vez! Portanto, volte para Jesus, porque se você pensa desta maneira, você certamente já está desviado! d) Ai dos que são louvados pelas pessoas “Ai de vós, quando todos vos louvarem! Porque assim procederam seus pais com os falsos profetas.” (Lc 6.26) Quem é o dono da obra senão Jesus? Quem é o Senhor que cura, que salva, que santifica, senão Jesus? Mas, mesmo assim, há aqueles que fazem de tudo para serem bem vistos pelas outras pessoas. Chegam até a tentar fingir que estão cheios do espírito. Mas não conseguem, pois pelos frutos os conhecereis. (Mt 7.15-19, não deixe de ler) Nós não devemos viver de aparência, nem olhar para as outras pessoas com os olhos da carne. “Não julgueis segundo a aparência, e sim pela reta justiça”(Jo 7.24) Quando uma pessoa usa muito verbo na 1a.
  65. 65. pessoa do singular, este tal está correndo perigo, porque nós não fazemos nada se o Senhor Jesus não nos ajudar. “Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o SENHOR não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela.”(Sl 127.1) E, “Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.” É Deus quem faz todas as coisas. Nenhuma folha da árvore cai senão for pelo consentimento de Deus. Portanto, se uma pessoa pensa que faz e acontece, que tudo acontece certo por causa dele, este tal está querendo ser como Deus. Nós não somos deuses, nós somos criaturas feitas pouco menores que os anjos, vindo do barro, através das mãos do Senhor. E isso sim é bom: sabermos que o homem não é animal, mas sim imagem e semelhança de Deus. “Mas o homem não entende a vontade de Deus, iludido até pensa que é maior do que os céus, na verdade não é nada, é pó, é cinza, é o barro que sobrou...” Sim, somos feitos de barro, somos pó, somos cinza. Nós somos como as pétalas de uma rosa, frágil e singela. Se Deus quisesse tirar 5 minutos do ar que respiramos todas as criaturas viventes na terra morreriam. Deus é infinitamente misericordioso, pois
  66. 66. se Ele quisesse, Ele poderia nos esmagar com apenas um de seus dedos. Portanto, se você pensa que é alguma coisa, tome cuidado, pois Lúcifer também pensou assim, e hoje ele está caído lá embaixo nas profundezas do inferno. Se você gosta de elogios, tome cuidado, pois toda a Glória e toda a Honra somente pertence ao nosso Deus. Portanto, domine o seu EU; elimine-o, deixe o novo homem tomar conta de você. “E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as cousas antigas já passaram; eis que se fizeram novas”(2 Co 5.17). Outra coisa ruim é o crente que se deixa ser usado por Satanás: quando uma pessoa prega uma pregação fervorosa, este vai e cumprimenta o pregador pela palavra pregada. Este crente está dando margens ao pecado! Não devemos viver inconstantes no caminho do Senhor, mas devemos viver com toda humildade e temor ao Senhor, sabendo que Ele é o Deus que abriu o Mar Vermelho, que derrubou as muralhas de Jericó, que mandou fogo dos céus e aniquilou os profetas de Baal, que tirou Daniel ileso da cova dos leões, que não deixou que nenhum fio de cabelo fosse queimado de Sadraque, Mesaque e Abdnego, que humilhou Nabucodonozor, que acabou com o rei Herodes, que rasgou o véu do templo de alto a baixo, que fez de Saulo um ganhador de almas, que livrou-me da morte e que está conosco todos os dias de nossas vidas. A Ele sim, devemos dar louvores, devemos dar glórias e
