O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Próximos SlideShares
What to Upload to SlideShare
What to Upload to SlideShare
Carregando em…3
×
1 de 14

20180613 apoio geracao distribuida

3

Compartilhar

Baixar para ler offline

Apresentação sobre geração distribuída de energia solar, realizada em 13.06.18 no evento Brasil Solar Power 2018.

20180613 apoio geracao distribuida

  1. 1. 1 Apoio do BNDES à Geração Distribuída BRAZIL SOLAR POWER 2018 13 de junho de 2018
  2. 2. 2 Como apoiamos e atuamos Operações Diretas Realizadas diretamente com o BNDES  As operações do BNDES com produtores rurais, micro, pequenas e médias empresas (99%) são realizadas por meio dos Agentes Financeiros Credenciados  Bancos Comerciais Públicos e Privados  Agências de Fomento  Cooperativas de Crédito Operações Indiretas Realizadas por meio de Agente Financeiro Credenciado Formas de apoio
  3. 3. 3 Quem pode solicitar financiamento? Pessoas Físicas* Empreendedores sem CNPJ *Apenas em alguns casos Pessoas Jurídicas Empresas com CNPJ
  4. 4. 4 Pessoas Físicas Empreendedores sem CNPJ* BNDES Microcrédito Instituições de microcrédito repassadoras Caminhoneiro Caminhão, carreto, etc. Produtor Rural Programas agrícolas do Governo Federal Quem pode solicitar financiamento? Consumidor de Energia Elétrica Programa BNDES Finame Fundo Clima
  5. 5. 5 SISTEMA FOTOVOLTAICO Módulo Inversor Componentes Elétricos Estrutura de Sustentação O que pode ser financiado
  6. 6. 6 Sistema Fotovoltaico: o que é? Para o BNDES, um sistema fotovoltaico é um produto financiável com 4 componentes: 1. Módulos (painéis) fotovoltaicos, independente de sua tecnologia; 2. Inversores; 3. Componentes Elétricos: • String boxes (se houver); • Cabos de corrente contínua (todos os cabos até o inversor). 4. Estrutura de Sustentação: • Fixa ou; • Móvel: chamada de tracker ou seguidor solar que compreende a estrutura metálica, controladores, acionamentos, sensores, etc. OBS: Serviços de instalação podem ser incluídos no preço de venda e financiados junto com o sistema Credenciamento de Sistemas Fotovoltaicos no BNDES
  7. 7. 7 Sistema Fotovoltaico: quem pode credenciar? O Fornecedor do sistema fotovoltaico deverá estar credenciado no CFI e possuir seu código FINAME. Para tanto, precisará cumprir os seguintes critérios básicos: • Ser um fabricante industrial ou; • Ser uma empresa de engenharia, ESCO ou EPCista que comprove a capacidade de desenvolver projetos (possuir engenheiros próprios), ser responsável pela garantia de performance do sistema e ser equiparado a um fabricante industrial; * Cabos e estruturas fixas de sustentação não são credenciados, no entanto é necessário comprovar a origem nacional dos mesmos. Para solicitar o credenciamento do sistema fotovoltaico é necessário que os componentes partes estejam previamente credenciadas no CFI: 1. Módulos fotovoltaicos 2. Inversores 3. Componentes Elétricos * 4. Estrutura de Sustentação* Credenciamento de Sistemas Fotovoltaicos no BNDES
  8. 8. 8 Por que credenciar o sistema fotovoltaico? BNDES • O BNDES somente poderá apoiar a aquisição de equipamentos fotovoltaicos com a apresentação do código Finame do Sistema Gerador Fotovoltaico; • Os códigos dos componentes não são passíveis de financiamento: os componentes do sistema fotovoltaico não são apoiados isoladamente. Credenciamento de Sistemas Fotovoltaicos no BNDES Código Componente Operação de Crédito
