O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Reprodução do
discurso no discurso
Gramática
Outras	Expressões,	11.º	ano
Modalidades de
reprodução do
discurso
Discurso direto
Discurso indireto
Discurso indireto livre
Reprodução do discurso no ...
Reprodução do discurso no discurso
Outras	Expressões,	11.º	ano
Reprodução do discurso no discurso
Outras	Expressões,	11.º	ano	
Discurso direto
Modalidade de reprodução do discurso de um...
Reprodução do discurso no discurso
Outras	Expressões,	11.º	ano	
Em discurso direto podem manter-se:
• interjeições;
• fras...
Reprodução do discurso no discurso
Outras	Expressões,	11.º	ano	
Discurso indireto
Modalidade de reprodução do discurso de
...
Reprodução do discurso no discurso
Outras	Expressões,	11.º	ano	
Discurso indireto
Implica:
• a substituição das marcas de ...
Reprodução do discurso no discurso
Outras	Expressões,	11.º	ano	
Discurso indireto
• a alteração de tempos e modos verbais,...
Reprodução do discurso no discurso
Outras	Expressões,	11.º	ano	
O empregado referiu que
os portugueses têm (tinham)
o péss...
Reprodução do discurso no discurso
Outras	Expressões,	11.º	ano	
Verbos introdutores do relato
verbos	que	especificam	caract...
Reprodução do discurso no discurso
Outras	Expressões,	11.º	ano	
Verbos introdutores do relato
verbos	de	sen2mento:	desabaf...
Reprodução do discurso no discurso
Outras	Expressões,	11.º	ano	
Discurso indireto livre
A designação discurso indireto liv...
Reprodução do discurso no discurso
Discurso indireto livre
Como o discurso indireto:
– não é demarcado graficamente (por t...
Reprodução do discurso no discurso
Discurso indireto livre
Foi numa noite medonha, cheia de água e geada, que
o Faustino a...
Reprodução do discurso no discurso
Citação
Reprodução de um texto ou de um fragmento de
texto noutro texto, assinalada com...
Reprodução do discurso no discurso
Citação
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Reprodução do discurso no discurso

2.153 visualizações

Publicada em

Recurso do Manual Outras Expressões da Porto Editora - Reprodução do discurso no discurso

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Reprodução do discurso no discurso

