Taxa de Sobrevivência    de Empresas        Região de Sorocaba Empresas registradas em 2005 e 2006             Março| 2013
Região atendida pelo              ER de Sorocaba:Alambari, Alumínio, Angatuba, Araçariguama, Araçoiaba da Serra,Boituva, C...
Ambiente EmpreendedorLei Geral    Lei Sancionada - Dezessete municípios: Angatuba,Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Boituv...
Ambiente EmpreendedorLei Geral• Capacitação: O ER iniciou as atividades de capacitação  nas cidades de Porto Feliz, Salto ...
Metodologia  Para um dado ano, a taxa de sobrevivência foi definida como a relação  entre o número de empresas sobrevivent...
Sobrevivência das empresas no                                                   BrasilFonte: Sebrae-NA. Taxa de sobrevivên...
Taxa de Sobrevivência                                                                              das empresas por Estado...
Taxas de sobrevivência                empresas registradas em 2005 e 2006                 Região de Sorocaba75            ...
Taxas de sobrevivência                                   empresas registradas em 2005 e 2006                    Por       ...
Ações do SebraePrograma ALI (Agentes Locais de Inovação)O ALI busca a disseminação da cultura da inovação, motivando os em...
ALI em SorocabaRegião de abrangência e atendimento:    Sorocaba – 8 ALIs    Votorantim – 2 ALIs    Salto – 2 ALIs    Itú –...
Ações do SebraeProjeto do Comércio VarejistaA ênfase do trabalho será a busca pela melhora da competitividade da empresa a...
Ações do SebraeProjeto do Comércio VarejistaMunicípio prioritário: Sorocaba / AngatubaEmpresas atendidas: 60Público alvo: ...
Ações do SebraeCultura EmpreendedoraJovens Empreendedores Primeiro Passos: Realização prevista em cinco escolas da região ...
Ações do SebraeIncubadorasIncubadora Tecnológica de SorocabaAtualmente com 14 empresasMeta 2013: 20 empresasPrincipais açõ...
Ações do SebraeIndústriaPrograma de Melhoria da Competitividade da Cadeia de Confecções Infanto-juvenilMunicípios prioritá...
Ações do SebraeIndústriaPrograma de Desenvolvimento de Fornecedores GerdauEstados prioritários: SP, RJ, MG, RS, PR, BA, PE...
Ações do Sebrae    Agronegócio       Grupo    Cadeia              Municípios                        Produtores            ...
Orientações do Sebrae                                                       para reduzir Mortalidade Identificação da opor...
10 Dicas para Reduzir                                                       a Mortalidade de Empresas1                    ...
Obrigadobcaetano@sebraesp.com.br   twitter.com/bcaetano facebook.com/bcaetano1
Aumenta a taxa de sobrevivência das empresas da região de Sorocaba
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aumenta a taxa de sobrevivência das empresas da região de Sorocaba

514 visualizações

Publicada em

Um total de 74,4% das empresas da região de Sorocaba continua em atividade até dois anos após seu registro de CNPJ, revela uma pesquisa elaborada pelo Sebrae-SP, com base nos dados da Receita Federal. O estudo considerou como sobreviventes as empresas consideradas ativas no cadastro do órgão nos anos de 2005 e 2006 e que entregaram a declaração de Imposto de Renda Pessoa Jurídica nos dois anos seguintes.
(Apresentação feita em março de 2013)

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
514
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aumenta a taxa de sobrevivência das empresas da região de Sorocaba