  67. 67. honras, devemos andar em Sua presença e sermos perfeitos. Se você tem o pecado da soberba arraigado em seu coração, de maneira tal que você não faz o que quer, mas o que você não quer, isso você faz, então você precisa passar pelo processo da santificação. Este é um processo doloroso e que necessita de muita vontade daquele que o almeja, mas é bom lembrar que quem não se santificar não poderá ver a Deus. “Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor, atentando, diligentemente, por que ninguém seja faltoso, separando-se da graça de Deus; nem haja alguma raiz de amargura que, brotando, vos perturbe, e, por meio dela, muitos sejam contaminados; nem haja algum impuro ou profano, como foi Esaú, o qual, por um repasto, vendeu o seu direito de primogenitura. Pois sabeis também que, posteriormente, querendo herdar a bênção, foi rejeitado, pois não achou lugar de arrependimento, embora, com lágrimas, o tivesse buscado.”(Hb 12.14-17) O processo de santificação é doloroso, mas no final de tudo, tudo fica mais gratificante, pois andaremos em uma vida com abundância. “eu vim para que tenham vida e a tenham em
  68. 68. abundância.”(Jo 10.10b) O processo da santificação também pode ser chamado de processo de mortificação da carne. É nele que você mata o seu Eu, mas também é nele que você passa a gozar das maravilhas de Deus. Na parte três deste estudo você conhecerá as vantagens de se humilhar ao Senhor. E, é claro, para obter a santificação é necessário que nos humilhemos ao Senhor. Portanto, ser humilde de coração só traz benefícios à nossa alma. Portanto, lembre-se: buscai a santificação, “sem a qual ninguém verá o Senhor.” Se você deseja saber e receber ajuda na santificação, eu recomendo primeiramente a leitura da Palavra e, como auxílio, o livro A VIDA ABUNDANTE de Carmencita Silva com poesias de Márcio Santos. Este livro descreve minuciosamente o processo da cruz, ou seja, o processo da mortificação, ou seja, o processo da santificação. E no final deste, você se regozijará nas poesias líricas inspiradas por Deus. Em minha opinião, a santificação é obtida através de um conjunto de ações feitas por aquele que a deseja. Entre elas estão: mortificação da carne através da leitura da Palavra, mortificação da carne através do jejum, através da oração e através do buscar constante a Deus, porque assim diz o Senhor: “Eu sou o Deus Todo-Poderoso; anda na minha
  69. 69. presença e sê perfeito”(Gn 17.1) E, o importante, estar com o coração humilde e aberto para aceitar a correção do Senhor e a cura de seu interior. Agora, faça uma análise de seu coração, “Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e, assim, coma do pão, e beba do cálice;” (1 Co 11.28). Você se sente humilde de coração? Ou após você ter chegado aqui você sentiu a necessidade de passar a ser assim? Se for a segunda, não se desespere, pois se você próprio conseguiu sentir este erro é sinal que você já está se humilhando, que o Espírito do Senhor já está lhe tocando. Este é o primeiro passo para a humildade. Mas, se for a primeira alternativa, então examinese de novo, faça um check up completo de sua vida, se coloque nas mais ousadas situações de sua vida. “Se dissermos que mantemos comunhão com ele e andarmos nas trevas, mentimos e não praticamos a verdade. Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado. Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça. Se dissermos que não temos
  70. 70. cometido pecado, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós.”(1 Jo 1.6-10) É como um pregador uma vez falou: nós somos pecadores, mas não devemos ter o pecado como vitamina. Como você tem tratado as pessoas? Como você se sente após um elogio? Como você se sente em situações que você é comparado como inferior às outras pessoas? Como você tem sido na presença de Deus? Você tem murmurado sobre sua vida? Você tem sido ovelha ou bode na casa do Senhor? Se você insiste em responder não à todas essas situações, queira Deus que você esteja certo, pois do contrário, se você é soberbo e acha que não, você necessitará sofrer a correção