  1. 1. Reprodução do discurso no discurso Gramática Outras Expressões, 11.º ano
  2. 2. Modalidades de reprodução do discurso Discurso direto Discurso indireto Discurso indireto livre Reprodução do discurso no discurso Outras Expressões, 11.º ano Citação
  3. 3. Reprodução do discurso no discurso Outras Expressões, 11.º ano
  4. 4. Reprodução do discurso no discurso Outras Expressões, 11.º ano Discurso direto Modalidade de reprodução do discurso de um locutor no discurso do mesmo ou de outro locutor, mantendo as suas palavras originais e todas as formas de referência à(s) pessoa(s) (quem disse e a quem disse: eu-tu), ao tempo e ao espaço do momento de enunciação. Na escrita, é habitualmente antecedido de dois pontos e delimitado por travessões ou aspas.
  5. 5. Reprodução do discurso no discurso Outras Expressões, 11.º ano Em discurso direto podem manter-se: • interjeições; • frases de tipo exclamativo; • vocativos; • uso afetivo dos determinantes; • formas frásicas próprias da oralidade. Ex.: Olhou a revista, levantou a cabeça e perguntou: – Lucas, acreditas nesta história? Discurso direto
  6. 6. Reprodução do discurso no discurso Outras Expressões, 11.º ano Discurso indireto Modalidade de reprodução do discurso de um locutor no discurso do mesmo ou de outro locutor em que a forma original do discurso reproduzido não é mantida nem assinalada graficamente. Corresponde, no fundo, a uma narração de falas (Disse que…; Perguntou se…), introduzida por uma oração subordinada substantiva completiva.
  7. 7. Reprodução do discurso no discurso Outras Expressões, 11.º ano Discurso indireto Implica: • a substituição das marcas de 1.ª e 2.ª pessoas por marcas da 3.ª pessoa (em verbos, determinantes e pronomes); • a transformação de advérbios e expressões com valor de tempo e de lugar de acordo com as referências em que o novo discurso é proferido (hoje > nesse dia; ontem > no dia anterior; aqui/cá > lá, naquele lugar...); • a eliminação de vocativos, caso existam, e a integração da identificação do destinatário do discurso como complemento indireto;
  8. 8. Reprodução do discurso no discurso Outras Expressões, 11.º ano Discurso indireto • a alteração de tempos e modos verbais, de acordo com as novas coordenadas enunciativas: - presente > pretérito imperfeito; - pretérito perfeito simples > pretérito mais-que-perfeito, simples ou composto; - futuro > condicional; - imperativo > pretérito imperfeito do conjuntivo. Ex.: Olhou a revista, levantou a cabeça e perguntou a Lucas se acreditava naquela história.
  9. 9. Reprodução do discurso no discurso Outras Expressões, 11.º ano O empregado referiu que os portugueses têm (tinham) o péssimo hábito de duvidar das suas capacidades, mas que não há (havia) razão para isso. Como exemplo, pediu ao interlocutor que reparasse no que se tinha visto nos dias anteriores, pois tinham corrupção ao nível do melhor que se faz (fazia) lá fora. Discurso indireto Bartoon, Público, 16 de novembro de 2014
  10. 10. Reprodução do discurso no discurso Outras Expressões, 11.º ano Verbos introdutores do relato verbos que especificam caracterís2cas fónicas do ato de dizer: sussurrar, balbuciar, murmurar, berrar… verbos que remetem para o ato de dizer: dizer, referir, mencionar, declarar, informar… O discurso direto e o discurso indireto podem recorrer a verbos introdutores de relato de discurso: verbos de opinião: crer, julgar, considerar, acreditar, ponderar, supor…
  11. 11. Reprodução do discurso no discurso Outras Expressões, 11.º ano Verbos introdutores do relato verbos de sen2mento: desabafar, lamentar, las;mar… verbos que denotam dimensões intera2vas: começar, con;nuar, acrescentar, atalhar, refutar… verbos que exprimem valores conota2vos do ato de dizer: rosnar, roncar, cacarejar… verbos que explicitam o obje2vo das palavras: prometer, ordenar, felicitar, jurar, protestar…
  12. 12. Reprodução do discurso no discurso Outras Expressões, 11.º ano Discurso indireto livre A designação discurso indireto livre relaciona esta modalidade de reprodução do discurso quer com o discurso direto quer com o discurso indireto: Como o discurso direto: – é um discurso livre de subordinação, não sendo antecedido de orações completivas; – apresenta uma pontuação expressiva, que traduz as emoções das personagens.
  13. 13. Reprodução do discurso no discurso Discurso indireto livre Como o discurso indireto: – não é demarcado graficamente (por travessões ou aspas); – serve-se da 3.ª pessoa (verbos, determinantes, pronomes); – recorre aos tempos verbais típicos da narração. Não implica a presença de verbos introdutores de relato de discurso e permite que a “voz” do narrador se funda com a do primeiro emissor, o que lhe confere uma grande expressividade. Ex.: Olhou a revista, levantou a cabeça. Acreditava naquela história?
  14. 14. Reprodução do discurso no discurso Discurso indireto livre Foi numa noite medonha, cheia de água e geada, que o Faustino assaltou a Senhora da Saúde. […] Naquela noite, depois dum caldo que nem a cães, e de todas as demais hipóteses arredadas, a miragem voltou, mas já sem a indecisão das tentações anteriores. Não havia que ver. O sítio não podia ser melhor; à porta, bastava-lhe um empurrão; o resto, quê? Acender uma vela das do altar, forçar a fechadura da caixa das esmolas, encher o bolso, e ala morena. […] TORGA, Miguel 2008. Contos da Montanha. 2. ª ed. Lisboa: Booket
  15. 15. Reprodução do discurso no discurso Citação Reprodução de um texto ou de um fragmento de texto noutro texto, assinalada com referência ao autor e/ou à obra aos quais pertencem e graficamente demarcada com aspas ou com um tipo de letra diferente.
  16. 16. Reprodução do discurso no discurso Citação

×