  1. 1. Taxa de Sobrevivência de Empresas Região de Sorocaba Empresas registradas em 2005 e 2006 Março| 2013
  2. 2. Região atendida pelo ER de Sorocaba:Alambari, Alumínio, Angatuba, Araçariguama, Araçoiaba da Serra,Boituva, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Guareí, Ibiúna, Iperó, Itapetininga, Itu, Mairinque, Piedade, Pilar do Sul, Porto Feliz, Salto, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque, Sarapuí, Sorocaba, Tapiraí, Tatuí, Tietê e Votorantim. Foram selecionadas empresas que tiveram inicio das atividades em 2005 e 2006, para que pudéssemos acompanhar a sobrevivência do negócio por dois anos. A pesquisa também leva em consideração a entrega da declaração de renda no ano seguinte, a fim de comprovar que elas estavam ainda em atividade.
  3. 3. Ambiente EmpreendedorLei Geral Lei Sancionada - Dezessete municípios: Angatuba,Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Boituva, Capela doAlto, Cerquilho, Itapetininga, Itu, Piedade, Porto Feliz,Salto, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque,Sorocaba, Tatuí e Tietê. Lei implementada - Três municípios: Sorocaba, Tatuie Itapetininga.
  4. 4. Ambiente EmpreendedorLei Geral• Capacitação: O ER iniciou as atividades de capacitação nas cidades de Porto Feliz, Salto e Piedade.• Realização de reuniões com secretários de desenvolvimento e/ou prefeitos dos municípios de Votorantim, Porto Feliz, Piedade, Boituva e Salto.
  5. 5. Metodologia Para um dado ano, a taxa de sobrevivência foi definida como a relação entre o número de empresas sobreviventes após dois anos no mercado e o número de empresas que obtiveram registro no CNPJ no ano.• O número de empresas sobreviventes foi definido como o número de empresas consideradas ativas no cadastro da Receita Federal do Brasil (RFB) e que entregaram a declaração de Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) nos dois anos seguintes.• Foram consideradas as empresas com registro no CNPJ, matrizes, de capital nacional, com natureza jurídica de atividade mercantil. Os setores abrangidos no estudo são: comércio, indústria e serviços.• De acordo com essa metodologia, na região de Sorocaba, em 2005, 6.812 empresas obtiveram registro no CNPJ (4,5% das empresas registradas no CNPJ, no estado de São Paulo, no ano). Em 2006, foram 6.206 empresas com registro no CNPJ (4,3% dos registros paulistas no CNPJ, no ano).
  6. 6. Sobrevivência das empresas no BrasilFonte: Sebrae-NA. Taxa de sobrevivências das empresas no Brasil.
  7. 7. Taxa de Sobrevivência das empresas por Estado90% 79% 79% 79% 78% 77%80% 75% 75% 75% 74% 74% 73% 73% 73% 73% 72% 72% 71% 70% 70% 68% 68% 68% 67%70% 65% 64% 62% 60% 59% 58%60%50%40%30%20%10%0% ES RJ PA MG MT SP DF AL RS AP MA BA MS TO GO AM RN PI SE RR PB CE RO SC PR AC PE Sorocaba BR Fonte: Sebrae-NA. Taxa de sobrevivências das empresas no Brasil.
  8. 8. Taxas de sobrevivência empresas registradas em 2005 e 2006 Região de Sorocaba75 74.474737271 7070696867 2005 2006 Fonte: Elaborado pelo Sebrae-SP a partir de dados da RFB.
  9. 9. Taxas de sobrevivência empresas registradas em 2005 e 2006 Por Região de Sorocaba Setores 90 78.9 80 73 73.8 74.4 70.3 70 64.4 60 50 40 30 20 10 0 Indústria Comércio Serviços 2005 2006Fonte: Elaborado pelo Sebrae-SP/ Inteligência de Mercado/ Pesquisas Econômicas a partir de dados da RFB.
  10. 10. Ações do SebraePrograma ALI (Agentes Locais de Inovação)O ALI busca a disseminação da cultura da inovação, motivando os empresários paraadequação de produtos e processos, desenvolvimento de novos modelos de negóciose implantação de novas estratégias de marketing, focadas na inovação, e destinado àsEmpresas de Pequeno Porte (EPP) da área industrial de todos os segmentos, incluindoMetal Mecânico, Confecções, Alimentos, Construção, em outros.Empresas a serem atendidas pelo Programa - Cerca de 1.050 empresas de pequenoporte do setor da indústria;
  11. 11. ALI em SorocabaRegião de abrangência e atendimento: Sorocaba – 8 ALIs Votorantim – 2 ALIs Salto – 2 ALIs Itú – 3 ALIs Cerquilho – 1 ALI Tietê – 1 ALI São Roque – 1 ALI Itapetininga – 2 ALIs Tatuí – 1 ALI
  12. 12. Ações do SebraeProjeto do Comércio VarejistaA ênfase do trabalho será a busca pela melhora da competitividade da empresa abordandoaspectos de visual merchandising. Na primeira etapa através de uma consultoria in loco ocliente receberá análise técnica sobre 20 itens do ambiente da loja, como exemplo o layoutgeral, vitrines, acesso à loja, móveis eequipamentos, precificação, iluminação, limpeza, entre outros.As informações colhidas gerarão um relatório descritivo com fotos da situação atual dovisual merchandising da loja, sugestões de melhorias para cada item de visualmerchandising, sugestão de melhoria de layout para a loja com croqui (relatando asmudanças sugeridas), plano de ação para implantação de melhorias.Ao fim o cliente receberá nova visita de um consultor que apresentará de forma detalhadao relatório elaborado sobre sua loja e orientações para implantação das melhorias de visualmerchandising contidas no relatório.