do Senhor, pois “e estais esquecidos da exortação que, como a filhos, discorre convosco: Filho meu, não menosprezes a correção que vem do Senhor, nem desmaies quando por ele és reprovado; porque o Senhor corrige a quem ama e açoita a todo filho a quem recebe. É para disciplina que perseverais (Deus vos trata como filhos); pois que filho há que o pai não corrige? Mas, se estais sem correção, de que todos se têm tornado participantes, logo, sois bastardos e não filhos... (v.11)Toda disciplina, com efeito, no momento não parece ser motivo de alegria, mas de tristeza; ao depois, entretanto, produz fruto pacífico aos que têm sido por ela exercitados, fruto de justiça.”(Hb 12.58,11)
  71. 71. Se Deus não nos corrigisse estaríamos em grandes apuros, pois se não sofrêssemos o dano, continuaríamos fazendo as mesmas coisas erradas: “Homem de grande ira tem de sofrer o dano; porque, se tu o livrares, virás ainda a fazê-lo de novo.”(Pv 19.19) E, então, seríamos destinados ao fogo eterno, pois assim, o pecado iria cicatrizar nossos corações e assim não teríamos mais parte com Deus, uma vez que estaríamos acostumados a cometer iniqüidade e Deus não tem parte com o pecado. Jesus diz: “Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniqüidade.”(Mt 7.23) Mas o Pai castiga aquele a quem ama, e isso é bom e benéfico para nós mesmos, pois é assim que Deus guarda o nosso tesouro até o dia final, nos ajudando a cada dia na santificação para a vida eterna. Deus não quer a raça humana no inferno, por isso ele luta a cada dia junto com seus servos aqui na terra para livrar do inferno a alma do homem. Deus ama o pecador, mas não suporta o pecado. Nós, que aceitamos a Jesus com todo o nosso coração, recebemos a vida eterna e a salvação. Estamos livres do inferno, pois o sangue de Jesus nos purifica de todo pecado. Quando erramos, Deus nos corrige, como o bom pai que quer ver o bem de seus filhos. Se Ele nos avisa que ali há um abismo e corremos para ele, desobedecendo-O, então cairemos no pecado da
  72. 72. desobediência, o qual nem aos anjos Deus os poupou. Deus não deixa que sobrevenha em nós tentação alguma que não possamos resistir, portanto, se pecarmos não teremos desculpa do pecado, pois nós conhecemos a verdade. Mas, se pecarmos e nos arrependermos, Ele é justo e fiel para nos perdoar os nossos pecados. E o sangue de Jesus nos purifica de todo pecado. “Filhinhos, não vos deixeis enganar por ninguém; aquele que pratica a justiça é justo, assim como ele é justo. Aquele que pratica o pecado procede do diabo, porque o diabo vive pecando desde o princípio. Para isto se manifestou o Filho de Deus: para destruir as obras do diabo. Todo aquele que é nascido de Deus não vive na prática de pecado; pois o que permanece nele é a divina semente; ora, esse não pode viver pecando, porque é nascido de Deus. Nisto são manifestos os filhos de Deus e os filhos do diabo: todo aquele que não pratica justiça não procede de Deus, nem aquele que não ama a seu irmão.”(1 Jo 3.7-10, qv 1 Jo 1.5-2.6) E, se porventura você reconhece seu erro, mas não quer buscar a humildade, você acha que está bom assim, pois você é assim mesmo, isso faz parte de seu caráter, ou outra desculpa qualquer, cuidado! O Senhor Jesus fala que “Se alguém quer vir após mim,
  73. 73. a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me”(Mc 8.34b); Logo, “Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor”(Hb 12.14) Ora, “Que é o homem, para que tanto o estimes, e ponhas nele o teu cuidado, e cada manhã o visites, e cada momento o ponhas à prova?” (Jó 7.17) Devemos nos sujeitar ao Senhor e fazer a sua vontade! Vejamos, agora, na terceira parte, o porquê de ser necessário que nós sejamos humildes de coração.
