*O índice “Social Pull” dá um parâmetro de quão bem conectados são os seguidores das
contas analisadas nas redes sociais, ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Estudo Global B-M "Twitter Influence" - Infográfico Saúde

770 visualizações

Publicada em

Usuários do Twitter que seguem as 100 maiores empresas do mundo são mais conectados e influentes, apontou o Estudo Global B-M "Twitter Influence”, pesquisa mundial da Burson-Marsteller que traçou o perfil dos seguidores de grandes corporações. O estudo é uma sequência da Twiplomacy, que analisou a influência e o alcance de líderes globais no Twitter.

O estudo foi produzido pela Burson-Marsteller, empresa global líder em relações públicas, em parceria com a StatSocial, plataforma de análise de mídias sociais, e estudou os mais de quatro milhões de seguidores das 100 maiores empresas do ranking da Fortune. Foi identificado que os seguidores de grandes empresas têm, em média, 735 conexões em seus canais de mídias sociais, contra 300 da média geral.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
770
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estudo Global B-M "Twitter Influence" - Infográfico Saúde

  1. 1. *O índice “Social Pull” dá um parâmetro de quão bem conectados são os seguidores das contas analisadas nas redes sociais, em comparação ao usuário médio do Twitter. Os dados foram coletados pela StatSocial no segundo semestre de 2013, com base nos seguidores das principais contas oficiais no Twitter de cada uma das 100 maiores empresas globais, listadas no ranking da revista Fortune. Essas empresas foram divididas de acordo com suas indústrias, e a Burson-Marsteller então conduziu a análise dos dados com foco nos sete segmentos envolvidos: automotivo, energia, financeiro, saúde, varejo, tecnologia e telecomunicações. ESTUDO GLOBAL B-M Gênero e faixa etária dos seguidores das empresas de saúde 32% 1,08x 0,94x dos seguidores têm idade entre 26 E 35 ANOS 28% dos seguidores têm idade entre 36 E 45 ANOS 2x menos MULHERES do que a média do Twitter Há mais HOMENS do que a média do Twitter Há mais presente entre esses seguidores A faixa de 46 A 55 ANOS está Geografia, trabalho e interesses dos seguidores das maiores empresas do setor de saúde 10,7x 16,2x TECNOLOGIAVIDA AO AR LIVRE SAÚDE E MALHAÇÃO ESPORTES NEGÓCIOS FINANÇAS SEGUROS MODA POLÍTICA SÃO FRANCISCO COLUMBUS ST. LOUISCHICAGO NOVA YORK CIDADES TOP 5 mais seguidores de ST. LOUIS do que a média do Há mais seguidores de COLUMBUS, Ohio, do que a média do Twitter Há SEGUIDORES DAS EMPRESAS DE SAÚDE, EM COMPARAÇÃO À MÉDIA DO TWITTER, TENDEM A TRABALHAR MAIS NOS SEGMENTOS DE: COMPARADO COM A MÉDIA GERAL DO TWITTER, OS SEGUIDORES DAS EMPRESAS DE SAÚDE TENDEM A TER MAIOR INTERESSE EM: Seguidores das empresas de saúde 43x 3,9x 0,6xMENOS INTERESSADOS EM GAMES 0,7xMENOS INTERESSADOS EM ARTE 300 MÉDIA DOS USUÁRIOS DO TWITTER 1.614 MÉDIA DOS SEGUIDORES DAS MAIORES EMPRESAS GLOBAIS DE SAÚDE vs. OS SEGUIDORES SÃO: MAIOR DO QUE A MÉDIA DOS USUÁRIOS DO TWITTER SEU ÍNDICE SOCIAL PULL* É ESSES USUÁRIOS TÊM UMA REDE DE CONEXÕES MAIOR DO QUE A MÉDIA GERAL DO TWITTER Setorde Saúde Twitter Influence Quem segue as maiores empresas globais no Twitter? Um usuário padrão no Twitter tem, em média, cerca de 300 conexões nas redes sociais, enquanto os seguidores das maiores empresas de saúde financeiro tem média de 1.614 conexões nessas redes.

×