  13. 13. Ações do SebraeProjeto do Comércio VarejistaMunicípio prioritário: Sorocaba / AngatubaEmpresas atendidas: 60Público alvo: empresários do setor de comércio varejista, com empresas constituídas e emoperação.Metodologia: Consultorias Tecnológicas pelo sistema SebraeTec com ênfase em visualmerchandising
  14. 14. Ações do SebraeCultura EmpreendedoraJovens Empreendedores Primeiro Passos: Realização prevista em cinco escolas da região deSorocaba em 2013. Em 2012 foram capacitados 396 professores, que atendem um público de 10a 12 mil crianças, com idades entre 6 a 14 anos, dentro do JEPP, entre 2012 e 2013.Na região de Sorocaba, estudantes dos municípios de São Roque, Itapetininga, PortoFeliz, Itu, Votorantim, Sorocaba, Piedade, Iperó e Salto já tiveram a oportunidade de vivenciar ametodologia empreendedora do JEPP.
  15. 15. Ações do SebraeIncubadorasIncubadora Tecnológica de SorocabaAtualmente com 14 empresasMeta 2013: 20 empresasPrincipais ações a serem realizadas: O ER Sorocaba em parceria com a Secretaria deDesenvolvimento de Sorocaba e a diretoria da Incubadora está estruturando um plano deatendimento para 2013
  16. 16. Ações do SebraeIndústriaPrograma de Melhoria da Competitividade da Cadeia de Confecções Infanto-juvenilMunicípios prioritários: Cerquilho e TietêEmpresas atendidas: 30Principais ações a serem realizadas: Consultoria em Produção Enxuta (Lean Manufacturing)através de Consultoria Tecnológica para até 30 empresas; realização de 2 Fóruns deCompetitividade e; ações de mercado, que incluem visitas a feiras nacionais e internacionais.Programa de Melhoria da Competitividade da Cadeia da Cerâmica VermelhaMunicípios prioritários: Itu e TatuíEmpresas atendidas: 20Principais ações a serem realizadas: Consultoria em Preparação de Certificação de Produtosatravés de Consultoria Tecnológica para até 5 empresas; Consultorias em Eficiência Energéticaatravés de Consultoria Tecnológica para até 15 empresas; realização de 1 ciclo de Sensibilizaçãode Soluções Construtivas; realização de 2 Fóruns de Competitividade e; ações de mercado, queincluem visitas a feiras internacionais.
  17. 17. Ações do SebraeIndústriaPrograma de Desenvolvimento de Fornecedores GerdauEstados prioritários: SP, RJ, MG, RS, PR, BA, PE e CEEmpresas atendidas: 262Empresas atendidas pelo SEBRAE-SP: 48Empresas atendidas pelo ER Sorocaba: 11Principais ações a serem realizadas: Consultoria em Metodologia de Gestão por Indicadores;consultorias em MKT, Finanças, Administração, Recursos Humanos e Produção e; rodadas esessões de negócios com outras âncoras.
  18. 18. Ações do Sebrae Agronegócio Grupo Cadeia Municípios Produtores envolvidos atendidos1 APTA/ Apicultura Regional 15 Coapis2 Frutas Fruticultura Pilar do Sul/S. Miguel Arcanjo 16 MNS3 Olericult FLV Pilar do Sul/S. Miguel Arcanjo 18 ura MNS4 Leite Pecuária de Leite Itapetininga 50 Vigor Angatuba Tatuí5 Central FLV Regional 40 COOP8 Cesário Pecuária de Leite Cesário Lange 12 Lange TOTAL 151
  19. 19. Orientações do Sebrae para reduzir Mortalidade Identificação da oportunidade de negócio identificar seu diferencial ter afinidade e gostar de atuar no segmento escolhido buscar conhecimento atualizado do ramo avaliar oportunidades de negócios pertinentes Estudo de viabilidade Mercado: estudar demanda, fornecedores, concorrência Finanças: investimento inicial, preço justo para cobrir os custos e gerar lucro Capacitação Empresarial profissionalização continuada da gestão perfil empreendedorFonte: Sebrae-NA. Taxa de sobrevivências das empresas no Brasil.
  20. 20. 10 Dicas para Reduzir a Mortalidade de Empresas1 Planeje-se sempre2 Respeite sua capacidade financeira3 Não misture as finanças da empresa com finanças pessoais4 Fique de olho na concorrência5 Prospecte novos fornecedores6 Tenha controle do seu estoque7 Marketing não se resume a anúncio, invista em outras estratégias8 Inove, mesmo que seja um produto/serviço de sucesso9 Invista sempre na formação empresarial10 Seja fiel aos seus valores e do seu negócio Fonte: Sebrae-NA. Taxa de sobrevivências das empresas no Brasil.
  21. 21. Obrigadobcaetano@sebraesp.com.br twitter.com/bcaetano facebook.com/bcaetano1

×