  74. 74. 3 Devemos ser humildes de coração 1. Deus se revela aos humildes “Naquela hora, exultou Jesus no Espírito Santo e exclamou: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas cousas aos sábios e instruídos e as revelaste aos pequeninos. Sim, ó Pai, porque assim foi do teu agrado.”(Lc 10.21) Imagine, agora, quantas pessoas há que não conhecessem a Jesus. E, na sociedade, é mais fácil um rico entrar em religiões esotéricas do que ser crente e acreditar nos milagres que Jesus pode realizar em nossas vidas. Os exaltados não conhecem o poder de Deus. Por isso eles erram: “Respondeu-lhes Jesus: Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus.”(Mt 22.29) Somente, nós, os pequeninos, conhecemos a glória de Deus. Certa vez, um homem bem vestido, conhecedor de muitas coisas, considerado intelectual na faculdade onde ele dava aula, foi interceptado por um pregador da Palavra de Deus, humilde, e que não tinha nem terminado o primário, mas conhecia a Bíblia de Gênesis a Apocalipse. Então, ao pregar a Palavra para aquele professor, no final, este chegou para ele e disse: “Eu pensava que conhecia tudo na
  75. 75. vida, mas agora vejo que falta-me aprender esta maravilha que o senhor tão bem conhece. Eu conheço muitas coisas, mas estas palavras me são desconhecidas. Muito obrigado por fazer-me conhecêla.” É por isso que Jesus agradeceu ao Pai porque somente aos pequeninos Ele fez conhecer essas maravilhas. Não significa que todos os estudiosos desconhecem a Bíblia, mas estou me referindo àqueles que não possuem o Espírito de Deus em seus corações nem se humilham a Jesus. Pois, se você é um intelectual, mas aceitou a Jesus com todo o seu coração e se faz pequenino na presença de Deus, e reconhece que só em Deus nós obtemos o conhecimento da Verdade, então você passa a descobrir as maravilhas de Deus. Nós, filhos de Deus, humildes de coração, podemos ter a oportunidade de conhecer o plano da salvação, as maravilhas da Palavra de Deus, receber os dons espirituais, ter visões, revelações, profecias, expulsar os demônios, curar os enfermos, falar em novas línguas. Sim, “Estes sinais hão de acompanhar aqueles que crêem: em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre os enfermos, eles ficarão curados.”(Mc 16.17,18) E, também, alguns já tiveram o prazer até mesmo de ter
  76. 76. seu espírito arrebatado até a glória de Deus, como João, Paulo e muitos depois deles, até o dia de hoje, pois Jesus não mudou, ele é o mesmo ontem, hoje, e eternamente. Se enganam aqueles que pensam que todas essas coisas só aconteceram no tempo da igreja primitiva. Mas “recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém e Samaria e até aos confins da terra.”(At 1.8) “E acontecerá, depois, que derramarei o meu Espírito sobre toda carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos velhos sonharão, e vossos jovens terão visões;”(Jl 2.28) Portanto, “não apagueis o Espírito. Não desprezeis as profecias; julgai todas as cousas, retende o que é bom; abstende-vos de toda forma de mal.”(1 Ts 5.19-22) Lembre-se: “Senhor, quem entrará no santuário prá te adorar? Quem tem as mãos limpas e um coração puro, Que não tem vaidade e que saiba amar.” (Sl 24.4)
  77. 77. 2. O maior será o menor “Suscitaram também entre si uma discussão sobre qual deles parecia ser o maior. Mas Jesus lhes disse: Os reis dos povos dominam sobre eles, e os que exercem autoridade são chamados benfeitores. Mas vós não sois assim; pelo contrário, o maior entre vós seja como o menor; e aquele que dirige seja como o que serve. Pois qual é maior: quem está à mesa ou quem serve? Porventura, não é quem está à mesa? Pois, no meio de vós, eu sou como quem serve. Vós sois os que tendes permanecido comigo nas minhas tentações. Assim como meu Pai me confiou um reino, eu vo-lo confio, para que comais e bebais à minha mesa no meu reino; e vos assentareis em tronos para julgar as doze tribos de Israel.”(Lc 22.24-27) Quem é maior: o pastor ou a ovelha? O professor ou o aluno? O maestro ou a orquestra? O mordomo ou aquele que é servido? Se tomarmos como referência o mundo carnal responderíamos: o pastor, o professor e o maestro. Mas, se tomarmos por referência o Reino de Deus, o maior passa a ser o menor, pois o pastor deve servir e proteger às suas ovelhas, o professor deve ensinar aos seus alunos, o maestro deve fornecer o tom certo na hora certa à sua orquestra, e o mordomo deve servir ao que é servido. Portanto, se desejarmos liderar alguma coisa, devemos ter a consciência que liderar não é mandar, e sim