  9. 9. 9 MPME Sem aplicação do Fator C Grande Empresa FC x teto de participação vigente da linha Mecanismo de aplicação do Fator C para o Sistema: Novo Resumo da Metodologia Itens Obrigatórios Itens Opcionais Silício Filme fino/orgâncico até dez/2019 jan/20 a dez/22 2023 em diante Vidro Substrato 5% 5% 5% Backsheet ou encapsulante Cobertura ou encapsulante 5% 5% 5% Caixa de junção Caixa de junção 5% 5% 5% Célula Deposição e definição das células 30% 30% 30% Montagem completa + frame Encapsulamento 60% 50% 30% C.2 Componentes Elétricos (cabos CC e combiner/string boxes) 10% 10% 10% C.3 Estruturas metálicas (racks fixos em solo ou telhado e trackers) 10% 10% 10% C.4 Inversor 20% 20% 20% 80% 90% 70%Fator C do Sistema com itens obrigatórios para permitir credenciamento Tabela Resumo - Metodologia de Credenciamento de Módulos e Sistemas Geradores Fotovoltaicos SistemaGeradorFotovoltaico Componentes C.1 Módulo Credenciamento de Sistemas Fotovoltaicos no BNDES
  10. 10. 10 BNDES Finame Fundo Clima BNDES Finame Máquinas e Equipamentos BNDES FINEM Eficiência Energética BNDES Automático Projetos de Investimento O que podemos financiar? // Focos de apoio financeiro Operações Indiretas Operação Direta
  11. 11. 11 O que podemos financiar? // FINEM Eficiência Energética Podem ser financiados os seguintes empreendimentos: • eficientização energética de edificações, com foco em condicionamento de ar, iluminação, envoltória e geração distribuída, incluindo cogeração, para unidades novas ou já existentes (retrofit), conforme critérios definidos pelo BNDES; • iluminação pública; • eficientização energética de processos produtivos, com foco em cogeração, aproveitamento de gases de processo como fonte energética e outras intervenções priorizadas pelo BNDES; • repotenciação de usinas; • redes elétricas inteligentes. Financiamento a partir de R$ 10 milhões para projetos voltados à redução do consumo de energia e aumento da eficiência do sistema energético nacional. Participação do BNDES: até 80% do valor total do projeto, limitada a 100% dos itens financiáveis. O prazo total é determinado em função da capacidade de pagamento do empreendimento, do cliente e do grupo econômico, limitado a 20 anos. Durante o período de carência, que será de até seis meses após a entrada do projeto em operação comercial, os juros poderão ser capitalizados ou pagos pelo cliente.
  12. 12. 12 Até 144 meses Até 2 anos Até 120 meses Até 2 anos Até 80% Até 100% 3,8% a.a. BNDES Automático Taxa Variável BNDES Finame Fundo Clima BNDES Finame Taxa Variável Custo Financeiro(*) Remuneração (**) Agente Financeiro Taxa Final Prazo Carência Participação Máxima (***) 6,5% a.a. +/- 12,1% a.a. (+/- 0,96% a.m.) Até 240 meses até 36 meses Até 100% +/- 4,03% a.a. (+/- 0,33% a.m.) +/- 11,8% a.a. (+/- 0,93% a.m.) Até 120 meses Até 2 anos Até 100% O que podemos financiar? // Operações Indiretas 3,0% a.a. 0,1% a.a. 3,5% a.a. 6,5% a.a. * Taxa Variável: TLP projetada em mai/18 para o ano de 2018. Condições para Micro, Pequenas e Médias Empresas. ** Informações referentes ao valor médio das operações dos últimos 3 meses (Fonte: BNDES AOI/DESCO). *** A participação máxima do BNDES Automático deverá ser definida em função do valor total do projeto, limitada a 100% dos itens financiáveis. Taxa do BNDES 1,5% a.a. 0,9% a.a.1,5% a.a. +/- 11,2% a.a. (+/- 0,89% a.m.) 3,5% a.a. 6,5% a.a. 0,9% a.a. BNDES Finame Energia Renovável Negociado com Agente Financeiro
  13. 13. 13 Resultados e Fundo Clima Nº de Operações Total dos Projetos Total Financiado Finame realizado 16 R$ 8.803.191,90 R$ 6.720.586,71 Fundo Clima 20 R$ 14.274.918,45 R$ 11.419.934,76
  14. 14. 14 Obrigado. Guilherme Arantes guilherme.arantes@bndes.gov.br facebook.com/bndes.imprensa twitter.com/bndes_imprensa youtube.com/bndesgovbr slideshare.net/bndes Portal BNDES www.bndes.gov.br Atendimento Empresarial 0800 702 6337 Ouvidoria 0800 702 6307 www.bndes.gov.br/ouvidoria Fale Conosco www.bndes.gov.br/faleconosco

×