  78. 78. servir. Muitos, infelizmente, tem sido, na Casa de Deus, líderes que exercem poder sobre as pessoas, fazem toda sua própria vontade e se esquecem de que eles é que devem servir, devem fornecer o alimento para as ovelhas. Existem pessoas que fazem papel de Faraó, outros, de Imperador, outros, de ditador. Tem igreja que parece até ser uma monarquia. “Ai dos pastores que destroem e dispersam as ovelhas do meu pasto! - diz o SENHOR. Portanto, assim diz o SENHOR, o Deus de Israel, contra os pastores que apascentam o meu povo: Vós dispersastes as minhas ovelhas, e as afugentastes, e delas não cuidastes; mas eu cuidarei em vos castigar a maldade de vossas ações, diz o SENHOR. Eu mesmo recolherei o restante das minhas ovelhas, de todas as terras para onde as tiver afugentado, e as farei voltar aos seus apriscos; serão fecundas e se multiplicarão. Levantarei sobre elas pastores que as apascentem, e elas jamais temerão, nem se espantarão; nem uma delas faltará, diz o SENHOR.” (Jr 23.1-4) “Ai do pastor inútil, que abandona o rebanho! A espada lhe cairá sobre o braço e sobre o olho direito; o braço, completamente, se lhe secará, e o olho direito, de todo, se escurecerá.”(Zc 11.17) “Filho do homem, profetiza contra os pastores de
  79. 79. Israel; profetiza e dize-lhes: Assim diz o SENHOR Deus: Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Não apascentarão os pastores as ovelhas? Comeis a gordura, vestis-vos da lã e degolais o cevado; mas não apascentais as ovelhas. A fraca não fortalecestes, a doente não curastes, a quebrada não ligastes, a desgarrada não tornaste a trazer e a perdida não buscastes; mas dominais sobre elas com rigor e dureza. Assim, se espalharam, por não haver pastor, e se tornaram pasto para todas as feras do campo. As minhas ovelhas andam desgarradas por todos os montes e por todo elevado outeiro; as minhas ovelhas andam espalhadas por toda a terra, sem haver quem as procure ou quem as busque. Portanto, ó pastores, ouvi a palavra do SENHOR: Tão certo como eu vivo, diz o SENHOR Deus, vista que as minhas ovelhas foram estregues à rapina e se tornaram pasto para todas as feras do campo, por não haver pastor, e que os meus pastores não procuraram as minhas ovelhas, pois se apascentam a si mesmos e não apascentam as minhas ovelhas, portanto, ó pastores, ouvi a palavra do SENHOR: Assim diz o SENHOR Deus: Eis que eu estou contra os pastores e deles demandarei as minhas ovelhas; porei termo no seu pastoreio, e não se apascentarão mais a si mesmos; livrarei as minhas ovelhas da sua boca, para que já não lhes sirvam de pasto.”(Ez 34.210)
  80. 80. É claro que o Pastor deve ouvir a voz do Senhor em suas ações e que muitos membros querem ditar normas que Deus não se agrada. O que não pode é o líder executar suas ovelhas para satisfazerem a si próprios, para os seus próprios deleites. Devemos nos sujeitar a nossos pastores, aos nossos líderes: “Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas. De modo que aquele que se opõe à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos condenação. ”(Rm 13.1) Devemos nos sujeitar às autoridades com amor e satisfação no Senhor, porque o Senhor assim o diz: “Não toqueis nos meus ungidos, nem maltrateis os meus profetas.”(Sl 105.15, 1Cr 16.22). Davi sabia desta verdade, pois mesmo Deus já o tendo aprovado como rei e rejeitado a Saul, este mesmo disse a favor de Saul: “Não o mates, pois quem haverá que estenda a mão contra o ungido do SENHOR e fique inocente? Acrescentou Davi: Tão certo como vive o SENHOR, este o ferirá, ou o seu dia chegará em que morra, ou em que, descendo à batalha, seja morto.”(1 Sm 26.9,10)
  81. 81. O crente que fala mal do seu pastor é um crente frio e insensato, que perdeu a comunhão com o Senhor. A ovelha deve ajudar ao seu pastor em todas as coisas e, por mais que você pense seu pastor estar errado, ore ao Senhor, peça perdão de seus pecados, não deixe que Satanás coloque raiz de amargura em seu coração, principalmente pelo seu pastor, porque se o seu pastor estiver errado em alguma coisa, o próprio Senhor cuidará disso. Nós não somos Deus para castigar, nem mesmo para julgar, pois “Não julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados; perdoai e sereis perdoados; dai, e darse-vos-á; boa medida, recalcada, trasbordante, generosamente vos darão; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também.”(Lc 6.37,38) Ainda, “Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o argueiro do olho de teu irmão. 

×